terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

“Revista Notícias do Pedal”

Existimos há 17 anos ao serviço da bicicleta, com edições mensais, temos o nosso espaço diário, onde a sua notícia é divulgada na hora…

Se quer organizar um evento, divulgue no nosso espaço diário com acesso direto às redes sociais, onde pode chegar a muita gente, a divulgação é gratuita, basta enviar para os nosso e-mails, que nós tratamos de divulgar, envie um texto descritivo do evento, e um cartaz.

Mas… pode divulgar ainda o seu evento depois de se ter realizado, envie um resumo, e algumas fotos, e nós fazemos chegar a muitos e muitos leitores.

Mas… se quiser ser o repórter de um evento em participou, também temos espaço, enviem um resumo e algumas fotos, e será o repórter oficial desse evento.

E… não queremos esquecer o nosso espaço Pedal Feminino, dedicado a todas a mulheres, podem enviar fotos e resumo, e temos espaço especial para as mesmas, partilhem os melhores momentos femininos.

Publicamos tudo que tenha a ver com a bicicleta, seja competição, lazer, ou simples notícias, participe, colabore, divulgue, temos espaço reservado para todos.

Todas as notícias devem ser enviadas para:


Consulte a nossa revista em: www.noticiasdopedal.com e fique por dentro de todos os nossos projetos.

“JÁ CONHECE OS PROJECTOS DA REVISTA NOTÍCIAS DO PEDAL”

Agora com o novo espaço dedicado à mulher “Pedal Feminino”

Já conhece os nossos projectos, ainda não!!!

Então consulte, leia, divulgue, participe, estamos abertos a novas opiniões, divulgamos o seu evento gratuitamente, publicamos a sua notícia, seja repórter na sua região, nós temos o espaço para publicar tudo sobre a bicicleta, faça-nos chegar a sua notícia, nós tratamos do resto.

Todas as notícias e informações devem ser enviadas para o nosso mail em: noticiasdopedal@gmail.com ou Geral@noticiasdopedal.com   


“OS NOSSOS PROJECTOS”

Revista Mensal, um resumo de todas as notícias das diversas modalidades no final de cada mês, entre outras novidades, consulte em: www.noticiasdopedal.com


Blogue Diário Notícias do Pedal, as mais diversas notícias e as divulgações dos eventos, diariamente ao final do dia, com ligação direta às redes sociais, Facebook, Linkedin e Twitter, divulgando e expandindo ao máximo, todas as notícias, consulte em: http://revistanoticiasdopedal.blogspot.pt/


Notícias do Pedal TV, o nosso canal de televisão com os melhores momentos do cicloturismo, entre outros, apenas para quem possui MEO, consulte em: Meo/Kanal Posição: 531450


Notícias do Pedal TV no You Tube: o nosso canal de televisão na internet, para quem não possui MEO, pode assistir à nossa programação através do You Tube, consulte em: www.youtube.com/user/noticiasdopedaltv


Pedal Feminino, um espaço dedicado a todas as mulheres, um Blogue atualizado regularmente, com ligação direta às redes sociais, Facebook, Linkedin e Twitter, aqui a Mulher é Rainha, leia, divulgue, participe, esperamos notícias vossa sobre o Sexo Feminino, um espaço que fazia falta, numa altura em que cada vez vimos mais mulheres a pedalar, seja como lazer, ou em competição, consulte em: http://opedalfeminino.blogspot.pt/

“Nova edição da Revista Notícias do Pedal”

Já está on-line a edição de fevereiro da “Revista Notícias do Pedal”, a número 258, contém uma grande diversidade de notícias, nas mais diversas modalidades, agora com novo visual e grafismo, pode mensalmente ser visualizada em: www.noticiasdopedal.com descubra ainda outras novidades, conheça e esteja por dentro de todos os nossos projecto, boas leituras…

“Bombarralense com 4º Coletivamente em Espanha”

A nossa equipa participou na Prova de abertura Espanhola na cidade de Don Benito, 51° circuito Del Guadiana.

Prova muito conhecida, onde estiveram presentes 30 equipas de várias nacionalidades com um pelotão com 167 ciclistas.

A equipa do Bombarralense foi a primeira das portuguesas, conseguiu um 4° lugar, mostrando que tem um coletivo forte junto das melhores da Europa.

 Com média horária de 43km/h hora, os nossos atletas tentaram ajudar na perseguição aos Irlandeses que iam em fuga, mas lamentavelmente não foi possível anular a fuga de 7 ciclistas. Mesmo assim, no primeiro grupo chegamos ao final representado com vários atletas. Conseguiu-se os lugares 10°, 16° e 32° na geral individual. Restante equipa chega no segundo grupo.

