quinta-feira, 8 de setembro de 2016

“ASFIC já prepara a próxima época”

Ainda não terminou a época 2016 do ciclismo, acaba oficialmente na próxima semana, mas os atletas ficam filiados às suas atuais equipas até ao final do ano.

Com a base da equipa garantida, a direcção da ASFIC começou a trabalhar a próxima época ainda esta estava longe de acabar.

A ASFIC acredita que criou e tem um grupo forte, unido e muito equilibrado, que lutou sempre até a ultima gota de suor pela vitória em qualquer prova que a equipa participou.

Mas, ainda assim, a ASFIC acredita que é sempre possível melhorar, e por isso, um reajuste de alguns reforços de ciclistas na equipa, a tornarão mais forte e mais unida.

Alguns atletas estão já referenciados para reforçar a equipa na próxima época, outros podem eventualmente aparecer e ser de grande interesse, podendo haver lugar sempre no plantel para reajustes.

Certo também, está a outra base da equipa, os patrocinadores, todos estão satisfeitos e continuarão no apoio à equipa, o que para a direção da ASFIC e para os atletas é bastante gratificante, pois é um sinal forte de que todo o esforço valeu a pena.

Em 2016 a ASFIC com muito trabalho e humildade cresceu, adquiriu 2 veículos de apoio, e todos os seus atletas tiveram além dos equipamentos de competição e treino, óculos (patrocinio Aportsports ), capacetes ( patrocinio Bikezone Leiria), sacos individuais de transporte (patrocinio Vitanpro )fatos de treino, polos, calções e descontos em suplementação e nutrição.

Além dos apoios atrás referidos, foi possível ainda proporcionar aos seus atletas várias competições não federadas (Granfondos etc ), com tudo suportado pela equipa, desde estadias a deslocações e alimentação.

No projeto 2017, a direcção está empenhada em dar mais e melhores condições aos ciclistas, pois a base está criada e consolidada, os anteriores patrocínios irão manter-se, continuando os atletas no próximo ano com as condições anteriores, mas a ASFIC está afincada em dar ainda melhores condições aos seus atletas, pois só assim eles estarão de corpo e alma no projeto.

Aos atletas em troca é exigido Raça, Ambição, Querer, Determinação e Acreditar, mas sobretudo muita união e mais que uma equipa a ASFIC quer que a equipa continue a ser uma família, o que leva a direcção da ASFIC a ser sempre muito minuciosa na escolha dos novos ciclistas que irá acrescentar à sua atual equipa.

Brevemente, a ASFIC irá anunciar algumas saídas, sendo que essas saídas, pode-se adiantar que são por motivos pessoais e familiares associados aos profissionais e não por qualquer desentendimento ou insatisfação do atleta com a equipa ou vice versa, aliás nas saídas da equipa, nenhum desses atletas ingressará noutra equipa, o que deixa a direção da ASFIC contente porque os atletas saiem satisfeitos com a equipa, e ao mesmo tempo triste porque infelizmente perdem alguns atletas.

Fonte: ASFIC - GRUPO PARAPEDRA /DINAZOO / RIOMAGIC

“ Juniores e sub-23 destacam-se no fim-de-semana”

O passado fim de semana, foi de grande intensidade para as nossas equipas de juniores e sub-23, que tiveram pela frente duas competições onde competiram em conjunto, o GP dos Campeões e o GP de Gondomar.Na primeira o sub-23 André Ramalho esteve em evidencia, ao conseguir a quintaposição na segunda etapa, enquanto Bernardo Gonçalves seria 28º, mas o quinto melhor júnior. No GP Gondomar, novamente destaque para a André Ramalho que ficou as portas do pódio na quarta posição e também para Bernardo Gonçalves que foi 28ª e o quarto melhor júnior.

OGrande Prémio dos Campeões arrancou com um prólogo por equipas, competição pouco frequente realizar e que levou a um desempenho modesto das nossas equipas, terminando a equipa de sub-23 na nona posição e a equipa de juniores na 12ª posição.

A segunda e última etapa desta competição foi completamente diferente com as nossas  equipas de juniores e sub-23 a serem guerreiras, onde depoisde uma etapa de 117km, a um ritmo elevado,Andre Ramalhofoi 5º classificado,Diogo Dias17º classificado eMarcelo Salvador, que também integrava o pelotão foi 25º.

Os ciclistas juniores da Jorbi -Team José Maria Nicolau também estiveram em evidencia, acompanhando sempre o ritmo imposto pelos ciclistas da categoria acima.Bernardo Gonçalvesfoi28º, 5º junior a cortar a meta,Sandro Brancoalcançou o 35º lugar, 9º junior, eAndré Cunhafoi 49º classificado, 12º junior a cortar a meta.

