segunda-feira, 5 de setembro de 2016

“Tudo a postos para o FIM Mototour of Nations 2016”


Viajantes de todo o Mundo atraídos pela beleza de Portugal

O Norte de Portugal prepara-se para receber um dos maiores eventos mototurísticos do Mundo, com duas centenas de motociclistas oriundos da Europa e América do Norte prontos para descobrir algumas das mais belas paisagens e aldeias, história e gastronomia do nosso Pais ao longo de quatro dias bem recheados. Será a 3.ª edição do FIM Mototour of Nations, evento mototurístico realizado sob a égide da Federação Internacional de Motociclismo e da Federação de Motociclismo de Portugal, com organização a cargo do Moto Clube do Porto, de 8 a 11 de setembro.

Iniciativa de grande peso na divulgação turística de Portugal entre a comunidade motociclística internacional, o FIM Motour of Nations 2016 marca o regresso do MCP às grandes organizações após a responsabilidade do FIM Méritum e do FIM Motocamp, respetivamente em 2003 e 2014. Voto de confiança da Comissão de Turismo e Lazer (CTL) da Federação Internacional de Motociclismo justificado pela forte imagem internacional do clube portuense e pela variadade e interesse do programa proposto. Ao longo de quatro dias será oferecida aos experientes viajantes a oportunidade de descobrir paisagens deslumbrantes, apreciar sabores ímpares, desfrutar de uma história riquissíma e conhecer gentes verdadeiramente únicas.

Programa que começa na quinta-feira, dia 8 de setembro, com a receção e Jantar de Boas-Vindas no elegante Hotel Casino de Chaves, seguindo-se, na manhã do dia 9, ligação ao Porto, com passagem por Boticas, Vilarinho Seco, Cabeceiras de Basto, com visita ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos, e Guimarães com subida à Penha. Após o jantar, no Hotel Ipanema Park da cidade anfitriã, tempo para a descoberta da animação noturna do Porto.

No sábado, partida e chegada ao Porto de viagem que andará junto ao litoral atlântico, com paragem maior em Esposende, oportunidade ímpar de apreciar a extrema variedade paisagística depois da passagem na véspera pelas serranias de Barroso e Basto. Nova paragem em local emblemático de Vila Nova de Gaia, na Serra do Pilar, com direito a desfrutar de uma das mais bonitas vistas sobre do Porto e da visita ao Mosteiro da Serra do Pilar. Para terminar o dia não podia faltar especialíssimo aperitivo nas Caves de Vinho do Porto, antes do Jantar de Gala no monumental edifício da Alfândega do Porto.

Programa delineado ao pormenor para ir de encontro aos desejos das centenas de mototuristas que nos visitam e que, no domingo, poderão desfrutar da incomparável paisagem duriense. A visita à Quinta do Seixo e o almoço em Tabuaço serão derradeiros momentos de um evento que, acreditamos, deixará saudades em todos os que visitarem o nosso País.

Fonte: Moto Clube do Porto/Parceria Notícias do Pedal

“Circuito de Avelar”

A equipa de ciclismo ASFIC – Grupo Parapedra / Dinazoo / Riomagic deslocou-se dia 4 de setembro, à localidade de Avelar, concelho de Ansião, para participar no circuito de ciclismo daquela localidade, a antepenúltima prova oficial do calendário da Federação de Ciclismo de Santarém.

A ASFIC apresentou-se neste circuito com 8 dos seus ciclistas (Rui Rodrigues, João Portela, Edgar Oliveira, Jorge Letras, Luís Vicente, Hélder Pereira, Humberto Careca e Jorge Madeira).

O circuito foi composto por 30 voltas de 1,3km, perfazendo um total de 40 km.

Sensivelmente à 15.ª volta deu-se uma fuga de 6 ciclistas, onde estavam 2 atletas da ASFIC (Rui Rodrigues e Humberto Careca ), passado cerca de 3 voltas, Hélder Pereira em conjunto com mais 3 ciclistas, conseguiram fugir ao pelotão e juntarem-se aos atletas da fuga, ficando assim esta composta por 9 elementos.

A fuga manteve-se até final tendo os 9 ciclistas discutido a vitória ao sprint, onde Rui Rodrigues viria a obter o 2º Lugar, Hélder Pereira o 5º e Humberto Careca o 9º. Na chegada do pelotão Edgar Oliveira já tinha ganho alguma vantagem ao mesmo nas 2 voltas finais, cortando a meta sozinho no 11º lugar. João Portela acabou em 13º Lugar, Jorge Madeira em 16º e Jorge Letras em 18º.

A ASFIC-Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic, conseguiu colocar 3 atletas nos 10 primeiros, classificando-se em 1.º lugar por equipas.

