sexta-feira, 8 de março de 2019

“Hoje é um dia especial…”

Todo o dia é dia de “RESPEITO”, todo o dia é dia da “MULHER”, não podemos pensar que apenas o seu dia, é o dia 8 de março, “Dia Internacional da Mulher”, a mesma merece sem dúvida o nosso respeito, neste dia especial para elas, aqui fica a nossa homenagem.

Com um beijo muito especial para todas, desejo uma noite feliz.

“Este domingo mais um direto no Facebook..."

Este domingo 10 de março, o Notícias do Pedal-TV vai marcar presença em Pombal no 23º Passeio do Clube de Cicloturismo de Pombal.


A partir das 8,30 horas da manhã iremos estar em direto de Pombal para o Facebook no terminal Rodoviário onde será feita a concentração deste grande passeio.


Entrevistas, a partida, chegada dos participantes, entre outros momentos, poderão ser vistos em direto. Se não vai participar neste grande evento, assista a bons momentos.


Não se esqueça, domingo a partir das 8,30 horas, aqui em direto para todos, um evento que muito promete.

Reportagem completa da Revista Notícias do Pedal.

Nota da Redação.

“É já no próximo dia 16 de março que a cidade de Portalegre recebe o III Duatlo Davines JCasado”

A abertura do Campeonato Nacional Jovem inicia-se com a 1ª etapa em Portalegre e é constituída por provas de Duatlo em todo-o-terreno (Cross), na distância sprint, abrangendo os escalões de benjamins, infantis, iniciados e juvenis, sendo possível também a participação de jovens não federados.

Em paralelo com a prova e de forma a tornar este fim-de-semana único, tanto para os jovens atletas como para os pais e treinadores, vamos ter dois dias cheios de atividades e entretenimento com a presença das estrelas Melanine Santos e João Pereira. Algumas das atividades que completam este fim-de-semana vão desde fotografias e autógrafos, a passeios de BTT ou até mesmo observação astronómica na Serra de São Mamede!


Programa dos dias 16 e 17 de março

Não perca esta oportunidade e venha passar um fim-de-semana repleto de novas experiências e animação!

Para mais informações e inscrições até dia 11 de março consulte o regulamento da prova aqui: https://bit.ly/2IIEKyA

Fonte: FTP

“O III Triatlo de Cuba realiza-se já no dia 10 de março!”

Realiza-se no próximo dia 10 de março a primeira prova de Triatlo do ano, uma competição pontuável para a Taça de Portugal, que conta com a presença de atletas federados e não federados, estes últimos irão participar na prova aberta.

Esta será uma prova de observação e seleção, uma competição que vai ditar as seleções nacionais para a Taça da Europa de Juniores de Quarteira e para a Taça da Europa de Elites de Sines. Esta é também a primeira prova que permite o acesso aos diferentes níveis de acesso nas participações internacionais; em função do resultado que venham a obter na Taça da Europa pode fazer com que os atletas mantenham ou subam o nível da sua participação.

Esta é a primeira de oito etapas da Taça de Portugal, provas que serão realizadas em formato de duatlo e triatlo e que decorrerão ao longo do ano: a segunda prova realiza-se já no dia 17 de março em Grândola, dia 28 de abril Quarteira recebe a terceira etapa, 8 de junho será em Peniche, 16 de junho em Alhandra, a 7 de julho no Fundão, a 28 de julho em Coruche, estando a final desta competição marcada para dia 7 de setembro, em Leiria.


Esta primeira prova da Taça de Portugal será disputada na distância sprint:

750m de natação na Barragem de Albergaria dos Fusos;

20000m  de ciclismo em asfalto com boas condições;

5000m de corrida em piso misto.

Esta prova conta com uma partida dentro de água, onde os atletas irão percorrer um segmento de triangular na Barragem de Albergaria dos Fusos. O ciclismo será em asfalto em condições relativamente boas, num percurso em linha e com pouca altimetria. A corrida terá um percurso de duas voltas sem desnível considerável, num terreno misto de terra batida e alcatrão.

