sábado, 17 de agosto de 2019

“Grande Prémio de Mortágua”

Daniel Silva impõe-se em Mortágua

Por: José Carlos Gomes

Daniel Silva (Rádio Popular-Boavista) ganhou hoje a 19.ª edição do Grande Prémio de Mortágua, uma corrida de 144 quilómetros, com início e final junto à sede do município mortaguense.

A corrida foi sempre muito atacada e um grupo de sete corredores esteve em cabeça de corrida durante a maior parte da jornada. O calor, o percurso seletivo e as movimentações no pelotão acabariam por ditar o insucesso da fuga inicial.

Na luta pela vitória, o mais afoito foi Daniel Silva. Atacou de longe para vencer isolado, ao fim de 3h39m48s de prova. O segundo classificado, a 22 segundos, foi outro homem da Rádio Popular-Boavista, David Rodrigues. Hugo Sancho (Miranda-Mortágua) fechou o pódio, a 29 segundos.

A Rádio Popular-Boavista impôs-se também coletivamente e ainda comemoraram a vitória nas metas volantes, por intermédio de Luís Mendonça. O melhor trepador foi Luís Fernandes (Aviludo-Louletano), ao passo que Guilherme Simão (Sicasal/Constantinos) foi distinguido como melhor jovem.

Fonte: FPC

“Campeonato Nacional de Estrada”

Fábio Fernandes e Beatriz Martins campeões juniores de contrarrelógio

Por: José Carlos Gomes

Fábio Fernandes (Efapel/Escola de Ovar) e Beatriz Martins (Bairrada) sagraram-se hoje, em Paredes, campeões nacionais de contrarrelógio na categoria de juniores.

Todas as categorias em competição tiveram pela frente um exercício individual de 12,7 quilómetros, com início e final no Parque Urbano de Paredes. Fábio Fernandes foi o mais veloz dos juniores, cobrindo o percurso em 17m29s. O pódio completou-se com Daniel Dias (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact), a 10 segundos, e com João Carvalho (Bairrada), a 11 segundos.

Beatriz Martins precisou de 22m20s para cumprir os 12,7 quilómetros e para levar para casa o título de campeã nacional júnior. Marina Almeida (Academia Joaquim Agostinho/UDO) ocupou a segunda posição, a 1m24s, seguindo-se Joana Pereira (Aleata/CC Farto), também a 1m24s.

António Morgado (Anipura/GDM/Escola Alexandre Ruas) deu continuidade à boa época na categoria de cadetes, sagrando-se campeão nacional de contrarrelógio, graças a um registo de 19m08s. O segundo classificado foi João Gomes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel), a 9 segundos. João Cruz (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) foi o terceiro classificado, a 11 segundos.

No mesmo percurso dos rapazes, Beatriz Roxo (Maiatos) conquistou o título de cadetes femininas, completando a prova em 22m22s. Marisa Ferreira (Efapel/Escola de Ovar) gastou mais 15 segundos e ficou na posição imediata. A terceira, a 16 segundos, foi Beatriz Pereira (Bairrada).

No setor feminino, o contrarrelógio de hoje não se limitou às camadas jovens, atribuindo também os títulos master. Nádia Mendes (CE Gonçalves/Azeitonense) foi a melhor master 30, seguida por Raquel Marques (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) e por Inês Trancoso (Maiatos).

Rita Reis (Maiatos) ganhou em master 40, diante de Cristina Azevedo e de Ana Neves (Bike & Nutrition Shop). A melhor master 50 foi Cláudia Ribeiro (Maiatos), que teve apenas uma adversária, Cristina Gonçalves (Bike & Nutrition Shop).

Amanhã disputam-se os Campeonatos Nacionais de Fundo para Cadetes e Juniores Masculinos. Ambas as corridas começam em Lordelo e terminam em Rebordosa. A prova de cadetes, marcada para as 10h00, terá 75,9 quilómetros. Os juniores vão cumprir 116,2 quilómetros, a partir das 15h00.

Fonte: FPC

“Este domingo mais um direto do Notícias do Pedal no Facebook…”

Este domingo 18 de março, o Notícias do Pedal-TV vai marcar presença no Afonsoeiro, Montijo, na 14ª Clássica Afonsoeiro/Canha/Afonsoeiro.


A partir das 8,30 horas da manhã iremos estar em direto no Afonsoeiro para o Facebook, na sede do Grupo Típico de Danças e Cantares do Afonsoeiro, onde será feita a concentração deste grande passeio.


Entrevistas, a partida, a chegada dos participantes, entre outros momentos, poderão ser vistos em direto. Se não vai participar neste grande evento, assista a bons momentos.


Não se esqueça, domingo a partir das 8,30 horas, aqui em direto para todos, um evento que muito promete.

Reportagem completa da Revista Notícias do Pedal.

Nota da Redação.

“Rui Costa segundo no último dia da Volta a Burgos”

Ivan Sosa vence etapa e geral

Por: Lusa

O ciclista Rui Costa (UAE--Emirates) foi este sábado segundo classificado na quinta e última etapa da Volta a Burgos, em Espanha, vencida pelo colombiano Ivan Sosa (INEOS), que conquistou o troféu.

