terça-feira, 10 de março de 2020

“Última Hora…Coronavírus”

Cancelamento de eventos, competição e passeios sujeitos a cancelamentos

As restrições começam a surgir no ciclismo, já com o anunciar do cancelamento da Volta ao Alentejo, e ainda a dúvida do cancelamento da Clássica da Arrábida para o próximo fim de semana.

Também o cicloturismo pode vir a ter suspensões, e este domingo no Pinhal Novo vai realizar-se o seu tradicional passeio, seria importante haver esclarecimento por parte das organizações vir esclarecer as medidas que irão tomar, já que os participantes podem assim organizar as suas vidas, e não marcarem presença, com eventos a serem cancelados.

Isto aplica-se a todas as modalidades, e devem informar as organizações de todos eventos o mais rapidamente possível, se estão a ponderar cancelar ou não.

“1º. prova do Jogos Santa Casa Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo 2020”

Realizou-se dia 8 de março o II Triatlo de Portimão que recebeu a primeira etapa do Campeonato Nacional de Clubes

Esta foi uma prova disputada na distância standard que serviu também de apuramento para o Campeonato da Europa de Quarteira. Este evento contou com um nível desportivo extremamente elevado, contando com a presença de quase todos os melhores atletas nacionais, incluindo a presença do atleta olímpico João Silva que, dado o cancelamento do Campeonato do Mundo em Abu Dhabi, aproveitou para fazer em Portimão um treino competitivo.

O dia primaveril ajudou na realização deste primeiro triatlo do nacional de clubes com um percurso composto por duas voltas de natação, com partida realizada na praia da Marina e saída entre voltas e quatro voltas no trajeto de ciclismo e corrida.

Vasco Rodrigues, presidente da FTP, afirmou que «era muito importante garantir o sucesso e segurança da prova, o que foi totalmente conseguido».

Este ano Portimão estreou também uma importante parceria com as forças militares que, entre outras implicações, garantiu a realização do Campeonato Militar em Portimão. Participaram  competição alguns dos age groups mais conceituados do Triatlo nacional que se apresentaram no topo de forma para disputar o título em questão. Maria Areias, da Força Aérea e Márcio das Neves, do Exército, venceram o campeonato militar.

 
Resultados das equipas do Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo

Das oito equipas femininas, o Alhandra Sporting Club foi a equipa vencedora desta competição com Gabriela Ribeiro, com o tempo de 02:05:15, que alcançou também a vitória da prova individual, Inês Rico, com a marca de 02:09:49 e Ana Ramos com 02:10:06. «Fomos com a força toda para a primeira etapa do CNC, correndo tudo dentro do objetivo», comenta Rafael Ribeiro, treinador do Alhandra Sporting Club, dizendo também que ‘ainda faltam competições, mas tentar alcançar o título de Campeões Nacionais é um dos objetivos do clube.

O treinador do Alhandra destaca também a prova de Gabriela Ribeiro que fez a prova do ‘início ao fim completamente isolada’ e salientando também a prestação do resto da equipa que representou muito bem os interesses individuais e coletivos.

O OutSystems Olímpico de Oeiras subiu à segunda posição do pódio com Maria Tomé com 02:07:09, Andreia Ferrum, com 02:10:55 e Maria Medeiro com 02:20:24.

Na terceira posição ficou o CNATRIL com Raquel Rocha com 02:12:56, Tuxa Negri com 02:23:13 e Diana Mariño Lourenço com 02:37:27.

Participaram nesta prova16 equipas masculinas, com vitória para o Clube de Natação de Torres Novas com Ricardo Batista, com 01:47:29, que ganhou na geral, Luis Velasquez Ramos com o tempo de 01:48:07, Afonso do Canto com 01:50:43 e Guilherme Pires com o tempo de  01:53:39. Paulo Antunes, treinador do Torres Novas, afirmou que foi uma ‘prova muito bem conseguida’, começando por cumprir o primeiro objetivo deste ano de ‘ revalidar o título de Campeão Nacional de Clubes. «A prova decorreu como nós esperávamos e coletivamente ganhamos de forma confortável», conclui Paulo Antunes.

Em segundo lugar ficou o OutSystems Olímpico de Oeiras, com Miguel Tiago Silva com 01:48:34, Tiago Fonseca com o tempo de 01:50:37, João Chagas com 01:52:31 e Gonçalo Oliveira com a marca de 01:55:04 07:26.