Fonte: Bombarralense

 

“Contrarrelógio por equipas regressa em 2018”

Será na terceria etapa em Cholet

Por: Lyusa

Foto: Reuters

A Volta a França vai recuperar o contrarrelógio por equipas na edição de 2018, cuja partida será dada na ilha de Noirmoutier, voltando a utilizar o caminho submersível da Passagem de Gois, anunciou esta terça-feira a organização.
O 'crono' coletivo acontece na terceria etapa e disputa-se em Cholet, utilizando praticamente o mesmo traçado do exercício individual ali realizado em 2008, indicou o diretor do Tour, Christian Prudhomme, que apresentou esta as linhas principais do início da corrida do próximo ano.
O contrarrelógio terá estradas largas mas com várias pequenas subidas, uma das quais de 600 metros com um desnível de 8%, a oito quilómetros da meta. "As equipas terão de ter cuidado para não perderem corredores, porque haverá mudanças de ritmo constantes, troços em que pode rodar a até 90 km/hora seguidos de outros em que dificilmente se chega aos 40", disse o diretor de prova, Thierry Gouvenou.
Depois de ter sido excluído na edição de 2017, que começa a 1 de julho, em Dusseldorf, na Alemanha, o contrarrelógio por equipas regressa no próximo ano, depois de duas etapas essencialmente planas, a primeira das quais saindo da ilha de Noirmoutier e utilizando a famosa Passagem de Gois, uma estrada que fica submersa duas vezes por dia por ação das marés e que recebeu o Tour em 2011.
A etapa inaugural, com 195 quilómetros, termina em Fontenay-le-Comte e é propícia a um final disputado ao 'sprint', tal como a segunda tirada, que liga Mouilleron-Saint-Germain a La Roche-sur-Yon, na distância de 185 quilómetros.
Depois do 'crono' por equipas do terceiro dia, a quarta etapa partirá de La Baule, ficando por conhecer o local de chegada, bem como o restante itinerário do Tour, que será apresentado em 17 de outubro, em Paris.

Fonte: Record on-line

“Cycle Flower Parade”

A Delegação Grande Porto/Norte da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta convida à participação no passeio de bicicleta na cidade do Porto, no dia 4 de Março às 15:30, organizado pelo Mercado do Bom Sucesso e Urban Cicle Café. Inserido nas comemorações do Porto - Cidade das Camélias, será também um desfile de bicicletas floridas. Terá paragem na Praça do Infante para assistir à XXII Exposição de Camélias do Porto patente no Palácio da Bolsa.

Mais informações em:


Fonte: FPCUB

“PARCERIA COM SHIMANO TRAZ ÀS EQUIPAS RADON FACTORY OS ELEMENTOS DO SUCESSO”

Shimano orgulha-se em anunciar a adição dos atletas das equipas  Radon Factory Downhill (DH) and Cross-country (XC) ao role de atletas que estão já a usar componentes  XTR Di2 e componentes SAINT
A equipa Radon XC´s é gerida pelo triplo campeão do mundo Ralph Näf,e tem um impressionante nipe de pilotos; duplo campeão do mundo Matthias Flückiger, 2013 XC campeã do mundo Juniores Alessandra Keller e 2014 em XC o eliminador campeão do mundo Kathrin Stirnemann, todos eles vão competir com componentes  Shimano XTR Di2, Rodas, pedais, PRO Tharsis haste mais avanço e espigão.
Na equipa Radon DH, destaca-se Manon Carpenter campeã do mundo em 2014 categoria feminina 2014 e taça do mundo.Sistema transmissão completa e kit travões SAINT vão equipar as suas bikes Radon Swoop200 DH.
A Manon Carpenter junta-se Johannes Fischbach (5 vezes campeã de four-cross na Alemanha,três vezes campeã de DH na Alemanha e recentemente campeã do mundo do Tour DH urbano), Raphaela Richter (U21 campeã EWS), e o talento francês de DH Faustin Figaret, em conjunto  com o diretor de equipa Joost Wichman campeão do mundo na sua principal disciplina  four-cross.
Radon é um fabricante alemão de quadros para bicicletas de montanha e E-bikes Btt , assim como de bicicletas de trekking, cross, estrada e urbanas e é apoiado adicionalmente pelo distribuidor alemão  Paul Lange & Co.
Joost Wichman diretor de equipa :
“ Estamos super entusiasmados por conseguir fazer crescer o nosso relacionamento com a Shimano.  Sabemos que ao utilizar os seus componentes nas nossas bikes estamos a facilitar a vida aos nossos mecânicos e sobretudo a transmitir maior confiança aos pilotos  .”
Rudy Bouwmeester director marketing desportivo da Shimano:
“Com os resultados promissores obtidos o ano passado pelos atletas das equipa Randon de XC e DH , ficámos orgulhosos de termos conseguido dar mais um passo no desenvolvimento desta parceria e apoiar as equipas com XTR Di2 ,  SAINT e PRO THARSIS XC. Estamos ansiosos por começar a trabalhar com as equipa e  ficamos a aguardar na expectativa de nos encontrármos para continuarmos a desenvolver produtos  da  mais alta qualidade.”
Equipa Radon Factory inicia a sua época com a Taça do Mundo DH  em Abril  29-30 em Lourdes, França e a equipa XC em Maio 20-21 em Nove Mesto, Republica Checa.
Mais detalhes sobre o grupo SAINT: http://www.ridesaint.com/pt/
Mais detalhes sobre  o grupo XTR DI2 : http://www.ridextr.com/pt_br/index/

“Currículos Escolares”


Foto: Arquivo NP
Federação propõe ciclismo como matéria nuclear dos currículos escolares
A Federação Portuguesa de Ciclismo enviou à Sociedade Portuguesa de Educação Física um documento defendendo a inclusão do ciclismo quotidiano como matéria nuclear dos currículos escolares.