A formação do concelho de Rio Maior esteve mais uma vez em evidência, demostrando os seus ciclistas uma enorme atitude e determinação na estrada, na conquista da sétima vitória consecutiva por equipas ( Circuito A dos barbas, Circuito Seixo Mira, Circuito Manique do Intendente, Circuito de Antes, circuito Maçãs Dona Maria, Circuito de Rio Maior e Circuito de Avelar).

Com os resultados alcançados os atletas da ASFIC apenas mostram a todos a união e o espirito de grupo que se vive dentro da equipa, onde a harmonia entre atletas e direção se traduz em vitórias não só coletivas, como também individuais.

Por ultimo queremos agradecer a todos os patrocinadores, que sem eles não era possível ter esta grande equipa, formada destes briosos atletas, que honram sempre a camisola até a ultima gota do seu suor.

Também sem os nossos patrocinadores, não seria possível olhar o futuro com ambição e determinação, e a 1 semana do fim da época 2016, ter a equipa quase fechada já para a época 2017, onde apenas sofrerá a atual equipa alguns ajustes, com a entrada de possivelmente três atletas e estando sempre em aberto uma vaga de ajuste de ultima hora.

Fonte: ASFIC - GRUPO PARAPEDRA /DINAZOO / RIOMAGIC

“Festival Bike 2016”

No Centro Nacional de Exposições, em Santarém, de 14 a 16 de Outubro

Festival Bike apresenta as principais novidades do mundo da bicicleta

As principais novidades do mercado do munda da bicicleta vão ser apresentadas durante a 13ª edição do Festival Bike Festival Bike Portugal – Festival Internacional da Bicicleta, Equipamentos e Acessórios e Salão de Ciclismo Profissional, que decorre de 14 a 16 de Outubro no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e que promete ser, uma vez mais, o centro das atenções do sector.

O evento é o espaço privilegiado para conhecer as novidades do mercado e um ponto de encontro para todos aqueles que de forma profissional, desportiva ou de lazer se encontram ligados a este ramo.

O certame é a referência do mercado nacional e tem como objectivo realçar as marcas e as empresas nacionais e internacionais que operam nesta área.  Importadores, lojistas, distribuidores, organizadores de eventos, comunicação social, atletas profissionais e amadores, e muito público interessado, transformam o Festival Bike num evento único e incontornável.

Por outro lado, a qualidade e a diversidade de produtos em exposição, a oportunidade de apresentação de novos modelos de bicicletas, equipamentos e acessórios, o envolvimento de empresas e entidades promotoras da Bicicleta enquanto meio saudável para a prática desportiva ou para momentos de lazer, têm contribuído para o crescimento sustentado do Festival Bike. 

Os sectores em exposição são muitos e variados como Associações, Centros de Estágio, Clubes, Comunicação Social, Federações e Outras Entidades Oficiais, Ginásios, Hotelaria e Ecoturismo, Importadores e Fabricantes, Lojas de Bicicletas e Equipamentos, Organizadores de Eventos Desportivos, Parques Desportivos e Centros de Férias, Suplementos Alimentares, Taças e Troféus ou Vestuário.

O Festival Bike volta a contar com diversas atividades, proporcionando aos visitantes uma escolha ampla e variada de carácter lúdico e competitivo, tais como Maratona BTT, Cicloturismo, Granfondo, Duatlo, Passeio de Bicicletas Antigas, BMX, Dirt, entre outras.

Paralelamente, o Festival Bike também pretende estimular a participação do público nos vários eventos que aqui decorrem como workshops, conferências ou sessões de esclarecimento, entre outros.

Recorde-se que em 2015 o Festival Bike contou com 134 expositores, 26.300 visitantes e mais de 6.500 atletas inscritos nas várias competições.

Horário

Sexta-feira, 14/10: 10h00 às 17h (Profissionais)

Sexta-feira, 14/10: 17h às 20h (Público em Geral)

Sábado, 15/10: 10h00 às 20h (Público em Geral)

Domingo, 16/10: 10h às 20h (Público em Geral)

Entradas

1 Bilhete: 6,00 € (Válido para apenas 1 entrada) 

Bilhete Feira (3 dias) : 12,00 € (O Bilhete de 3 dias permite visitar a feira a qualquer hora e várias vezes por dia)

Entrada Gratuita para Crianças até aos 11 anos (inclusive)

Parque de Estacionamento: Gratuito

“Triatlo de Montemor-o-Velho”

ESCOLA TRIATLO TORRES NOVAS CONQUISTA o 3ºLUGAR no Campeonato Nacional de Triatlo Jovem 2016

A ESCOLA DE TRIATLO DE TORRES NOVAS  conquistou o 3ºlugar no Campeonato Nacional de Triatlo Jovem 2016, depois nas 5 épocas anteriores se sagrar por 4 vezes Vice-Campeã Nacional, e de ter sido Campeã Nacional em 2013. O Alhandra Sport Club consagrou-se Campeão Nacional Triatlo Jovem 2016 entre 47 equipas participantes, e o Sport Lisboa e Benfica ficou no 2ºlugar.

