segunda-feira, 24 de abril de 2017

“94 Equipas de 17 nacionalidades vão subir a Rampa do Caramulo RALLY LONDON"

TO LISBON TRAZ 94 CLÁSSICOS AO CARAMULO A 29 DE ABRIL

Por: Elisabete Rodrigues

No próximo Sábado, dia 29 de Abril o Museu do Caramulo irá receber a sétima edição do Rally London to Lisbon, organizado pela HERO Events. 

Aberto a veículos fabricados até 1987, 94 equipas, de 17 nacionalidades, incluindo quatro duplas portuguesas, irão percorrer cerca de 3.200 Km, em 9 dias, num percurso dividido em nove etapas. A oitava etapa terá início em Vidago e terminará no Caramulo, onde os 94 automóveis clássicos subirão a mítica Rampa do Caramulo a partir das 15 horas. As equipas pernoitarão na Vila do Caramulo, com direito a visita e jantar no Museu do Caramulo, parceiro oficial da prova. 

Pelo caminho existirão provas de regularidade, provas de perícia e troços de ligação, num percurso que levará os participantes de Londres até Portsmouth, passando por St Malo, Poitiers, Montauban, Boltaña, Sto. Domingo de la Calzada, León, Vidago, Caramulo e Cascais. 

O plantel da prova conta com inúmeras marcas e modelos de topo como sejam o Bentley Special Sport (1935), o AC March 16/80 Special (1938), o Jaguar XK140 DHC (1956), o Porsche 356 (1959), o Alfa Romeo Giulietta Sprint (1962), o AC Cobra (1963) ou o Aston Martin DB5 (1964), tornando esta prova numa oportunidade única para todos os apaixonados de automóveis clássicos ou do desporto automóvel de presenciar um evento de características únicas no nosso país.       

Sobre o Museu do Caramulo 

Com mais de 60 anos de existência e visitado por mais de um milhão e meio de pessoas, o Museu do Caramulo alberga no seu espólio uma colecção de arte, uma colecção de automóveis, motos e bicicletas e uma colecção de brinquedos antigos. O Museu do Caramulo produz ainda, de forma regular, exposições temáticas e temporárias, e organiza vários eventos como o Salão Motorclássico, o Caramulo Motorfestival, o Espírito do Caramulo, a Noite dos Museus ou o Rider. Mais informação em www.museucaramulo.net

Fonte: Museu Caramulo/Parceria Notícias do Pedal

“ASFIC DESTACA-SE NA 10 VOLTA AO CONCELHO DE ALMODOVAR”

Decorreu no ultimo fim-de-semana de 22 e 23 de Abril, a 10.ª Volta ao Concelho de Almodôvar em Ciclismo, prova em que alinharam 138 concorrentes de 16 equipas.

A ASFIC Grupo Parapedra/Dinazoo / Riomagic participou nesta prova com a sua equipa desfalcada e reduzida a 6 elementos, uma vez que à última hora os outros 3 ciclistas, por motivos diversos, não puderam acompanhar a equipa.

Mesmo em inferioridade participamos nesta competição com os ciclistas Rui Rodrigues, João Portela,  Humberto Careca, Nuno Manso, Luis Vicente e Anibal Santo.

A 1.ª etapa, com 87 km, decorreu na tarde do dia 22, tendo a corrida decorrido a um ritmo elevado. Os atletas da ASFIC estiveram sempre na discussão da etapa, tendo o pelotão rodado compacto até aos últimos 4 km da meta, que terminava após uma subida acentuada com cerca de 4 km, onde ficaram dispersos vários ciclistas, e que viria a ser ganha por Valdemar Teixeira do Extremo Sul.

A 15 segundos e em 5.º lugar, com o mesmo tempo do segundo, chegou Rui Rodrigues, o primeiro atleta da ASFIC. Logo atrás, apenas a 2 segundos, chegou João Portela e Nuno Manso. Nesta primeira etapa a equipa do concelho de Rio Maior mesmo em inferioridade numérica mostrou um excelente trabalho alcançando o 2.º lugar por equipas, com o mesmo tempo da equipa vencedora.  Esta etapa acabou com uma média de velocidade superior a 41 km/h.

