terça-feira, 15 de outubro de 2019

“Loze estreia-se e logo como subida mais alta da Volta a França de 2020”

Prova arranca em Nice, a 27 de junho, e decorre inteiramente em solo francês

Por: Lusa

Foto: EPA

O Col de la Loze estreia-se na Volta a França, como ponto mais alto da 107.ª edição da prova, cujo percurso foi apresentado esta terça-feira e que arranca em Nice, a 27 de junho de 2020.

Com o cume localizado a 2.304 metros, aquele será o 'teto' do 'Tour' no próximo ano, com o diretor da corrida, Christian Prudhomme, a destacar a montanha nas imediações de Méribel como "o protótipo da subida do século XXI".

A prova arranca em Nice, em 27 de junho, e decorre inteiramente em solo francês, terminando nos Campos Elísios, em Paris, em 19 de julho, depois de um traçado que volta a ser marcado pela montanha, não tanto pela alta montanha, em menor número do que em 2019, mas pela média montanha, mais representada.

Os destaques vão também para as subidas nos Pirenéus e nos Alpes, com o Jura, na subida ao Grand Colombier, e Vosges, como outros testes num perfil que, garantiram os organizadores, terá algo para todos os ciclistas.

Ao todo, são 3.470 quilómetros até Paris, com o 20.º e penúltimo dia de prova a reservar o regresso de La Planche des Belles Filles, desta vez para um contrarrelógio individual de 36 quilómetros, que pode ser decisivo nas contas finais do sucessor do colombiano Egan Bernal (INEOS).

Nice recebe a partida das primeiras três etapas, com a corrida a 'aquecer' na nona tirada, entre Pau e Laruns, mesmo antes do primeiro dia de descanso.

Ao todo, são 29 as subidas categorizadas, com seis chegadas em alto, setores em gravilha e um 'crono' com bastante inclinação, numa primeira semana com mais montanha do que o habitual em edições recentes.

São ausências de destaque um contrarrelógio por equipas, mas também as históricas chegadas em alto no Alpe d'Huez e no Mont Ventoux, num ano em que a prova começa uma semana mais cedo, para permitir aos participantes viajarem para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, seis dias depois do final da 'grande boucle'.

"O 'Tour' continua a reinventar-se. Em 2020, a mais longa etapa terá 218 quilómetros -- nunca a tirada mais longa foi tão curta", destacou o diretor da prova, que mencionou ainda a passagem por Sarran, terra do antigo presidente francês Jacques Chirac, que morreu em setembro.

Fonte: Record on-line

“Maratona BTT de Sepins”

Por: Nuno Almeida

No passado dia 13 de Outubro, o atleta do Intercaimabike, Nuno Almeida, deslocou-se a Sepins, concelho de Cantanhede, para participar na Maratona BTT de Sepins, organizada pelos BTTBesouros e ACBL, a contar para a 5ª e última Prova da Taça Regional de XCM do Centro.

A prova foi disputada por trilhos e caminhos do concelho de Cantanhede, com 240 atletas distribuídos pelas diversas categorias; Promoção, Bttistas e federados

Com ameaça de chuva e muito vento à mistura, pelas 9:30h foi dada a partida, e todos os atletas se apressaram a reservar lugar o mais à frente possível, para a entrada nos trilhos.

Prova muito dura, devido ao sobe e desce constante, com muitas mudanças de velocidade, estradões longos com muitas mudanças de direcção rápidas, alguns kms de singletracks, mas trilhos sempre cicláveis. 


Marcações em geral visíveis e bem colocadas ao longo da prova, cruzamentos bem controlados e reforços líquidos e sólidos bem distribuídos ao longo do percurso.

Parabéns à organização pela realização do evento.

Resultado obtido no final dos 75Kms e 1300 acumulado:

Nuno Almeida - 7º Federado Master 45 e 56º da geral na maratona.

Depois do atleta ter partido o cabo das mudanças ao Km 38 e ter feito muito trail nas subidas, conseguiu fixar a 5ª mudança na cassete, seguindo-se uma sessão de cadência nos muitos estradões planos até à meta, o que permitiu terminar a prova e pontuar para o ranking da taça Regional do Centro de XCM, segurando o 6º lugar final no escalão M45.

Agradecimentos aos apoios e patrocínios:
Fonte: Intercaimabike

 

“Agenda de Ciclismo”

Pista de BMX de Anadia em estreia na Taça de Portugal

Por: José Carlos Gomes

A Taça de Portugal de BMX Race termina com uma jornada dupla, sábado e domingo, na estreia em competição da nova pista de BMX inserida no Centro de Alto Rendimento de Anadia, na freguesia de Sangalhos.

São esperados cerca de 150 corredores, estando, até ao momento, inscritos ciclistas oriundos de sete nações: Portugal, Alemanha, Angola, Brasil, Espanha, Irlanda e Ucrânia.

Além das provas que vão decidir a Taça de Portugal, é aguardada com expectativa a categoria de super crosse, que agrupará numa competição à parte, alguns dos principais especialistas presentes, para corridas de elevado índice de espectacularidade.

No sábado, as corridas começam às 15h00. As provas de domingo arrancam às 10h00. Em ambos os casos a entrada para o público é gratuita.


Mais eventos oficiais

19 e 20 de outubro: Enduro Challenge de Ponte de Lima

19 de outubro: Trilhos do Rei - NGPS, Guimarães

19 de outubro: Encontro de Escolas BTT e XCO de S. Domingos de Benfica, Lisboa

19 de outubro: Campeonato do Algarve de Downhill, Cerro S. Miguel, Olhão

19 de outubro: Troféu CC Amaro Antunes - Memorial David Costa, Cacela, Vila Real Santo António

20 de outubro: BTT Tour da Castanha, Vinhais

20 de outubro: Taça de Maratona BTT da AC Porto, Freamunde, Paços de Ferreira

20 de outubro: Raid BTT da Trofa

20 de outubro: VI Maratona BTT D'Arrota Presunto, Mação

20 de outubro: Troféu Norte Alentejano de XCO, Crato

20 de outubro: XI Maratona BTT Entre Rio e Mar, Longueira, Almograve, Odemira

20 de outubro: Campeonato do Algarve de Maratona BTT, Querença, Loulé

20 de outubro: XCO e Encontro de Escolas de BTT de Chão das Abobreiras, Santa Cruz, Madeira

Fonte: FPC