Vencedores em 2018: os vencedores da Taça de Portugal foi Estoril Praia Credibom em masculinos  e o Alhandra Sporting Club em femininos.

A FTP deseja a todos os participantes uma excelente prova!

Fonte: FTP

“A primeira etapa de 2019 do Campeonato do Mundo é em Abu Dhabi 8 e 9 de março”

Nos dias 8 e 9 de março todos os olhos vão estar postos no Daman World Triathlon 2019, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o evento que irá inaugurar a primeira etapa do Campeonato do Mundo do Triatlo, uma prova muito competitiva que irá contar com a presença dos triatletas portugueses Melanie Santos, João Pereira, João Silva, Helena Carvalho e Vera Vilaça. Fotos: Viviane’s Logbooklet

De lembrar que nesta primeira prova em 2018, Melanie Santos conseguiu um excelente 5º lugar, enquanto João Silva ficou em 6º, ambos conquistando muito boas posições nesta prova tão competitiva. Foi também no ano passado que o evento ficou marcado por uma chuva forte e recorrente o que originou várias quedas, dificultando a vida a vários triatletas, alguns a serem obrigados a abandonar a prova.

Os nossos triatletas irão participar na prova individual na distância sprint que decorrerá dia 8 de março, participando no dia 9 de março na competição por Estafetas Mistas, o novo e dinâmico formato de provas de triatlo – que será modalidade olímpica pela primeira vez em Tóquio 2020. Esta é uma competição feita por uma equipa constituída por quatro atletas, duas mulheres e dois homens, em que cada um deles (iniciando sempre por um elemento feminino e terminando num elemento masculino) fará um triatlo super sprint no final do qual terá que passar o testemunho ao seu colega de equipa.

Paralelamente à prova de elite, 2500 triatletas de grupos de idade de todo o mundo farão parte do evento que terá tambémum triatlo jovem e uma Fun Race de 1km para famílias, assim como uma prova dedicada ao paratriatlo.

 

ITU 2019 World Triathlon Series Abu Dhabi

8 de março, sexta-feira

10h00 – Partida elite masculina (hora em Portugal Continental)

14h00 – Partida elite masculina (hora em Abu Dhabi)

12h00 – Partida elite feminina (hora em Portugal Continental)

16h00 – Partida elite feminina (hora em Abu Dhabi)

9 de março, sábado

08h06 – partida de elite estafetas mistas (hora em Portugal Continental)

12h06 – partida elite estafetas mistas (hora em Abu Dhabi)


Helena Carvalho fará a prova individual no dia 8 de março

Vera Vilaça participa nas Estafetas Mistas dia 9 de março

Mais informações no site https://abudhabi.triathlon.org/

Fonte: FTP



 

“34º Circuito de Ciclismo Duarte Patrício”

Realiza-se no dia 1 de maio pelas 9 horas em Vila Chã de Ourique o 34º Circuito de Ciclismo Duarte Patrício, uma prova da Associação de Ciclismo de Santarém, com homenagem a Francisco Valada, ciclista do Cartaxo e vencedor da Volta a Portugal em 1966.

“Federação Britânica de Ciclismo veta atrizes de filmes porno”

Ampara-se numa norma do regulamento da UCI para suspender licença

Por: Ana Paula Marques

Nem de propósito. No Dia Internacional da Mulher, que se comemora hoje, chega-nos uma notícia no mínimo original e que pode ser para muitos considerada sexista, mas que para a Federação Britânica de Ciclismo (BC) tem razão de ser apenas face aos regulamentos internacionais.

É que esta instituição decidiu não renovar a licença de uma equipa feminina. Mas não é uma equipa qualquer. Trata-se da ‘Porn Pedallers Cycling Club’ (PPCC).

Como o próprio nome sugere, é uma formação composta por conhecidas atrizes da indústria de filmes para adultos. A federação britânica refugia-se num artigo do regulamento da União Ciclista Internacional (UCI), que refere que nenhuma equipa pode ser patrocinada por uma marca que possa prejudicar a imagem da organização e da modalidade em geral.

