sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

“A notícia não pode parar…”

Capítulo 9

 

Texto: José Morais

Imagens: Pesquisa Google

Continuamos com o capítulo 9, onde vamos ao longo de algumas semanas mostrar o chamado “Vintage”, ou seja cartazes e imagens antigas, onde a bicicleta está sempre presente.

A competição, o lazer, a publicidade, são imagens que iremos divulgar, depois de uma longa pesquisa, tentamos escolher os melhores, e mostrar coisas de outros tempos.

Esperemos que gostem, e se deslumbrem com as imagens de outros tempos.









“Formação ‘Ciclismo em Triatlo’ com Dan Lorang”

Ação de Formação de Ciclismo em Triatlo com o treinador de excelência, Dan Lorang. A não perder!

Um dos mais conceituados treinadores de triatlo irá ministrar pela primeira vez uma formação no nosso país, em Lisboa, no Auditório das Piscinas do Jamor, nos dias 29 e 30 de janeiro (únicas datas disponíveis do formador).

Estamos a falar de Dan Lorang que, sendo treinador dos melhores atletas de elite mundial, conta com um excelente currículo na área do ciclismo e triatlo. Dan Lorang treina, entre outros, o Campeão Olímpico e vencedor do IRONMAN do Hawai, Jan Frodeno, e é coordenador técnico da equipa do Pro Tour, Bora Hansgrohe, a equipa de ciclismo de Peter Sagan, atleta que se sagrou campeão do mundo de ciclismo de estrada por três vezes consecutivas.

Esta ação de formação é dirigida a treinadores de triatlo interessados em melhorar e aperfeiçoar as suas competências em treino de ciclismo no triatlo, o segmento da modalidade que pode fazer a diferença numa prova.

Valor de inscrição: 5€

UC: 1,6 UC para a componente Específica do Título Profissional de Treinador de Desporto Triatlo.

Mais informações e inscrições em: https://goo.gl/forms/DEI6zj6unWvR2X5m2

Fonte: FTP

“Ação de Formação para Treinadores de Triatlo”

Nos dias 12 e 13 de janeiro irão realizar-se duas ações para treinadores de triatlo em Machico, na Madeira.

Skill School por Alexander Sobolewski – British Triathlon

No dia 12 de janeiro, a ação de formação ‘Skill School, ministrada por Alexander Sobolewski – British Triathlon, pretende dotar os formandos de ferramentas que ajudem a motivar os seus alunos, aperfeiçoando as suas sessões de treino. As competências técnicas são fundamentais para orientar uma boa prática de treino, mas a eficácia desse treino depende também da capacidade dos treinadores em cativar os atletas para a modalidade, principalmente nas camadas mais jovens ou em atletas que estão a começar os treinos. Esta é, por isso, uma formação dirigida a treinadores de jovens e iniciantes no triatlo.

12 janeiro –  9h às 18h

Valor de inscrição: 5€

UC: 1,6 UC para a componente Específica do Título Profissional de Treinador de Desporto Triatlo.

Mais informações e inscrições em: https://goo.gl/forms/TK9RO0L44Tdecibt1

O Treino da Técnica de Corrida para Triatletas” por Hugo Serra e Pedro Pimenta

No dia 13 de janeiro terá lugar a ação de formação “O Treino da Técnica de Corrida para Triatletas”, ministrada por Hugo Serra e Pedro Pimenta, que tem como objetivo munir os treinadores de triatlo de ferramentas que permitam avaliar e corrigir a técnica da corrida. Esta será uma formação orientada através de exercícios práticos e diversificados de coordenação e força, exemplos que os treinadores poderão aplicar nas suas sessões de treino.

13 de janeiro – 09h-18h

Valor de inscrição: 5€

UC: 1,6 UC para a componente Específica do Título Profissional de Treinador de Desporto Triatlo.

Mais informações e inscrições: https://goo.gl/forms/TK9RO0L44Tdecibt1

Fonte: FTP

“Melgaço acolhe a elite do ciclismo nacional”

Melgaço recebe em 2019 os Campeonatos Nacionais de Ciclismo de Estrada das categorias de Elites e Sub 23, assim como o Grande Prémio do Minho e provas da Taça de Portugal e do Campeonato do Minho de BTT Maratonas, Ciclocrosse e Cross Country Olímpico.