Com esta classificação, Rui Rodrigues subiu ao pódio, vestindo a camisola Laranja, Lider da sua categoria e João Portela estava a 4 segundos da camisola vermelha.

No dia 23, da parte da manhã, decorreu a 2.ª etapa, composta por 59 km, tendo alinhado 130 atletas, por terem desistido 8 na etapa anterior.

A etapa rodou a um bom ritmo, tendo terminado com uma média superior a 40 km/h. Mais uma vez os 6 atletas da ASFIC estiveram sempre na frente do pelotão.

A poucos km da meta deu-se uma fuga de 2 atletas, que viriam a cortar a meta com 6 segundos de avanço. A cerca de 1 km da meta, João portela da ASFIC, também conseguiu fugir ao pelotão, cortando a meta em 3º lugar, com 3 segundos de avanço ao pelotão.

A ASFIC mais uma vez em destacou-se na etapa, com o 3º lugar a geral individual, o 3º lugar por equipas e Rui Rodrigues e João Portela a subirem ao pódio para vestirem a camisola Laranja e Vermelha, sendo assim lideres das suas categorias.

Para a última etapa, que decorreu da parte da tarde e era composta por um circuito fechado de 10 voltas que perfazia um total de 45km, já só alinharam 109 atletas.

A etapa decorreu a um ritmo elevado, tendo  chegado um grupo de 21 ciclistas isolados a segundos do pelotão, sendo a vitória sido discutida ao sprint, onde João Portela Cortou a meta em 2º lugar.

No comunicado do conselho de comissários, houve um erro final, que por lapso e o qual foi rectificado durante o dia de hoje, não tendo sido  classificado o Nuno Manso,  e atribuindo ainda um atraso de 17 minutos. No entanto esse erro durante o dia de hoje foi rectificado, pois na verdade,  o Nuno Manso chega com o mesmo tempo do vencedor – 1H09´14´´ , tendo uma bonificação de 2´´ numa meta volante.  Como na geral da 2ª etapa o tempo dele era de 3H32´52´´, somando mais 1H09´12´ fica com um total de 4H42´04´´ o que lhe dá como classificação geral final, o 8º lugar.

 Com estes resultados a equipa ganha a 3ª etapa com um tempo total de 3H27´42´´ e fica em 2º lugar na geral final com o tempo total de 14H06´13´´.

No final da 10ª Volta ao concelho de Almodôvar, a ASFIC obteve um resultado bastante positivo, pois mesmo em inferioridade numérica em relação aos seus principais opositores que se apresentaram com as suas equipas completas, a ASFIC Grupo Parapedra /Dinazoo /Riomagic, foi a 2.ª melhor equipa da prova.

De realçar que na geral individual, a equipa coloca 3 atletas nos 10 primeiros lugares, sendo mesmo a única em prova a conseguir esse feito. João portela alcançou to 3.º Lugar, Rui Rodrigues 5º e Nuno Manso 8º.  A  ASFIC conquistou na prova 2  camisolas, a Laranja e a Vermelha, através de Rui Rodrigues e João Portela.

Não podemos deixar de enaltecer a prestação e atitude dos atletas da ASFIC, que mesmo em inferioridade numérica, foram enormes e souberam lutar contra todas as equipas e impor a sua raça e determinação na ajuda aos colegas de equipa melhor classificados. Congratulamo-nos e estamos orgulhosos pelos resultados obtidos , pois com a equipa reduzida em relação ás equipas adversárias,  os atletas tiveram de fazer um esforço muito maior para responder e lutar na conquista dos resultados obtidos.

Queremos dedicar este excelente resultado obtido a todos os nossos patrocinadores, em especial ao Gonçalo Pinheiro do Grupo Parapedra.

Conforme sempre prometemos aos nossos patrocinadores e à Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, podemos não ganhar, mas seremos sempre combativos.