Ora, o movimento PPCC não tardou a reagir e fê-lo através das redes sociais: "O ciclismo é para todos, exceto para gente como nós. Somos um clube de ciclismo, andamos de bicicleta por diversão e recolhemos fundos para a associação Terrence Higgins Trust [apoio a vítimas com HIV]. Isto está justificado", foi esta a mensagem que deixou.

A ‘Porn Pedallers Cycling Club’ foi fundada em Londres em 2016 e integra atores, atrizes, produtores e distribuidores envolvidos na indústria pornográfica, que por amor ao ciclismo decidiram formar uma equipa.
 

Apoio de ilustres

A ‘Porn Pedallers Cycling Club’ já recebeu, de resto, o apoio de várias figuras destacadas do ciclismo britânico, entre elas o detentor do título na Volta a França, Geraint Thomas.

Chris Hoy (várias vezes campeão olímpico na pista) e Lyuke Rowe, ciclista da Sky, também prestaram o seu apoio à causa da inovadora equipa de ciclismo feminina britânica, que sai agora do anonimato para ser notícia em todo o lado.

Fonte: Record on-line

“Melanie Santos em 23.º lugar na primeira etapa do Mundial”

Foi a portuguesa mais bem classificada em Abu Dhabi

Por: Lusa

Foto: DR Record

Melanie Santos foi esta sexta-feira a portuguesa mais bem classificada na primeira etapa do Campeonato do Mundo de triatlo, em Abu Dhabi, onde foi 23.ª classificada, à frente de Helena Carvalho, que terminou no 42. Lugar.

A prova disputada na distância 'sprint' (750 metros de natação, 18,6 quilómetros de bicicleta e 4,9 de corrida) foi vencida pela norte-americana Katie Zaferes, em 55.31 minutos, que se impôs à compatriota Taylor Spivey, que gastou mais 26 segundos.

A britânica Jessica Larmonth foi a terceira mais rápida, ao cumprir os três setores em 56.06 minutos.

Melanie Santos gastou 57.59 minutos, mais 2.28 minutos do que a vencedora, que lhe valeram o 23.º posto, enquanto Helena Carvalho foi 42.ª, a 4.36 da vencedora.

No sábado, Melanie Santos volta a competir, na prova de estafetas mistas, com Vera Vilaça, João Pereira e João Silva, que hoje foram 12.º e 16.º classificados na prova masculina, respetivamente.

Fonte: Record on-line

“ShimanoPortugal”

Por: Nuno Candeias

Talvez uma das mais emblemáticas  competições de estrada em Portugal, A Volta ao Algarve  consegue trazer ao nosso País maior parte das equipas do World Tour, e penso que é algo que devemos promover.

A @ShimanoPortugal representada pela @SCvouga faz 15 anos de  que  através do serviço de apoio neutro, tentar dar a melhor imagem e prestar um serviço de excelência ao ciclismo e à FPC.

Para dar a conhecer à comunidade de ciclismo do que se trata o serviço de apoio neutro numa prova de estrada  e simultaneamente promover esta prova, decidimos criar alguns vídeos, aqui podem visualizar o resumo dos 5 dias de prova da Volta ao Algarve de 2019


Fonte: Sociedade Comercial do Vouga

“Um Domingo Carregado de Pódios”

Texto: AfterTwo //works

Fotos: Autor não identificado

Cadetes e juniores da Academia Joaquim Agostinho/UDO participaram este domingo na terceira edição do Circuito de Ciclismo do Carregado onde obtiveram um desempenho bastante positivo.

A prova de juniores, num total de 63 quilómetros, começou com ritmo elevado e diversas fugas que animaram um pelotão onde os atletas torrienses estiveram sempre muito ativos.

Henrique Fróis foi o maior protagonista da equipa ao integrar uma fuga a três que terminou com sucesso, com o atleta a cruzar a meta na terceira posição a escassos 3 segundos do vencedor.

Na classificação final, a Academia Joaquim Agostinho/UDO colocou quatro atletas no top 20, com Daniel Fortes em 9º, João Ferreira 12º, André Silva 13º e Duarte Bento em 20º, garantindo assim o segundo lugar no pódio coletivo da competição. Bernardo Luís na 25ª posição, Pedro Santos 28ª, Daniel Gonçalves 30ª e Vítor Feliciano na 48ª, fecharam a tabela classificativa dos ciclistas da Academia torriense.