O parecer da Federação Portuguesa de Ciclismo surge durante o período de consulta sobre as aprendizagens essenciais de Educação Física, fundando-se na experiência da instituição que superintende o ciclismo em Portugal e no contributo de docentes de Educação Física.

“Consideramos que, atualmente, a utilização da bicicleta ganha importância crescente, não apenas em contexto desportivo e recreativo, mas também no quotidiano. Como tal, a Escola deverá dar uma resposta efetiva para aumentar de forma significativa esta prática, em condições de segurança, com enormes vantagens ao nível da saúde, ambiente, mobilidade e economia”, lê-se na missiva que acompanha o parecer remetido à Sociedade Portuguesa de Educação Física.

Este enquadramento e o facto de uma percentagem significativa das crianças portuguesas não saberem andar de bicicleta justificam que as técnicas básicas de utilização da bicicleta integrem as matérias escolares obrigatórias, de modo a que pedalar seja uma competência básica apreendida cada vez mais cedo pelos estudantes portugueses.

“Pedalar é uma competência básica, que garante enormes benefícios ao longo da vida, para o indivíduo e para a sociedade, devendo ser uma prática generalizada. A Escola, enquanto instituição central na formação dos jovens, deverá contribuir para este desígnio, e estamos no momento certo para o fazer”, saliente o vice-presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo e coordenador do Programa Nacional Ciclismo para Todos, Sandro Araújo.

A presença do ciclismo e das Federação nas escolas é cada vez mais notória, numa parceria entre a Federação Portuguesa de Ciclismo e a Direção-Geral de Educação, têm vindo a ser desenvolvidas várias atividades para ensinar crianças a andar de bicicleta. Por outro lado, o projeto “O Ciclismo Vai Escola”, numa interligação entre a Federação, Associações Regionais de Ciclismo, Clubes, Autarquias e Agrupamentos Escolares, tem também permitido ensinar crianças a andar de bicicleta.~

Fonte: FPC

“NOVOS COMPONENTES”

DEORE XT, SLX, DEORE, ALIVIO, ACERA & ALTUS VÊM AMPLIAR  AS POSSIBILIDADES NO TREKKING E CICLISMO OFF-ROAD.

Com o novo Deore, Alivio, Acera, Altus e componentes sem serie associada, a Shimano expande a versatilidade e diversão que podem ser encontradas a vários níveis no trail, trekking e ciclismo off-road.

 DEORE M6000 serie

Desenhado em torno do conceito de performance e lazer, o novo Deore M6000  é para o ciclista do Trail, entusiastas de BTT,  ciclista de cidade e o desportista , todos aqueles que necessitam diariamente  de lidar com estradas e piso em más condições, chuva, areia e todos os contratempos  com que a natureza nos surpreende.

O grupo Deore M6000 mantêm as 10-velocidades, contudo garante algumas inovadoras características  de maneira a transmitir fiabilidade, suavidade, flexibilidade de estilo com possibilidades ilimitadas.

A transmissão 2x10(FC-M6000) adopta o aspecto das transmissões  do XTR, XT e SLX com um aspecto polido, design 1-peça, tecnologia hollowtech II de 4-braços em três opções (38-28D, 36-26D, 34-24D) e uma alternativa para versão Boost. De modo a assegurar um amplo leque de estilos de ciclismo, estará disponível uma transmissão 3x10 com um design agressivo. Ambos os sistemas são compatíveis com cassetes Dyna-Sys 10v 11-42D ( CS-HG500) assim como outras 3 opções 11-36/34/32D.

A comutação  2x10 e 3x10V  são asseguradas  por mudanças traseiras com tecnologia  Shadow RD+(RD-M6000-GS), oferecendo melhor retenção e estabilidade da corrente. Na frente temos 3 opções de mudança swing (top, down e side) que podem ser combinadas com 5 tipos de montagem (alta, baixa, montagem direta, tipo-E  e um novo tipo a  Intermédia )  de maneira a oferecer melhores passagens de cabos e/ou seguindo os novos requisitos de fabricantes como a distância do pneu ou as suspensões traseiras.

As operações de comutação estão asseguradas por manipulos Rapidfire Plus (SL-M6000), equipados com um visor  que permite visualizar  as mudanças colocadas. Os novos travões hidráulicos com servo-wave e maior potência de travagem (BL-M6000), pinças com piston isolado ( BR-M6000) desenhadas para utilizar pastilhas com tecnologia Ice garantem um maior controlo.

