quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

“Nova edição mensal da Revista Notícias do Pedal”

A “Revista Notícias do Pedal” acabou de lançar a edição número 282, de fevereiro, a mesma contém uma grande diversidade de notícias, nas mais diversas modalidades, descubra e conheça a mesma, e ainda outras novidades, e outros projetos, e participe.

Temos espaço para divulgar o seu evento antes e após a realização do mesmo, pode divulgar ainda tudo o que se relaciona com a bicicleta, como um acontecimento, um passeio onde participou, uma novidade.

Temos espaço diário, e mensal, e damos liberdade aos nossos leitores, de se pronunciarem, e fazerem as suas divulgações, para que isso aconteça, basta enviarem um pequeno texto, algumas fotos, ou cartazes, e nós tratamos do resto.

Todas as notícias podem ser enviadas para os nossos mails:


A nossa publicação pode ser visualizada em: www.noticiasdopedal.com onde vai encontrar todos os nossos projetos e links para os mesmos.

 Boas leituras…

“Uber lança as bicicletas elétricas dockless JUMP em Lisboa”

Por: Tiago Dias

A Uber anuncia hoje o lançamento das bicicletas eléctricas JUMP - com sistema dockless - em Lisboa disponíveis 24 horas por dia. A capital portuguesa é a primeira cidade europeia a receber o produto totalmente disponível com 750 bicicletas e oferecendo 90% de cobertura do município.

As bicicletas JUMP são eléctricas, tornando possível que Lisboa seja uma cidade fácil de viajar enquanto pedala. Com o sistema “dockless”, o utilizador pode viajar pelo município lisboeta e estacionar a bicicleta no final de cada viagem nas zonas autorizadas para estacionamento de bicicletas disponíveis na cidade,  com a funcionalidade “true-lock”. 

A Uber está a celebrar este lançamento das suas e-bikes em Lisboa com a oferta de 10 dias de viagens gratuitas para a experiência deste produto (2 viagens no máximo, até 20 minutos) e distribuirá capacetes gratuitos para promover a segurança entre os utilizadores. Na capital portuguesa será possível pedir uma viagem, uma refeição e agora uma bicicleta eléctrica tudo através da aplicação da Uber.

A expansão da JUMP em Lisboa reforça o compromisso da Uber em oferecer várias opções de mobilidade, garantindo opções seguras, económicas para a primeira e última parte da viagem. 

“Estamos entusiasmados em lançar as bicicletas elétricas JUMP em Lisboa e contribuir para que mais pessoas consigam viajar em alternativa ao carro próprio” afirma o co-fundador e CEO da JUMP Ryan Rzepecki. “Com a JUMP, queremos oferecer mais opções de mobilidade e reduzir o congestionamento de tráfego em Lisboa.”

Miguel Gaspar, Vereador da Mobilidade e Segurança da Câmara Municipal de Lisboa afirma que “ É com satisfação que o município de Lisboa recebe a Jump e torna-se na primeira cidade europeia a disponibilizar este sistema de bicicleta partilhadas aos seus munícipes. No âmbito da promoção dos transportes sustentáveis e ativos, a autarquia de Lisboa encoraja a prossecução destes serviços de mobilidade partilhada que são, cada vez mais, uma alternativa ao uso do automóvel particular.

Estes novos modos de transporte trazem novos desafios às cidades, que precisam de se adaptar para os receber. A Câmara de Lisboa trabalha em estreita colaboração com cada operador para que a utilização e o estacionamento destes novos modos de transporte respeitem as regras de segurança e o espaço público, de forma a garantir a segurança de todos.

Acreditamos que a Jump pode ser um importante complemento da rede GIRA, gerida pela EMEL, que já faz parte das opções de mobilidade de quem vive e trabalha em Lisboa”.

Durante o lançamento, a empresa irá organizar demonstrações de segurança e oferecer gratuitamente capacetes para sensibilizar os utilizadores a viajarem de forma segura numa bicicleta JUMP.


Como viajar com uma bicicleta JUMP

Passo 1 - Encontrar uma bicicleta: Abrir a aplicação Uber e selecionar a opção Pedalar. Depois escolha uma bicicleta para desbloquear estacionada nas proximidades.

Passo 2 - Escolher uma bicicleta: Dirija-se à bicicleta selecionada, introduza o PIN de desbloqueio disponível na aplicação e depois remova e guarde o cadeado. Após verificar as condições de segurança dos travões e pressão de pneus, pode começar a viajar.

