quarta-feira, 20 de julho de 2016

“Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe”

Realiza-se no dia 23 de julho o Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe, iniciativa pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã. Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho, com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, a iniciativa incluirá provas para os escalões de pupilos, benjamins, iniciados, infantis, juvenis, cadetes e juniores.

As diversas provas do Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe serão realizadas nas imediações do Parque da Cidade, com partida e chegada junto ao pavilhão multiusos.

Numa organização da Associação de Ciclismo do Minho, as atividades decorrerão entre as 15 e as 18h30, altura em que se realizará a cerimónia protocolar e de entrega de prémios.

O Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe é organizado pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, Fafefuel, Guimarpeixe, Jopedois, Auto Terror, Polícia Municipal de Fafe, Bombeiros Voluntários de Fafe, Ciclismo a fundo (revista oficial) e Roda na Frente.

Depois do Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe, o concelho fafense acolherá ainda este ano o Prémio Fafe - Sala de Visitas do Minho (10 de setembro), atividade apoiada, como habitualmente, pela Câmara Municipal de Fafe. Fafe assumirá ainda destaque na edição deste ano da Volta a Portugal em Bicicleta.

Fonte: ACM

“Tour/Zakarin vence 17ª etapa, Froome reforçou liderança”

Na quinta-feira, tem lugar a cronoescalada de 17 quilómetros entre Sallanches e Mègeve.
O ciclista russo Ilnur Zakarin (Katusha) venceu hoje a inédita chegada a Finhaut-Emosson, ponto final da 17.ª etapa da 103.ª Volta a França, com o britânico Chris Froome (Sky) a reforçar a liderança na geral.
Vindo da fuga do dia, Zakarin cumpriu os 184 quilómetros entre Berna e Finhaut-Emosson, na Suíça, em 04:36.33 horas, deixando o segundo classificado, o colombiano Jarlinson Pantano (IAM Cycling), a 55 segundos, e o terceiro, o polaco Rafal Majka (Tinkoff), a 01.26 minutos.
Chris Froome consolidou a liderança da geral, tendo agora 02.27 minutos de vantagem sobre o holandês Bauke Mollema (Trek) e 02.53 sobre o compatriota Adam Yates (Orica-BikeExchange).
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Seleção Nacional/Liberty Seguros/ Campeonato do Mundo de Pista”

Maria Martins décima na corrida por pontos

Maria Martins foi a única portuguesa a participar, hoje, na primeira jornada do Campeonato do Mundo de Pista para juniores, em Aigle, Suíça, conseguindo a décima posição na corrida por pontos.

A corredora da Seleção Nacional/Liberty Seguros começou forte, pontuando no primeiro sprint. Ainda tentou, sem sucesso, sair do pelotão e bateu-se pela pontuação em vários sprints, conseguindo pontuar mais uma vez.

Maria Martins concluiu a prova com quatro pontos, o que lhe valeu a décima posição, dentro do objetivo traçado, que passa, em todas as corridas, por terminar nos primeiros dois terços da classificação.

“Estou satisfeito com o desempenho da Maria. Conseguiu apurar-se para a final e, nesta prova, pontuou em dois sprints. Cumpriu o objetivo e demonstrou evolução a nível técnico e tático”, afirma o selecionador nacional de pista, Gabriel Mendes.

A italiana Letizia Paternoster ganhou a medalha de ouro, com 35 pontos, mais três do que a britânica Jessica Roberts e mais cinco do que a polaca Wiktoria Pikulik, que a acompanharam no pódio.

A Seleção Nacional/Liberty Seguros sobe, novamente, à pista do Centro Mundial de Ciclismo nesta quinta-feira. Ao final da manhã, Miguel do Rego disputa a qualificação de scratch e, caso fique apurado, corre a final durante a tarde. Cerca das 16h00, Maria Martins e Soraia Silva vão disputar a final direta de 500 metros. João Dinis também está em Aigle ao serviço da equipa nacional, mas só irá estrear-se na sexta-feira.

