sexta-feira, 13 de julho de 2018

“Abrantes recebe Aquatlo Jovem e Duatlo Cross”

Nos dias 21 de julho irá realizar-se o aquatlo jovem e um workshop, dia 22 está reservado ao Duatlo Cross.

Vamos ter um programa recheado de eventos para todos, ora veja:

Sábado, 21 de julho:

10:30 – Aquatlo Jovem de Abrantes – Prova Regional Centro Interior;

Local da prova: Aquapolis – Abrantes; Banhos: Estádio Municipal Abrantes.

Informações e inscrições aqui

13:30- Almoço – Escola Superior de Tecnologia em Abrantes

As refeições também podem ser adquiridas para os pais e treinadores por causa do workshop a seguir (a reserva deverá ser realizada antes).

15:00 – Workshop “Desporto dá mais valor” para jovens dos 6 aos 14 anos, pais e treinadores, inserido no Plano Nacional de Ética Desportiva.

Fonte: FTP

“TOUR/GROENEWEGEN VENCE SÉTIMA ETAPA DO AO SPRINT”

Greg Van Avermaet segura camisola amarela

Por: Lusa

Foto: Reuters

O holandês Dylan Groenewegen (Lotto NL-Jumbo) venceu esta sexta-feira ao sprint a sétima etapa da Volta a França em bicicleta, após a qual o belga Greg van Avermaet (BMC) conservou a camisola amarela, símbolo da liderança.

Na ponta final dos 231 quilómetros da mais longa tirada desta edição, que ligou Fougères a Chartres, Groenewegen bateu o colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) e o esloveno Peter Sagan (BORA-hansgrohe), segundo e terceiro, respetivamente, com o mesmo tempo do vencedor (5:43.42 horas).

Van Avermaet cortou a meta no 16.º lugar, com o mesmo registo, e mantém o comando, com seis segundos de vantagem sobre o britânico Geraint Thomas (Sky) e oito em relação ao seu colega norte-americano Tejay van Garderen.

A oitava etapa, com 181 quilómetros a ligar Dreux e Amiens, é propícia a uma nova chegada ao sprint.

Fonte: Record on-line

“2º Etapa Efapel/Final de etapa controlado para a EFAPEL no Troféu Joaquim Agostinho"

          Chegada ao sprint mantém a equipa na luta pela geral individual

          Marcos Jurado foi o melhor da formação na meta em Sobral de Monte Agraço

Um final com ataques, mudanças de ritmo na corrida e uma discussão ao sprint. Foi assim que terminou a segunda etapa do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras/Troféu Joaquim Agostinho. Henrique Casimiro manteve o 12º posto na geral individual, mas agora está a 19 segundos do camisola amarela, José Neves (W52/FC Porto).

Num dia em que o pelotão pedalou mais de 160 quilómetros entre Ventosa e Sobral de Monte Agraço, a chegada ficou marcada por uma discussão ao sprint e pelo triunfo de um ciclista francês, Cyril Barthe (Euskadi Basque Country/Murias). Marcos Jurado foi o melhor da Equipa EFAPEL. O espanhol foi o 11º primeiro a cruzar a linha de meta com o mesmo tempo do vencedor. Jesus Del Pino concluiu o dia em 14, enquanto Henrique Casimiro foi 17º.

Ambos chegaram todos com o mesmo tempo do mais rápido, num dia em que houve movimentações com a aproximação da meta por parte dos candidatos à vitória final. A Equipa EFAPEL continua a ter dois corredores entre os 20 melhores. Henrique Casimiro é o melhor colocado, enquanto Pedro Paulinho está no 20º posto.

Amanhã realiza-se o terceiro dia de competição desta prova que termina no domingo. Pela frente, o pelotão vai ter 144 quilómetros entre Serra d’el Rei e Torres Vedras. A localidade que dá nome a esta corrida vai ser palco do tradicional circuito onde pode haver alterações no que diz respeito à classificação geral individual.

Fonte: Efapel

“Equipa Portugal/João Almeida décimo no Europeu de contrarrelógio”

Por: José Carlos Gomes

O português João Almeida foi hoje o décimo classificado na prova de contrarrelógio do Campeonato da Europa de Sub-23, disputada em Brno, República Checa. Guilherme Mota foi 12.º em juniores.

João Almeida, vice-campeão nacional da especialidade na categoria de sub-23, completou os 23 quilómetros do percurso em 30m37s, ficando a 1m11s do novo campeão europeu, o italiano Edoardo Affini, que, com 29m26s, conquista o título de sub-23 depois de, há duas semanas, ter vencido o contrarrelógio dos Jogos do Mediterrâneo. O segundo classificado foi o esloveno Izidor Penko, a 25 segundos, deixando a última vaga no pódio para o austríaco Markus Wildauer, a 31 segundos do primeiro.

João Almeida fez um contrarrelógio em progressão, melhorando na segunda metade do exercício individual, o que lhe permitiu a entrada no lote dos dez melhores. Portugal também contou com a prestação de Jorge Magalhães, que foi o 27.º classificado, a 2m11s do vencedor.

Os juniores também completaram 23 quilómetros em contrarrelógio, destacando-se a prestação do campeão nacional da especialidade, Guilherme Mota, que foi 12.º classificado entre a nata europeia desta categoria.

