terça-feira, 14 de março de 2017

“8º BTT sobe e desce”

No passado domingo 12 de março, numa manhã algo cinzenta, 2 atletas do Intercaimabike participaram no 8º BTT sobe e desce em São Martinho do Bispo, Coimbra, a contar para a taça de xcm do centro.

Arranque a descer, muito rápido e com algumas centenas de atletas à nossa frente, organizados por classes; Federados, Bettistas e Promoção.

Mal o pelotão deu entrada nos caminhos e foi logo a subir, ultrapassagens, esquerda, direita, à mão, tudo valia, era o frenesim da maratona a fazer subir a adrenalina dos atletas.

Os 40 Kms da meia maratona ficaram marcados por um sobe e desce constante, alguns estradões e muitos singletracks. A nível de marcação e sinalização do traçado, com nota positiva por parte da organização do evento, nos cruzamentos, quer a organização quer a policia, asseguravam o atravessamento das estradas em segurança.

Os atletas Intercaimabike participaram na meia-maratona, classe Promoção, obtendo os seguintes resultados;

Nuno Almeida - à geral 11º com 2:10h

Marcelo Almeida à geral 32º com 2:22h

-Aos apoiantes e patrocinadores, pela confiança e por acreditarem no nosso projeto INTERCAIMABIKE 2017/2018, o nosso muito obrigado; Lojas da Visão, Tavares auto, Polisport, Leirinox, Polivale, Crédito Agrícola Vale de Cambra, Município de Vale de Cambra, Freguesia São Pedro Castelões, Associação Inter Caima Pinheiro Manso.

Fonte: Intercaimabike




























“Contador: «Se fosse como Ronaldo não era capaz de fazer prova nenhuma»”

Espanhol compara físico com o do internacional português

Por: Sofia Lobato

Foto: EPA

Se elencarmos todas as diferenças entre um futebolista e um ciclista na prática da sua modalidade, poderemos levar alguns (longos) parágrafos a conseguir tamanha tarefa. Fiquemo-nos então pela... gordura. Confuso? Fácil.

Alberto Contador, o ciclista espanhol da Trek-Segafredo que no Paris-Nice do passado fim-de-semana lutou taco a taco com Sérgio Henao em busca da camisola amarela (vitória do ciclista da Sky) reconhece que a sua forma física e a de Ronaldo são bem diferentes, o que não significa que o internacional português... ganhe.

"Ainda posso perder dois quilos até ao Tour. No outro dia tinha 3,7% de gordura corporal. Com uns 6-7% como tem Ronaldo não podia sequer disputar provas. Seria impensável fazer uma grande volta com esses valores. Tenho de ter menos", afirmou o ciclista espanhol ao programa "El Partidazo", da Cope

O líder da Trek-Segafredo abordou ainda o Tour de França: "Não é uma obsessão, mas é a prova mais importante do ano e tenho de ter atenção pata chegar em ótimas condições. Froome vai ser o meu principal rival".

Fonte: Record on-line

“Prova de abertura e Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã”

Pedro Teixeira venceu o Prémio Cidade de Fafe (juniores)

Pedro Teixeira venceu destacado o Prémio Cidade de Fafe, prova de abertura da época desportiva de ciclismo de estrada para a categoria de juniores pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã. A formação Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact venceu a classificação coletiva.

Com um percurso de 85,4 quilómetros, cumprido numa média superior a 38,5 kms/hora, foi disputado por um pelotão de 88 jovens corredores que foram muito aplaudidos e incentivados por muito público ao longo de todo o percurso que começou e terminou na praça 25 de Abril, em pleno centro de Fafe. Com passagens pelos concelhos de Fafe, Póvoa de Lanhoso e Guimarães, o Prémio Cidade de Fafe, pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã, foi promovido pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Fafe.

Com várias movimentações no pelotão logo desde o início, com várias tentativas de fuga a serem protagonizadas, o pelotão manteve-se compacto até que as dificuldades do percurso o foram fracionando, em especial já depois da segunda parte do trajeto. À passagem por Souto Santa Maria, pelo km 53 do trajeto, Pedro Teixeira (Maia), Carlos Barreiros (Tensai / Sambiental / Santa Marta) e Pedro Lopes (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact) isolaram-se na frente da corrida, com Fábio Costa (C.C.Barcelos / AFF / Orbea / Onda) a encetar uma perseguição que lhe permitiu alcançar o grupo de fugitivos na aproximação à subida de Golães.

Vencidas as principais dificuldades do percurso e quando a corrida se aproximava do final, Francisco Moreira (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact) e João Carneiro (Rádio Popular / Boavista - Formação) integraram o grupo de fugitivos, ficando a vitória no Prémio Cidade de Fafe por decidir entre os seis corredores nos últimos metros da prova.