Com vários estreantes no escalão, os cadetes apresentaram-se no Carregado para a primeira prova duma época onde, no entender dos responsáveis pela formação, o principal objetivo é a evolução e a adaptação dos atletas à competição de longa distância, em detrimento da pressão por resultados desportivos. 

Os ciclistas completaram cinco voltas ao percurso num total de 39 quilómetros, com esta primeira experiência a gerar um saldo bastante positivo com um 5º lugar coletivo entre as 11 equipas presentes.

Daniel Jorge (9º), Mário Hipólito (24º) e Rafael Andrade (27º) foram os mais esclarecidos, chegando à meta integrados no pelotão. Um pouco mais atrás chegaram Gonçalo Fino, Afonso Hermenegildo e Pedro Martins em 42º, 46º e 49º respetivamente.


Femininas entram a vencer

Ao conquistarem duas vitórias em quatro pódios individuais, as atletas da Academia foram o grande destaque na vertente feminina do Circuito do Carregado. Mariana Almeida venceu a categoria júnior, enquanto Pauline Vie brilhou em Elite/Sub-23, tendo a companhia da colega Inês Pereira na segunda posição do pódio. Em master 30, Carla Oliveira também se classificou em segundo lugar.

Fonte: Academia Joaquim Agostinho/UDO

“Agenda de Ciclismo”

Fim-de-semana repleto de atividade do Minho ao Algarve

Por: José Carlos Gomes

A época velocipédica de 2019 acelera a toda a velocidade, esperando-se um fim de semana repleto de ciclismo, com mais de mil ciclistas a competirem, em diferentes disciplinas, do Minho ao Algarve.

O pelotão das equipas profissionais e das equipas de clube volta à estrada, no domingo, na Póvoa de Varzim, para disputar a 23.ª edição da Clássica da Primavera. A prova terá 147,2 quilómetros, com partida em frente ao Clube Desportivo da Póvoa, às 10h55, e chegada, no mesmo local, prevista para as 14h30.

O percurso é semelhante ao das edições anteriores, destacando-se as sete passagens pelo Monte de São Félix. O trajeto seletivo tem permitido o sucesso de fugas de corredores possantes, no entanto, também há registo de edições em que tudo se decide ao sprint, ficando a expectativa para o que irá suceder no próximo domingo.

Na mesma data, mas ainda mais a norte, corre-se a primeira etapa da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO), em Vila Franca, Viana do Castelo. Em ano de apuramento olímpico, a competição minhota é de categoria 1 no calendário UCI, apresentando-se como uma oportunidade de ouro de somar pontos rumo à qualificação para Tóquio’2020.

Além dos melhores corredores portugueses, as provas masculina e feminina de elite contarão com corredores de oito países: Bélgica, Espanha, Estónia, França, Grã-Bretanha, Noruega, Polónia e Roménia.

O programa da competição abre com as corridas de cadetes, às 9h00, seguindo-se a prova de juniores masculinos e restantes categorias femininas, às 10h15, a prova de masters e paraciclistas, às 12h15, e a corrida masculina de elite, às 14h30.

O Parque da Bela Vista, em Setúbal, acolhe, sábado e domingo, as duas rondas inaugurais da Taça de Portugal de BMX Race. Mais de cem ciclistas vão competir na jornada dupla, que se inicia às 16h30 de sábado. A prova de domingo está marcada para as 10h30.

A Taça de Portugal de Juniores, na vertente de estrada, também arranca no domingo, 10 de março. O pelotão jovem terá por diante uma prova de 105 quilómetros, com partida, às 11h00, e chegada, às 14h00, na Avenida Nuno Álvares, Castelo Branco. O itinerário ondulado deverá permitir que se estabeleçam algumas diferenças.

As escolas de BTT da região Sul têm o primeiro Encontro Inter-Regional da temporada no próximo domingo, em Campilhos, S. Bartolomeu de Messines. As provas começam às 10h30.