 Conjunto de cubos (HB-M6000/10V, FH-M6000/10V) completam o grupo com 100x15mm opção de eixo passante  na frente  e encaixe de disco center-lock para facilitar o encaixe.

Adições para  BTT  componentes sem serie associada

A gama de rodas foi expandida com duas novas rodas na gama  Deore XT   29” e 27.5”  opção para sistemas BOOST  e eixo passante. As rodas da frente são mais rígidas  com os 10mm de expansão, assim com 110x15 mm na frente  as rodas traseiras estão 6mm mais largas com 148x12mm eixo . Novos eixos passantes traseiros (AX-MT700 and AX-MT500) foram também adicionados, mais leves, com maior distância  para os quadros e pinças de travão.

No que toca a transmissões, ao nível da gama SLX  teremos uma nova cassete 11-46D ( CS-M7000), para montagens 1x11V.

Ao mesmo nível do novo grupo Deore chega um novo pedaleiro 2x11V 36-26D ( FC-MT600) com sistema Dyna-Sys e dentes resistentes à fricção em opções standart e BOOST, e uma outra opção  para 10V duplo ( 36-26D) o FC-MT500.

Novos pedais modelo SPD com encaixe de ambos os lados ( PD-ED500) ao nível do Deore.

Novas opções de transmissão para o grupo  Alivio, Acera e Altus

Ao nível do  Alivio (M4000) e Acera (M3000) os ciclistas que estão a iniciar-se no BTT  que preferem neste momento de pequenos trilhos fora da estrada e de ciclismo urbano têm agora uma nova opção 2x9 velocidades 36-22D (FC-M4050 2-peças ou o  FC-M3000 encaixe de quadra)  pedaleiro com mais 3mm de linha corrente para suportar pneus mais largos. Novas cassetes Hyperglide 9V 11-36D (CS-HG400/201-9) manipulos de acção leve (SL-M4010/M3010) e mudanças frente de side-swing(FD-MT400-E/D) com maior folga para o pneu.

Nos sistema ALTUS (M2000)  uma nova cassete de 9V MEGALITE coloca-nos ao comando da estilosa transmissão de 3x9V . As rodas pedaleiras 40-30-22D  são compatíveis com uma nova e resistente cassete  11-36D (CS-HG200-9/201-9) e a nova mudança  com tecnologia Shadow RD  transportada dos topos de gama , garante uma posição de  baixo perfil para maior segurança nos caminhos.

1.         Disponibilidades no mercado :

Deore BTT:                        Maio 2017

Componentes sem serie :       Maio 2017

Altus:                         Abril 2017

Alivio:                        Maio 2017

Acera:                        Maio 2017

Distribuidor para Portugal : Sociedade Comercial do Vouga, Lda

Fonte: Sociedade Comercial do Vouga

“Novo agente SCOTT no Porto”

A Ribeiro’s Bike Shop abriu portas no Porto, visite este novo agente SCOTT

Por: ANDRÉ FREDERICO

“Damos assim início a mais uma etapa da ainda curta vida da Ribeiro's Bike Shop com a inauguração da sua irmã mais nova no Porto”, assim podemos ler na página de Facebook da loja Ribeiro’s que abriu recentemente as portas da sua nova loja na Rua António Bessa Leite, situada junto à Avenida Boavista, no Porto. Os aficionados da bicicleta passam a ter novo ponto de encontro na “Invicta”, numa loja que prima pelo serviço experiente de uma família ligada ao ciclismo. A Ribeiro’s Bike Shop do Porto passa também a trabalhar a marca SCOTT, bicicletas e acessórios, e poderá encontrar na loja todas as novidades da coleção de 2017. Para mais informações contacte a SCOTT Portugal, em info@jasma.pt.

Fonte: Stand Jasma

“Controlo de treino realizado para a época de 2017”

Sábado, dia 25, e domingo, dia 26, foram os dias escolhidos pela FTP para realizar os habituais controlos de treino para as seleções nacionais. Os testes foram realizados no Complexo Desportivo do Jamor e na ilha da Madeira e foram organizados pela Federação de Triatlo de Portugal com o apoio da Associação Regional de Triatlo da Madeira.

Com o objectivo de avaliar a forma de atletas com potencial de representar a seleção nacional na temporada de 2017, a FTP recebeu 62 atletas, em representação de 22 clubes, que prestaram provas de natação, ciclismo e atletismo.

O controlo teve início com as provas de atletismo, realizadas sábado de manhã. Para os atletas dos escalões Juvenil, apenas os de segundo ano, Cadete e Júnior, a prova de atletismo resumiu-se a um teste de 3000 metros em pista, seguido de 400 metros. Para os Sub23 e Séniores foi realizado um teste de 5000 metros. No mesmo dia, de tarde, foi testada a forma dos mesmos atletas para o segmento de natação. Para todos os escalões foram dadas partidas para testes de velocidade, 100 metros, e de resistência, 1ooo metros.

