sexta-feira, 1 de junho de 2018

“Equipa Portugal/Lusos chegam integrados no pelotão da Corrida da Paz”

Por: José Carlos Gomes

Os corredores da Equipa Portugal terminaram hoje a segunda etapa da Corrida da Paz, na República Checa, integrados no pelotão principal. Ivo Oliveira e Rui Oliveira continuam no top 10 da geral. A Seleção está no sexto lugar coletivo, entre 22 nações.

A viagem de 133 quilómetros, entre Jesenik e Rymarov, ficou marcada por múltiplos ataques, que não chegaram para assustar o pelotão, que se agrupou para entrar no circuito final, que seria percorrido quatro vezes.

Foi já neste circuito que se destacou um grupo de sete corredores, entre os quais se encontrava o português Rui Oliveira. O grupo acabou por ser bem sucedido, discutindo a etapa, só que o gaiense não esteve nessa luta, porque descolou da frente da corrida. Samuele Battistella foi o mais rápido, diante do norueguês Hakon Aalrust e do dinamarquês Jonas Vingegaard Rasmussen, segundo e terceiro, respetivamente.

Todos os elementos da Equipa Portugal cortaram a meta a 23 segundos do primeiro, integrados no pelotão. Ivo Oliveira foi 35.º, seguindo-se Tiago Antunes, 40.º, Rui Oliveira, 43.º, Gonçalo Carvalho, 40.º, Gonçalo Leaça, 96.º, e Venceslau Fernandes, 102.º

Samuele Battistella assumiu a primeira posição na geral, com 6 segundos de vantagem sobre Hakon Aalrust e com 12 relativamente a Jonas Vingegaard Rasmussen. A Equipa Portugal continua com dois corredores do top 10 da geral. Ivo Oliveira é o sétimo classificado, a 29 segundos, e Rui Oliveira é nono, a 31. A restante formação surge pela seguinte ordem: Gonçalo Leaça, 73.º, a 40 segundos, Gonçalo Carvalho, 85.º, e Tiago Antunes, 86.º, ambos a 42 segundos, e Venceslau Fernandes, 97.º, a 45 segundos.


A Equipa Portugal está no sexto lugar entre 22 nações participantes

Neste sábado corre-se a segunda etapa em linha, 151 quilómetros entre Krnov a Dlouhé Stréne. A partida será dada às 11h00, prevendo-se uma jornada muito dura, com três montanhas nos derradeiros 60 quilómetros, a última coincidente com a meta. É a primeira oportunidade para os trepadores começarem a revolucionar a classificação geral.

Fonte: FPC

“Equipa EFAPEL na luta apesar do contra-relógio colectivo”

          Formação cedeu tempo no exercício por equipas

          Daniel Mestre continua a ser o melhor elemento da EFAPEL

          Cinco ciclistas entre os 20 primeiros na geral individual

A Equipa EFAPEL perdeu tempo para as formações mais rápidas no contra-relógio colectivo que marcou a quinta etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias. Com Daniel Mestre com a camisola amarela, a formação procurou defender o estatuto mas no final do dia, o alentejano mantém-se como o melhor da estrutura liderada por Américo Silva, mas ocupa o sétimo posto da geral individual, a 24 segundos de Aleksandr Grigorev.

Os 18,8 quilómetros de um circuito desenhado em Esposende marcavam o desafio para o quinto dia de corrida no Grande Prémio Jornal de Notícias. A Equipa EFAPEL foi a última a partir, por força de ter Daniel Mestre com a camisola amarela. No final, a formação ficou a 33 segundos do Sporting-Tavira, que venceu este exercício.

“Sabíamos que um contra-relógio por equipas com estas características, totalmente plano, não nos era favorável. Tínhamos a noção que podia ser um momento importante na definição da classificação geral individual. Contudo, e apesar das diferenças, temos a noção que as últimas duas etapas ainda podem fazer a diferença.

É assim que vamos partir para os derradeiros dias de competição”, afirmou o director desportivo da Equipa EFAPEL, Américo Silva.

A etapa de amanhã pode voltar a fazer com que haja diferenças de tempo na chegada. Entre Ovar e Santo Tirso, o pelotão pedala quase 145 quilómetros. Pelo meio, há três metas volantes, uma contagem de montanha de terceira categoria e uma outra, de primeira categoria, situada a menos de dez quilómetros do final.

 

Classificação na quinta etapa

    Jóni Brandão            Sporting/Tavira            22m30s

    Aleksandr Grigorev        Sporting/Tavira            m.t.