Fonte: FPC

“Agenda de Ciclismo”

Campeonato Nacional de XCO estreia a nova pista do Jamor

O Campeonato Nacional de Cross Country Olímpico (XCO) disputa-se, no próximo domingo, na nova pista permanente de XCO, que será inaugurada já nesta quinta-feira, às 11h00, no Centro Desportivo Nacional, no Jamor.

A pista permanente, adequada para os treinos e a para a competição, mas também com percursos para a prática de lazer, será inaugurada pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, e pelo presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira.

David Rosa e Tiago Ferreira, representantes do BTT luso nos Jogos Olímpicos do próximo mês, acompanhados pelo selecionador nacional, Pedro Vigário, estarão presentes na cerimónia de inauguração, que deverá ser também animada por vários praticantes, que terão a oportunidade de experimentar a pista em primeira mão.

A competição de estreia é a prova de XCO mais aguardada do ano, aquela em que serão atribuídos os títulos nacionais. Os primeiros a correr serão os cadetes, os masters e os paraciclistas, às 9h00 de domingo. Às 11h00 competem os juniores masculinos e todas as categorias femininas. Os corredores de elite e os sub-23 correm a partir das 14h30. O espectáculo desportivo está assegurado e a entrada para o público é livre e gratuita.

Mais eventos oficiais

22 a 24 de julho: Volta à Madeira em Bicicleta

23 de julho, 15h00: Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe

23 de julho, 16h00: 54.º Circuito de Ciclismo de A-do-Barbas, Maceira, Leiria

23 de julho, 20h00: Troféu de Rampa – Subida da Rua dos Ferreiros, Vila Real

24 de julho, 9h00: Campeonato Regional de Estrada/Troféu José Ferreira, Chaves

24 de julho, 9h00: IX Rota dos Melões, Vila Seca, Barcelos

24 de julho, 9h30: 26.º Prémio Juvenil da Junta de Freguesia da Aldeia de Paio Pires, Seixal

24 de julho, 10h00: 6 Horas de Resistência BTT de Mogadouro

24 de julho, 14h30: 1.º DHU de Paredes de Coura – Portugal Open de DHU, Paredes de Coura

24 de julho, 15h00: 27.º Prémio de Ciclismo de S. Pedro ADRAP, Galegos, Penafiel

24 de julho, 15h00: Reguenga a Pedalar 2016 – Circuito Fernando Ferreira, Reguenga, Santo Tirso

Fonte: FPC

“Gonçalo Amado e Ana Rita Vale venceram o 5º BTT XCO de Paredes de Coura”

Gonçalo Amado e Ana Rita Vale foram os vencedores em elites do 5º BTT XCO de Paredes de Coura, quarta prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros. Nos restantes escalões venceram João Rocha e Ana Moreira (juniores), Rúben Nunes (master 30), António Sousa (masters 40), João Araújo (masters 50), André Terroso e Raquel Queirós (cadetes), Lucas Braga e Ana Santos (juvenis), João Martins e Mariana Líbano (infantis), David Ferreira e Mariana Magalhães (iniciados), Hugo Ramalho e Rita Fontinhas (pupilos-benjamins) e Paulo Fontinhas (promoção). Coletivamente triunfaram a ASC / Focus Team - Vila do Conde (competição) e a Seissa/A.C.R.Roriz/Matias & Araújo/Frulact (escolas).

Organizado conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Câmara Municipal de Paredes de Coura, a prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros teve o epicentro no Largo 5 de Outubro, tendo-se saldado num êxito organizativo e desportivo, com perto de duas centenas de atletas a corresponderem positivamente às melhores expetativas.

Como é hábito desde a sua estreia no Campeonato do Minho de BTT XCO, em 2012, Paredes de Coura brindou os participantes com um circuito bastante elogiado e de rara beleza. Conjugando a excelência e as caraterísticas do percurso com o alto nível competitivo e organizativo, o BTT XCO de Paredes de Coura transformou-se com facilidade num surpreendente dia de ciclismo.

