domingo, 10 de fevereiro de 2019

“Rui Costa termina no top 10 da Volta a Valência”

Espanhol Ion Izagirre conquista a geral após última etapa ganha ao sprint pelo holandês Dylan Groenewegen

Por: Alexandre Reis

Foto: Bettini Photo

Rui Costa (UAE) foi o melhor português na classificação da geral da Volta a Valência, ao terminar no top 10, a 48 segundos do vencedor, o espanhol Ion Izagirre (Astana).

A última 5ª e última etapa, disputada entre Paterna e Valencia (88,5 km), foi ganha ao sprint pelo holandês Dylan Groenewegen (Jumbo-Visma), numa chegada em pelotão, que nada trouxe de novo quanto ao desfecho final.

Na consagração em Valência, o melhor português da tirada foi José Caldeira (W52-FC Porto), a cortar a meta em 11º, com o mesmo tempo de Groenewegen. Edgar Pinto (W52-FC Porto) foi 27º, Rui Costa 48º, João Rodrigues (W52-FC Porto) 56º, António Carvalho (W52-FC Porto) 67º e Amaro Antunes (CCC) 68º, todos com o mesmo tempo do vencedor.

Na geral, Izagirre ficou à frente, por 7 segundos, dos compatriotas Alejandro Valverde (Movistar) e Pello Bilbau (Astana), 2º e 3º respetivamente.

Para além de Rui Costa (10º), seguiram-se na geral os portugueses Nelson Oliveira (Movistar) em 12º (a 59 s), Amaro Antunes (CCC) 28º (a 2,19 m) e Edgar Pinto (W52-FC Porto) 33º (a 2,48 m).

João Rodrigues (W52-FC Porto) ficou à beira de um dos pódios, ao ser 4º na geral do Prémio da Montanha.

Fonte: Record on-line

“Prova de Abertura – Região de Aveiro/Rui Oliveira impõe-se com sprint poderoso”

Por: José Carlos Gomes

Rui Oliveira, ao serviço da Equipa Portugal, venceu hoje, em Estarreja, a Prova de Abertura – Região de Aveiro, primeira corrida da Taça de Portugal Jogos Santa Casa.

A corrida começou sob chuva forte, em Sever do Vouga, mas o sol apareceu ao longo dos 162,4 quilómetros que levaram o pelotão de 107 unidades até Estarreja. Uma fuga de doze elementos, iniciada ainda em Sever do Vouga, animou grande parte da viagem, mas foi completamente neutralizada nos derradeiros 20 quilómetros.

As equipas com interesse numa chegada ao sprint trabalharam para oferecer as melhores condições aos velocistas e foram estes que deram cartas numa chegada com os 500 metros finais atípicos: descida rápida, rampa pronunciada em subida e derradeiros 100 metros em falso plano ascendente.

Rui Oliveira demonstrou grande superioridade, batendo todo o pelotão. César Martingil (Sporting-Tavira) foi o segundo classificado e Luís Mendonça (Rádio Popular-Boavista), um dos fugitivos do dia, fechou o pódio. Iuri Leitão (Sicasal/Constantinos), oitavo na geral, foi o melhor sub-23.

A Equipa Portugal juntou o triunfo coletivo ao individual e a Sicasal/Constantinos foi a melhor formação de clube.

“Foi uma vitória impressionante, tive companheiros de Seleção que me ajudaram bastante, rapazes que vieram do BTT a trabalhar com classe WorldTour para nós podermos ganhar no final. Só tenho de agradecer a todos os companheiros. Foi uma vitória que já procurava há muito”, frisou o primeiro classificado.

“Sabia que tinha de estar bem colocado. Tinha de passar a parte técnica, a 3 quilómetros, na frente. Todos ajudaram para isso. No final, com o Ivo a guiar-me, sabia que tinha de arrancar tarde, porque era uma chegada dura, a subir, e saí a 100 metros para ganhar”, assim descreve Rui Oliveira a primeira vitória do ano.

Enquanto primeira corrida da Taça de Portugal Jogos Santa Casa, a Prova de Abertura – Região de Aveiro deixou Rui Oliveira e Iuri Leitão no topo da geral de elite e de sub-23, respetivamente. A próxima competição pontuável é a Clássica da Arrábida, no dia 17 de março. Antes disso, de 20 a 24 de fevereiro, o pelotão nacional de elite mede forças com os craques internacionais na 45.ª Volta ao Algarve.

Classificação

Sever do Vouga – Estarreja, 162,4 km

1.º Rui Oliveira (Equipa Portugal), 3h51m08s

2.º César Martingil (Sporting-Tavira), mt

3.º Luís Mendonça (Rádio Popular-Boavista), mt

4.º João Matias (Vito-Feirense-PNB), mt

5.º Leonel Coutinho (Aviludo-Louletano), mt

6.º Francisco Rus (Aviludo-Louletano), mt

7.º Ivo Oliveira (Equipa Portugal), mt

8.º Iuri Leitão (Sicasal/Constantinos), mt

9.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), mt

10.º Pedro Paulinho (Efapel), mt

Fonte: FPC

“Decorreu hoje um treino em conjunto da equipa ASFIC”

Depois de a equipa se ter estreado, no último fim-de-semana, a vencer na primeira prova da época em que participou, a equipa aproveitou para efetuar este domingo um treino em conjunto, que serviu para acertar uns pormenores táticos, e debater assuntos internos.

Este treino teve a particularidade, de ser iniciado na cidade de Rio Maior, onde a DESMOR, colocou ao dispor da equipa, um balneário, para que os atletas se equiparem e no final do treino tomarem banho.

O treino deu assim início junto ao centro de estágio de Rio maior, e decorreu naturalmente por algumas estradas do concelho, tendo sido escolhido um percurso com as estradas de maior altimetria, para uma maior exigência aos atletas na sua superação.

A equipa de Ciclismo ASFIC, pela voz do seu diretor desportivo, agradece à DESMOR o apoio prestado à equipa na disponibilização do balneário.

No próximo dia 10 de Março, a equipa estará novamente reunida na Cidade de Rio Maior, para novo treino.

Fonte: ASFIC - Clube de Ciclismo