Passo 3 - Explorar Lisboa:  Subir colinas, descer encostas, pedalar pela cidade. O motor dá a ajuda de que os utilizadores precisam enquanto pedalam, eliminando qualquer dificuldade em subir encostas. Recomendamos que viaje nas ciclovias da cidade, utilizando capacete para sua segurança. Depois da viagem, estacione dentro da zona JUMP apresentada no mapa da aplicação. Utilize o sistema de bloqueio para finalizar a viagem.

 
JUMP


O que é a JUMP?

Em 2017, a JUMP lançou o primeiro sistema de partilha de bicicletas elétricas dockless nos EUA. Fundada por Ryan Rzepecki, a JUMP tem definido o futuro da mobilidade partilhada de bicicletas desde 2010, quando criaram a Social Bicycles, o primeiro sistema de partilha de bicicletas dockless e as primeiras bicicletas inteligentes a apresentar tecnologia integrada de GPS, pagamento e bloqueio.
As bicicletas JUMP foram cuidadosamente projetadas pelas suas equipas internas de design e engenharia para oferecer uma viagem conveniente, mas segura, tanto para os utilizadores quanto para os residentes. As bicicletas têm uma estrutura personalizada e design produzido com componentes de alta qualidade e longa duração.


Principais características da bicicleta


100% Elétrica: todas as bicicletas JUMP oferecem e-assist (assistência eléctrica), o que permite viajar a uma velocidade até 25 km/h. Quando o utilizador pedala, consegue subir as colinas de Lisboa sem esforço.

Bloqueio Integrado: As bicicletas JUMP têm um cadeado incorporado que deve ser obrigatoriamente trancado ao mobiliário urbano (existente ou criado especificamente com esse fim) ou nas zonas dedicadas a esse estacionamento, no final de cada viagem. Com foco na segurança de todos, este sistema evita também comportamentos que possam colocar em causa a utilização responsável e ordenada do espaço público.



Durabilidade: Através de peças personalizadas, e de um cronograma de manutenção exigente, as bicicletas JUMP foram desenhadas para sustentar a rotina urbana.

 

JUMP em Lisboa:

 

Número previsto de bicicletas: cerca de 750.

Zona de serviço: 90 % de cobertura do município de Lisboa

Horário de funcionamento: 24 horas por dia.

Custo de utilização: 0,15€ minuto sem custo de desbloqueio.

A Uber está a celebrar este lançamento das suas e-bikes em Lisboa com a oferta de 10 dias de viagens gratuitas para a experiência deste produto (2 viagens no máximo, até 20 minutos) e tem planeada diversas ações na cidade de lisboa com distribuição de capacetes gratuitos para promover a segurança entre os utilizadores.

Fonte: Hill+Knowlton Strategies



 

“Calendário Nacional da FTP para o mês de março de 2019”

No mês de março haverá quatro fins-de-semana de competições, com duas provas do Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo, a prova de distância Standard ou Olímpica e a de Estafetas Mistas, duas provas da Taça de Portugal, uma prova do Campeonato Nacional Jovem e o Campeonato Nacional Individual do Duatlo Cross que inclui também o Campeonato Nacional de Cadetes, Juniores e Paratriatlo. Cuba, Grândola e Famalicão irão ter provas abertas. Vamos ver as provas em março?


Taça de Portugal (etapa 1) – III Triatlo de Cuba

10 de março

O Triatlo de Cuba realizou-se em 2017 retomando agora em 2019

No dia 10 de março irá realizar-se o III Triatlo de Cuba que integra a primeira de oito etapas da Taça de Portugal e uma prova aberta a todos os participantes.

As provas serão disputadas na distância sprint.

Horário: 11h prova feminina – 11h10 prova masculina

Distância: sprint

Inscrições: até às 23h59 de dia 4 de março.

Prova aberta: Sim


PERCURSO

Natação: percurso de uma volta, realizado na Barragem de Albergaria dos Fusos, com partida de dentro de água, triangular.

Ciclismo: percurso em asfalto realizado em linha e com pouca altimetria. Asfalto em condições relativamente boas.

Corrida: percurso com duas voltas, sem desnível considerável, em piso misto de terra batida e alcatrão.

Vencedores em 2018: os vencedores da Taça de Portugal foram o Estoril Praia Credibom e o Alhandra Sporting Club, na competição masculina e feminina respetivamente.

O III Triatlo de Cuba é uma organização do Município de Cuba com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal.

Informações e inscrições consulte o regulamento aqui


Campeonato Nacional Jovem (etapa 1)

Duatlo de Portalegre -III Duatlo Davines JC Casado

16 de março

No dia 16 de março será a vez da primeira de sete etapas do Campeonato Nacional Jovem a decorrer em Portalegre, um Duatlo Cross com a distância sprint.