No característico empedrado da praça 25 de abril, Pedro Teixeira (Maia) e Fábio Costa (C.C.Barcelos / AFF / Orbea / Onda) ganharam ligeira vantagem e discutiram entre si a vitória na competição com o atleta maiato a conquistar o triunfo final no Prémio Cidade de Fafe. Com a escassa diferença de 3 segundos chegaram à meta Carlos Barreiros (Tensai / Sambiental / Santa Marta), Francisco Moreira e Pedro Lopes (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact) e João Carneiro (Rádio Popular / Boavista - Formação).

Por equipas a vitória foi da formação Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact, seguindo-se a Rádio Popular / Boavista - Formação, Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel, C. C.Barcelos / AFF / Orbea / Onda e Moreira Congelados / Feira / Bicicleta Andrade.

Além de muito público, o Prémio Cidade de Fafe contou com a presença de várias individualidades, entre as quais Pompeu Martins (Vice-Presidente da autarquia fafense), José Martins (consagrado ciclista português que representou as equipas Coelima, Canada Dry-Gazelle, Kas-Campagnolo, Teka e Moliner-Vereco), Francisco Marinho (membro do Conselho de Arbitragem da FPC e Vice-Presidente Honorário da ACM), Manuel Fernandes Castro (Presidente Honorário da ACM), Amâncio Passos (sócio de mérito da FPC e Vice-Presidente Honorário da ACM) e José Luís Galdamez (Sócio Honorário da ACM), entre outros.

O Prémio de Ciclismo Cidade de Fafe foi organizado pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, Fafefuel, Guimarpeixe, Jopedois, Auto Terror, Polícia Municipal de Fafe, Bombeiros Voluntários de Fafe, Infraestruturas de Portugal e Ciclismo a fundo (revista oficial).

Além do Prémio Cidade de Fafe (Prova de Abertura de Juniores - Zona A / Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã), o concelho de Fafe acolherá este ano a Taça de Portugal - Cadetes (Prémio de Freguesia de Golães / Troféu José Martins no dia 6 de maio), o Prémio Festas da Cidade de Fafe - Cadetes e Juniores (8 de julho), o Prémio Fafe - Sala de Visitas do Minho (9 de setembro) e ainda o 16º BTT DHI Freguesia de Armil (12 de março) atividades apoiadas, como habitualmente, pela Câmara Municipal de Fafe. O concelho fafense assumirá ainda destaque na edição deste ano da Volta a Portugal em Bicicleta.

Fonte: ACM

“Agenda de Ciclismo”

Estrada, BTT e escolas na ementa velocipédica da semana

O próximo fim-de-semana velocipédico contará com cinco provas dos calendários nacional e internacional, nas vertentes de estrada, BTT e escolas, juntando cerca de mil corredores.

O pelotão profissional e sub-23 continua um início de época de grande intensidade competitiva, disputando, no domingo, a Clássica Primavera, na Póvoa de Varzim. A prova de 145 quilómetros inicia-se às 11h00, na Esplanada do Carvalhido, terminando, no mesmo local, cerca das 14h30.

Os corredores vão ultrapassar sete vezes um circuito de 20,5 quilómetros, que inclui a subida ao monte S. Félix, uma curta rampa de empedrado, grande oportunidade para os homens menos rápidos tentarem evitar o triunfo dos sprinters.

No mesmo dia, o Cabeço da Urra, Pampilhosa da Serra, acolhe a segunda prova pontuável para a Taça de Portugal de Downhill (DHI). A manga de qualificação está marcada para as 11h00 e a final disputa-se às 14h00.

O DHI de Pampilhosa da Serra é uma corrida de classe 1 internacional, atraindo dezenas de corredores estrangeiros. Cerca de um terço dos 170 inscritos até ao momento são oriundos de Andorra, Bélgica, Espanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Polónia e Suíça.

Também na vertente de BTT, mas na disciplina de maratona, domingo é o dia de arranque da Taça Cyclin’Portugal, em Melgaço. A prova minhota conta já com cerca de 350 inscritos de competição. A partida será dada às 9h30, no centro da localidade, sítio onde acontecerá também a chegada.

Os corredores masculinos até master 45 vão fazer o percurso maior, 90 quilómetros, com um acumulado de 2646 metros. As femininas, os paraciclistas e os masters a partir de 50 anos vão pedalar na maratona de 67,5 quilómetros com 2094 metros de acumulado.

Outra Taça de Portugal que arranca no próximo domingo é a Taça de Portugal de Juniores, na vertente de estrada. O pelotão jovem nacional vai encontrar-se em Alcobaça para os primeiros 111,9 quilómetros da temporada. A partida está marcada para as 11h00, prevendo-se a chegada cerca das 14h00.

 

As escolas de ciclismo da região Norte/Centro têm o primeiro Encontro Inter-Regional do ano, igualmente no domingo, na localidade de Fogueira, freguesia de Sangalhos, concelho de Anadia. O início será às 10h00.