Destino de natureza mais radical de Portugal, o concelho de Melgaço, recentemente distinguido com o galardão de Município Amigo do Desporto, consagrará em 2019 os ciclistas de elite que se juntarão à lista de anteriores vencedores do Campeonato Nacional (fundo e contrarrelógio) onde constam nomes sonantes como os de Rui Costa, Joaquim Agostinho, Alves Barbosa, Marco Chagas, José Maria Nicolau, Delmino Pereira, Cândido Barbosa, Nelson Oliveira, Sérgio Paulinho, Tiago Machado, José Mendes, Rui Sousa, Domingos Gonçalves, Vítor Gamito, José Azevedo e Rui Lavarinhas.

Depois do assinalável êxito organizativo dos Campeonatos Nacionais de Ciclocrosse e de BTT Maratonas de 2018, a par do Grande Prémio do Minho, o Município mais a Norte de Portugal acolherá, de 27 a 30 de junho de 2019, a fina flor do ciclismo para disputar os títulos de Campeão Nacional de fundo e de contrarrelógio das categorias de Elites (masculino e feminino) e Sub 23.

“O desporto é uma alavanca de desenvolvimento da economia local e é este caminho que queremos potenciar. Melgaço já é uma referência para a prática de desportos de aventura e de deporto com cariz competitivo e/ou de lazer! É nossa intenção continuar a apostar no desporto.

Assim, em 2019 reforçamos a aposta nas provas de ciclismo de estrada, com o acolhimento das competições mais importantes no panorama nacional”, afirmou José Lima Esteves, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Melgaço.

Na opinião de José Luís Ribeiro, Presidente da Associação de Ciclismo do Minho, “Melgaço possui condições de excelência para a prática do ciclismo e para acolher e organizar grandes eventos”, fazendo notar que “a parceria entre o Município, a Associação de Ciclismo do Minho e a Melsport contribui para a promoção de Melgaço, incentiva o fluxo turístico e o desenvolvimento da economia local e estimula a prática desportiva”.

“Esta é uma parceria de sucesso, com avaliações positivas para todos, que desejamos perdure no tempo”, refere José Luís Ribeiro destacando “a capacidade de inovar, de antecipar o futuro e de resposta eficaz aos novos desafios evidenciados por Melgaço, desde o início da parceria, que sempre manteve a matriz de promover o desporto e de difundir Melgaço e as potencialidades do destino de natureza mais radical de Portugal”.

Segundo o autarca José Lima Esteves “Melgaço tem excelentes condições naturais e artificiais, nomeadamente com o seu Complexo Desportivo, para a prática do desporto. Ademais, tem vindo a promover eventos desportivos de referência, a nível regional, nacional e internacional, atraindo atletas de vários pontos do País, mas também de Espanha.

Este sucesso muito se deve ao seu “braço armado” para o desporto que é a empresa municipal Melsport, EM., a qual tem ao seu dispor equipas de trabalho qualificadas que se envolvem nos diferentes projetos desportivos e que nos permitem a todos alcançar o sucesso”.

Antes dos Campeonatos Nacionais, das provas mais importantes da época desportiva, Melgaço começará por receber a última e decisiva prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse que também atribuirá os títulos de Campeões do Minho desta vertente do ciclismo. A importante prova será disputada no dia 20 de janeiro no Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço), um espaço idealizado e construído de forma a oferecer um serviço de elevada qualidade, com equipamentos adjacentes que visam a atividade desportiva, tanto na vertente lúdica como na vertente competitiva ao mais alto nível.

Pontuável para a Taça de Portugal, no dia 17 de março realiza-se a 4ª Maratona BTT Vila de Melgaço que contará com a presença dos melhores atletas de BTT Maratonas, enquanto no dia 5 de maio será a vez da realização do 5º BTT XCO de Melgaço integrado no Campeonato do Minho de BTT XCO - SCORE Tech.