Taça de Portugal (etapa 2) – XXV Duatlo de Grândola

17 de março

No dia 17 de março irá realizar-se a segunda etapa da Taça de Portugal no XXV Duatlo de Grândola, uma prova aberta a federados e não federados que vai ser disputada em formato de contrarrelógio individual na distância sprint. Os atletas não federados poderão participar na prova por estafetas com dois ou três elementos.

Início: 9h30

Distância: sprint (contrarrelógio)

Prova aberta: Sim

Inscrições: até às 23h59 de dia 11 de março (as inscrições serão aceites se o pagamento for liquidado até 13 de março)


PERCURSO

1ª Corrida: Percurso circular entre dois retornos, o primeiro entre o Jardim 1º de Maio, onde se  localiza a partida e o percurso circular no interior da Escola Secundária António Inácio da Cruz e o segundo entre o Complexo Desportivo Municipal José Afonso e a zona habitacional a Sul do Complexo; duas voltas em asfalto em boas condições, com algum desnível nas zonas dos retornos.

Ciclismo: percurso em asfalto em boas condições, sem desníveis consideráveis, entre o centro da Vila de Grândola e o circuito fechado da EN 261-1 onde se realizam 2 voltas, antes do regresso à área de transição.

2ª Corrida: percurso idêntico à 1ª Corrida, em sentido único (1 volta apenas), até à meta que se encontra instalada no estacionamento anexo ao Complexo Desportivo Municipal José Afonso.

Inscrições: até às 23h59 de dia 11 de março.

Vencedores em 2018: Após um interregno de onze anos, esta prova regressou em 2018 com vitória para o Sporting Clube de Portugal na prova feminina e para o Estoril Praia Credibom na competição masculina.


Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo

(etapa 1)

I Triatlo de Portimão

23 e 24 de março

No dia 23 de março irá realizar-se o I Triatlo de Portimão que irá integrar a primeira das quatro etapas do Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo, uma competição na distância standard e o Campeonato Nacional de Clubes por Estafetas Mistas com a distância super sprint, provas que se destinam a atletas licenciados.


Campeonato Nacional de Clubes Triatlo

23 de março

Início: 13h (prova feminina); 14h30 (prova masculina)

Distância: standard

Prova aberta: não

Inscrições: até às 23h59 de dia 18 de março


PERCURSO

Partida, parque de transição e chegada na marina da Praia da Rocha.

Natação: partida na areia, em linha, sem separação de escalões. Percurso triangular, com duas voltas de 750m, com saída da água entre voltas.

Ciclismo: percurso composto por 4 voltas em asfalto em boas condições, com algumas lombas em paralelo e percurso de ligação de 375m. Cada volta tem uma extensão de 9850m.

Corrida: percurso de ida e volta plano, corrido na Marina de Portimão, com quatro voltas com cerca de 2460m.

Vencedores em 2018: a Associação Portugal Talentus e o Alhandra Sporting Clube foram Campeões Nacionais de Clubes de Triatlo nas competições masculina e feminina respetivamente.


Campeonato Nacional de Clubes por Estafetas Mistas

I Triatlo de Portimão

24 de março

Início: 10h

Distância: super sprint

Prova aberta: não

Inscrições: até às 23h59 de dia 18 de março


PERCURSO

Partida, parque de transição e chegada na marina da Praia da Rocha.

Natação: percurso composto por uma volta triangular de 300m, com partida na areia.

Ciclismo: percurso composto por 2 voltas em asfalto em boas condições, com algumas lombas em paralelo. Cada volta tem uma extensão de 4400m.

Corrida: percurso de uma volta plana, corrido na Marina de Portimão, com cerca de 2000m.

Inscrições: até às 23h59 de dia 18 de março.

Vencedores em 2018: o OutSystems Olímpico de Oeiras foi o vencedor do Campeonato Nacional de Clubes por Estafetas Mistas.

O I Triatlo de Portimão é uma organização da Câmara Municipal de Portimão, com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal e das associações locais.


Campeonato Nacional Individual de Duatlo Cross / Campeonato Nacional de Cadetes e Juniores / Campeonato Nacional Individual de Paratriatlo

Duatlo Cross de Famalicão

31 de março

No dia 31 de março, irá realizar-se o Duatlo Cross de Famalicão, uma competição que irá integrar o Campeonato Nacional Individual de Duatlo e uma prova aberta, ambas na distância sprint.

Horário: 10h

Distância: sprint

Prova aberta: Sim

Inscrições: até às 23h59 de dia 25 de março


PERCURSO

1ª Corrida: percurso de uma volta realizado no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão. Percurso plano, todo em asfalto

Ciclismo: o percurso de BTT é feito em duas voltas. É um percurso misto de asfalto e terra, com uma mistura de zonas rápidas com outras técnicas. Não faltarão os famosos singletracks e zonas de espetáculo onde o público poderá interagir com os participantes. A organização irá abrir trilhos para oferecer percursos completamente novos.