Fonte: ASFIC

 

“DUATLO DE ABRANTES”

3ºLUGAR para a ESCOLA DE TRIATLO DE TORRES NOVAS na 2ªetapa do CAMPEONATO NACIONAL JOVEM ESTAFETAS

Realizou-se no sábado, dia 22 de Abril em Abrantes, a 2ªetapa do Campeonato Nacional Jovem de Estafetas, e a ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS alcançou um excelente 3ºlugar entre 16 clubes participantes. Tratou-se de uma prova disputada num sistema de estafetas, com as equipas de 3 elementos a serem distribuídas por 2 agrupamentos, onde alinharam à partida no 1ºagrupamento, 39 equipas constituídas por atletas Benjamins e Infantis, e no 2ºagrupamento, 31 equipas constituídas por atletas Iniciados e Juvenis.

Neste Duatlo, o melhor resultado de uma equipa torrejana, foi alcançado no 2ºagrupamento, com João Nuno Batista (iniciado 1ºano), Tiago Lopes (juvenil de 2ºano) e Gustavo do Canto (iniciado de 2ºano) a subirem ao pódio no 3ºlugar, depois de uma excelente prova realizada pelos 3 atletas torrejanos, que cumpriram bem em prova, as indicações dadas pelo seu treinador Paulo Antunes.

Mas, outras equipas torrejanas também merecem destaque pelos bons resultados alcançados.

Em masculinos no 1ºagrupamento, a melhor equipa torrejana constituída por Rodrigo Vicente, Francisco Carvalho e Guilherme Neves alcançou o 6ºlugar, enquanto em femininos, a equipa constituída por Matilde Moita, Ana Júlia Marques e Margarida Inácio, classificou-se na 5ªposição. Ainda neste agrupamento estiveram em acção mais 2 equipas torrejanas com Miguel Gameiro, Rodrigo Viegas e Simão Vieira a conseguirem o 11ºlugar, e Francisca Leirião, Bruna Barros e Diogo Viegas a concluírem na 26ªposição.

No 2ºagrupamento, para além do já referido 3ºlugar alcançado pela equipa constituída por João Nuno Batista, Tiago Lopes e Gustavo do Canto, a Escola de Triatlo de Torres Novas participou ainda com mais 5 equipas neste agrupamento, num total de 10 equipas torrejanas presentes nesta prova. Em masculinos, José Tadeia, Martim Salvador e Pedro Afonso Silva concluíram no 13ºlugar, João Graça, Vasco Santos e André Neves terminaram na 21ªposição. Em femininos, a equipa constituída por Ana Margarida Silva, Beatriz Neves e Constança Martins foi o melhor conjunto torrejano terminando na 7ªposição. Inês Domingues, Matilde Ferreira e Carlota Martins, concluíram no 15ºlugar, e Joana Silva, Natércia Carvalho e Maria Pedrogão no 17ºlugar.
 
"CAMPEONATO NACIONAL INDIVIDUAL DE DUATLO”


No domingo de manhã, também em Abrantes, teve lugar a prova única do Campeonato Nacional Individual de Duatlo em distância olímpica (10kms corrida – 40kms ciclismo – 5kms corrida).

MARCO SOUSA, que continua a demonstrar que a idade não conta, alcançou o 5ºlugar na sua categoria de Veteranos I, depois dos excelentes resultados já alcançados esta época, nas provas de realizadas no Algarve e em Setúbal.

CIRCUITO PORTUGAL TOUR DE BIATLE

2ªEtapa na Amadora

Ainda no domingo de manhã, realizou-se na Amadora a 2ªetapa de Biatle do Circuito Portugal Tour 2017, modalidade em que os atletas torrejanos têm conquistado algumas medalhas em Campeonatos da Europa e do Mundo, como foi o caso no passado mês de Outubro de 2016, quando se deslocaram a Sarasota na Flórida, Estados Unidos da América.

Esta 2ªetapa nas Piscinas Municipais da Reboleira, foi uma prova realizada em formato Indoor contínuo, com todos os atletas a efetuarem dois segmentos de corrida, e pelo meio um segmento de natação.

