segunda-feira, 15 de outubro de 2018

“Alexandre Montez alcança o ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude Estafetas Mistas”

Depois da medalha de prata na prova individual dos Jogos Olímpicos da Juventude, Alexandre Montez, de 16 anos, arrecadou hoje a medalha de ouro em Buenos Aires, Argentina, na prova de estafetas mistas, equipa Europa 1, juntamente com a dinamarquesa Madsen Bendix, o italiano Alessio Crociani e a suíça Anja Weber.

As equipas são formadas por continentes. As duas primeiras mulheres e os dois primeiros homens a terminarem a prova individual fazem parte da mesma equipa, sendo que só poderão entrar na mesma estafeta dois atletas do mesmo país: um feminino e um masculino.

A primeira triatleta a entrar em prova foi a dinamarquesa, seguida do italiano, depois a suíça, e por último Alexandre Montez que foi o último a competir. O evento do triatlo da prova das estafetas implica que cada atleta tenha que fazer um triatlo na distância super sprint com 300 metros de natação, cerca de 8km de ciclismo e 1,5km de corrida, passando o testemunho ao segundo atleta, que é sempre de sexo diferente. A prova inicia sempre pelo elemento feminino e termina sempre num masculino.

Pedro Leitão, da Comissão Técnica Nacional de Triatlo, afirma que os quatro triatletas da equipa Europa 1 conseguiram uma excelente prova, com a triatleta dinamarquesa na frente, «que fez uma prova fantástica, nadou na frente sozinha e entregou o testemunho em primeiro lugar ao segundo elemento italiano, que foi apanhado pela equipa da Oceania. Alessio Crociani, da Itália, entregou o testemunho em segundo lugar a cerca de 10 a 15 segundos do neozelandês, mas a atleta suíça que saiu em terceiro desta equipa conseguiu alcançar logo na natação a triatleta neozelandesa que seguia em primeiro.»

Depois no segmento do ciclismo, a triatleta neozelandesa e a suíça que pertencia à equipa de Alexandre pedalaram juntas e entregaram praticamente juntas o testemunho: a neozelandesa a um triatleta da equipa australiano e a suíça ao português Alexandre Montez.

A equipa de Inês Rico andou sempre nos primeiros lugar, finalizando em 5º a competição

«O nosso triatleta nadou muito forte, conseguindo ultrapassar o australiano que seguia também em primeiro em cerca de 6 a 7 segundos, o que foi suficiente para pedalar sozinho e distanciar- se com cerca de 20 segundos, distância essa que se manteve no segmento da corrida.», explica o elemento da Comissão Técnica Nacional.

A equipa Europa 6, onde fazia parte Inês Rico, outra triatleta portuguesa que foi o primeiro elemento a entrar em prova, terminou em 5º, integrando uma equipa com um elemento esloveno, uma triatleta inglesa e um elemento belga. «A Inês fez uma excelente prova e os outros elementos acabaram por andar sempre nos primeiros lugares, acabando por ficar na quinta posição».

Os Jogos Olímpicos da Juventude realizam-se entre os dias 6 e 18 de outubro de 2018, em Buenos Aires, na Argentina. Nesta competição participam atletas entre os 15 e os 18 anos de 32 modalidades, em representação de 203 países.

Fonte: FTP

“Patrick Lange bate recorde no Ironman e faz pedido de casamento”

Prova especial para o atleta

Por: José Morgado

Foto: EPA

Há dias... em cheio! O alemão Patrick Lange, de 32 anos, conquistou o título mundial do Ironman pelo segundo ano consecutivo, no Havai, e festejou o feito... de forma muito especial: bateu o recorde (7:52,39), contra 8:01,40 feitos por si o ano passado, a que se seguiu um pedido muito especial.

Depois de nadar quase 4 quilómetro, pedalar 180 e correr uma maratona, Lange ainda teve frescura mental (e física) para pedir a sua namorada... em casamento! "Casa-te comigo", propôs à sua mais-que-tudo após a linha de meta, e a agora noiva não hesitou: aceitou de imediato, colocando uma cereja no topo do bolo num dia memorável para o agora bicampeão.

Entre os mais de 2.500 participantes, de 85 países, estiveram dez portugueses.