De 27 a 30 de junho Melgaço acolherá os Campeonatos Nacionais de Elites e Sub 23, seguindo-se, de 26 a 28 de julho, o Grande Prémio do Minho (juniores) em cuja edição do ano passado Melgaço assistiu a uma etapa épica que terminou no alto de Castro Laboreiro.

 

Melgaço: o destino de natureza mais radical de Portugal

 

Afirmar Melgaço como ‘O destino de natureza mais radical de Portugal’ é a estratégia que o Município tem vindo a promover desde o início de 2018, no âmbito do Plano Estratégico e de Marketing para o Turismo, sob a designação ‘Discover Melgaço’.

A aposta em diversos eventos, de diferentes modalidades, o incentivo à prática desportiva, a manutenção e melhoria dos diversos espaços, aliadas às ótimas condições de que o concelho dispõe, têm sido prioridades.

Melgaço centra-se numa imagem de natureza ativa, associada à tendência crescente de uma sociedade cada vez mais ativa, mais jovem, com um conceito de luxo associado a isolamento positivo, autenticidade e a ambientes naturais.

“Melgaço é um destino de natureza por excelência.

As caraterísticas geográficas e geológicas concedem-nos uma posição de destaque e permite que se pratiquem os desportos de rio e montanha mais exigentes, durante todo o ano. Aqui, vive-se adrenalina, com segurança e de braços dados com a natureza! Estamos situados na Área Protegida mais importante de Portugal, o PNPG – Parque Nacional Peneda Gerês, consagrado pela UNESCO Reserva Mundial da Biosfera”, recorda o Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, realçando que em Melgaço “temos tudo para se viver momentos fantásticos, sejam eles gastronómicos, radicais, em volta da natureza e mesmo da cultura e património.

Temos uma deliciosa gastronomia. Um Alvarinho único! E a nossa deslumbrante paisagem concede-nos uma posição de destaque. Não apenas pela sua grandiosidade e pelo facto de constituir um valioso testemunho dos hábitos e culturas das suas gentes, mas também pela sua riqueza ecológica”.

Fonte: ACM

“JÁ ABRIRAM AS INSCRIÇÕES PARA A 5ª PROVA DA TAÇA DE PORTUGAL DE CICLOCROSSE”

Acontece a 20 de janeiro, em Melgaço

Por: Sara Pereira

A 20 de janeiro, Melgaço acolhe a 5ª prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse. As inscrições já estão a decorrer e podem participar atletas de todas as idades e ambos os sexos, mas que possuam licença desportiva de competição. Há ainda a possibilidade de os amantes da modalidade, e interessados na prova, poderem participar na categoria Promoção.

A Taça de Portugal CRO é um troféu oficial da UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo e é composta por categorias, nomeadamente Juvenis, Cadetes, Juniores, Sub-23, Elites e Masters. Os juvenis dão o tiro de partida da prova, pelas 9h30. Às 10h00 competem os masters masculinos e a categoria Promoção, seguindo-se às 11h00 os cadetes masculinos e todas as categorias femininas. Os Elites, Sub 23 Masculinos e Juniores Masculinos findam a prova, pelas 12h00.

A prova irá decorrer num circuito criado para o efeito da área circundante do Centro de Estágios de Melgaço, organizada pela Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M. em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho e a Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com o apoio do Município de Melgaço. As inscrições são possíveis até 16 de janeiro, em https://www.fpciclismo.pt/registo_prova.php.

O ciclocrosse é uma vertente mista, entre o asfalto e o BTT, praticada com bicicletas semelhantes às de estrada, mas em pisos de terra e com pneus apropriados. É uma modalidade de inverno, onde a lama e a chuva são habituais nos percursos. O evento promete divertimento, emoções fortes e respeito pela mãe natureza, não fosse Melgaço o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal.

Nesta temporada, a Taça de Portugal tem cinco provas pontuáveis. A época 2018/2019 teve início a 11 de novembro, em Vila Real, seguiu-se Bragança (25 de novembro) e Valongo (16 de dezembro). Este domingo desenrola-se em Palmela (6 de janeiro). O Campeonato Nacional realiza-se em Marrazes, Leiria, no dia 13 de janeiro.