Domingo, último dia de testes, foi reservado para o segmento de ciclismo. Todos os atletas envolvidos nos controlos prestaram provas em bicicleta estática com recurso a potenciómetro. Para os atletas Juvenis foram realizados testes de 3 minutos e para todos os outros escalões foram feitos controlos de 20 minutos.

Os dois dias que compuseram o controlo de treino da Federação de Triatlo de Portugal ficaram marcados por um ambiente de grande harmonia e camaradagem entre todos os envolvidos.

Os excelentes resultados obtidos fazem ainda perspetivar mais uma excelente época desportiva!

Fonte: FTP

“Alexandre Nobre 2º em Havana”

Foto: Facebook Portugal Talentus

Alexandre Nobre alcançou o segundo lugar na prova da Taça Continental de Havana, Cuba. O triatleta português obteve a sua melhor classificação de sempre em provas internacionais e somou importantes pontos para o ranking mundial.

A etapa cubana da Taça Continental de Triatlo foi disputada dia 26, sob o formato Sprint. Todos os triatletas que alinharam na partida da competição em representação das suas nações foram desafiados a percorrer 750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida final. O Colombiano Quinchara Forero foi o mais forte em competição sagrando-se vencedor da etapa. Alexandre Nobre ocupou o segundo lugar e o japonês, Taniguchi, encerrou o pódio na terceira posição.

Com este excelente resultado Alexandre Nobre somou importantes pontos para o ranking internacional de triatlo e, consequentemente, subiu posições no mesmo. Voltando a Portugal com o sentimento de dever cumprido e mérito reconhecido.

Fonte: FTP 

“Agenda de Ciclismo”

Portugal continua na rota do ciclismo internacional

A Volta ao Algarve e a Volta ao Alentejo centraram as atenções do mundo do ciclismo nas últimas semanas, mas o próximo fim-de-semana continua a ser marcado pela realização em Portugal de corridas internacionais de estrada e de BTT.

O pelotão profissional regressa à estrada no domingo, 5 de março, para disputar a Clássica da Arrábida, prova 1.2 UCI, pontuável para o Troféu Liberty Seguros. A corrida terá 186,6 quilómetros, com partida da Avenida Luís Todi, em Setúbal, às 11h15, passagem por Sesimbra e chegada ao Castelo de Palmela, cerca das 15h45.

A primeira fase do trajeto é plana, mas a serra da Arrábida vai atravessar-se no caminho dos ciclistas, que terão de escalar cinco subidas pontuáveis para o prémio da montanha, nos 70 quilómetros finais. A última dificuldade coincide com a meta. A derradeira escalada tem 2,6 quilómetros, os primeiros 1500 metros em terra batida e os últimos 1100 em empedrado.

A Clássica da Arrábida contará com 20 equipas e um total de 160 corredores, oriundos de 14 países: África do Sul, Angola, Austrália, Bolívia, Canadá, Colômbia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Grã-Bretanha, Irlanda, Noruega, Polónia e Portugal.

Também no domingo, mas no extremo sul do país, corre-se a primeira prova da Taça Cyclin’Portugal de Downhill (DHI). A pista do Arimbo, em São Brás de Alportel, será placo da competição C2 UCI, na qual são esperados os melhores especialistas nacionais e nomes internacionais de referência.

Os corredores vão encontrar uma pista encurtada para 1810 metros, que os melhores irão percorrer em menos de 3 minutos. A manga de qualificação está marcada para as 11h00 de domingo, enquanto a final vai arranca às 14h00. Nos dois dias anteriores, começam a chegar os participantes para os treinos e demais formalidades regulamentares.

O Algarve Bike Challenge, prova de BTT por etapas de classe S2 UCI, corre-se entre sexta-feira e domingo, com epicentro na cidade de Tavira. Trata-se de uma corrida a disputar por duplas, integrando uma vertente de competição, pontuável para o ranking internacional, e também uma prova aberta, que receberá largas centenas de participantes.

A corrida abre com um prólogo urbano noturno, na sexta-feira. O percurso de 2,65 quilómetros começa a ser percorrido pelos participantes da prova aberta às 19h15 e pelos corredores de competição duas horas mais tarde.

A segunda etapa vai percorrer a serra de Tavira, ao longo de 84 quilómetros, a partir das 9h15 de sábado. No dia seguinte, às 9h30, será dada a partida para a terceira e última tirada, que somará 74 quilómetros na serra do Caldeirão.