Sérgio Marques foi o melhor deles, ao terminar em 40º (8:38,29 horas), enquanto Alexandre Dias, de 33 anos, e que sofre de esclerose múltipla, concluiu no lugar 2.092º (14:21,40).

Fonte: Record on-line

“João Pereira no pódio da Taça do Mundo em Sarasota”

Triatleta português completou a prova em 48.25 minutos

Por: Lusa

Foto: @wags.photo

O atleta português João Pereira foi terceiro classificado na prova de Sarasota (Estados Unidos) da Taça do Mundo de triatlo, sábado, que foi vencida pelo francês Vincent Luis.

João Pereira completou a prova em 48.25 minutos, o mesmo tempo que foi creditado ao segundo classificado, o belga Jelle Geens, ambos a sete segundos de Vincent Luis, que se impôs com o tempo de 48.18.

Vasco Vilaça foi o segundo melhor representante português, no 36.º lugar, com 50.17 minutos, seguido de Alexandre Nobre, 51.º, com 52.11, enquanto Miguel Arraiolos não terminou a prova.

No setor feminino, Andreia Ferrum foi a única atleta lusa a concluir o percurso, terminando na 43.ª posição, com o tempo de 58.42 minutos, uma vez que Madalena Almeida não conseguiu terminar a prova, vencida pela norte-americana Renee Tomlin.

Fonte: Record on-line

“UAE Emirates anuncia gémeos Ivo e Rui Oliveira”

Rui e Ivo Oliveira dão o salto para o World Tour

Foto: DR 1/3

A UAE Team Emirates anunciou esta tarde as contratações dos gémeos portugueses, Ivo e Rui Oliveira, confirmando-se a notícia avançada pelo nosso jornal no dia 25 de setembro.

Os jovens, de 22 anos, que há dois anos competem pela formação norte-americana Axeon, do segundo escalão da UCI, vão assim dar o salto para o pelotão do World Tour, tendo assinado contrato por dois anos.

Por se saber está ainda a situação de Rui Costa, em final de contrato com a UAE.

Fonte: Record on-line

 

“Ruben Guerreiro termina Volta à Turquia no sexto lugar”

Eduard Predes venceu a prova

Por: LUsa

O ciclista português Ruben Guerreiro (Trek-Segafredo) terminou este domingo no sexto lugar a Volta à Turquia, conquistada pelo espanhol Eduard Predes (Euskadi-Murias), depois de ser nono na sexta e última etapa com triunfo do irlandês Sam Bennett (BORA-hansgrohe).

Bennett venceu isolado a última tirada, uma ligação de 166,7 quilómetros entre Manisa e Istambul, seis segundos mais rápido do que o resto do pelotão, com Prades em segundo e o luxemburguês Jempy Drucker (BMC) em terceiro.

Prades, de 31 anos, utilizou a boa prestação no último dia para alcançar a vitória final, subindo três posições na geral, para o lugar mais alto do pódio, à frente do cazaque Alexey Lutsenko (Astana), segundo, e do australiano Nathan Haas (Katusha-Alpecin), terceiro.

Ruben Guerreiro, que em 2019 vai correr na Katusha-Alpecin, voltou a estar em bom plano, numa temporada positiva para o corredor de 24 anos, terminando no sexto lugar geral, ao entrar no 'top 10' do último dia.

Em setembro, já tinha sido quinto na Clássica da Bretanha, prova WorldTour, repetindo o resultado na belga Clássica de Primus, numa temporada em que conseguiu o quarto lugar do Herald Sun Tour, o nono posto no Tour Down Under e o 20.º final na Volta ao Algarve, entre outros resultados.

José Mendes (Burgos-BH) acabou a prova no 26.º lugar, 12 acima da posição de Amaro Antunes (CCC Sprandi Polkowice), enquanto Ricardo Vilela (Manzana Postobon) foi 45.º, Rafael Reis (Caja Rural-Seguros RGA) 57.º e Joaquim Silva (Caja Rural-Seguros RGA) 70.º.

Fonte: Record on-line

“Portugal Ciclável 2030”

Por: José Manuel Caetano

A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) submeteu os seus Contributos e Posição Pública – Por um Portugal Verdadeiramente Ciclável – no âmbito do procedimento de Discussão Pública do programa “Portugal Ciclável 2030”.