Estiveram presentes nesta etapa, apenas 4 atletas torrejanos. FRANCISCA LEIRIÃO em Aprendizes femininos e ANDRÉ RODRIGUES em Juniores A masculinos venceram as suas provas. Ainda em Juniores A, mas em femininos, Mariana Correia subiu ao pódio no 3ºlugar, e em Infantis femininos, Matilde Moita foi 9ªclassificada.

No próximo sábado, dia 29 de Abril, teremos 2 atletas torrejanos, Ricardo Batista e Carolina Serra, a representar a Selecção Nacional de Juniores, no Campeonato da Europa de Duatlo em Sória na vizinha Espanha, enquanto a nível interno se realiza a 3ª Etapa da Taça de Portugal, que será a 2ªedição do Triatlo da Lagoa da Ervedeira, Leiria, uma prova que terá a meta localizada na praia do Pedrogão.

Fonte: ETCN Torres Novas

“BTT é Feminino”

Portugal corre em Espanha com duas Seleções

A Equipa de Portugal compete em Espanha no próximo fim-de-semana, em duas competições. No domingo participa na prova internacional de BTT Superprestígio MTB, em Arnedo, La Rioja. Entre sábado e segunda-feira, a formação feminina alinha na Volta a Burgos, cujo primeiro dia é pontuável para a Taça de Espanha.

Ambas as competições inserem-se no programa de desenvolvimento desportivo, com especial foco nas categorias de formação, da Equipa Portugal. No conjunto dos dois eventos, o ciclismo luso estará representado por 19 corredores.

A comitiva de BTT, que participa na terceira prova internacional espanhola durante a presente temporada, será composta por nove corredores. Os escolhidos pelo selecionador nacional, Pedro Vigário, são os ciclistas de elite José Dias (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) e Roberto Ferreira (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), os sub-23 Ana Tomás (BTT Seia), Bruno Nunes (Strix Bike Team), João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) e Kevin Oliveira, pelos juniores Carlos Salgueiro (Maiatos/Reabnorte), Guilherme Mota (Marrazes/Gui/Breijinho/Bike Zone Leiria) e Marta Branco (Maiatos/Reabnorte).

O selecionador nacional de ciclismo feminino, Gabriel Mendes, chamou dez corredoras para a Volta a Burgos, conjunto de três corridas em formato challenge, que se realizam entre 29 de abril e 1 de maio.

A aposta é sobretudo direcionada para as camadas jovens, estando convocadas cinco cadetes e três juniores. Os cadetes são Daniela Campos e Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira), Mariana Almeida (Moreira Congelados/Feira/Bicicletas Andrade), Rafaela Ramalho (Maiatos/Reabnorte) e Margarida Martins (Bairrada). As juniores são Raquel Silva (5Quinas/Município de Albufeira), Diana Fortes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) e Mariana Gonçalves (Bairrada). A elite Liliana Jesus (5Quinas/Município de Albufeira) e a sub-23 de primeiro ano Soraia Silva (Bairrada) completam o elenco.

Fonte: FPC

“João Ferreira e Sheila Marques campeões nacionais de Duatlo”

Abrantes recebeu atletas de todas as idades para um evento de dois dias dedicado ao Duatlo. Sábado, 22 de Abril, foi dia de disputa da segunda etapa do Campeonato Nacional Jovem de Estafetas e domingo, 23 de Abril, foi dedicado ao Campeonato Nacional Individual de Duatlo.

No primeiro dia de competições, dedicado aos mais jovens, assistiu-se a perto de três centenas de atletas de todos os cantos do país a competirem pelas cores dos seus clubes. Os jovens atletas procuraram representar as suas formações ao mais alto nível numa prova que se pautou por dinamizar o espírito de equipa e esforço coletivo. Após 300m de corrida, 1km de ciclismo e 300m de corrida finais, os vencedores do 1º agrupamento foram o Sport Lisboa e Benfica, em femininos, e o SFRAA Triatlo, em masculinos. No 2º agrupamento a vitória foi disputada ao longo de 750m de corrida, 4km de ciclismo e 500m de corrida e conquistada pelo Sport Lisboa e Benfica nas duas frentes, femininos e masculinos.

