terça-feira, 1 de maio de 2018

“Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa”

“Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa” Soraia Silva vence em

Vila Chá de Ourique

Britânica Fiona Hunter-Johnston mantém-se no comando da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa

Soraia Silva foi a principal vencedora da terceira prova da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa ao vencer o 33.º Circuito de Vila Chã de Ourique. O principal troféu de regularidade do ciclismo feminino português levou aquela Freguesia do Cartaxo as principais intérpretes do pelotão nacional numa corrida bem disputada e a alta velocidade que terminou com a discussão adiada até ao último metro. No termo das 20 voltas, totalizando 33 quilómetros, Soraia Silva foi a mais forte do sprint adiantando-se à britânica Fiona Hunter-Johnston (Fusion Velo Performance) e a Liliana Jesus (BTT Seia), respetivamente segunda e terceira classificadas.

O triunfo da cantanhedense Soraia Silva, com as cores da equipa espanhola Sopela Team, permitiu-lhe somar 50 pontos no ranking da categoria Elite da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa que permanece solidamente sob o comando de Fiona Hunter-Johnston, vencedora das duas provas inaugurais do troféu disputadas no Algarve. Apesar da consolidada vantagem sobre Soraia Silva - é segunda, com 68 pontos - e sobre os 65 pontos da sua colega de equipa Emily Meakin as decisões quanto à geral da Taça só ficarão conhecidas nas restantes duas corridas, a 26 e 27 de maio.

Na corrida júnior, a algarvia Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) antecipou-se em 13 segundos à rival Joana Vinagre (Bairrada), com a terceira classificada, Raquel Rodrigues (ACD Milharado) já distanciada, a 1m23s. No ranking júnior da Taça de Portugal Feminina, Joana Pereira lidera com 120 pontos contra os 110 pontos de Joana Vinagre. Nádia Henriques (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi) é terceira classificada com 65 pontos.

O 33º Circuito de Vila Chã de Ourique permitiu ainda a atletas de outras categorias somarem pontos. Nas cadetes, Beatriz Roxo (Maiatos / Reabnorte) foi a mais forte finda as 15 voltas. No ranking nacional a vencedora em Ourique é apenas a terceira classificada atrás de Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) e Beatriz Pereira (Bairrada). Na categoria Masters da Taça de Portugal Jogos Santa Casa, as vencedoras foram Rita Reis (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi), na categoria Masters 30, e Ana Neves (Bike & nutrition shop) em Masters 40.

Fonte: FPC


 

“#EstradaParaTodos de sucesso na Lousã”

          Terceira acção promoveu a campanha junto de alunos do Ensino Básico

          Efapel - Escola de Ciclismo de Ovar muito activa na iniciativa

          Mais novos aprenderam como é possível utilizar as estradas de várias formas

A campanha de sensibilização #EstradaParaTodos teve mais um dia de muita participação e aprendizagem, desta vez na Escola Básica Nº1 da Lousã.

No dia que encerrou o mês de abril, coube à EFAPEL - Escola de Ciclismo de Ovar “Território de Emoções”, transmitir os princípios da tolerância e do respeito, bem como as melhores práticas para que as estradas possam ser utilizadas por todos.

O auditório da Escola Básica Nº1 da Lousã encheu-se de crianças sedentas de conhecimento para ouvirem os ensinamentos dos responsáveis da Efapel - Escola de Ciclismo de Ovar “Território de Emoções”, em particular Jorge Henriques, e de vários elementos, como a ciclista Jenyffer Puentes.

Em mais um dia de #EstradaParaTodos, foi a vez de alunos mais novos também aprenderem as regras de melhor comportamento nas estradas.

 Depois de Almodôvar e Manique, em que o público-alvo era maioritariamente constituído por estudantes do ensino secundário, desta vez a mensagem foi passada para alunos com idades compreendidas entre os seis e os 12 anos.

O ambiente muito descontraído ajudou ao sucesso da iniciativa que teve uma componente teórica, em auditório, e prática.

Aí, os participantes puderam fazer gincanas e aprender as melhores formas de utilizar a bicicleta. A vontade de aprender contribuiu para um dia muito bem passado, em que a troca de experiências foi a nota dominante.

A campanha #EstradaParaTodos vai continuar a desenvolver inúmeras acções para que as estradas possam ser, de facto, para todos.

 Fonte: Efapel

 

“ATLETA BRITÂNICA MORRE NUM IRONMAN EM MARBELLA”

Entrou em paragem cardiorrespiratória na prova de natação e faleceu depois no hospital

Foto: Manuel Azevedo/arquivo

Uma triatleta britânica foi resgatada do mar durante o Ironman 70.3 de Marbella, em Espanha, no último domingo, e acabou por falecer um dia depois no hospital.

A mulher, que estava em paragem cardiorrespiratória, foi reanimada ainda na praia mas estava em morte cerebral, acabando por não resistir.

Esta prova contou com a presença de 2.500 triatletas, foi a primeira do circuito europeu e apurou 50 atletas para o Campeonato do Mundo da especialidade, que vai ter lugar na África do Sul, em setembro.

O Ironman 70.3 consiste em 1.900 metros de natação, 90 quilómetros de bicicleta e 21 quilómetros de corrida. O britânico David McNamee foi o vencedor masculino e a alemã Laura Philipp a vencedora entre as mulheres.

Fonte: Record on-line