Classificação Geral. André Ramalho -14ºDiogo Dias -19ºMarcelo Salvador -24ºBernardo Gonçalves -28ºSandro Branco -37ºFabio Oliveira -43ºAndre Cunha -46ºBruno Coelho -53ºJorge Marques -54º

Equipas:

3º Goldwin-Team José Maria Nicolau

10ª Jorbi –Team José Maria Nicolau

Na segunda competição do fim de semana, o GP de Gondomar, foi realizado da parteda manhã um contra-relógio individual de 5.5km.Andre Ramalhofoi o 3º melhor tempo, seguido deJorge Marquesna 14ª posição eJoão Fernandesno 15º lugar. Quanto ao juniores, destaque paraSandro Brancoque foi 11º classificado na geral, 3º melhor do seu escalão.

Na parte da tarde tinham pela frente um circuito na cidade de Gondomar.Andre Ramalhotentou defender a sua posição no pódio, mas acabaria por ficar na 4ª posição na geral, depois de ser 7º na 2ª etapa.Diogo Diasfoi 15º. Destaque também paraBernardo Gonçalvesque foi 28º classificado e o quarto melhor júnior da competição

Por equipas a GoldWin -Team José Maria Nicolau foi 3ª classificada.

Fonte: Clube de Ciclismo José Maria Nicolau:

“Etapa do Nacional de Triatlo Longo regressa a Cascais”

Prova decorre nos dias 24 e 25 de setembro

A segunda edição do Cascais Triathlon vai decorrer na histórica vila portuguesa nos dias 24 e 25 de setembro.

Com provas para todas as idades, são esperados mais de 1000 atletas para a competição.

O evento organizado pela 3 IRON Sports, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais e com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal, conta com as participações de Bruno Pais, triatleta do Estoril Praia, heptacampeão nacional absoluto de triatlo olímpico e vencedor da primeira edição do Cascais Long Distance Triathlon; Katarina Larsson, triatleta do Sporting e campeã europeia de triatlo na distância olímpica, no seu grupo etário; e Vanessa Pereira, primeira mulher portuguesa a participar no campeonato do mundo de IRONMAN no Havai e penta campeã nacional de triatlo longo.

A prova principal vai ser feita na distância longa, também conhecida como Half Ironman ou Half Distance, que inclui 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida. Trata-se da prova mais longa do evento, pontuável para os atletas da Federação de Triatlo de Portugal. A partida está marcada para as 8h00 de domingo.

Para os atletas que queiram participar em distância curta existe também a Olympic Plus, uma prova de Triatlo standard, que decorrerá em simultâneo à Half Distance. Uma escolha para quem quer competir numa prova sem drafting (sem permissão para seguir na roda de outros atletas). São 1,1 km de natação, 50 km de ciclismo e 10,5 km de corrida com partida marcada para domingo, às 07h40.

As Half Distance e Olympic Plus podem ser disputadas no formato estafeta. Formada a equipa, cada um fica responsável por realizar um ou dois dos segmentos e vencer o desafio em equipa, ou para team building, na Everis Corporate Division destinada a equipas formadas por empresas.

O programa de sábado tem início à 9h00 com a Activo Bank Sprint Triathlon. São 750 m de natação, 20 km de ciclismo e 5km de corrida pontuáveis para a Taça de Portugal de Triatlo. Com distância sprint é ideal para triatletas sem experiência em provas de resistência.

Mais tarde, as provas para os mais novos: a Aquatlo Jovem, a partir dos sete anos, que arranca às 11h30, com natação e corrida, com classificação para os escalões benjamins, infantis, iniciados e juvenis; e a Aquathlon Open para todas as idades tem partida agendada para as 11h30, com 2 km de corrida e 300 m de natação.

Quer na prova de longa distância quer na Olympic Plus a natação arrancará na Praia da Ribeira mais conhecida por Pescadores, na baía de Cascais.

No ciclismo, a prova longa será feita em três voltas e a Olympic em duas voltas, entre Cascais e a Malveira, para regressar, no final, ao centro da vila. A corrida percorrerá os 3km de Paredão marítimo até S. Pedro do Estoril.

O evento conta já com 20% de inscrições estrangeiras e tem Espanha a liderar a tabela, seguida da França, Inglaterra e Alemanha.

Na primeira edição, no ano passado, o evento esgotou 2 meses antes, e este ano segue a mesma tendência.

As inscrições estão abertas e a terceira fase decorre até 8 de setembro.

Notas:


Website Cascais Triathlon: www.cascaistriathlon.com

Website Swim Challenge: http://www.swim-challenge.com/en/

“Missão Swim Challenge: Nadar por oceanos mais limpos 5ª edição decorre a 18 de setembro e traz novidades”


Tem pulmões para aceitar este desafio? A 5ª edição do Swim Challenge Cascais decorre no dia 18 de setembro com as novidades da prova de 3,8km com e sem fato isotérmico e a sensibilização ambiental e das alterações climáticas, um flagelo que atinge a vida marinha e todo o nosso ecossistema, pondo em risco a vida no Planeta.