O terceiro lugar do pódio foi ocupado pelo Estoril Praia Credibom com Rafael Domingos que fez o tempo de 01:50:38, Gil Maia com 01:50:48, José Cabeça que terminou em 01:54:34 e Luís Lopes com 01:58:40.


Resultados individuais do II Triatlo de Portimão

Gabriela Ribeiro, do Alhandra Sporting Club, venceu a competição com 02:05:15, Maria Tomé, do OutSystems de Oeiras, ficou na segunda posição com 02:07:09 e Inês Oliveira, do Sporting Clube de Portugal, alcançou o terceiro lugar do pódio com 02:08:49.

Em masculinos, foi Ricardo Batista, do Clube de Natação Torres Novas, o atleta mais rápido da competição obtendo a vitória com o tempo de 01:47:29, seguido de Luis Velasquez Ramos, também do Torres Novas, que conquistou a segunda posição com a marca 01:48:07, enquanto Miguel Tiago Silva do Outsystems Olímpico de Oeiras, fechou o pódio com 01:48:34 00:01:05.

O presidente da Federação de Triatlo de Portugal considera que «foi um fim de semana muito prestigiante para o triatlo nacional e deixa uma mensagem de agradecimento à autarquia e demais intervenientes por todo o empenho para garantir as melhores condições aos triatletas»!

O II Triatlo de Portimão foi uma organização da Câmara Municipal de Portimão, com o apoio técnico da FTP, onde se concentraram esforços entre a federação, autarquia e ClubeO2 Portimão de modo a conseguir oferecer uma boa prova a todos os participantes.

Fonte: FTP

“Maratona BTT de Melgaço (Taça de Portugal e Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço)”

Melgaço acolhe no próximo dia 22 de março a quinta Maratona BTT, iniciativa pontuável para a Taça de Portugal e para o Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço. No "destino de natureza mais radical de Portugal", a 5ª Maratona de Melgaço prevê a inscrição nas categorias de competição, lazer e de paraciclismo. As inscrições podem ser efetuadas online (aqui).


Melgaço, o Município mais a Norte de Portugal, recebe a primeira prova da Taça de Portugal e, simultâneamente, a segunda do Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço.

Por entre trilhos e caminhos rurais, esta assume-se como uma excelente oportunidade para os atletas descobrirem Melgaço através de uma iniciativa que pretende assumir-se como um evento de referência que contribua para a promoção da prática desportiva e que corresponda ao crescente interesse por atividades de BTT. A Maratona visa igualmente potenciar a marca Melgaço e tudo o que a referida aporta a vários níveis, como a gastronomia, cultura, história, costumes, desporto de Natureza entre outros.

A prova prevê a inscrição nas categorias de competição, lazer e de paraciclismo e contempla diferentes percursos: Maratona Elite: 80km (Acumulado aproximado subida/descida – 2890m); Maratona Curta: 60 km (Acumulado aproximado subida/descida – 2160m); Maratona Curta: 60 km (Acumulado aproximado subida/descida – 2160m); e Meia Maratona: 35km (Acumulado aproximado subida/descida – 1200m).

As inscrições terminam a 18 de março e podem ser feitas em www.fpcilismo.pt

A 5ª Maratona de Melgaço, com partida e chegada no Largo Hermenegildo Solheiro, é organizado pela Melsport - Melgaço, Desporto e Lazer E.M., em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho e com a Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com os seguintes apoios: Discover Melgaço, Ukubo, Quintas de Melgaço, Quinta do Regueiro, Polisport, Cision, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Navega Rías Baixas e Bike - Tudo sobre o mundo do BTT.

 

Programa da 5.ª Maratona BTT de Melgaço

Taça de Portugal e Campeonato do Minho BTT XCM - Discover Melgaço

Sábado, 21 de março

16h00: Abertura do secretariado (Federados e promoção)

20h00: Encerramento do secretariado

 

Domingo, 22 de março

07h30: Abertura do secretariado (Federados e promoção)

08h30: Encerramento do Secretariado

08h30: Reunião com os Diretores Desportivos

09h00: Abertura do Controlo

09h10: Chamada dos atletas para a linha de partida da Maratona BTT Melgaço

09h30: Partida

11h45: Chegada do primeiro atleta da Meia-Maratona

13h30: Chegada do primeiro atleta da Maratona

15h00: Cerimónia protocolar de entrega de prémios

16h00: Encerramento da atividade

 

Melgaço: o destino de natureza mais radical de Portugal

Afirmar Melgaço como ‘O destino de natureza mais radical de Portugal’ é a estratégia que o Município tem vindo a promover desde o início de 2018, no âmbito do Plano Estratégico e de Marketing para o Turismo, sob a designação ‘Discover Melgaço’. A aposta em diversos eventos, de diferentes modalidades, o incentivo à prática desportiva, a manutenção e melhoria dos diversos espaços, aliadas às ótimas condições de que o concelho dispõe, têm sido prioridades.