Recorde-se que em 2018, Melgaço acolheu o Campeonato Nacional: os rasgados elogios na organização da última e decisiva etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse (que decorreu em janeiro de 2017), levaram as entidades organizadoras a escolherem o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal como sede para o Campeonato de 2018. “Melgaço já é uma referência para a prática de desportos de aventura e de deporto com cariz competitivo e/ou de lazer! É nossa intenção continuar a apostar no desporto.”, afirma o Vereador do Desporto do Município de Melgaço, José Adriano Lima.

MELGAÇO: O destino de natureza mais radical de Portugal

Fonte: Gabinete de Comunicação e Imagem Câmara Municipal de Melgaço

“Reunião de trabalho dos selecionadores nacionais”

Equipa técnica reforçada planeia a época em Anadia

Por: José Carlos Gomes

A equipa técnica nacional reuniu-se pela primeira vez em 2019, na Academia Nacional de Ciclismo, em Anadia. A reunião, de planeamento da nova época, contou já com um reforço, a selecionadora nacional de ciclismo feminino, Ana Rita Vigário.

Numa temporada de grande intensidade competitiva, tendo em conta as necessidades de qualificação para os Jogos Olímpicos de 2020, o trabalho de base também está em franco desenvolvimento. Foi nesse sentido que a Federação Portuguesa de Ciclismo criou o cargo permanente de selecionadora de ciclismo feminino.

“A prioridade é a formação competitiva e o acompanhamento das corredoras. Iremos fazer vários estágios ao longo do ano, o primeiro já na próxima semana. Vamos trabalhar de forma próxima com ciclistas das categorias de cadetes até elite. Além das concentrações, iremos correr em Espanha, procurando abrir horizontes e proporcionar novas experiências competitivas. Temos a ambição de participar também com bons desempenhos no Mundial e no Europeu”, explica Ana Rita Vigário, cuja principal responsabilidade é a seleção feminina de estrada, dando apoio aos selecionadores de pista e de BTT no acompanhamento das ciclistas daquelas vertentes.

Além de Ana Rita Vigário, a reunião de hoje juntou os selecionadores nacionais de estrada, José Poeira, de BTT, Pedro Vigário, de paraciclismo, José Marques, e de pista, Gabriel Mendes, que é também o coordenador técnico nacional, com o apoio de José Luís Algarra. O presidente da Federação, Delmino Pereira, e o diretor Sérgio Sousa, também participaram no encontro.

A qualificação para Tóquio é a prioridade de trabalho para as diversas vertentes, marcando já os compromissos internacionais da Equipa Portugal nas próximas semanas. De 11 a 13 de janeiro, Telmo Pinão participa na competição internacional de paraciclismo na vertente de pista, que vai realizar-se em Manchester, Inglaterra. A ideia é aprofundar o trabalho para garantir a qualificação para os Jogos Paralímpicos.

A Equipa Portugal de pista corre, em janeiro, duas etapas da Taça do Mundo. De 18 a 20 a competição acontece em Cambridge, Nova Zelândia, enquanto de 25 a 27 o palco será Hong Kong.

Entre 26 e 29 de janeiro é a Seleção Nacional de BTT que vai bater-se por pontos de qualificação olímpica, apresentando-se na corrida de quatro etapas do Club la Santa, em Lanzarote, Espanha.

As metas na estrada são diferentes, dado que a qualificação para Tóquio faz-se, essencialmente, por via dos resultados dos corredores nas principais provas internacionais, a disputar por equipas e não por seleções. No entanto, o trabalho de base é fundamental, daí que, anualmente, o apuramento para a Volta a França do Futuro é uma meta a atingir.

A presença na Volta a França do Futuro depende da pontuação na Taça das Nações de Sub-23. Para isso, a Equipa Portugal de Sub-23 inicia a época mais cedo do que é habitual, participando, de 4 a 9 de fevereiro, no Tour de l’Espoir, corrida da Taça das Nações que se realiza nos Camarões.

Fonte: FPC