O programa abre no sábado dia 17, com a Caminhada dos Oceanos e com uma mensagem ambiental. O Swim Challenge e a Ocean Recovery Alliance dão as mãos por uma causa; nadar na mais bela baía do mundo contra a poluição e por oceanos mais limpos.

Esta Caminhada parte às 10h00 da Praia da Poça, em S. João do Estoril, e termina na Praia da Duquesa, percorrendo os 3km de Paredão Marítimo, onde será feito o alinhamento para um grande mergulho coletivo.

Os caminhantes são desafiados a desfilar mascarados com o tema “Oceano”, existindo no final um concurso que elegerá como vencedoras as 3 mascaras mais originais.

No dia 18 são várias as provas em que podem participar, de acordo com a idade, experiência e forma física.

Provas Milha oficial com regras da FINA, para nadadores federados; provas abertas 3,8k e 1,9k, para todos, permitindo fato isotérmico e Kids 200m e 400m, incluindo prova extra onde é permitido acompanhamento por parte de um adulto.

As provas decorrem num percurso retangular junto da Praia da Duquesa na baía de Cascais. O percurso é cumprido em duas ou mais voltas.

O Swim Challenge organizado pela 3 IRON Sports, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, Junta de Freguesia Cascais Estoril, Associação de Nadadores dos Estoris e Associação de Natação de Lisboa, tem visto desfilar as grandes estrelas da natação em Portugal, que regressam anualmente como Vasco Gaspar, Angélica André, Mário Bonança e Arseniy Lavrentyev, assim como muitos triatletas de renome como João Silva, Vanessa Pereira e Sérgio Marques. Nadadores de todos os cantos do planeta visitam-nos anualmente para participar na maior prova de águas abertas em Portugal.

Na edição do ano passado, o evento contou com cerca de 400 nadadores.

As inscrições estão abertas, para as várias provas, até 10 de setembro. Prolongam-se até 17 de setembro sujeitas à disponibilidade.


Website Swim Challenge: http://www.swim-challenge.com

“Taça do Minho de Ciclismo de Estrada encerra em Mesão Frio (Guimarães)”

Realiza-se no dia 10 de setembro o Prémio de Ciclismo Junta de Freguesia de Mesão Frio, última e decisiva prova da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2016). Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho, a iniciativa decorrerá nas imediações da Escola Santos Simões (Guimarães) e incluirá provas para os escalões de pupilos, benjamins, iniciados, infantis, juvenis, cadetes e juniores.

Decisiva para a definição das classificações finais da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2016), as diversas provas do Prémio de Ciclismo Junta de Freguesia de Mesão Frio serão realizadas nos arruamentos junto à Escola Santos Simões, nomeadamente na Avenida Rio de Janeiro e Rua Jaime Martins.

Numa organização da Associação de Ciclismo do Minho, as atividades decorrerão entre as 15 e as 18h30, altura em que se realizará a cerimónia protocolar e de entrega de prémios.

A última prova da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2016) conta com o apoio da Junta de Freguesia de Mesão Frio, Agrupamento de Escolas Santos Simões, Federação Portuguesa de Ciclismo, Câmara Municipal de Guimarães, Tempo Livre / Centro de Medicina Desportiva de Guimarães, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, Guimarpeixe, Ciclismo a fundo (revista oficial) e Roda na Frente.

Recorde-se que os prémios finais dos Campeonatos do Minho e da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada serão entregues na Gala de Encerramento da Época Desportiva de 2016, agendada para o dia 10 de dezembro (Centro Cultural Vila Flor - Guimarães), em que também serão homenageados os atletas minhotos que se sagraram Campeões Nacionais em 2016 e que conquistaram resultados de relevo a nível internacional.

Fonte: ACM

“VII Maratona Btt”

No Trilho do Lobo

Dia 148 de Setembro de 2016

 


 

Informações acbttfojo@gmail.com

“Vuelta/Cort Nielsen conquista a 18.ª etapa”

Quintana mantém vantagem sobre Froome

Por: Lusa

Foto: EPA

O dinamarquês Magnus Cort Nielsen, da Orica, venceu esta quinta-feira ao 'sprint' a 18.ª etapa da Volta a Espanha em bicicleta, que se correu entre Requena e Gandia, na distância de 200,6 quilómetros.
O jovem ciclista nórdico, de 23 anos, conseguiu assim a primeira grande vitória da carreira, completando em 4:54.31 horas uma etapa que não apresentava especiais dificuldades no traçado.
Resguardando esforços para o contrarrelógio de sexta-feira e a etapa de alta montanha do sábado, os favoritos mantiveram-se sempre no pelotão, pelo que o colombiano Nairo Quintana (Movistar) mantém a camisola vermelha com os mesmos 3.37 minutos de avanço sobre o britânico Chris Froome, líder da Sky.

Fonte: Record on-line