A corrida de elites do 4º BTT XCO de Paredes de Coura, reservou um duelo entre Gonçalo Amado (Maiatos/Reabnorte/BikeZone) e Jacinto Fiúza (Batotas / Ponte de Lima), com a vitória a sorrir ao atleta maiato que relegou Fiúza para o segundo lugar a mais de três minutos, enquanto Roberto Ferreira (Centro Ciclista Gondomar/Gondobike) a ser terceiro.

Em elites femininas Ana Rita Vale (Batotas/Ponte de Lima) teve concorrência directa de Daniela Pereira (Tomatubikers/Toyota-Macedo & Macedo), sendo a vantagem final para a líder do Campeonato do Minho de BTT XCO – MAPFRE, inferior a um minuto. Para o terceiro lugar do pódio Diana Ferreira (BMC/SRAM/Póvoa de Varzim) superou toda a concorrência e fechou as galardoadas.

João Rocha (Rodabike / ACRG / Gondomar) guindou-se mais uma vez ao lugar mais alto, alcançando mais uma vitória no Campeonato, relegando para segundo e terceiro lugar Tiago Fernandes e António Azevedo, ambos do Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact.

Na primeira das categorias de masters, Rubén Nunes (ASC/Focus Team – Vila do Conde) bateu a concorrência dos masters 30 e deixou Hélder Braga (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact ) e Marco Macedo (Saertex Portugal / Edaetech), como segundo e terceiro classificados respectivamente.

Em masters 40, venceu António Sousa (ProRebordosa / Garrafeira Gomes / Oforsep), enquanto em segundo lugar ficou Mário Fernandes (Rodabike / ACRG / Gondomar) e o Campeão do Minho Abel Machado (ASC / Focus Team – Vila do Conde) foi terceiro classificado.

No último escalão de masters, João Araújo (JUM – Sanitop – KTM) bateu Vitor Santos (ASC / Focus Team – Vila do Conde ) por 40 segundos e conquistou o lugar mais alto dos master 50. Na terceira e última posição do pódio ficou Mário Cruz, também da JUM – Sanitop – KTM.

A categoria de cadetes foi dominada pela ASC / Focus Team – Vila do Conde, com vitória em masculinos e femininos. André Terroso impôs-se a Guilherme Fangueirinho (JUM – Sanitop – KTM) e ao seu colega de equipa Sérgio Pereira, enquanto Raquel Queirós bateu a sua colega de equipa Jéssica Costa e a atleta do JUM – Sanitop – KTM Beatriz Faria.

Nos escalões de Escolas, a Seissa/MGB Bikes/Matias & Araújo/Frulact garantiu dois primeiros lugares, Juvenis e Infantis. No escalão mais alto de escolas Lucas Braga bateu a concorrência da ASC / Focus Team – Vila do Conde,, que garantiu segundo por intermédio de Gonçalo Magalhães com Lucas Lopes (BMC / SRAM / Póvoa de Varzim). Em juvenis femininas, Ana Santos (ASC / Focus Team – Vila do Conde) foi dominadora, conseguindo inclusivé um terceiro lugar à geral, secundada por Rafaela Ramalho (Escola BTT Matosinhos) e Beatriz Pereira (CRC/Garbo/Vegas Cosmetics).

Em infantis venceu João Martins (Seissa/MGB Bikes/Matias & Araújo/Frulact) e Mariana Líbano (ASC / Focus Team - Vila do Conde), em iniciados David Ferreira (CRC/Garbo/Vegas Cosmetics) e Mariana Magalhães (ASC / Focus Team - Vila do Conde) e em pupilos-benjamins Hugo Ramalho e Rita Fontinhas, ambos da Escola BTT Matosinhos.

Na vertente de promoção venceu Paulo Fontinhas (BTT Matosinhos), seguido de Samuel Correia e Michael Silva, ambos a título individual.