O documento está disponível para consulta através do link.

Um agradecimento especial a todos os utilizadores de bicicleta e, em particular, ao nosso Conselho Consultivo para a Mobilidade Sustentável, que nos fizeram chegar inúmeros contributos e propostas para o presente documento.

Fonte: FPCUB

 

Clique:


“CAMPEONATO MUNDIAL DE IRONMAN 2018 Kailua-Kona, HAWAI"

Por: Paulo Vieira

GONÇALO NEVES, atleta do TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS, participou no sábado, 13 de Outubro, num dos maiores eventos desportivos do ano, o CAMPEONATO DO MUNDO DE IRONMAN, que se realizou em Kailua-Kona, no HAWAI.

Uma prova composta por 3.800m de natação, 180kms de ciclismo e 42,2kms de corrida (uma maratona), foi concluída por GONÇALO NEVES num tempo total dos 3 segmentos em 10h31m31s, sendo 165ºclassificado entre 289 participantes no seu escalão Grupo de Idades 45-49anos, numa competição em que estiveram presentes cerca de 2.500 atletas.

Depois de Paulo Antunes, o 1ºtorrejano presente em 2015 num CAMPEONATO DO MUNDO DE IRONMAN, GONÇALO NEVES para chegar a este palco no HAWAI, apurou-se com um excelente 2ºlugar no seu grupo de idades 45-49 anos, no Ironman Mar del Plata, que se realizou em Buenos Aires na Argentina, em Novembro de 2017.

Antes da prova, e num momento difícil da sua vida, o atleta torrejano que pratica triatlo desde a década de 90, as PALAVRAS na sua página do facebook e as emoções foram a sua força:

“ As vezes que caio. São as que me levanto.

Amanhã terei de ser mais EU.

EU o filho do AUGUSTO e da MANUELA.”

 

Campeonato Nacional Individual de Duatlo

No domingo, 14 de Outubro, realizou-se no Cadaval a prova do Campeonato Nacional Individual De Duatlo em distância sprint, com dois segmentos de corrida e pelo meio um segmento de ciclismo (4.900m/corrida, 23kms/ciclismo e 2.500m/corrida).

Depois do excelente 8ºlugar no grupo de idades 40-44 anos no HALF IRONMAN em Cascais, que o qualificou novamente para o Campeonato do Mundo de Half Ironman, que em 2019 se realiza em Nice (França), MARCO SOUSA foi o único atleta torrejano presente nesta prova no Cadaval, alcançando o 4ºlugar no seu grupo de idades 40-44anos, sendo 18ºclassificado na geral absoluta.

Fonte: TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS

“Trilho do Fundador / Profº Orlando Lemos”

A ERDAL - Escola de Referência Desportiva de Desportos de Ar Livre promove no dia 11 de novembro, em Guimarães, o V Trilho do Fundador / Profº Orlando Lemos. A iniciativa, promovida com o apoio da Associação de Ciclismo do Minho, integra um percurso de BTT (40 Kms), um mini-trilho (20 kms) e uma caminhada (7 kms). A iniciativa tem um cariz solidário e as inscrições devem ser formalizadas online (www.acm.pt)

Aberto à participação de todos os interessados, o V Trilho do Fundador / Profº Orlando Lemos terá início às 9 horas no Campo de São Mamede.

A iniciativa oferece as opções de participação no Trilho de BTT (40Kms - grau de dificuldade 4), Mini trilho de BTT (20Kms – grau de dificuldade 2) e caminhada (7Kms).

As inscrições devem ser efetuadas até ao dia 10 de novembro e têm o custo de 7,5 euros (Trilho de BTT e Mini Trilho) e de 3 euros caminhada, havendo a possibilidade de aquisição do pack especial (inscrição + jersey) pelo valor de 20 euros. A inscrição inclui seguro de acidentes pessoal, reforço, dorsal e banho.

