sexta-feira, 4 de maio de 2018

“ONDA e FTP criam fatos para os Campeões Nacionais Absolutos”

Federação de Triatlo de Portugal e a marca Onda criam fatos para os Campeões Nacionais Absolutos

A Federação de Triatlo de Portugal, no âmbito da sua parceria com a conhecida marca portuguesa Onda, desenhou fatos específicos para os Campeões Nacionais Absolutos, que serão usados pelos mesmos atletas nas respetivas provas. Para a FTP este é mais um passo importante para reconhecer o empenho e trabalho dos campeões das modalidades de Triatlo, Duatlo e Aquatlo prestigiando o esforço dos atletas na conquista dos títulos.

É por isso com satisfação que divulgamos que os Campeões Nacionais de Duatlo Ana Filipa Santos e João Ferreira, e os Campeões Nacionais de Aquatlo Ana Ramos e José Vieira já receberam os respetivos equipamentos desta categoria e no dia 6 de maio irão ser conhecidos no VIII   Duatlo de Famalicão os Campeões Nacionais Absolutos de Duatlo de BTT em titulo, que terão, evidentemente, direito aos mesmos equipamentos.

Fonte: FTP

“GIRO/TOM DUMOULIN É O PRIMEIRO LÍDER COM JOSÉ GONÇALVES EM 4.º”

Contrarrelógio em Jerusalém a abrir a edição deste ano

Fotos: Reuters

Grande contrarrelógio de José Gonçalves (Katusha) que culminou com um 4.º posto na primeira etapa do Giro de Itália. O português percorreu os 9.7 km em Jerusalém em 12m14s, mais 12 segundos que o vencedor e primeiro líder, Tom Dumoulin (Sunweb).

O campeão do mundo de contrarrelógio fez um tempo de 12m12s e relegou Rohan Dennis (BMC) e Victor Campenaerts (Lotto Fix All) para os outros lugares do pódio.

Chris Froome (Sky), que sofreu uma queda durante o reconhecimento da etapa, fez um contrarrelógio discreto, tendo acabado na 21.ª posição, a 37 segundos do holandês.

Fonte: Record on-line

“EDGAR PINTO VENCE AO 'SPRINT' 1.ª ETAPA DA VOLTA À COMUNIDADE DE MADRID”

Tirada foi marcada por uma fuga de trio que incluía Ricardo Mestre

Edgar Pinto (Vito-Feirense-Blackjack) venceu esta sexta-feira ao 'sprint' a primeira etapa da Volta à Comunidade de Madrid, assumindo a liderança da prova espanhola.

"Foi uma etapa muito confusa, controlada pela Movistar e pelos colombianos. Estive sempre presente, cheguei com forças e pude ganhar", congratulou-se o português de 32 anos.

Edgar Pinto impôs-se ao equatoriano Jonathan Caicedo (Medellin) na tirada de 175,4 quilómetros com início e fim em Manzanares El Real, concluindo a tirada em 04:08.16 horas.

Este é o segundo triunfo de Edgar Pinto este ano, depois de ter vencido uma tirada na Volta ao Alentejo.

"Estou muito feliz porque estou numa equipa pequena e em Madrid conquistei o segundo êxito do ano, algo muito importante para mim. É muito cedo para pensar na última etapa, no domingo. Acho difícil ganhar. Agora o importante é descansar e recuperar", completou.

A tirada foi marcada por uma fuga de trio que incluía Ricardo Mestre (Efapel), juntamente com o colombiano Fabio Duarte (Manzana Postobón) e o russo Dimitrii Strakholov (Lokosphinx), neutralizada a apenas um quilómetro da meta, por um grupo de 12 que incluía ainda Henrique Casimiro (Efapel) e César Fonte (W52-FC Porto).

A competição, que até domingo junta 115 ciclistas de 17 equipas e seis nacionalidades, prossegue no sábado com a segunda etapa, de 135 quilómetros, entre Alcobendas e San Sebastian de los Reyes.