2ª Corrida: percurso de uma volta realizado no Parque da Devesa, plano, com piso de terra.

Vencedores em 2018: Rui Dolores, do Amiciclo de Grândola e Maria João, do OutSystems Olímpico de Oeiras foram os vencedores do Campeonato Individual de Duatlo Cross.

O Duatlo de Famalicão é uma organização da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e da Associação Amigos do Pedal, com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal e das associações locais.

A FTP deseja a todos um excelente mês de março repleto de provas!

Fonte: FTP

“Viviani vence 5.ª etapa da Volta aos Emirados Árabes Unidos”

Rui Costa (UAE Emirates) é o melhor português na geral

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista italiano Elia Viviani (Deceuninck-Quick Step) venceu esta quinta-feira ao sprint a quinta etapa da Volta aos Emirados Árabes Unidos, na chegada a Khor Fakkan, batendo o colombiano Fernando Gaviria (UAE Emirates), segundo classificado.

Viviani, de 30 anos, bateu Gaviria, que tinha vencido a segunda etapa, ao impor-se sobre a meta ao colombiano, no final de 4:48.59 horas, necessárias para percorrer os 181 quilómetros entre Flag Island e Khor Fakkan.

Esta foi a 11.ª vitória da Deceuninck-Quick Step em 2019, um palmarés que inclui duas na Volta ao Algarve, numa tirada em que o alemão Marcel Kittel (Katusha-Alpecin), a recuperar de lesão, foi terceiro.

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) manteve a liderança da classificação geral, que não sofreu alterações nos primeiros lugares, continuando com 21 segundos de vantagem sobre o campeão do mundo, o espanhol Alejandro Valverde (Movistar).

Rui Costa (UAE Emirates) é o melhor ciclista português, no 21.º posto, depois de hoje cortar a meta em 42.º, com o mesmo tempo do vencedor, enquanto Nelson Oliveira (Movistar) foi 99.º colocado e subiu ao 68.º posto da geral individual.

Fonte: Record on-line

“Equipa Portugal/Rui Oliveira quinto no mundial de scratch”

Por: José Carlos Gomes

O português Rui Oliveira foi hoje o quinto classificado na prova de scratch do Campeonato do Mundo de Pista, disputada em Pruszkow, Polónia.

O corredor português igualou o resultado do Mundial anterior, graças a uma corrida de grande consistência. Rui Oliveira manteve-se sereno no pelotão, resistindo à tentação de responder aos inúmeros ataques que foram surgindo ao longo dos 15 quilómetros de prova.

Rui Oliveira guardou energia para a reta final, atacando já com a o fim de prova à vista, acabando apenas por ser passado por quatro adversários dentro da última volta. O mais forte foi o australiano Sam Welsford, seguido pelo holandês Roy Eefting e pelo neozelandês Thomas Sexton.

 

Ivo e Maria entram em ação

Ivo Oliveira e Maria Martins entram em ação nesta sexta-feira. O gaiense, vice-campeão mundial e europeu de perseguição individual, vai competir nesta mesma disciplina. Ivo Oliveira corre a manga de qualificação, cerca das 16h00. Caso consiga um dos quatro melhores tempos passa às finais, que se iniciam às 19h20.

A missão do corredor português será espinhosa, atendando à qualidade da lista de inscritos. Entre os adversários estão o campeão mundial, o italiano Filippo Ganna, e o campeão europeu, o alemão Domenic Weinstein. Além destes crónicos candidatos, merecem especial atenção dois ciclistas que têm vindo a surpreender nos últimos meses. Um deles é o novo recordista mundial, o estadunidense Ashton Lambie, o outro é o detentor da melhor marca do mundo ao nível do mar, o britânico John Archibald.

Dos quatro, só o germânico não tem uma marca pessoal melhor do que o registo de maior qualidade de Ivo Oliveira, 4’12’’365. O corredor português quer baixar este tempo e bater-se pelas medalhas.

Maria Martins compete no concurso de omnium, disciplina olímpica na qual a ribatejana ambiciona correr nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Para isso é necessário somar o maior número possível de pontos nas principais provas internacionais, como é o caso deste Campeonato do Mundo. É com esse fito que a ribatejana sobe à pista, lutando para um resultado final o mais perto possível do topo da classificação geral. O omnium é composto por quatro provas: scratch (14h00), corrida tempo (16h10), eliminação (18h30) e corrida por pontos (19h55).

Fonte: FPC