A vitória coletiva (competição) no 5º BTT XCO de Paredes de Coura foi da ASC / Focus Team-Vila do Conde, ficando na segunda posição a equipa JUM – Sanitop – KTM e na terceira Rodabike / ACRG / Gondomar.

A equipa Seissa/A.C.R.Roriz/Matias & Araújo/Frulact foi vencedora coletiva nos escalões de escolas com o BMC/SRAM/Póvoa de Varzim a assegurar o segundo posto e a ASC / Focus Team – Vila do Conde o terceiro.

O 5º BTT XCO de Paredes de Coura teve o apoio da Câmara Municipal de Paredes de Coura, Federação Portuguesa de Ciclismo, MAPFRE | Seguros, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, Bike Magazine (revista oficial).

A próxima prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros será o 10º BTT XCO de Felgueiras (31 de julho) seguindo-se o 6º BTT XCO Torcatense (4 de setembro) e o 13º BTT de Creixomil – Barcelos (11 de setembro).

Fonte: ACM

“João Fernandes foi 11ºna Volta a Portugal”

A GoldWin –Team José Maria Nicolau esteve em competição na 24º Volta a Portugal do Futuro, de 14 a 18 de julho, prova mais importante do calendário Sub-23.A equipa cediada no Cartaxo foi lutadora ao longo das quatro etapas, com um inicio bastante positivo.

Na 1º e 2º etapas, em que se compriram as ligações Soure-Condeixa a Nova e Penela –Oliveira de Azemeis, André Ramalho foi o nossoprotagonista, sendo que graças ao trabalho de equipa, foi lançado para o sprint final. Na primeira etapa foi 10º classificado e na 2º 9º classificado.

A 3º etapa da Volta, pelo seu percurso selectivo e pelo forte calor que se fez sentir, ditou novas diferenças e selecções entre os atletas. Os ciclistas cumpriram a ligação de Lousada aBoticas, ultrapassando quatro contagens de montanha, tendo sido João Fernandes o ciclista melhor posicionado, na 14º posição.

Para a derradeira etapa os ciclistas tinha pela frente a etapa mais curta, com 119km, mas de longe a mais dificil. Além da meta final instalada no alto da Serra do Larouco em Montalegre, tinham que escalar mais 3 contagens demontanha, uma de 3º categoria e duas de 2º categoria. O pelotão foi-se fraccionando e foi novamente João Fernandes que se foidestacando,entrando na subida final com o grupo dos favoritos.No final João Fernandes foi 15º classificado, seguido de André Ramalho em 19º lugar e Fábio Oliveira em 21º lugar.

Com este resultado João Fernandes, aproximou-se do Top-10, alcançando a 11ª posição da geral final.

Classificação Geral Final:

João Fernandes –11º lugar

Fábio Oliveira –16º lugar

André Ramalho –21º lugar

Marcelo Salvador –34º lugar

Diogo Dias –35º lugar

Classificação Equipa:4º lugar.

Fonte: GoldWin –Team José Maria Nicolau

“Aldeias do Xisto afirmam-se como um destino ativo”

Inauguração da Subida Épica da Lousã com a equipa profissional de ciclismo da EFAPEL

Por: Lara Faria

No Domingo, as Aldeias do Xisto inauguraram a quarta e quinta Bike Road Subida Épica no seu território, a da Serra da Lousã (Lousã-Trevim e Castanheira de Pera-Trevim), que se juntam à da Serra da Gardunha (Fundão-Alcongosta) e às da Serra do Açor (Ponte das Três Entradas-Colcurinho e Porto de Vacas-Xiqueiro). A equipa profissional de ciclismo EFAPEL, que vai correr a Volta a Portugal em conjunto com as Aldeias do Xisto, apresentou os novos equipamentos e subiu ao alto do Trevim juntamente com outros amantes da modalidade. O Presidente da ADXTUR e o Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, sublinharam a importância da bicicleta para a afirmação de um destino ativo e o seu importante contributo para um caminho de desenvolvimento, que se comprometeram a percorrer em conjunto.