Fonte: Record on-line

“Efapel/Henrique Casimiro no primeiro grupo da Vuelta a Madrid”

          Ciclista da Equipa EFAPEL cruzou a meta com o mesmo tempo do vencedor

          Grupo com 18 unidades destaca-se na fase decisiva do dia

          Etapas que restam vão ser selectivas

A Equipa EFAPEL teve um primeiro dia exigente na Vuelta Comunidad de Madrid com Henrique Casimiro a ser o principal representante da formação. Chegou a Manzanares El Real na nona posição com o mesmo tempo do primeiro classificado e líder da classificação geral individual, Edgar Pinto.

Numa fase da temporada em que a Equipa EFAPEL começa a apontar para objectivos importantes no calendário desportivo, como é o Grande Prémio Jornal de Notícias, os sete ciclistas da formação liderada por Américo Silva começaram a sua participação na Vuelta a Comunidad de Madrid. O grupo rodou unido durante boa parte do dia até que, na fase mais decisiva da etapa, um grupo destacou-se e Henrique Casimiro seguiu na frente.

Este conjunto com menos de 20 unidades chegou isolado e Henrique Casimiro terminou o dia com o mesmo tempo do vencedor. Com duas etapas pela frente, está tudo em aberto. “Em termos de equipa, estamos numa fase de transição. O Henrique está em boa forma e voltou a estar em bom plano. Vamos ter mais dois dias exigentes, em que está tudo em aberto no que toca à classificação geral. Não há bonificações nas metas e o nosso ciclista finaliza, em determinadas condições, bem. Por isso, acreditamos que estamos na luta até ao fim”, explicou o director desportivo, Américo Silva.

A segunda etapa realiza-se amanhã. São 134,5 quilómetros entre Alcobendas e San Sebastián de los Reyes com três metas volantes e três contagens de montanha de terceira categoria.

Classificação na primeira etapa

    Edgar Pinto            Vito-Feirense-Blackjack        4h08m16s

    Jonathan Caicedo        Medellin                m.t.

    Xuban Errazkin        Vito-Feirense-Blackjack        m.t.


    Henrique Casimiro        EFAPEL                mt

26º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 40s

54º    Rafael Silva            EFAPEL                a 2m29s

55º    Daniel Mestre        EFAPEL                m.t.

71º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 7m57s

91º    David Arroyo        EFAPEL                a 13m11s

94º    Marcos Jurado        EFAPEL                m.t.

Classificação geral

    Edgar Pinto            Vito-Feirense-Blackjack        4h08m16s

    Jonathan Caicedo        Medellin                m.t.

    Xuban Errazkin        Vito-Feirense-Blackjack        m.t.


    Henrique Casimiro        EFAPEL                mt

26º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 40s

54º    Rafael Silva            EFAPEL                a 2m29s

55º    Daniel Mestre        EFAPEL                m.t.

71º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 7m57s

91º    David Arroyo        EFAPEL                a 13m11s

94º    Marcos Jurado        EFAPEL                m.t.

Fonte: Efapel

“DUAS MÃOS CHEIAS DE PÓDIOS”

Por: After Two //works 

Fotos: João Calado e Jordi Team

As equipas da Academia Joaquim Agostinho estiveram presentes esta terça feira no 33º Circuito de Vila Chã de Ourique, contribuindo assim para a justa homenagem que o povo da terra quis prestar ao ex-ciclista José Marquez, 2º classificado na Volta a Portugal em 1935.

Perante uma plateia recheada de várias lendas do ciclismo nacional, entre as quais, o tetra campeão da Volta a Portugal - Marco Chagas, os Atletas torrienses viveram um dia de grandes conquistas, ao alcançarem 10 presenças no pódio da prova ribatejana. Em cadetes, e a contar para a segunda prova de apuramento da taça de Portugal, Daniel Gonçalves esteve uma vez mais em evidência.

Numa prova bastante rápida, onde se percorreram os 33 quilómetros do Circuito a uma média de 36 kms por hora, a vitória foi discutida ao sprint, com Daniel Gonçalves a deixar escapar a vitória para Edgar Sousa do Loulé, subindo assim ao 2º lugar do pódio. Com este resultado, Gonçalves foi o brilhante vencedor da fase de apuramento da zona B e vai estar presente na grande final a disputar dias 26 e 27 deste mês na Anadia, onde vai poder contar com a colaboração de mais cinco colegas de equipa, que também garantiram a qualificação à força de grande empenho e determinação durante as duas provas realizadas.