No final do dia o Sport Lisboa e Benfica foi o grande vencedor e subiu ao lugar mais alto do pódio pela segunda etapa consecutiva. A Alhandra Sporting Club e o Clube de Natação de Torres Novas foram segundo e terceiro classificados, respectivamente.

Domingo foi dia dos atletas mais experientes mostrarem o seu valor e de competirem pelo mais alto título individual de duatlo em Portugal. Os exigentes percursos de Abrantes colocaram à prova todos os participantes e marcaram uma competição que foi disputada no formato de duatlo standard.

O tiro de partida deu inicio à competição e aos 10km de corrida que delinearam o primeiro segmento da prova. João Francisco Ferreira, Estoril Praia Fisiogaspar, juntamente com David Coelho, SFRAA Triatlo, foram os primeiros a chegar ao parque de transição e a iniciar o percurso de ciclismo. Ao longo dos 40km de ciclismo as diferenças na frente da corrida fizeram-se sentir e o trio de atletas composto por João Ferreira, Bruno Pais, Estoril Praia Fisiogaspar, e José Estrangeiro, CNATRIL Triatlo, conseguiu isolar-se na frente da corrida e iniciar o último segmento da prova com uma vantagem superior a dois minutos. No último momento da competição foi mesmo João Francisco Ferreira que demonstrou o seu excelente momento de forma e conquistou o título nacional de duatlo. Bruno Pais foi segundo classificado, sagrando-se Vice-Campeão Nacional, e José Estrangeiro encerrou o pódio masculino na terceira posição.

Na competição feminina assistiu-se ao domínio absoluto da atleta do Outsystems Olímpico de Oeiras, Sheila Azevedo Marques. Desde os momentos iniciais da competição Sheila Marques distanciou-se da concorrência e desenvolveu uma vantagem que se traduziu em seis minutos no final da competição, sagrando-se Campeã Nacional de Duatlo de 2017. Rita Maria Lopes, Sporting Clube de Espinho, foi segunda classificada e sagrou-se Vice-Campeã Nacional. O último lugar do pódio foi ocupado pela atleta do Núcleo do Sporting da Golegã, Filipa Gonçalves.

O Duatlo de Abrantes Aquapolis foi uma organização conjunta do Município de Abrantes e da Federação de Triatlo de Portugal que procurou dinamizar o Duatlo ao encontrar os novos campeões nacionais e a permitir a disputa de provas para atletas de todas as idades.

Fonte: FTP

“Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros”

José Dias e Daniela Pereira venceram o 3º BTT XCO Vila de Melgaço

José Dias, Campeão Nacional de Cross Country Olímpico, e Daniela Pereira venceram em elites o 3º BTT XCO Vila de Melgaço, terceira etapa do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros. Com a participação de mais de uma centena de atletas provenientes de todo o norte do País e da Galiza, o 3º BTT XCO Vila de Melgaço foi disputado numa nova pista de XCO bastante elogiada pelos participantes.

Promovida em conjunto pela Associação de Ciclismo do Minho e por Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço - www.melgacosportscenter.com), com o apoio do Município de Melgaço, a terceira prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros foi ganha nas restantes categorias por André Terroso e Ana Moreira (juniores), Ruben Nunes (master 30), Monserrat Alonso ( masters Fem.) José Magalhães (masters 40), Rodolfo Lopes (masters 50), Gonçalo Magalhães e Joana Santos (cadetes) e Marco Santos (promoção). Coletivamente triunfou a ASC/Focus Team/Vila do Conde (competição).

Numa nova pista que Cross Country Olímpico preparada de raiz, o 3º BTT XCO Vila de Melgaço foi disputado no Monte de Prado (Melgaço), tendo-se saldado num êxito desportivo e organizativo. O excelente espetáculo desportivo proporcionado pelos atletas foi do agrado do muito público que marcou presença na iniciativa, tendo a disputa da classificação geral do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros ficado, após a prova de Melgaço, ainda mais acesa.