Melgaço centra-se numa imagem de natureza ativa, associada à tendência crescente de uma sociedade cada vez mais ativa, mais jovem, com um conceito de luxo associado a isolamento positivo, autenticidade e a ambientes naturais.

“Melgaço é um destino de natureza por excelência. As caraterísticas geográficas e geológicas concedem-nos uma posição de destaque e permite que se pratiquem os desportos de rio e montanha mais exigentes, durante todo o ano. Aqui, vive-se adrenalina, com segurança e de braços dados com a natureza! Estamos situados na Área Protegida mais importante de Portugal, o PNPG – Parque Nacional Peneda Gerês, consagrado pela UNESCO Reserva Mundial da Biosfera”, recorda o Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, realçando que em Melgaço “temos tudo para se viver momentos fantásticos, sejam eles gastronómicos, radicais, em volta da natureza e mesmo da cultura e património. Temos uma deliciosa gastronomia. Um Alvarinho único! E a nossa deslumbrante paisagem concede-nos uma posição de destaque. Não apenas pela sua grandiosidade e pelo facto de constituir um valioso testemunho dos hábitos e culturas das suas gentes, mas também pela sua riqueza ecológica”.

Fonte: ACM

“João Silva e Daniela Pereira dominaram o Prémio de Ciclismo de Barroselas”

João Silva (Bairrada) e a famalicense Daniela Pereira (Maiatos) foram os vencedores do XXIII Prémio de Ciclismo de Barroselas, prova destinada ao escalão de juniores, pontuável para o Campeonato do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã.

O XXIII Prémio de Ciclismo de Barroselas foi disputado debaixo de chuva miudinha mas persistente, circunstância que levou o pelotão a efetuar o percurso, no total de 115,90 kms, de forma mais cautelosa e sem grandes tentativas de fuga.

Apenas na segunda passagem se começaram a sentir movimentações na frente da corrida com sete ciclistas a isolarem-se: Ricardo Simões (Efapel – Escola de Ovar), Pedro Crispim (Bairrada), Gustavo Alves, (Escola de Ciclismo Bruno Neves), Diogo Dias (Academia Joaquim Agostinho / CYR/UDO), Ricardo Machado (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact), João Oliveira (UC Trofa) e Manuel Rodriguez (Bathco).

Antes da terceira passagem pela meta, Ruben Fandiño (Bathco) saltou do pelotão e ficou numa posição intermédia. Com a passagem dos quilómetros, o grupo da frente foi aumentando a vantagem para o atleta intermédio (chegou a ser de 35s) e para o pelotão (1m35s).

Percorridos cerca de 70 quilómetros do percurso, João Silva (Bairrada) saiu do pelotão e foi reduzindo a vantagem em relação aos fugitivos. Primeiro alcançou Ruben Fandiño (Bathco) e Manuel Rodriguez (Bathco) que, devido a um furo, havia descaído do grupo de fugitivos.

Na entrada para a última volta o grupo de fugitivos estava consolidado com João Silva (Bairrada) a atacar na reta final e a conquistar o triunfo em Barroselas. NA segunda posição concluiu a prova Diogo Dias (Academia Joaquim Agostinho / CYR/UDO) e na terceira Ricardo Machado (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact)

Gustavo Alves (EC Bruno Neves) venceu a geral das Metas Volantes e Diogo Dias (Academia Joaquim Agostinho / CYR/UDO) a geral da Montanha.

Por equipas, a Bairrada foi a vencedora, deixando na segunda posição a Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact e na terceira a Academia Joaquim Agostinho / CYR/UDO.

Na corrida de elites femininas, a famalicense Daniela Pereira (Maiatos), que trocou o BTT pela Estrada, fez uma corrida segura, mantendo-se na frente até cortar a linha da meta em primeiro lugar. Maria e Jesus Barros (Concello do Porriño/Abanca) terminou no segundo posto e Inês Trancoso (Maiatos) no terceiro.