    Rinaldo Nocentini        Sporting/Tavira            m.t.


15º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 33s

16º    Henrique Casimiro        EFAPEL                m.t.

17º    Marcos Jurado        EFAPEL                m.t.

18º    Rafael Silva            EFAPEL                m.t.

19º    Daniel Mestre        EFAPEL                m.t.

76º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 3m58s

77º    Pedro Paulinho        EFAPEL                m.t.

79º    David Arroyo        EFAPEL                a 5m36s

 

Classificação geral individual

    Aleksandr Grigorev        Sporting/Tavira            12h26m32s

    Jóni Brandão            Sporting/Tavira            a 9s

    Alejandro Marque        Sporting/Tavira            a 10s


    Daniel Mestre        EFAPEL                a 24s

10º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 1m04s

13º    Marcos Jurado        EFAPEL                a 1m15s

17º    Rafael Silva            EFAPEL                a 1m25s

20º    Henrique Casimiro        EFAPEL                a 1m35s

39º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 5m21s

49º    David Arroyo        EFAPEL                a 11m47s

73º    Pedro Paulinho        EFAPEL                a 28m59s

Fonte: Efapel

“Quinta etapa/28.º GP Jornal de Notícias Leilosoc”

Sporting-Tavira domina e Grigorev recupera amarela

Por: José Carlos Gomes

O Sporting-Tavira venceu hoje, folgadamente, a quinta etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias Leilosoc, um contrarrelógio por equipas de 18,8 quilómetros disputado em Esposende, levando o russo Aleksandr Grigorev de novo ao topo da geral individual.

Os pupilos de Vidal Fitas foram claramente os mais fortes no exercício coletivo desta tarde, completando o percurso em 22m30s, um registo equivalente à média de 50,133 km/h. A W52-FC Porto foi a equipa que deu mais luta, gastando mais 18 segundos do que os “leões”. A Liberty Seguros-Carglass ocupou o pódio da etapa, a 27 segundos da formação vencedora.

A Efapel partia com a missão de defender a camisola amarela de Daniel Mestre, mas não teve uma prestação suficiente para tal desidrato. O bloco de Ovar acabou no quarto posto, a 33 segundos dos vencedores.

A supremacia do Sporting-Tavira na etapa teve claros reflexos na classificação geral individual. Aleksandr Grigorev recuperou a camisola amarela, mas, mais importante ainda, os corredores que o perseguem são dois companheiros de equipa, Joni Brandão, a 9 segundos, e Alejandro Marque, a 10 segundos. O primeiro adversário é António Carvalho, quarto, a 22 segundos.

“Estou muito feliz por recuperar a camisola amarela. Foi um dia de grande nervosismo, porque a equipa partiu muito tarde e havia o risco de chover. Não choveu e tudo correu na perfeição, graças a um excelente trabalho de toda a equipa. Agradeço a todos os meus companheiros pelo esforço de hoje. Até ao fim tudo faremos para que a camisola amarela continue no Sporting-Tavira”, afirmou Aleksandr Grigorev.

Apesar do domínio leonino, as diferenças ainda são recuperáveis nas duas etapas que faltam, ambas muito exigentes. Em todo o caso, as duas equipas em melhor posição para lutar pela vitória são o Sporting-Tavira, com quatro homens nos seis primeiros – Grigorev, Joni Brandão, Alejandro Marque e Rinaldo Nocentini -, e a W52-FC Porto, que conta com António Carvalho e Gustavo César Veloso bem colocados.

Se na classificação geral individual continuou a dança de camisolas, nas restantes classificações manteve-se tudo inalterado. Rafael Silva (Efapel) é o primeiro na classificação por pontos, Guillaume Almeida (Fortinna/Maia) comanda a lista de trepadores, Paulo Silva (Fortunna/Maia) é o melhor jovem das equipas de clube e o Sporting-Tavira encima a classificação coletiva.

A sexta etapa, a disputar neste sábado, entre Ovar e Santo Tirso, ao longo de 144,9 quilómetros, poderá ditar alterações classificativas. O ponto mais difícil da viagem é a escalada a Nossa Senhora da Assunção, uma montanha de primeira categoria, instalada a 9,6 quilómetros da meta.