José Dias (Seissa / KTM - Bikeseven / Matias e Araújo  / Frulact), campeão Nacional de BTT XCO 2016 na categoria de Sub23 e atleta da seleção nacional de BTT, venceu em elites o 3º BTT XCO Vila de Melgaço, terceira prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros, deixando Fábio Ribeiro (PRoRebordosa / Oforsep / RJ Group) na segunda posição e Francisco Azevedo (individual) na terceira.

Em elites femininas, Daniela Pereira (Saertex Portugal / Edaetech)  somou a primeira vitória no Campeonato do Minho de 2017, enquanto Daniela Araújo (Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo) terminou no segundo posto e Ana Ramalho (BTT Matosinhos) no terceiro.

Em juniores os vencedores foram André Terroso (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e Ana Moreira (Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo), enquanto nas categorias de masters os triunfos foram do Campeão Nacional Ruben Nunes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) em master 30, de Monserrat Alonso (SAERTEX Portugal / Edaetech) em masters femininos, de José Magalhães (ASC/Focus Team/Vila do Conde) em master 40 e de Rodolfo Lopes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) em master 50.

Gonçalo Magalhães (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e a Joana Santos (Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo) foram os melhores na categoria de cadetes.

Na vertente de promoção venceu Marco Santos (Mouquim / Afacycles / Eugénios / Bargauto).

A vitória coletiva no 3º BTT XCO Vila de Melgaço foi da ASC/Focus Team/Vila do Conde (competição).

O 3º BTT XCO Vila de Melgaço teve o apoio do Município de Melgaço,  Federação Portuguesa de Ciclismo, MAPFRE | Seguros, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, AFAcycles, Bike Magazine (revista oficial), Anselmo Mendes, Quintas de Melgaço - Paixão e Tradição, Quinta do Regueiro - Alvarinho, Dom Ponciano - Alvarinho, Dona Paterna - Alvarinho, Melgaço - Água Mineral Natural, Melgaço Alvarinho Houses, Monte Prado - Minho, Inês Megra - Alojamento Local, MonçãoBike, Polisport, João Pires - Internacional Transportes, EuroPierre, Iluza, CFAM, Melpellets, Centro Óptico Ibérico, Mini Preço - Melgaço, Farmácias Vale do Mouro, Narom e Vitalis.

O Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros prossegue já no próximo dia 30 de abril com a realização do  6º BTT XCO Paredes de Coura seguindo-se o 20º BTT XCO C.N.E / Gondar Jovem – Taça Manuel Abreu (7 de maio), 11º BTT XCO de Felgueiras (16 de julho), 7º BTT XCO Os Braguinhas – Troféu Manuel Ferreira (3 de setembro), 14º BTT de Creixomil - Barcelos (10 de setembro),19º BTT XCO - ACRAP (24 de setembro) e o 3º BTT XCO - Souto Santa Maria (15 de outubro).

O Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço) - que este ano já acolheu a Taça de Portugal de Ciclocrosse e Campeonato do Minho de Ciclocrosse - Herdmar, é um espaço idealizado e construído de forma a oferecer um serviço de elevada qualidade, com equipamentos adjacentes que visam a atividade desportiva, tanto na vertente lúdica como na vertente competitiva ao mais alto nível.

O complexo, centro de treinos oficializado pela UEFA, constitui-se como um pólo dinamizador do desenvolvimento do desporto, lazer e turismo na região e posiciona-se como um dos mais modernos, melhor equipados e mais completos complexos desportivos.

Divide-se em duas grandes áreas. A primeira é a área de lazer, com diversos equipamentos que permitem a prática do desporto de manutenção e equipamentos destinados a atividades lúdicas e culturais.

