quinta-feira, 19 de setembro de 2019

“Alberto Contador rendido a Egan Bernal”

Espanhol esteve em Portugal e falou dos momentos mais marcantes da carreira

Por: José Morgado

Foto: Pedro Ferreira

Alberto Contador, um dos sete ciclistas da história a ter vencido as três grandes voltas velocipédicas (Itália, França e Espanha) esteve ontem em Portugal para uma palestra na Cascais Global Sports Summit, no Centro de Congressos do Estoril. O agora ex-ciclista, com 36 anos, ‘revisitou’ a sua carreira, desde as conquistas à quase morte em 2004 (após uma queda nas Astúrias), passando pelo escândalo de doping e não esqueceu Lance Armstrong, que ontem fez anos e com quem partilhou equipa no Tour 2009.

"Foi a competição mais difícil da minha vida. Não por causa daquilo que se passou dentro da corrida, onde ganhei bem, mas sim por tudo o que ele fazia e dizia no hotel, nos bastidores, fora da corrida. Mas eu respondi em cima da bicicleta e ganhei" disparou o madrileno.

Contador assumiu-se ainda como fã de Egan Bernal, jovem colombiano que ganhou o Tour’2019. "Creio que o Bernal é o início de uma nova era. A qualidade, mentalidade e maturidade de Bernal fazem dele um corredor especial aos 22 anos. Creio que Froome tem capacidade para voltar ao seu nível, mas outra coisa é ter capacidade para ser mais forte do que Bernal. A questão é essa", defendeu o espanhol, de 36 anos.

Em relação ao ciclismo português, o bicampeão do Tour (2007 e 2009) alerta para a necessidade de reflexão de uma modalidade que já deu bons corredores ao ciclismo. "É uma pena porque saem poucos ciclistas para o World Tour. Há que analisar o porquê de saírem poucos, mas os que saem são bons. Creio que poderiam seguir o exemplo da minha fundação. Apostar em ciclistas juniores, trabalhar com eles até à categoria sub-23 e depois à continental", relembrou.

O primeiro dia da Global Sports Summit contou ainda com nomes como Garret McNamara, Miguel Albuquerque e João Zilhão.

Fonte: Record on-line

“Rota do Cuco BTT”

Por: Nuno Almeida

O atleta Intercaimabike Nuno Almeida participou no passado dia 15/09/2019, em mais uma edição da Rota do Cuco BTT. Prova de 42Kms, com percurso pautado por um sobe e desce constante, estradões, singletracks, alguma estrada, bem marcado, com pessoal de controlo nos cruzamentos, reforços líquidos distribuídos aos longo do percurso, sempre acompanhado pelo muito calor que se fazia sentir, o que tornou o percurso mais difícil, mas sempre acessível.

Resultado no final de 2:15h de pedal: 29º lugar à geral e 9º veterano 40.

Parabéns à organização NAC, e agradecimentos aos apoios e patrocínios:

Fonte: Intercaimabike