Na quinta edição do Trilho do Fundador a Erdal contribuirá com 1 euro por inscrição para a neta do fundador da Erdal (Profº Orlando Lemos) a menina Rafinha que, vítima de uma doença congénita, precisa de apoio para os seus tratamentos e cuja situação pessoal e de saúde poderá ser consultada nos seguintes links: https://www.facebook.com/donate/321177028618484 e https://www.facebook.com/My-life-My-blog-301854070367062.

A ERDAL é uma associação sem fins lucrativos, com sede em Guimarães, que visa a promoção de atividades de natureza desportiva, cultural e recreativa e o desenvolvimento do processo educativo escolar. Tendo como associados fundadores as Escolas AE João de Meira, AE Santos Simões, Escola Secundária Martins Sarmento, AE Francisco de Holanda, EB2,3 Fernando Távora e o Colégio do Ave, a ERDAL privilegia na sua atuação a prática de desportos de ar livre e a intervenção junto de jovens com necessidades educativas especiais e economicamente carenciados.

Alargando o seu âmbito de atuação à comunidade em geral, a ERDAL tem desenvolvido projetos em parceria com diversas entidades, entre as quais a Associação de Ciclismo do Minho, Associação Vimaranense de Ecologia, Laboratório da Paisagem, Massa Crítica, Tempo Livre, Juntas de Freguesia e Município de Guimarães. São exemplos da atividade da ERDAL, a par das ações empreendidas no âmbito do desporto escolar, as iniciativas “Guimarães a Pedalar”, “Jornadas de Ciclismo” e as “Jornadas Desportivas da Erdal”, Estágios de Natal e de Páscoa, o Trail da Erdal, entre outras.

Com sede na Rua Calouste Gulbenkian, em Guimarães (Agrupamento de Escolas Professor João de Meira), A ERDAL admite como associados, individuais e coletivos, todos quantos se revejam nos seus objetivos e nutram o gosto pela prática desportiva.

Fonte: ACM

“Taça de Portugal Enduro BTT”

José Borges e Maaris Meier fazem o pleno

Por: José Carlos Gomes

José Borges (Miranda Factory) e Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte) conquistaram hoje a Taça de Portugal de Enduro BTT, graças ao triunfo na última prova pontuável, disputada em Ponte de Lima.

A equipa Miranda Factory dominou a corrida de elite masculina. José Borges, que chegou a território limiano no topo da geral, foi o melhor na derradeira etapa da Taça, vencendo quatro das cinco especiais classificativas, um desempenho que lhe valeu a conquista do troféu. O segundo classificado em Ponte de Lima foi o colega de equipa Vasco Bica, a 40,006 segundos. O terceiro, a 51,560 segundos, foi Emanuel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo).

O resultado da corrida de Ponte de Lima permitiu a José Borges terminar a Taça de Portugal com 750 pontos, mais 160 do que o segundo na geral, Emanuel Pombo, que somou 590. O terceiro, com 530 pontos, foi João Reis (Maiatos/Reabnorte).

A estoniana Maaris Meier e a portuguesa Áurea Agostinho (Casa do Povo de Abrunheira) abordaram a etapa de Ponte de Lima com os mesmos pontos. A corredora da equipa Maiatos/Reabnorte foi a mais forte no alto Minho, vencendo a corrida deste domingo com 54,740 segundos de vantagem sobre a adversária direta e com 2’02’’740 sobre Ana Leite (Enduro BTT de Braga).

O desempenho na última etapa valeu a Maaris Meier a conquista da Taça de Portugal de elite feminina, com 750 pontos. Áurea Agostinho fechou a época com 700 e Leandra Gomes (Batotas/Ponte de Lima) foi a terceira da geral, com 440.

O galego Nicolás Carrera (CC Coruxo) venceu a Taça de Portugal na categoria júnior. Em cadetes impuseram-se Nuno Reis (Maiatos/Reabnorte) e Marta Simões (CAJ Raposa).

A Taça de Portugal nas categorias de veteranos foi conquistada pelo master 30 João Gomes (Enduro BTT Braga), pelo master 40 Bruno Morais (BTT Enduro Terras de Bouro), pelo master 50 José Salgueiro (MCF/XDream/Município de S. Brás) e pela feminina Fátima Vida (Ass. 20 Km Almeirim/Restaurante O Forno).

Por equipas impuseram-se os Maiatos/Reabnorte.

Fonte: FPC