A segunda grande área é destinada ao desporto de alta competição. Está servida por infraestruturas capazes de acolher diversas modalidades, tanto para competição como para treino. É nesta área que se situa o Centro de Estágios, dotado de um conjunto de equipamentos próprios, disponibilizados em exclusivo aos clubes em estágio. É composto por estádio de futebol, pista de atletismo, campo de treinos, balneários, clube saúde, ginásio de manutenção, salas de tratamentos e massagem, entre outros.

Estes equipamentos encontram-se vedados ao exterior, mas interligados entre si, visando oferecer as condições necessárias a um melhor estágio, em segurança, tranquilidade e com privacidade.

Fonte: ACM

“Área Metropolitana de Lisboa em concurso para promover uso da bicicleta”

A Área Metropolitana de Lisboa (AML) junta-se pela primeira vez ao European Cycling Challenge (ECC), a decorrer de 1 a 31 de maio, e que pretende transformar a bicicleta num meio de transporte do quotidiano, foi hoje anunciado.

O ECC 2017 é um concurso europeu entre cidades e regiões, que existe desde 2012, e contabiliza o número de quilómetros percorridos em bicicleta por cada participante.

“Este projeto, recorrente hoje na Europa, tem uma estratégia de, através do jogo e de alguma componente de lazer, induzir uma alteração de comportamentos para a utilização quotidiana de bicicleta. Esta é a ideia chave do projeto”, disse o diretor do departamento da área de transportes da Área Metropolitana de Lisboa, Sérgio Pinheiro, numa conferência de imprensa.

O ECC disponibiliza ainda informação estatística à organização que funcionará como auxiliar para “decisões na área do planeamento” e “avaliação do desempenho das infraestruturas”, referiu.

“ [As estatísticas permitem] perceber se as ciclovias estão a ser utilizadas ou não e onde há percursos mais utilizados que não tenham hoje infraestruturas adequadas. Ajusta-se, assim, àquilo que é o planeamento na área dos transportes e das infraestruturas”, acrescentou o responsável.

A Área Metropolitana de Lisboa, que se tornou autoridade de transportes em 2015, participa este ano pela primeira vez no ECC e constitui a equipa principal de Lisboa no concurso – AML (PT) – que se divide em subequipas dos 18 municípios que a constituem.

As subequipas podem também ser constituídas por empresas e escolas que queiram participar.

As inscrições devem ser feitas entre 1 de abril e 31 de maio. Cada pessoa estará automaticamente inscrita na AML (PT), mas pode participar em mais do que uma subequipa.

As duas classificações oficiais são o “City Leaderboard” (número de quilómetros percorridos nos limites geográficos) e “Statistic Leaderboard” (número de quilómetros por mil habitantes).

Associada ao concurso existe a aplicação para telemóvel Naviki, gratuita e em português, que marca o percurso e conta os quilómetros percorridos.

A Área Metropolitana de Lisboa oferece a cada participante uma pulseira refletora até ao limite de 1.000 participantes. Neste momento, o projeto conta com 57 inscrições.

A última edição do ECC contou com a participação de 52 cidades distribuídas por 17 países, tendo participado cerca de 46.000 pessoas, num total de mais de quatro milhões de quilómetros percorridos.

Além dos benefícios para a saúde, o concurso pretende ainda motivar uma redução de viagens motorizadas que, por sua vez, levarão à diminuição da emissão de gases com efeito estufa, de poluentes atmosféricos e do ruído.

Fonte: Sapo24

“Agenda de Ciclismo”

Castelo de Vide recebe Taça de Maratona BTT

A segunda etapa da Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM) disputa-se, no próximo domingo, em Castelo de Vide. No sábado e no domingo também se corre a Taça de Portugal de BMX, na pista de Setúbal.  

A Maratona de Castelo de Vide e Marvão, com partida às 9h30 apresenta três percursos diferentes, com partida e chegada em Castelo de Vide. Os corredores de elite e os veteranos até masters 45 vão percorrer 99 quilómetros, num trajeto com 2600 metros de desnível acumulado. A prova para femininas, masters 50 e 55 e corredores com deficiência auditiva tem 65 quilómetros e 1600 metros de acumulado. Os paraciclistas de classe C vão percorrer 45 quilómetros.