Mais eventos oficiais

4 de março, 7h30: Trilhos dos Sentidos, Vieira do Minho

4 de março, 13h30: 6.º Roadbook Fernão de Magalhães, Chaves

4 de março, 12h30: Circuito Cidade de Viseu

5 de março, 9h00: 2.ª Prova do Campeonato Open de XCO da Maia, Milheirós

5 de março, 9h00: Passeio BTT da Feira dos Enchidos, Monchique

5 de março, 9h30: Maratona BTT Rota de S. Tiago, Cantanhede

5 de março, 9h30: Maratona BTT Solidária, Fátima

5 de março, 9h30: Circuito de XCO D. Paio Peres Correia, Paio Pires

5 de março, 12h00: GP Ciclismo do Carregado

5 de março, 16h30: Encontro de Escolas de Ciclismo do Faial, Açores

Fonte: FPC

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

"Vanessa Fernandes oficializa regresso ao triatlo com os olhos postos em Tóquio'2020”

Atleta do Benfica esteve cinco anos sem competir na modalidade

Por: Lusa

Foto: Fernando Ferreira

A portuguesa Vanessa Fernandes, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Pequim'2008, anunciou esta segunda-feira, em conferência de imprensa, o regresso ao triatlo, apontando já à presença em Tóquio'2020.
"Quero voltar à modalidade onde cresci e onde tive momentos que já mais irei esquecer. Oito anos depois [da medalha de prata em Pequim] volto inteira, com um sonho que tem um nome: Tóquio'2020", disse.

Após vários anos sem competir no triatlo [n.d.r.: A última prova havia sido em 2011, em Yokohama], a atleta do Benfica não quer, neste momento, estabelecer objetivos para os Jogos Olímpicos'2020. "Antes de Tóquio vai haver imensa coisa. O objetivo principal é lá estar. Só daqui a dois anos posso afirmar o que posso fazer em Tóquio", afirmou.
Uma das mais completas atletas portuguesas regressa ao triatlo
Aos 31 anos, a regressada Vanessa Fernandes, uma das mais completas desportistas portuguesas de sempre, alimenta o sonho de repetir em Tóquio'2020 o pódio olímpico que foi o auge da sua carreira, com a prata em Pequim'2008.
"Ela ainda pode dar muito à modalidade. As expetativas são dela e não há qualquer tipo de pressão da nossa parte, porque a Vanessa já deu tudo o que tinha a dar ao triatlo a agora é o que ela quiser", disse, há dias, Vasco Rodrigues, na tomada de posse como novo presidente da federação.
Depois da consagração na elite das desportistas mundiais, então com 22 anos, Vanessa Fernandes foi vítima de anorexia nervosa e bulimia, problemas cujos primeiros sintomas surgiram precisamente no grande evento internacional realizado na China.
O pós-Pequim foi muito duro para a atleta de Perosinho que foi forçada a fazer uma longa pausa na carreira para recuperar a saúde.
Depois de vários anos sob comando técnico de Sérgio Santos, então diretor técnico da federação, Vanessa Fernandes anunciou em novembro de 2009 que deixaria o Centro de Alto Rendimento do Jamor e passaria a ser orientada por Paulo Colaço, perito da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.
A atleta do Benfica voltaria à competição após Londres'2012 em provas de atletismo sem 'pressão' e em 2015 experimentou a maratona, prova na qual até conseguiu, à primeira, os mínimos para o Rio'2016.
Uma vez que foi ao Brasil como suplente, já que não teve uma das três melhores marcadas entre as maratonistas nacionais, acabou por não competir, mas assumiu que o 'bichinho' da competição continuava lá.
Depois do oitavo lugar em Atenas2004 e segundo em Pequim2008, prepara-se agora para voltar ao mais alto nível depois estar ausente de Londres'2012 e Rio'2016.
Para voltar aos anos dourados no triatlo basta que se aproxime dos elevados níveis exibidos no passado, já que os 31 anos não são obstáculo - no Rio2016, a norte-americana Gwen Jorgensen foi ouro com 30 anos, a italiana Nicola Spirig prata com 34 anos e a britânica Vicky Holland bronze com 30.
Quando se apresentou em Pequim2008, com somente 22 anos, a atleta de Perosinho, Vila Nova de Gaia, detinha já um currículo habitualmente destinado apenas a atletas de eleição e já em final de carreira - tantos e tão importantes eram os seus feitos.
Muito poucos atletas no mundo ganharam tantas medalhas tão jovens e em tão pouco tempo como Vanessa Fernandes.
Pentacampeã da Europa de elites de 2004 a 2008, campeã do mundo em 2007 e 'vice' em 2006, recordista de vitórias na Taça do Mundo (20), primeira do 'ranking' de qualificação olímpica e tricampeã europeia sub-23 (2004 a 2006) - os números dizem tudo sobre Vanessa, um exemplo de talento, dedicação, trabalho, e espírito de sacrifício que tem ainda o titulo mundial de duatlo em 2007 e a prata em 2006.