Mais eventos Oficiais

18 de março, 14h30: Taça de Setúbal de BMX Race

19 de março, 9h00: Passeio BTT de Andrães, Vila Real

19 de março, 9h00: 6.º Prémio Juvenil de Setúbal

19 de março, 10h00: Taça de BTT da Ilha Terceira, Açores

19 de março, 10h00: XC das Sete Cidades, Ponta Delgada, Açores

Fonte: FPC

“4º Passeio de Cicloturismo Freguesia de Santa Clara”

Dia 30 de Abril de 2017

Texto: José Morais

Cartaz: Junta Freguesia Santa Clara

A Junta de Freguesia de Santa Clara em Lisboa, leva para a estrada no próximo dia 30 de Abril, o seu 4º passeio de bicicleta, numa extensão de 50 quilómetros, o passeio percorrerá as zonas mais emblemáticas da capital, sendo percorrido numa velocidade de verdadeiro passeio de bicicleta, onde os participantes podem apreciar a cidade de uma forma mais calma e sem stress.

O evento com organização da organização da Junta de freguesia de Santa Clara, tem o apoio do Grupo Desportivo Águias da Charneca, e o apoio técnico da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), já que o evento faz parte do seu calendário oficial.

O passeio está inserido no âmbito das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril, terá concentração pelas 8 horas no Campo da Amoreiras, junto às instalações da Junta de Freguesia, e tem partida marcada para as 9 horas.

As inscrições devem ser feitas até ao dia 28 de abril a fim de serem garantidas lembranças, podendo as inscrições ou esclarecimentos serem feitos no;

Largo do Ministro, 1 1750-200 Lisboa - telefone/fax: 217 567 420

Ou

Campo das Amoreiras, 1750-025 Lisboa – Telefone: 217 520 300 Fax: 217 520 309

Ou pelo E-mail: eventos@jf-santaclara.pt

Marque já na sua agenda, e participe, faça como nós, vamos estar presentes, com reportagem completa do evento.

“Tirreno-Adriático: Nairo Quintana confirma triunfo”

Colombiano foi 45.º no contrarrelógio mas venceu a prova pela segunda vez

Foto:EPA

O colombiano Nairo Quintana confirmou esta terça-feira o triunfo no Tirreno-Adriático, apesar de ter terminado o contrarrelógio final na 45.ª posição. O ciclista da Movistar venceu a prova italiana pela segunda vez, deixando o australiano Rohan Dennis (BMC), vencedor desta última etapa e 2.º classificado na geral, a 25 segundos.

Num crono de 10 km disputado nas ruas de San Benedetto del Tronto, Quintana acabou por ter um dia tranquilo, pois tinha 50 segundos de vantagem para o mais direto perseguidor, o francês Thibaut Pinot (FDJ). Este último não conseguiu conservar o 2.º posto, pois Rohan Dennis não deu hipóteses à concorrência, vencendo com uma média superior a 53 km/h. O holandês Jan Van Emden (Lotto) foi o 2.º mais rápido no contrarrelógio, a três segundos do australiano.

O último dia do Tirreno-Adriático ficou ainda marcada pela situação caricata que viveu o campeão mundial Peter Sagan, obrigado a parar de pedalar e a sair da estrada para se desviar de um senhor que atravessava uma passadeira acompanhado do seu cão. Ainda assim, o ciclista eslovaco prosseguiu depois a prova sem problemas.

Classificação da 7.ª etapa

1. Rohan Dennis (Austrália/BMC Racing), 11:18"

2. Jos van Emden (Holanda/LottoNL), +3"

3. Michael Hepburn (Austrália/Orica), m.t.

4. Steve Cummings (Grã-Bretanha/Dimension Data), +8"

5. Primoz Roglic (Eslovénia/LottoNL), +11"

6. Maciej Bodnar (Polónia/BORA), +15"

7. Edvald Boasson Hagen (Noruega/Dimension Data), m.t.

8. Geraint Thomas (Grã-Bretanha/Team Sky), +16"

9. Ryan Mullen (Irlanda/Cannondale), +17"

10. Alex Dowsett (Grã-Bretanha/Movistar), m.t.

Classificação geral final

1. Nairo Quintana (Colômbia/Movistar), 25:56:27"

2. Rohan Dennis (Austrália/BMC Racing), +25"

3. Thibaut Pinot (França/FDJ), +36"

4. Primoz Roglic (Eslovénia/LottoNL), +45"

5. Geraint Thomas (Grã-Bretanha/Team Sky), +58"

6. Tom Dumoulin (Holanda/Sunweb), +1:01"

7. Jonathan Castroviejo (Espanha/Movistar), +1:18"

8. Rigoberto Uran (Colômbia/Cannondale), +1:36"

9. Bauke Mollema (Holanda/Trek), +1:38"

10. Domenico Pozzovivo (Itália/AG2R), +1:59"

Fonte: Record on-line