João Silva (Bairrada), vencedor da corrida de juniores, explicou que a chuva dificultou o trabalho dos ciclistas e que, não tendo acompanhado o grupo na fuga inicial, conseguiu sair do pelotão no início da terceira volta e depois foi pedalar para apanhar o grupo da frente. “Na parte final percebi que tinha as minhas hipóteses de ganhar, ataquei e consegui cortar a meta em primeiro lugar. Esta prova foi um pouco puxada, teve uns quilómetros extra em relação à do dia anterior, mas nós temos que nos habituar se queremos seguir no ciclismo”, afirmou João Silva.

Daniela Pereira (Maiatos), vencedora em elites femininas, reconheceu que “não podia ter tido uma estreia melhor nas provas de estrada” e que “o percurso é muito rápido e com a chuva ganhou ainda mais velocidade”. “A concorrência também era boa e obrigou-me a estar focada. Foi um bom teste para mim”, concluiu Daniela Pereira.

 

Marçal Almeida (União Freguesias de Barroselas e Carvoeiro)

Marçal Almeida, da União de Freguesias de Barroselas e Carvoeira, fez um balanço positivo do XXIII Prémio de Ciclismo de Barroselas: “O balanço é positivo. O tempo não ajudou, mas a prova correu sem incidentes e os ciclistas estiveram muito bem, mostrando que o ciclismo está vivo. A Junta de Freguesia congratula-se com a realização deste Prémio de Ciclismo que esperemos que continue, pois Barroselas é uma terra de ciclistas e gosta muito da modalidade. Continuaremos, portanto, a acarinhar e este Prémio de Ciclismo que merece todo o nosso apoio. De resto, é uma boa forma de divulgar a nossa terra, traz todos os anos uma boa moldura humana”.

 

Joel Monteiro (Organização)

Joel Monteiro, da organização do XXIII Prémio de Ciclismo de Barroselas, gostou da forma como decorreu a corrida, mas em termos organizativos salientou que é preciso corrigir pequenas coisas.

“A corrida foi bastante movimentada, era um percurso longo, um pouco duro, que ficou mais difícil devido ao mau tempo, mas os atletas foram de um empenho muito grande, estão de parabéns. Em termos organizativos temos que rever algumas coisas e corrigir pequenos pormenores. Este ano organizamos a prova apenas para o escalão de Juniores, faz parte da evolução que queremos ter. O tempo não ajudou ao espetáculo e afastou algumas pessoas mas, mesmo assim, tivemos aqui uma moldura humana interessante. Aliás viu-se muita gente espalhada pelo percurso. Agora vamos analisar como correu a prova no geral para podermos pensar como vai ser a próxima edição”.

O 23.º Prémio de Ciclismo de Barroselas foi organizado conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho, m2o_eventos e Associação de Ciclismo de Barroselas, contando com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Juntas de Freguesia e empresas locais, Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Infraestruturas de Portugal e revista Ciclismo a Fundo.

Fonte: ACM

“32º Passeio do Pinhal Novo”

Dia 15 de março de 2020

Realiza-se já no próximo domingo 15 de março, a 32ª edição cicloturistica do Pinhal Novo.

A concentração está marcada para as 8 horas no Mercado Municipal de Pinhal Novo, estando a partida marcada para as 9 horas, para um passeio de 60 quilómetros percorridos pelo concelho.

Para informações e inscrições devem ser feitas para:

geral@pinhalbiketeam.com ou telefones: 914025132 ou 961875199

Participe, um passeio que recomendamos.

“1ª Taça de Portugal Júnior”

Dia 15 março de 2020

Castelo Branco

Fonte: FPC

“Vitória categórica em Fafe”