Fonte: Lusa

“Reportagem no “A Notícia” da “15ª Peregrinação e Bênção Nacional dos Ciclistas”

O A Notícia”, publicou a reportagem do evento: da “15ª Peregrinação e Bênção Nacional dos Ciclistas” este domingo em Fátima, a mesma pode ser visualizada em: http://www.anoticia.pt/pt/201702/Desporto/707/Ciclistas-Abençoados-em-Fátima.htm ou em: http://anoticia.pt/ onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Reportagem no “Jornal de Ciclismo” da “15ª Peregrinação e Bênção Nacional dos Ciclistas”

OJornal de Ciclismo”, publicou a reportagem do evento da “15ª Peregrinação e Bênção Nacional dos Ciclistas” realizada este domingo em Fátima, a mesma pode ser visualizada em: http://jornalciclismo.com/?p=44422 ou em: http://jornalciclismo.com/ onde pode ainda visualizar outras notícias.

“Ranking Ciclista do Ano”

Rinaldo Nocentini comanda ranking

Por: José Carlos Gomes

O italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) termina o primeiro mês de competição da época de 2017 na frente do Ranking Ciclista do Ano.

O transalpino valeu-se da regularidade para assumir a posição cimeira na atualização de fevereiro do ranking elaborado pela Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais. O chefe-de-fila dos sportinguistas foi nono na Volta ao Algarve e segundo na Volta ao Alentejo, onde ganhou a primeira etapa.

Rinaldo Nocentini fecha o mês de fevereiro com 370 pontos, mais 125 do que Amaro Antunes (W52-FC Porto), que optou pela ausência da Volta ao Alentejo, não dando continuidade à boa forma demonstrada na Volta ao Algarve, corrida em que ganhou uma etapa e foi quinto na geral. O terceiro é Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), com 148 pontos, resultantes de posições no top 10 no Algarve e no Alentejo.

O melhor sub-23 é Francisco Campos (Miranda/Mortágua), quarto da classificação absoluta, dado que ganhou a única corrida em que as equipas de clube puderam participar até ao momento, a Prova de Abertura – Região de Aveiro.

O Sporting-Tavira junta o comando coletivo ao individual. Os corredores às ordens de Vidal Fitas somam 460 pontos. A equipa mais próxima é a W52-FC Porto, com 255 pontos. Segue-se a LA Alumínios-Metalusa BlackJack, com 153.

Ranking Ciclista do Ano

1.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 370 pontos

2.º Amaro Antunes (W52-FC Porto), 245

3.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), 148

4.º Francisco Campos (Miranda/Mortágua), 70

5.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), 60

6.º Alejandro Marque (Sporting-Tavira), 55

7.º César Martingil (Liberty Seguros/Carglass), 50

8.º Fábio Silvestre (Sporting-Tavira), 35

9.º Rafael Silva (Efapel), 35

10.º Ivo Oliveira (Axeon Hagens Berman), 30

Ranking Equipa do Ano

1.ª Sporting-Tavira, 460

2.ª W52-FC Porto, 255

3.ª LA Alumínios-Metalusa BlackJack, 153

4.ª Louletano-Hospital de Loulé, 116

5.ª Miranda/Mortágua, 70

Fonte: FPC

domingo, 26 de fevereiro de 2017

“9º Btt Trilhos do Pisão”

Dia 7 de maio de 2017

“Grupos de Idade 2017”

Os Grupos de Idade são um eixo de desenvolvimento central para a Federação de Triatlo de Portugal. Para conseguir garantir o devido apoio a este grupo-alvo a FTP elegeu, dentro da sua estrutura, o Diogo Custódio, como responsável e interlocutor para esta área.

O Diogo tem a seu cargo a reformulação de todo o projeto de Grupos de Idade para 2018 e também o acompanhamento dos atletas já esta época.

Nesse âmbito, já se encontra disponível no nosso site o Formulário de Intenção de Participação em provas internacionais para Atletas Age Groups.

O preenchimento do Formulário apenas demonstra a intenção de participação nas provas. Depois de demonstrarem a sua intenção de participação, os atletas deverão receber um email a informar de quais os passos a efetuar para concluírem a sua inscrição.

Também se encontra para consulta o Regulamento de Participação Internacional. Por dificilmente se preencherem os totais de vagas para AG’s portugueses, não existirão provas/critérios de seleção para 2017.

Não perca esta oportunidade de representar Portugal e venha fazer da nossa equipa nos mais diversos eventos internacionais.

Posteriormente serão informados os apoios para as participações.

Fonte: FTP

“Outsystems Olímpico de Oeiras dominante no Barreiro”

O Outsystems Olímpico de Oeiras dominou o Duatlo do Barreiro, segunda etapa da Taça de Portugal PORterra, ao ser vencedor da prova feminina e masculina.

Mais de uma centena de duatletas aceitaram o desafio de competir nos percursos desafiantes da Mata da Machada. Com um total de 5km de corrida, 21,2km de ciclismo e 2,5km de corrida final caracterizados por percursos exigentes, com single tracks e terrenos mistos de terra batida e piso arenoso, a prova apresentou-se como uma verdadeira experiência para os amantes do todo-o-terreno.