A ESCOLA DE TRIATLO DE TORRES NOVAS que neste momento é uma referência na formação do triatlo a nível nacional, contando já com atletas a representar a seleção nacional de triatlo, foi formada em 2009, como secção autónoma do Clube de Natação de Torres Novas.

Todos aqueles que têm levado para a frente este projecto, estariam longe de pensar que estes jovens triatletas torrejanos conseguiriam alcançar tantos êxitos desportivos em 7 anos de existência, tanto colectivamente como individualmente, à excepção do técnico e fundador desta Escola, PAULO ANTUNES, que aliando o seu percurso académico à sua experiência adquirida enquanto atleta de triatlo (relembre-se que foi 5 vezes campeão nacional de triatlo entre 1997 e 2005), colocou em prática o seu conhecimento da modalidade, começando pela formação de jovens.

No regresso de férias, os jovens triatletas torrejanos deslocaram-se a Montemor-o-Velho no passado sábado, dia 3/Setembro, para disputar a última etapa (13ª) do Campeonato Nacional Triatlo Jovem 2016.

A Escola de Triatlo de Torres Novas participou com 8 equipas, numa prova disputada em formato de estafetas com as equipas de 3 elementos a serem distribuídas por 2 agrupamentos, os torrejanos conseguiram um 1ºlugar nos pódios, e garantiram o 3ºlugar por equipas nesta última etapa.

No 1ºagrupamento, constituído por atletas Benjamins e Infantis, a equipa torrejana com PEDRO AFONSO SILVA, MARTIM SLAVADOR e JOÃO NUNO BATISTA, subiu ao 1ºlugar do pódio, enquanto em femininos, a melhor equipa torrejana constituída por Ana Júlia Marques, Matilde Moita e Margarida Inácio classificou-se na 6ªposição. Ainda neste agrupamento estiveram em acção mais 2 equipas masculinas torrejanas com Francisco Carvalho, Afonso Mourão e Vasco Santos a conseguirem o 8ºlugar, e Guilherme Neves, André Neves e David Marques a concluírem no 11ºlugar.
 

No 2ºagrupamento constituído por atletas Iniciados e Juvenis, a melhor equipa da Escola de Triatlo de Torres Novas com Gustavo do Canto, Afonos do Canto e Duarte Santos, ficou a um lugar do pódio, na 4ªposição, enquanto Tiago Lopes, João Graça e Luis Carvalho concluíram no 9ºlugar. A equipa constituída por Daniel Rodrigues, Guilherme Marques e Francisco Gonçalves terminou na 22ªposição, e Beatriz Neves, Margarida Silva e Matilde Ferreira que constituíram a única equipa feminina torrejana neste agrupamento, concluíram no 11ºlugar.

 
Parabéns a TODOS OS ATLETAS que demonstraram espirito de equipa, coragem, esforço e sacrifício em todas as provas ao longo desta época, à dedicação e esforço da EQUIPA TÉCNICA, constituída por Paulo Antunes e Marco Sousa, que sempre acreditaram nesta grande equipa, a todos os PAIS e AMIGOS, que foram também indispensáveis para o sucesso dos nossos jovens, e aos nossos parceiros BATADEC, Lda., FARMÁCIA CARLOS PEREIRA LUCAS, CENTRO LINGUAS BRITANIA HOUSE, EXPOENTE MÁXIMO e AVENTUR Aventura e Lazer.

Parabéns ainda a todas as equipas e atletas que participaram neste longo campeonato. VIVA O TRIATLO.

Taça de Portugal de Tiatlo

No mesmo local, mas no domingo de manhã, disputou-se mais uma etapa da Taça de Portugal de Triatlo, com a presença de atletas torrejanos que estiveram em bom plano, numa prova caracterizada por percursos muito planos, com 750m de natação, 21kms de ciclismo, e 5kms de corrida.

RICARDO BATISTA, venceu este triatlo em Montemor-o-Velho na sua categoria de Cadetes, sendo 8ºclassificado em absolutos, enquanto JOANA MIRANDA também subiu ao pódio na 3ªposição em Cadetes.

Fonte: ESCOLA DE TRIATLO DE TORRES NOVAS

“Granfondo Aldeias do Xisto: uma prova de montanha única para os amantes do ciclismo”

11 de setembro | 08h30 | Serras da Lousã e do Açor

No próximo fim-de-semana as Aldeias do Xisto vão receber uma das provas mais emblemáticas entre os adeptos do ciclismo: o “Granfondo Aldeias do Xisto”. É a 5ª edição de uma prova de resistência em bicicleta de estrada que vai juntar centenas de atletas e acompanhantes nos magníficos cenários das serras da Lousã e do Açor. Contamos consigo?