Texto: AfterTwo //Works        
Fotos: Marcelo Lopes e Ana Antunes
O atleta João Ferreira foi o brilhante vencedor do "Prémio Cidade de Fafe", prova que assinalou no sábado a abertura da época competitiva nacional para o ciclismo júnior.
A cidade que é "sala de visitas do minho" e terra mítica no panorama do ciclismo nacional, recebeu os atletas com um fantástico dia de sol e a corrida começou animada por uma fuga a quatro que rolou na dianteira por cerca de 50 quilómetros.
Diogo Sousinha, atleta nazareno que se estreou pela Academia Joaquim Agostinho / UDO foi um dos protagonistas, mas com o aproximar das dificuldades da parte final do percurso, a iniciativa que chegou a ter cerca de 1 minuto de vantagem, foi desfeita pelo pelotão e a corrida tomou um novo rumo.
Onze atletas destacaram-se na dianteira com o objetivo da vitória, mas já dentro da cidade de Fafe, João Ferreira disferiu o último ataque sobre o piso empedrado da reta final e triunfou isolado ao fim de 1 hora e 55 minutos de prova.
Daniel Gonçalves cruzou a meta na 13ª posição 45 segundos depois do companheiro de equipa e 30 segundos antes do trio formado por Diogo Pinto, Tiago Costa e Paulo Pereira que concluíram juntos no top 25 da classificação. O resultado do excelente trabalho de todos os elementos da equipa, coroou a Academia de Torres Vedras como a 2ª melhor formação na prova minhota.

Dias é "Rei" da Montanha em Barroselas
No 23º Prémio de Ciclismo de Barroselas disputado no domingo, Diogo Dias destacou-se a partir da segunda volta ao integrar uma fuga a 7 que animou a corrida até ao seu desfecho. Manteve-se na frente até à derradeira linha de meta, mas apesar da combatividade demonstrada, o atleta da Academia torriense viria a perder a disputa com João Silva do Bairrada Cycling Team, que venceu a prova.
Terminou na 2ª posição da geral e com as duas contagens de montanha que conquistou, foi coroado “rei” dos trepadores da prova e ainda amealhou pontos suficientes para subir uma vez mais ao pódio para receber o troféu de 2º melhor na classificação das metas volantes. João Ferreira, que havia saltado do pelotão ao encontro do grupo que seguia na dianteira, terminou na 5ª posição, ajudando a equipa a conquistar o 3º lugar do pódio coletivo.

Cadetes na Volta a Cantanhede

Rafael Andrade terminou na 21ª posição a prova de abertura do calendário 2020 para cadetes que se disputou no domingo em Cantanhede. No final dos 80 km de corrida, o atleta do Bombarral chegou integrado no pelotão, gastando mais 46 segundos que o grande vencedor da jornada, António Morgado da Anipura-GDM. Numa prova sem percalços para os cinco atletas da Academia que se apresentaram à partida, Afonso Hermenegildo foi o 2º mais rápido da equipa ao concluir no 32º posto, enquanto Pedro Martins, Mário Hipólito e Miguel Malhado chegaram à meta juntos na 43ª, 50ª e 51ª posição. Com estes resultados, a equipa torriense foi a 7ª melhor em prova.
Fonte: Academia Joaquim Agostinho


 

“García Cortina vence terceira etapa do Paris-Nice e Schachmann segue líder”

Espanhol superou o eslovaco Peter Sagan no sprint final em La Châtre

Por: Lusa

O espanhol Iván García Cortina (Bahrain-McLaren) venceu esta terça-feira ao sprint a terceira etapa da 78.ª edição do Paris-Nice, que terminou em La Châtre, onde o alemão Maximilian Schachmann (Bora-hansgrohe) conservou a liderança da geral individual.

Cortina, de 24 anos, bateu o eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe), segundo, e o italiano Andrea Pasqualon (Circus-Wanty Gobert), terceiro, ao concluir os 212,5 quilómetros entre Chalette-sur-Loing e La Châtre em 5:49.55 horas.

Na geral, as primeiras posições mantiveram-se inalteradas e Schachmann, segundo classificado da Volta ao Algarve de 2020, segurou a liderança da corrida, detendo agora 13 segundos de vantagem sobre o italiano Giacomo Nizzollo (NTT), segundo, e 24 sobre o belga Jasper Stuyven (Trek-Segafredo), terceiro.

Na quarta-feira, a quarta de oito etapas decorre em Saint-Amand-Montrond, com um contrarrelógio individual de 15,1 quilómetros.

A corrida francesa, que decorre até domingo, está marcada pela ausência de várias equipas devido ao receio com a epidemia de Covid-19.

Estsa epidemia foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.000 mortos. Cerca de 114 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Fonte: Record on-line

“FESTIVAL BIKE 2020”

De 9 a 11 de outubro

Centro Nacional de Exposições em Santarém

Depois de um ano de interregno, está de volta mais uma edição do Festival Bike, o Notícias do Pedal deixa aqui as expetativas para a edição de 2020, com o programa provisório do evento, o qual será depois atualizado, marque já na sua agenda.