 

Classificações

5.ª Etapa: Esposende – Esposende, 18,8 km (CRE)

1.º Sporting-Tavira, 22m30s (Média: 50,133 km/h)

2.º W52-FC Porto, 22m48s

3.º Liberty Seguros-Carglass, 22m58s

4.º Efapek, 23m03s

5.º Rádio Popular-Boavista, 23m07s

6.º Aviludo-Louletano-Uli, 23m27s

7.º Vito-Feirense-BlackJack, 23m33s

8.º Miranda-Mortágua, 23m48s

9.º LA Alumínios, 24m31s

10.º Fortunna/Maia, 24m47s

 

Geral Individual

1.º Aleksandr Grigorev (Sporting-Tavira), 12h28m32s

2.º Joni Brandão (Sporting-Tavira), a 9s

3.º Alejandro Marque (Sporting-Tavira), a 10s

4.º António Carvalho (W52-FC Porto), a 22s

5.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), a mt

6.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), a 24s

7.º Daniel Mestre (Efapel), mt

8.º Mário González (Sporting-Tavira), a 32s

9.º Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista), a 36s

10.º Sérgio Paulinho (Efapel), a 1m04s

Fonte: FPC

“É já domingo…”

26ª Edição Lisboa Antiga de Bicicleta

Dia 3 de Junho de 2018

Praça do Comercio

Texto: José Morais
É o passeio mais antigo da capital, intitulado de “Lisboa Antiga de Bicicleta” este ano na sua 26ª edição, é uma organização da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) este ano realizado no “Dia Mundial da Bicicleta”, e dominado “Pelos Caminhos de Lisboa”.

O evento que terá uma distância de cerca de 30 quilómetros, percorrera alguns dos locais mais emblemáticos da cidade, e passará por alguns locais onde apenas de bicicleta ou a pé se pode percorrer.

Do Terreiro do Paço, á Sé, entrando por Alfama, parando nas Portas do Sol, entrando por São Tomé, descendo a uma das praças mais emblemática da capital, o Martim Moniz. Depois, evadindo o Largo de são Domingos, as Portas de Santo Antão com passagem pelo Coliseu, e paragem no famoso Largo da Anunciada, sendo convidados os participantes a subirem a Calçada do Lavre

Segue-se o atravessar da Av. Da Liberdade, destino o Bairro Alto, onde os participantes são convidados a subir a tão famosa Calçada da Glória, até ao cimo com paragem num dos mais importantes miradouros de Lisboa, o Jardim de São Pedro de Alcântara. Entrando Bairro alto dentro, a passagem pela Calçada do Combro, Assembleia da Republica, até Santos.

O passeio segue até Belém, onde junto à Torre Local, será feita a tradicional foto de grupo. Depois será feito o regresso até ao típico Cais do Sodré, onde ai, ou no local da partida, terminará a 26ª edição de Lisboa Antiga de Bicicleta, ainda por decidir.

Venha participar nesta bela descoberta pela cidade de Lisboa, marque já na sua agenda, e faça a sua inscrição, mais informações para, Telefones: 213 159 648 ou 912 504 851, mail: fpcub@fpcub.pt , ou ainda consultar o site: www.fpcub.pt

Participe…  

“É já no próximo domingo…

 
15º Convívio de Cicloturismo de Cernache.2018

Dia 3 de Junho de 2018

Vila Nova de Cernache

Por: José Morais

É um dos mais belos passeios de bicicleta organizado na zona centro do país, a forma com recebem todos que por lá passam, marca sem dúvida os mesmos, a organização é da Associação Desportiva e Recreativa Vilanovense, e o evento faz parte do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB).

O passeio vai ter um percurso de 65 quilómetros, percorrido por locais em dúvida muito interessantes, no final haverá um grande almoço convívio, como a organização tem por hábito esmerar os participantes.

As informações e inscrições podem ser feitas pelos telefones: 239 946 091 – 962 945 463 -934 422 232, ou ainda pelo mail: josepedrociclos@gmail.com

Marque já na sua agenda, venha participar neste passeio que muito promete, com uma excelente organização.

“Atualização do Canal NP-TV com o “4º Passeio Vitória Clube de Lisboa.2018”

A Revista Notícias do Pedal acaba de atualizar o seu canal de televisão “Notícias do Pedal-TV” no YouTube e no MEO/KANAL com o “4º Passeio Vitória Clube de Lisboa.2018”


Para ver o vídeo no MEO/KANAL, quem possuir MEO, pode aceder carregando na tecla verde do comando, inserir o código 531450, e ver no MEO/KANAL este e outros filmes, podendo consultar toda a programação. Podem ver ainda através do seguinte link: https://kanal.pt/lista-canais/comunicao-social/lisboa/vila-franca-de-xira/?display=grid&order=updated 

Desejamos que passem e recordem bons momentos.