sábado, 29 de abril de 2017

“Caleb Ewan sobe a líder da Volta ao Yorkshire”

Australiano terminou em 2.º lugar a etapa e ultrapassou Dylan Groenewegen, a Volta ao Yorkshire termina no domingo

Por: Lusa

Foto: EPA

O australiano Caleb Ewan, da Orica, é o novo líder da Volta ao Yorkshire (Inglaterra), depois de ser segundo na segunda tirada, esta sábado disputada e ganha ao sprint pelo francês Nacer Bouhanni, da Cofidis.
Tal como na véspera, em Scarberough, Ewan bonificou por ser segundo e assim ultrapassou o anterior líder, que era o holandês Dylan Groenewegen (Lotto).

Na geral, Ewan tem dois segundos de avanço sobre Bouhanni e Groenewegen.
O único português em prova em Tiago Machado (Katusha), que nos dois dias chegou integrado no pelotão. Ocupa o 18.º lugar da geral, a 12 segundos de Ewan.
A Volta ao Yorkshire termina no domingo, com os 194,5 quilómetros entre Bradford e Fox Valley (Sheffield).

Fonte: Record on-line

“Raul Alarcon (W52-FC Porto) segundo nas Astúrias”

Etapa inaugural ganha pelo colombiano Alfonso Roldan

Fote: Filipe Farinha

O espanhol Raul Alarcon, da W52-FC Porto, foi, este sábado, segundo classificado na etapa inaugural da Volta às Astúrias, cortando a meta a 22 segundos do colombiano Alfonso Roldan, da Medellin. A 27 segundos, e no sétimo lugar, chegou o melhor português, João Benta, da Rádio Popular-Boavista, sendo que Ricardo Vilela, da Manzana Postobon, foi décimo.
A corrida espanhola conta ainda com a participação de outras equipas portuguesa, sendo que o italiano Rinaldo Nocentini, em nono, a 27 segundos, foi o melhor do Sporting-Tavira, tempo que abrangeu também o galego Alejandro Marque (Sporting-Tavira) e Ricardo Mestre (W52-FC Porto), 11º e 15º, respetivamente.

Já Luís Afonso, em 57º (a 1.36 m) foi o melhor da LA Alumínios-Metalusa-Blackjack.
A prova espanhola termina segunda-feira.  

Fonte: Record on-line

“Volta à Romandia: Simon Yates ganha etapa e conquista amarela”

Britânico terminou a escalada final a um minuto do antigo líder da prova, a Volta à Romandia termina no domingo

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista britânico Simon Yates, da Orica, venceu este sábado a quarta etapa da Volta à Romandia, arrebatando a camisola amarela desta prova suíça, que termina no domingo.
Yates terminou a escalada final de Leysin apenas na companhia do australiano Richie Porte (BMC), com 30 segundos de avanço sobre o terceiro posicionado e quase um minuto sobre o anterior líder, o italiano Fabio Fellline, da Trek.

A ligação entre Domdidier e Leysin, na distância de 163,5 quilómetros, era muito seletiva, com quatro contagens de montanha, duas quais duas de primeira categoria - Jaunpass e a final Leysin.
No arranque da tirada, as diferenças entre os primeiros ainda eram recuperáveis, mas foi apenas Yates que decidiu atacar forte, isolando-se na penúltima escalada. Nos quilómetros finais, viria a ser alcançado por Porte, o seu rival para o contrarrelógio de domingo, já que 19 segundos os separam na geral.
O britânico Chris Froome (Sky) esteve ativo na primeira metade da corrida, para depois renunciar e terminar em 33.º, a 1.15 de Yates.
Quem também optou por não apostar na geral final da prova foi o norte-americano Tejay Van Gardenen, o líder da BMC que acabou por trabalhar em prol de Porte, seu colega de equipa.
Para a última etapa, um contrarrelógio de 18 quilómetros, Yates entra com 19 segundos de avanço sobre Porte, 39 sobre o alemão Emmanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe) e 44 sobre Felline.
José Gonçalves (Katusha) perdeu 1.32 minutos e André Cardoso (Trek) 2.39. Gonçalves é 34.º, a 1.37 (era sétimo) e Cardoso o 54.º, a 4.52 (era 73.º).

Fonte: Record on-line

“Chad Young morreu após queda aparatosa na Volta à Gila”

Ciclista não resistiu aos ferimentos sofridos numa queda do passado domingo

Por: Lusa

Foto: Facebook Axeon Hagens Berman Cycling Team

O ciclista norte-americano Chad Young, da Axeon Hagens Berman, morreu na sexta-feira, vítima dos ferimentos sofridos numa queda no domingo 23 de abril na Volta à Gila, nos Estados Unidos, informou este sábado a equipa norte-americana.
"Perdemos um amigo, um elemento da equipa e da família. Não tenho palavras que possam descrever a minha dor com esta perda. Estou agradecido por tê-lo conhecido e sinto-me privilegiado por ter partilhado a sua paixão pelo ciclismo", escreveu no site oficial da formação Axel Merckx, diretor geral da equipa, onde alinham os portugueses Ivo Oliveira e Rui Oliveira.

Chad Young sofreu uma queda aparatosa no passado domingo 23 de abril, durante a última etapa da Volta a Gila, tendo sido transportado de helicóptero do Novo México para uma unidade hospitalar em Tucson, no Arizona.
O ciclista, de 21 anos, esteve em condição estável até quinta-feira, dia em que a equipa informou que o estado de saúde de Young tinha-se agravado, acabando por morrer um dia depois.

Fonte: Record on-line