O local não podia ser melhor. As Aldeias do Xisto em todo o seu esplendor recebem, num cenário perfeito de serras beirãs, mais uma aliciante e poderosa prova do “Granfondo Aldeias do Xisto”. Uma festa desportiva que envolve várias aldeias e as suas gentes, numa experiência única que mistura desporto, natureza e convívio.

Com um percurso que engloba vários Municípios das Aldeias do Xisto - Lousã, Góis, Castanheira de Pera, Pedrógão Grande e Pampilhosa da Serra – os participantes percorrerão estradas com escasso trânsito automóvel, mas em excelentes condições e com enquadramentos paisagísticos de exceção. O traçado, desafiante e abrindo-se em grandes horizontes, revela toda a beleza e magnitude do território das Aldeias do Xisto como destino singular para a prática do ciclismo e cicloturismo.

GRANFONDO (166 km) / MEDIOFONDO (108 km)

Os traçados, muito panorâmicos e marcados pelos grandes horizontes, decorrem em estradas de montanha com escasso trânsito automóvel e excelentes condições de piso. A base de percurso mantém-se em relação à edição do ano passado, de onde se destacam os traçados nas encostas das serras da Lousã e do Açor. De salientar ainda que este ano, e devido às comemorações da 5ª edição do Clássico dos Granfondos em Portugal, a organização da prova realizou algumas alterações do percurso, incluindo cerca de 25 novos quilómetros a serem percorridos pelos participantes do Granfondo, e cerca de 20 kms pelos do Mediofondo.

PROGRAMA:

10 de Setembro (sábado)

14h30 / 19h00:

Secretariado – Levantamento de documentação e receção de atletas (Nave de exposições da Lousã).

Expo Granfondo Serra da Estrela com Mahou Lounge e zona de convívio (Nave de exposições da Lousã).

11 de Setembro (domingo)

07h30/08h00 – Secretariado atletas (Nave de exposições da Lousã).

08h30 – Partida para o 5º Granfondo Serra da Estrela – Granfondo e Mediofondo (junto à Nave de exposições da Lousã).

11h00 – Meta: chegada dos primeiros atletas do Mediofondo (Nave de exposições da Lousã).

13h15 – Meta: chegada dos primeiros atletas do Granfondo (Nave de exposições da Lousã).

17h30 – Meta: chegada dos últimos atletas (Nave de exposições da Lousã).

11h15 / 18h30: pasta Recovery e Expo Granfondo Aldeias do Xisto – animação (Nave de exposições da Lousã)

15h30: Cerimónia da entrega de prémios (Nave de exposições da Lousã).

Para mais informações visite www.aldeiasdoxisto.pt

Para mais informações técnicas sobre a prova visite www.aldeiasdoxisto.pt

Sobre o Granfondo

O conceito nasceu em Itália e em pouco tempo se difundiu por todo o mundo sendo neste momento um fenómeno de sucesso em vários países da Europa e também nos Estados Unidos, com eventos com uma participação massiva a cativar milhares e milhares de aficionados de ciclismo, atraídos por estes aliciantes desafios geralmente realizados em espetaculares e exigentes traçados, em cenários de exceção para a prática do seu desporto favorito. É a fórmula de sucesso das grandes maratonas de atletismo abertas ao público em geral (Nova Iorque, Londres, Lisboa, etc.), transposta para o mundo do ciclismo de estrada, modalidade cuja popularidade tem crescido exponencialmente nos últimos tempos com a conquista de novos públicos.

A Rede das Aldeias do Xisto é um projeto de desenvolvimento sustentável, de âmbito regional, liderado pela ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto, em parceria com 20 municípios da Região Centro e com cerca de 100 operadores privados. A ADXTUR congrega, assim, as vontades públicas e privadas de uma região, que se reveem na gestão partilhada de uma marca, na promoção conjunta de um território, na criação de riqueza através da oferta de serviços turísticos e, finalmente, na preservação da cultura e do património do mundo rural beirão.

“Vuelta/Jean-Pierre Drucker vence 16.ª etapa ao sprint”

Quintana mantém liderança folgada

Por: Lusa

Foto: EPA

Jean-Pierre Drucker (BMC) venceu esta segunda-feira ao sprint a 16.ª etapa da Volta a Espanha, enquanto o colombiano Nairo Quintana (Movistar) manteve a liderança folgada.
Os 156,4 quilómetros entre Alcañiz e Peñíscola, no mar Mediterrâneo, com apenas uma contagem de terceira categoria e chegada plana, foram cumpridos pelo ciclista de 30 anos em 3:21.18 horas.
Nairo Quintana mantém os 3.37 minutos de avanço para Chris Froome (Sky).
Terça-feira os ciclistas cumprem um dia de descanso.

Fonte: Record on-line