A prova masculina observou a uma verdadeira disputa pela vitória, com um novo líder no final de cada segmento. Rui Narigueta e Rui Dolores destacaram-se durante a maior parte da competição ao desempenharem performances de grande qualidade durante o segmento de ciclismo. A próximidade entre os dois atletas só se pode anular durante a última parte da prova. Com uma grande prestação nos 2,5km finais de corrida, Rui Narigueta, Outsystems Olímpico de Oeiras, sagrou-se vencedor da segunda etapa da Taça de Portugal PORterra. Rui Dolores, Amiciclo Grândola, repetiu o lugar conseguido nas Lezírias, e terminou a prova no segundo posto. A completar o pódio masculino, na terceira posição, ficou Octávio Vicente do Núcleo do Sporting da Golegã.

Sheila Marques volta a ser a protagonista feminina da Taça de Portugal PORterra. A duatleta do Outsystems Olímpico de Oeiras voltou a dominar a competição individual em grande estilo ao liderar a competição feminina desde os seus momentos iniciais. Com grandes prestações nos segmentos de corrida e ciclismo, Sheila Marques cortou a meta instalada na Mata da Machada com uma vantagem superior a um minuto e meio em relação à segunda classificada, Irina Coelho, Bike Clube S. Brás. Filipa Gonçalves, Núcleo do Sporting da Golegã, completou o pódio feminino no terceiro lugar.

Em termos coletivos o Outsystems Olímpico de Oeiras conseguiu pela segunda vez consecutiva a dobradinha na competição. Repetiu o feito alcançado na primeira etapa, Duatlo das Lezírias, e fortalece a liderança da Taça de Portugal PORterra em femininos e masculinos. O Núcleo do Sporting da Golegã foi segundo classificado coletivamente na prova feminina e o Escola Triatlo Santo António Évora foi terceiro. Em masculinos o Amiciclo Grândola repetiu o segundo lugar e o GCA Donas – Triatlo somou o terceiro.

Na mesma tarde foi disputada uma prova aberta que percorreu, no mesmo local, percursos de 2,5km de corrida, 10,6km de ciclismo e 1,4km de corrida. Malvina Gomes e João Cordeiro, GCEAmadora, foram os grandes vencedores da prova.

O Duatlo do Barreiro foi um evento organizado conjuntamente pela Câmara Municipal do Barreiro e pela Federação de Triatlo de Portugal que procurou dinamizar a modalidade, com enfase nas provas de todo-o-terreno. A próxima etapa da Taça de Portugal PORterra será disputada sob o formato de Triatlo nos dias 27 e 28 de Maio na Golegã, onde esperamos encontrar reunida a família da nossa modalidade.

Fonte: FTP

“Rui Costa sobe ao 5.º posto no ranking da UCI"

Vitória na Volta a Abu Dhabi rende preciosos pontos ao português

Foto: EPA

O triunfo de Rui Costa na Volta a Abu Dhabi, alcançado este domingo, deu ao ciclista português preciosos pontos, permitindo-lhe a subida ao 5.º posto no ranking da UCI, agora com um total de 346 pontos, à frente do campeão mundial Peter Sagan.

Na liderança desta classificação continua o australiano Richie Porte, da BMC Racing, com 672 pontos, à frente do colombiano Esteban Chaves. À frente do português estão ainda mais dois australianos (Nathan Haas e Jay McCarthy).

Por equipas, a UAE Emirates, da qual faz parte Rui Costa e que conquistou este domingo a primeira vitória numa corrida por etapas da sua curta história - o conjunto sedeado nos Emirados Árabes Unidos estreou-se este ano -, ocupa também o 5.º lugar num ranking liderado pela BMC.

Ranking da UCI

1. Richie Porte (Austrália/BMC Racing), 672 pontos

2. Esteban Chaves (Colômbia/Orica), 422

3. Nathan Haas (Austrália/Dimension Data), 395

4. Jay McCarthy (Austrália/BORA), 385

5. Rui Costa (Portugal/UAE Emirates), 346

6. Peter Sagan (Eslováquia/BORA), 325

7. Caleb Ewan (Austrália/Orica), 305

8. Greg Van Avermaet (Bélgica/BMC Racing), 300

9. Nikias Arndt (Alemanha/Sunweb), 300

10. Ilnur Zakarin (Rússia/Katusha), 265

Ranking por equipa

1. BMC Racing (Estados Unidos), 1210

2. Orica (Austrália), 1077

3. BORA (Alemanha), 923

4. Sunweb (Alemanha), 695

5. UAE Emirates (Emirados Árabes Unidos), 654

6. Katusha (Suíça), 633

7. Quick-Step (Bélgica), 578

8. Trek (Estados Unidos), 558

9. Dimension Data (África do Sul), 483

10. LottoNL (Holanda), 407

11. Team Sky (Grã-Bretanha), 379

12. Cannondale (Estados Unidos), 359

13. AG2R (França), 331

14. Lotto (Bélgica), 315

15. Astana (Cazaquistão), 282

16. Movistar (Espanha), 180

17. Bahrain (Bahrain), 114

18. FDJ (França), 68

Fonte: Record on-line