Mais eventos oficiais

8 a 10 de março: Algarve Bike Challenge

10 de março: Maratona BTT Rota do Pastel de Chaves, Chaves

10 de março: Prova de Abertura de Cadetes, Cantanhede

10 de março: Rota do Moleiro, Úl, Oliveira de Azeméis

10 de março: Prova Aberta Taça Cidade Loulé

10 de março: 1.ª Prova Taça da Madeira de Estrada, Caniço, Santa Cruz

Fonte: FPC

“Equipa Portugal/José Poeira reconhece percursos do Mundial de estrada”

Por: José Carlos Gomes

O selecionador nacional, José Poeira, visitou durante esta semana a região inglesa de Yorkshire, avaliando no terreno os percursos das provas de fundo e de contrarrelógio do Campeonato Mundial de Estrada, que vai disputar-se entre 21 e 29 de setembro. O diretor para a área das Seleções Nacionais, Sérgio Sousa, também acompanhou a visita, dado que a mesma permitiu avaliar hipóteses de alojamento para a Equipa Portugal.

Os mundiais de setembro, a disputar numa região de grande paixão pela modalidade, ficarão marcados pelas condições especiais de Yorkshire em termos orográficos e meteorológicos, sendo de prever que a tipologia das estradas também seja um ponto a ter em conta na definição das táticas e no desenrolar das corridas.

José Poeira considera a visita desta semana muito produtiva para o trabalho tendo em vista a competição de setembro. “Ter vindo aqui permitiu descobrir pormenores que, olhando apenas para os gráficos, passariam despercebidos. Globalmente, não desgosto dos percursos. Apesar de não serem dos mais adequados dos últimos anos às caraterísticas dos nossos ciclistas, apresentam condições para que tentemos bater-nos por bons resultados”, avança o selecionador nacional.

A corrida mais esperada do programa, a prova de fundo para elite, vai realizar-se no dia 29 de setembro, unindo Leeds à cidade-sede do Mundial Harrogate. Será uma corrida com 285 quilómetros, com cerca de 190 a disputar em linha e os restantes distribuídos por sete voltas ao circuito urbano de Harrogate. São duas corridas distintas dentro da mesma aquilo que se prevê possa vir a ser proporcionado pela fase inicial e pelo circuito.

“Durante cerca de 100 quilómetros, a partir do quilómetro 60 de prova, os corredores vão andar por estradas muito sinuosas, com subidas íngremes, curvas e viragens muito técnicas. É necessário estar sempre bem colocado, havendo tensão constante, o que vai aumentar o stress competitivo e provocar um desgaste muito grande, antes mesmo do circuito final”, antecipa José Poeira.

Quanto ao circuito final, comum a todas as provas de fundo, o selecionador nacional entende que é “essencialmente urbano. As maiores dificuldades serão técnicas, devido às curvas, viragens e descidas exigentes. Tem também alguns topos. Acabará por ser duro porque os corredores vão ali chegar com quase 200 quilómetros e cada metro que se perca para a roda da frente numa curva ou viragem custa muito a recuperar”.

O contrarrelógio de elite terá 54 quilómetros e vai disputar-se no dia 25 de setembro, entre Northallerton e Harrogate. “É um contrarrelógio que abre mais a possibilidade de bons resultados aos corredores possantes que tiveram a vida mais dificultada nos mundiais de Bergen e de Innsbruck. No entanto, acredito que teremos possibilidade de fazer um bom resultado, especialmente com o Nelson Oliveira. A prova vai obrigar a uma criteriosa escolha dos andamentos a utilizar, porque exige muitas mudanças de ritmo, devido às subidas, mas também às estradas estreitas e sinuosas”, avalia José Poeira.

O selecionador nacional alerta para outra situação que terá de ser levada em conta, tanto nos contrarrelógios como nas provas de fundo: “Aquela é uma região muito marcada pelos ventos cruzados e as corridas passam zonas completamente desabrigadas. Isto irá endurecer os contrarrelógios e pode provocar cortes no pelotão nas provas de fundo”.

Fonte: FPC