Na derradeira tirada, Sosa cumpriu os 146 quilómetros entre Santo Domingo de Silos e Lagunas de Leina em 3:33.53 horas, batendo Rui Costa por oito segundos e o eritreu Amanuel Ghebreigzabhier (Dimension Data), que liderava um quarteto, por 14 segundos.

Ivan Sosa, que partiu com a amarela segura por 17 segundos, terminou a competição com 31 segundos de avanço para o espanhol Óscar Rodríguez (Euskadi) e 42 para o equatoriano Óscar Carapaz (Movistar), vencedor da Volta a Itália.

Rui Costa foi o melhor português, em 10.º, a 2.05 minutos, destronando Rui Vinhas (W52-FC Porto), que caiu um lugar para 11.º, a 2.49, depois de ter sido 15.º, a 1.37.

A W52-FC Porto partiu no sexto lugar entre as 18 equipas em competição, mas caiu cinco posições e concluiu em 11.º, a 27.49.

Fonte: Record on-line

“Equipa Portugal/Daniela Campos a dois pontos do pódio no Mundial de Pista”

Por: José Carlos Gomes

A portuguesa Daniela Campos terminou hoje a participação no Campeonato do Mundo de Pista para Juniores, em Frankfurt, Alemanha, com um excelente quarto lugar na corrida por pontos.

Tendo em conta o grande número de inscritas, foi necessário recorrer a duas séries de qualificação para apurar as 24 finalistas. Daniela Campos passou este primeiro teste e apresentou-se ambiciosa na final.

Na corrida decisiva, Daniela Campos foi uma das oito corredoras que conseguiram dobrar o pelotão. Na luta entre as oito pelas posições de pódio, a ciclista da Equipa Portugal ainda pontuou em dois sprints, finalizando com 23 pontos.

Esteve perto de fechar com um pódio a participação nacional neste Campeonato do Mundo, uma vez que a terceira classificada, a mexicana Yareli Acevedo apenas fez mais dois pontos do que Daniela Campos. O título mundial foi conquistado pela japonesa Tsuyaka Ushino, com 41 pontos, enquanto a russa Valeria Golayeva ficou com a medalha de prata, graças aos 27 pontos amealhados.

Ainda antes de competir na corrida por pontos, Daniela Campos correu os 2 quilómetros de perseguição individual. Foi a 25.ª classificada, com 2’33’’995.

Esta foi a segunda participação de Daniela Campos em grandes competições internacionais de pista, depois da estreia, no mês passado, no Europeu. Sendo a corredora portuguesa ainda júnior de primeiro ano, os resultados são muito promissores.

Fonte: FPC

“Equipa Portugal/Gonçalo Carvalho a subir na Volta a França do Futuro”

Por: José Carlos Gomes

Gonçalo Carvalho continua a ser o melhor elemento da Equipa Portugal na Volta a França do Futuro e hoje, na terceira etapa, chegou na 29.ª posição, subindo 39 lugares na classificação geral.

A etapa, 162,3 quilómetros entre Montignac/Lascaux e Mauriac, começou muito veloz, com mais de 45 quilómetros percorridos na primeira hora de prova. O ritmo só acalmou ligeiramente com a formação da fuga do dia, corporizada por Jens Reynders (Bélgica), Thomas Acosta (Auvergne-Rhône-Alpes), Niklas Märkl (Alemanha) e Stuart Balfour (Grã-Bretanha).

A fuga deu-se nas primeiras rampas do prémio de montanha de quarta categoria, instalado ao quilómetro 52. Os mais resistentes dos fugitivos ainda entraram adiantados nos derradeiros 10 quilómetros, já na companhia de corredores saídos do pelotão. A discissão da etapa estaria, no entanto, a cargo de corredores que disputaram a tirada protegidos no grupo principal.

Com a meta colocada um quilómetro adiante da última montanha do dia, foram os sprinters que melhor resistem às subidas que melhor se saíram. Entre todos brilhou com mais intensidade o britânico Ethan Hayter, diante do compatriota Thomas Pidcock e do italiano Stafano Oldani.

A exigência da fase final provocou vários cortes no pelotão. Gonçalo Carvalho, 29.º, ficou a 42 segundos do vencedor, Guilherme Mota foi 46.º, a 1m00s, Jorge Magalhães foi 66.º, a 1m46s, e Francisco Campos cortou a meta na 109.ª posição, a 5m16s.

A tirada deste sábado provocou alterações na geral, colocando o norueguês Tobias Foss no topo da tabela, comandando com o mesmo tempo do compatriota Torjus Sleen e do suíço Damian Lüscher. Gonçalo Carvalho é o 63.º, a 3m51s, Guilherme Mota é 65.º, a 4m09s, Jorge Magalhães é 73.º, a 4m55s, e Francisco Campos é 123.º, a 16m29s.

A quarta etapa, neste domingo, terá 158,2 quilómetros, ligando Mauriac a Espalion. A média montanha marca a primeira metade da viagem. Os sprinters que consigam resistir às subidas da fase inicial terão oportunidade de tentar vencer a etapa.

Fonte: FPC