As Aldeias do Xisto inauguraram, neste domingo, dia 17 de julho, as duas Bike Roads Subidas Épicas da Lousã (Lousã-Trevim e Castanheira de Pera-Trevim). A seguir às Subidas Épicas da Serra do Açor (Ponte das Três Entradas- Colcurinho e Porto de Vacas-Xiqueiro) e da Serra da Gardunha (Fundão-Alcongosta), com a Serra da Lousã estão as três principais montanhas do território ”equipadas” em permanência com as condições necessárias ao usufruto em autonomia destas subidas, que remetemos praticantes para as emoções das etapas de montanha das principais provas de ciclismo de estrada.

Aliás, quem se deslocou à Lousã neste domingo teve a oportunidade e o privilégio de fazer a subida na companhia dos atletas da equipa profissional de ciclismo EFAPEL, que vai competir na Volta a Portugal com as Aldeias do Xisto.

O turismo de bicicleta e o desenvolvimento do território

Na cerimónia conjunta de inauguração da Bike Road e de apresentação da equipa da EFAPEL, o Presidente da Câmara Municipal da Lousã, Luís Antunes, começou por realçar as ótimas características que a Serra da Lousã apresenta para a prática das várias modalidades associadas à bicicleta, não só as paisagens para o ciclismo de estrada, mas também a orografia natural do terreno propícias à prática do BTT e do downhill. De facto, não só a Serra da Lousã tem sido palco de alguns dos principais eventos estrela do Calendário de Animação das Aldeias do Xisto, como é o caso da prova internacional de downhill Avalanche Licor Beirão, como tem sido eleita por muitos dos principais atletas internacionais de BTT como o spot ideal para praticarem e testarem novos equipamentos.

Paulo Fernandes, presidente da ADXTUR, elencou o trabalho que a marca tem vindo a desenvolver seguindo uma estratégia de afirmação do território como um dos principais destinos ativos do país, no qual a bicicleta tem desempenhado um papel central, não só com as Subidas Épicas, mas também com os Centros de BTT, a rede de Bikotels, e as provas e eventos do Calendário de Animação das Aldeias do Xisto.

Esta dinâmica de uma marca amiga do ciclista tem paralelo noutras áreas do turismo ativo, como é o caso da pedestre, com a rede de Caminhos do Xisto e do usufruto do principal corredor ecológico do território, com a GRZ-Grande Rota do Zêzere. Com este conjunto integrado de equipamentos, a ADXTUR fecha um ciclo de intensa infraestruturação no sentido de permitir a todos uma vida mais plena, feliz e saudável através do usufruto ativo do território ao longo de todo o ano, com a máxima autonomia possível e assente numa rede de parceiros comprometidos com a qualidade do acolhimento e do serviço, sempre em estreito contacto com a paisagem e a identidade cultural.

Finalmente, Delmino Pereira, Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), defendeu o contributo que uma estratégia de promoção da prática da bicicleta pode ter no futuro do país. Primeiro através do incentivo à prática do desporto para uma vida mais saudável, depois na aposta no turismo de bicicleta, criando infraestruturas que possibilitem a prática e captando agentes, finalmente capitalizando economicamente esse trabalho em prol do desenvolvimento dos territórios.

A ADXTUR e a FPC vão trabalhar em conjunto para desenvolver um programa de afirmação da marca Portugal Cycle In. Delmino Pereira, que fez uma visita prévia ao território das Aldeias do Xisto, no que o próprio apelidou de “horas muito intensas”, referiu que a marca está na linha da frente para a liderança deste projeto, uma vez que já tem todos os ingredientes a funcionar em pleno: as infraestruturas e o desenvolvimento turístico ligados com a criação de economia e a promoção das temáticas do território, tudo ao serviço das pessoas, as que lá moram e as que visitam.

Fonte: Multicom