Guilherme Mota completou a prova em 32m02s, mais 2m11s do que o belga Remco Evenepoel, que venceu com o tempo-canhão de 29m51s. O segundo classificado foi outro belga, Ilan van Wilder, a 24 segundos do compatriota, e o terceiro foi o italiano Antonio Tiberi, a 40 segundos do vencedor.

O campeão nacional júnior de fundo, Pedro Andrade fez o 42.º registo, mas acabou desclassificado por ter contornado uma rotunda pelo lado errado dos pinos que demarcavam o percurso.

Os juniores e os sub-23 vão disputar a prova de fundo no domingo. Os mais novos terão pela frente 118,8 quilómetros, com partida às 8h00. A Equipa Portugal de juniores será composta por António Ferreira e Pedro Andrade (Vito/Feirense/BlackJack), Guilherme Mota (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), Hélder Gonçalves e João Carvalho (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) e Rúben Simão (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana).

Os sub-23 vão partir para os 140,4 quilómetros da respetiva prova às 12h00, estando Portugal representado por André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass), Daniel Viegas (Polartec-Kometa), Hugo Nunes e Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua), João Almeida (Hagens Berman Axeon) e Marcelo Salvador (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés).

Fonte: FPC

“Equipa Portugal/João Almeida décimo no Europeu de contrarrelógio”

Por: José Carlos Gomes

O português João Almeida foi hoje o décimo classificado na prova de contrarrelógio do Campeonato da Europa de Sub-23, disputada em Brno, República Checa. Guilherme Mota foi 12.º em juniores.

João Almeida, vice-campeão nacional da especialidade na categoria de sub-23, completou os 23 quilómetros do percurso em 30m37s, ficando a 1m11s do novo campeão europeu, o italiano Edoardo Affini, que, com 29m26s, conquista o título de sub-23 depois de, há duas semanas, ter vencido o contrarrelógio dos Jogos do Mediterrâneo. O segundo classificado foi o esloveno Izidor Penko, a 25 segundos, deixando a última vaga no pódio para o austríaco Markus Wildauer, a 31 segundos do primeiro.

João Almeida fez um contrarrelógio em progressão, melhorando na segunda metade do exercício individual, o que lhe permitiu a entrada no lote dos dez melhores. Portugal também contou com a prestação de Jorge Magalhães, que foi o 27.º classificado, a 2m11s do vencedor.

Os juniores também completaram 23 quilómetros em contrarrelógio, destacando-se a prestação do campeão nacional da especialidade, Guilherme Mota, que foi 12.º classificado entre a nata europeia desta categoria.

Guilherme Mota completou a prova em 32m02s, mais 2m11s do que o belga Remco Evenepoel, que venceu com o tempo-canhão de 29m51s. O segundo classificado foi outro belga, Ilan van Wilder, a 24 segundos do compatriota, e o terceiro foi o italiano Antonio Tiberi, a 40 segundos do vencedor.

O campeão nacional júnior de fundo, Pedro Andrade fez o 42.º registo, mas acabou desclassificado por ter contornado uma rotunda pelo lado errado dos pinos que demarcavam o percurso.

Os juniores e os sub-23 vão disputar a prova de fundo no domingo. Os mais novos terão pela frente 118,8 quilómetros, com partida às 8h00. A Equipa Portugal de juniores será composta por António Ferreira e Pedro Andrade (Vito/Feirense/BlackJack), Guilherme Mota (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), Hélder Gonçalves e João Carvalho (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) e Rúben Simão (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana).

Os sub-23 vão partir para os 140,4 quilómetros da respetiva prova às 12h00, estando Portugal representado por André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass), Daniel Viegas (Polartec-Kometa), Hugo Nunes e Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua), João Almeida (Hagens Berman Axeon) e Marcelo Salvador (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés).

Fonte: FPC

“Efapel/Henrique Casimiro arranca nos 12 primeiros no Troféu Joaquim Agostinho”

David Arroyo foi um dos elementos da equipa que esteve em acção

          Ciclista foi o melhor da Equipa EFAPEL no contra-relógio individual

          Grande Prémio de Torres Vedras tem a primeira etapa em linha amanhã

O arranque do GP Internacional de Torres Vedras/Troféu Joaquim Agostinho ficou marcado por um contra-relógio individual em que Henrique Casimiro foi o melhor representante da Equipa EFAPEL. O ciclista alentejano terminou no 12º posto, a 22 segundos do vencedor da tirada, Rafael Reis, da Caja-Rural.

Num dia que serviu, essencialmente, de aquecimento para três etapas em linha, os ciclistas tiveram o primeiro desafio desta edição, a 41ª, do Troféu Joaquim Agostinho. Ao longo de oito quilómetros, com partida e chegada em Turcifal, os corredores puseram-se à prova num exercício individual contra o cronómetro.

Nesta prova realizada ao fim do dia, a Equipa EFAPEL colocou dois ciclistas entre os 20 mais rápidos. Além de Henrique Casimiro, Pedro Paulinho também fechou entre os melhores, depois de ceder 26 segundos para o mais rápido do dia.

Fonte: Efapel