De 9 a 11 de outubro de 2020 todos os caminhos vão dar ao Centro Nacional de Exposições e durante três dias, Santarém é a “capital” da Bicicleta no nosso país.

A caminho da 16ª edição, o Festival BIKE, relança-se e adapta-se às novas realidades e à conjectura actual. Como sempre temos feito, o evento procura ir ao encontro das necessidades do mercado e responder aos desafios que são colocados.

De acordo com as sugestões das empresas que actuam neste sector, procedemos a algumas modificações na organização do evento, tais como:

          Aumentar a diversidade e o número de provas a realizar na feira. Será realizado o Granfondo Festival Bike, Maratona Festival Bike, e XCE (Eliminator) Festival Bike prova inédita em Portugal;

          Aumentar o nº de participantes nas provas que já se realizam, através de uma maior divulgação e alteração das suas condições;

          Aperfeiçoar a distribuição dos expositores nas diversas áreas do evento, através da criação de uma planta de expositores mais eficiente.

Recordamos que o Festival Bike é o espaço privilegiado para conhecer as novidades do mercado e um ponto de encontro para todos aqueles que de forma profissional, desportiva ou de lazer estão ligados a este ramo.

Várias empresas apostam no Festival Bike como forma de promover os seus produtos, contactar com o público em geral e profissionais, efetuar negócios e apresentar ao país novidades do mundo da bicicleta, principalmente aos visitantes que por aqui passam.

Continuaremos a trabalhar diariamente, para que o Festival BIKE possa merecer a preferência de expositores e visitantes, facto que engrandecerá a feira, tornando-a mais rica e diversificada.

Teremos certamente um evento mais completo e mais próximo das expectativas quer das empresas quer dos visitantes.
 

PROGRAMA


DIA 9 SEXTA-FEIRA

10.00h Abertura do certame (Profissionais e Público)

15.00h XCE (Eliminator) Festival Bike

14.30h Conferência (tema a definir)

20.00h Fecho do certame


DIA 10 SÁBADO

9.30h 15ª Maratona BTT Festival Bike: Partida Maratona e Meia-Maratona

10.00h Abertura do certame

10.00h Ciclismo para todos – Circuito de iniciação

11.30h Chegada 1º classificado da Meia Maratona (Previsão)

13.00h Chegada 1º classificado da Maratona (Previsão)

15.00h Cerimónia de Pódio 15ª Maratona Festival Bike

15.00h XCE (Eliminator) Festival Bike

16.30h Demonstração de “Bike Trial”

17.30h Cerimónia de Pódio XCE (Eliminator) Festival Bike

18.00h Demonstração de “Bike Trial”

20.00h Fecho do certame


Teste Drive: Da responsabilidade das marcas na zona exterior

Bike Trial: Org. Drop The Edge www.droptheedge.com


Granfondo Festival Bike: Org. Cabreira Solutions www.cabreirasolutions.com


Maratona BTT Festival Bike: Org. Cabreira Solutions www.cabreirasolutions.com

Mega Passeio de Cicloturismo (Lisboa – Santarém): Org. Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (www.fpcub.pt)

Passeio de Bicicletas Antigas Festival Bike: Org. Núcleo Sporting Clube de Portugal da Golegã nucleo.golega@gmail.com

Passeio de Cicloturismo Familiar Pontes de Santarém: Org. Federação Portuguesa de Ciclismo www.uvp-fpc.pt


DIA 11 DOMINGO

09.00h Granfondo Festival Bike

09.30h 4º Passeio de Bicicletas Antigas Festival Bike

10.00h Abertura do certame

10.00h Ciclismo para todos – Circuito de iniciação

10.40h 7º Passeio de Cicloturismo para famílias “Duas Pontes” (Festival Bike – Festival Bike)

12º Passeio Mega de Cicloturismo Festival Bike: Lisboa (Parque Tejo) – Festival Bike

14.30h Demonstração de “Bike Trial”

15.00h 8º Troféu Juventude Festival Bike

16.30h Demonstração de “Bike Trial”

18.00h Cerimónia de Entrega de Prémios “Troféu da Juventude”

19.00h Encerramento do certame

Fonte: Festival Bike