O fim-de-semana será palco de uma jornada dupla na Taça de Portugal de BMX, que se desloca para a pista de Setúbal. No sábado corre-se a segunda prova pontuável para a Taça, a partir das 14h00. No domingo disputa-se a quarta prova pontuável para o troféu, com arranque às 9h00.

Mais eventos Oficiais

29 de abril, 14h00: 1.º GP Manuel Abreu

30 de abril, 9h00: VI Rota da Lampreia em BTT, Viana do Castelo

30 de abril, 9h00: 5.º Trilhos dos Carreteiros, Roriz, Santo Tirso

30 de abril, 10h00: 2.ª Prova da Taça de Estrada, Ponta Delgada – Lagoa S. Brás, Açores

30 de abril, 11h00: VI XCO BTT Monchique

30 de abril, 14h00: 6.º XCO de Paredes de Coura

1 de maio, 9h00: 3.ª Prova do Campeonato Open de XCO da Maia, Gemunde

1 de maio, 9h30: Taça de Estrada de S. Miguel, Açores

1 de maio, 11h30: 32.º Circuito de Vila Chã de Ourique, Cartaxo

1 de maio, 12h00: 6.º XCO de Mesão Frio

Fonte: FPC

“Funeral de Michele Scarponi marcado para terça-feira”

Ciclista morreu atropelado durante um treino

Por:  Lusa

Foto: EPA

O funeral do ciclista italiano Michele Scarponi, vencedor da Volta a Itália em 2011 que morreu atropelado no sábado durante um treino, está marcado para terça-feira, na sua terra natal, Filottrano, perto de Ancona.
A cerimónia fúnebre será celebrada pelo cardeal de Ancona, Edoardo Menichelli, com a presença provável do presidente do Comité Olímpico de Itália, Giovanni Malago.

O ciclista da Astana, de 37 anos, treinava na manhã de sábado em Filottrano quando foi atingido frontalmente por uma carrinha num cruzamento, explicou a equipa em comunicado.
Vários colegas de equipa e de pelotão, como Fabio Aru (Astana) ou Vincenzo Nibali (Bahrain-Mérida), devem marcar presença, bem como o presidente da Federação de Ciclismo italiana, Renato Di Rocco.
O corpo de Scarponi, em câmara ardente numa capela na terra natal, tem sido visitado por milhares de adeptos que quiseram despedir-se do italiano.

O 'veterano', conhecido no pelotão internacional pela simpatia e boa disposição, estava a preparar-se para liderar a Astana na edição deste ano da Volta a Itália, que começa no próximo dia 05 de maio, na Sardenha, devido à lesão do companheiro e compatriota Fabio Aru.
Na sexta-feira, Scarponi tinha concluído na quarta posição a Volta aos Alpes (antigo Giro de Trentino), depois de ter vencido a primeira etapa, na segunda-feira.
Além da edição do Giro de 2011, que conquistou após a desclassificação por doping do espanhol Alberto Contador, Scarponi, que também esteve suspenso por dopagem entre 2007 e 2008, tinha vencido a Tirreno-Adriático em 2009 e a Volta à Catalunha em 2011.
De acordo com a agência EFE, o condutor da viatura, que conheceria pessoalmente Scarponi, não cedeu passagem no cruzamento e embateu frontalmente com o ciclista italiano, provocando-lhe morte imediata.
"O Michele morreu esta manhã num treino. É uma tragédia demasiado grande para se conseguir escrever. Perdemos um grande campeão e um rapaz especial, sempre sorridente. Era um símbolo para o grupo Astana", acrescentou a equipa cazaque.
De acordo com a polícia italiana, o corpo de Scarponi, que deixa mulher e dois filhos menores, foi levado para o hospital regional Torrette, para a realização de alguns exames, enquanto o condutor, de 57 anos, residente em Filottrano, será acusado de homicídio pelo acidente rodoviário.
Fonte: Record on-line/SIYF (JP) // PA