Na vertente feminina disputou-se a 3ª prova da taça de Portugal, tendo Carla Oliveira em 2º e Soraia Gil em 3º, repetido a presença no pódio master 30, num dia que ficou também marcado pela estreia da júnior Beatriz Ferreira que alcançou o 6º posto na sua categoria. Diana Pedrosa em 7º, Pauline Vie em 8º e Rita Nunes em 12º foram as restantes Atletas da Academia que ajudaram a alcançar o excelente 3º posto da classificação coletiva.

Entre as classes escolares viveu-se igualmente um dia de enorme felicidade, com a conquista de vários pódios e a vitória geral coletiva entre 18 equipas presentes no encontro de escolas associado a este evento. O pupilo Gustavo Rodrigues e o iniciado Francisco Massa triunfaram nas respetivas categorias e Alexandre Rocha subiu ao 3º lugar do pódio em benjamins.

Com mais uma ótima prestação, o juvenil Daniel Jorge obteve a 5ª posição da sua classe em mais um dia vincado pela presença digna e bastante numerosa desta Academia torriense sediada na União Desportiva do Oeste. Também a equipa de juniores esteve presente na prova ribatejana, tendo obtido um fabuloso 2º lugar por equipas na sequência do posicionamento de três atletas no top 10, com destaque para o 3º lugar de Wilson Esperança.

No próximo fim-de-semana esta equipa desloca-se a Valongo e Braga para disputar a 4ª e 5ª provas da taça de Portugal. 

 Fonte: Academia Joaquim Agostinho
 

“Equipa Portugal/Telmo Pinão 18.º em Ostend”

Por: José Carlos Gomes

O português Telmo Pinão foi hoje o 18.º classificado no contrarrelógio de classe C2 da Taça do Mundo de Paraciclismo, em Ostend, Bélgica.

O corredor paralímpico, ao serviço da Equipa Portugal, cumpriu os 27 quilómetros em 46m54s, ficando no 18.º posto, entre 27 participantes, ligeiramente aquém da meta de colocar-se na primeira metade da tabela. Telmo Pinão gastou mais 6’21’’29 do que o mais rápido.

A vitória foi conquistada pelo australiano Darren Hicks, que cortou a meta ao fim de 40m32s. O segundo classificado, a 55,55 segundos, foi o canadense Tristen Chernove. O espanhol Maurice Eckhard Tio fechou o pódio, com mais 1m16s do que o vencedor.

Bernardo Vieira foi o outro português em prova nesta sexta-feira, competindo como individual no contrarrelógio da classe C1, um exercício também com 27 quilómetros. Completou a prova com 49m36s, no nono lugar, entre 12 participantes. O vencedor foi o alemão Michael Teuber, com 42m04s, menos 7’32’’16 do que o paraciclista luso.

A ronda inaugural da Taça do Mundo de Paraciclismo 2018 prossegue durante o fim de semana com as provas de fundo, mais favoráveis às aspirações nacionais do que os contrarrelógios.

No sábado disputam-se as corridas de handbike. O H3 João Pinto corre como individual, às 10h30. Três horas depois é a vez do H5 Luís Costa vestir as cores da Equipa Portugal. Os dois vão competir ao longo de 64 quilómetros, os mesmos que irão enfrentar, no domingo, Telmo Pinão e Bernardo Vieira.

Fonte: FPC

“Um Amigo que partiu…”

Texto: José Morais

Imagem: Arquivo Notícias do Pedal

Apesar de já ser do conhecimento de muitos, só agora faço a divulgação, mas por motivos de saúde que me obrigou a estar de cama, já que mais uma vez a minha vesicula resolveu criar-me problemas, a notícia só agora é publicada.

Henrique Marquês, do Grupo de Montemuro deixou-nos ontem, ele que teve um acidente no domingo, no passeio realizado pela Junta de Santa Clara, não resistiu, e faleceu. O funeral ainda não tem data marcada.

Neste momento de dor, a toda a família enlutada, e ao Grupo de Montemor, em meu nome pessoal e de toda a equipa do Noticias do Pedal, aqui ficam as nossas sentidas condolências.

Era um amigo, ainda tive o prazer de pedalar muitas vezes com ele, sempre com um sorriso nos lábios, ao “Ti Henrique” como era mais conhecido, um até sempre, descanse em paz.