quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

“Organização do Giro convidou polaca CCC e russa Gazprom”

A organização da Volta a Itália revelou as quatro equipas convidadas para a 100ª edição.

Foto: LUCA ZENNARO / EPA

A organização da Volta a Itália em bicicleta revelou hoje as quatro equipas convidadas para a 100.ª edição, entre as quais se incluem a polaca CCC e a russa Gazprom.
Estas duas formações do leste europeu juntam-se às 18 equipas do ‘WorldTour’ e às italianas Bardiani e Wilier, também do escalão continental convidadas para a ‘corsa rosa’, a disputar entre 05 e 28 de maio.
A CCC já participou no Giro em 2015 e a Gazprom no ano passado, conseguindo uma vitória num contrarrelógio, pelo russo Alexander Foliforov.
Entre as equipas do primeiro escalão contam-se a Katusha-Alpecin, de Tiago Machado e José Gonçalves, a UAE Abu Dhabi, de Rui Costa, a Movistar, de Nelson Oliveira e Nuno Bico, e a Trek-Segafredo, de André Cardoso e Rúben Guerreiro.
O italiano Vincenzo Nibali (Astana) é o atual campeão do Giro, após reeditar em 2016 o triunfo de 2013.

Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

“Ruben Guerreiro 7º na segunda etapa do Tour Down Under”

O australiano Richie Combe venceu isolado

Foto: Chris Graythen / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

O ciclista australiano Richie Combe (BMC) assumiu esta quarta-feira a liderança no Tour Down Under, Austrália, depois de vencer, isolado, a segunda etapa, na qual Ruben Guerreiro (Trek-Segafredo) foi sétimo.
Richie Combe completou os 148,5 quilómetros, que ligaram Stirling a Paracombe, em 3:46.06 horas, deixando a 16 segundos o perseguidor direto, o espanhol Gorka Izagirre (Movistar), que cortou a meta acompanhado do colombiano Johan Esteban Chaves (Orica-Scott).
Ruben Guerreiro foi o melhor dos três portugueses em prova, terminando no sétimo lugar, integrado no primeiro pelotão, a 19 segundos de Richie Combe.
Os outros dois portugueses, ambos da Katusha-Alpecin, terminaram mais distantes. José Gonçalves foi 49.º, a 1.06 minutos do vencedor, enquanto Tiago Machado acabou em 56.º, a 1.26.
Com este triunfo, Combe ‘retirou’ a camisola amarela ao compatriota Caleb Ewan (Katusha-Alpecin), que hoje acabou em 99.º, a 9.33 minutos.
Richie Combe passou a liderar a geral, com 20 segundos de vantagem sobre Gorka Izagirre. Johan Esteban Chaves completa o pódio provisório, a 22 segundos do líder.
Entre os portugueses, Ruben Guerreiro é o melhor, seguindo no 14.º posto, a 29 segundos do comandante. José Gonçalves segue no 49.º lugar, 1.14 minutos, enquanto Tiago Machado é 55.º, a 1.36.
A terceira etapa disputa-se na quinta-feira e ligará Glenelg a Victor Harbor, num percurso de 144 quilómetros.

Fonte: Por SAPO Desporto c/ Lusa  

“Agenda de Ciclismo/Ciclocrosse”

Taça de Portugal de Ciclocrosse vai decidir-se em Melgaço

A quinta e última prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse disputa-se no próximo domingo, em Melgaço. As classificações de elite, masculina e feminina, permanecem em aberto, pelo que as emoções estarão ao rubro no Minho.
Mário Costa comanda entre os homens, mas tem no encalço Vítor Santos e Roberto Ferreira, bastando a qualquer um destes a vitória em Melgaço para conquistar a Taça. Matematicamente, também Fábio Ribeiro e Ricardo Marinheiro podem sonhar com o troféu, embora as contas sejam mais complicadas para ambos, pois a diferença pontual já é mais significativa.

A batalha pela Taça de Portugal feminina será travada por Joana Monteiro e por Ana Rita Vigário, as únicas ciclistas com hipóteses matemáticas de conquistarem o título de regularidade da época 2016/2017.

A competição vai realizar-se no centro de estágios de Melgaço. Às 9h30, numa corrida extra Taça, correm os juvenis. Os masters entram em pista às 10h00. Uma hora mais tarde é a vez dos cadetes e de todas as categorias femininas. A corrida de elite e de juniores está marcada para as 12h00.

Na véspera das decisões no ciclocrosse, é o ciclismo de pista que está em destaque. O Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, recebe, no sábado, o Critério Alves Barbosa, segunda prova de preparação para o Campeonato Nacional.

Entre as 14h00 e as 20h30 vão disputar-se provas de scratch, eliminação, corrida por pontos e perseguição por equipas. Estarão em liça praticantes das categorias de elite, juniores, cadetes e masters.

Fonte: FPC