sábado, 22 de junho de 2019

“Apanhado”

Vamos iniciar este domingo, uma nova rubrica nos passeios onde marcaremos presença e que iremos chamar de “Apanhado”.

Queremos a sua opinião, queremos às suas ideias, queremos saber o que está bem, queremos saber o que está mal, queremos que desabafe, queremos dar-lhe voz nos eventos cicloturisticos.

Tudo isto em direto, ao vivo, sem cortes, nem censura, a sua opinião é bem-vinda, e pode melhorar a modalidade.

Esteja atento, esteja preparado, você pode ser o nosso próximo entrevistado.

 

Nota da Redação.

“Este domingo mais um direto do Notícias do Pedal no Facebook…”

Este domingo 10 de março, o Notícias do Pedal-TV vai marcar presença na Costa da Caparica, no Grande Passeio do CCL- Clube de Campismo de Lisboa.

A partir das 8,30 horas da manhã iremos estar em direto na Costa da Caparica para o Facebook, no Parque de Campismo do CCL- Clube de Campismo de Lisboa, onde será feita a concentração deste grande passeio.

Entrevistas, a partida, chegada dos participantes, entre outros momentos, poderão ser vistos em direto. Se não vai participar neste grande evento, assista a bons momentos.


Não se esqueça, domingo a partir das 8,30 horas, aqui em direto para todos, um evento que muito promete.

Reportagem completa da Revista Notícias do Pedal.

Nota da Redação.

“Campeonato da Europa Youth: Prata e bronze para atletas portugueses”

Inês Rico ficou em segundo lugar, enquanto Alexandre Montez garantiu o bronze

Foto: Triatlo Portugal 1/3 Inês Rico e Alexandre Montez

Inês Rico e Alexandre Montez conquistaram, este sábado, no Campeonato da Europa de Youth, as medalhas de prata e bronze, respetivamente.

Os atletas portugueses disputaram na manhã deste sábado as finais feminina e masculina em Kitzbühel, na Áustria, com Inês Rico a ser a primeira a entrar em ação.

Já depois de Inês ter subido ao segundo lugar do pódio, foi a vez de Alexanfdre Montez arrecadar a medalha de bronze.

No domingo irá decorrer a prova de estafetas mistas.

Fonte: Record on-line

“Yves Lampaert vence contrarrelógio da Volta à Suíça e Rui Costa foi 100.º”

Ciclista belga cumpriu os 19,2 quilómetros da etapa em 21.58 minutos

Por:Lusa

O belga Yves Lampaert (Deceuninck-Quick Step) venceu este sábado o contrarrelógio individual da oitava e penúltima etapa da Volta à Suíça em bicicleta, na qual o português Rui Costa terminou na 100.ª posição.

Em Goms, Lampaert cumpriu os 19,2 quilómetros da etapa em 21.58 minutos, superando em cinco e 10 segundos os dinamarquesa Kasper Asgreen (Team Denmark) e Soren Kragh Andersen (Team Sunweb), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

O colombiano Egan Bernal (Ineos), líder da classificação geral, terminou o contrarrelógio em 11.º lugar, a 58 segundos de Lampaert.

O camisola amarela tem agora 22 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o australiano Rohan Dennis (Bahrain Merida Pro Cycling Team), que recuperou algum tempo para o líder, ao terminar em sexto lugar no contrarrelógio.

Já o português Rui Costa, vencedor da prova por três vezes, fechou o segundo contrarrelógio da Volta à Suíça na 100.ª posição, a 2.18 minutos do vencedor, mantendo a 67.ª posição da geral, a 31.04 de Egan Bernal.

A nona e última etapa da Volta à Suíça disputa-se no domingo.

Fonte: Record on-line

“MINSK2019: DANIELA REIS 28.ª NO CICLISMO DE ESTRADA, MARIA MARTINS DESISTE”

A ciclista lusa chegou a 11 segundos do ouro da holandesa Lorena Wiebes, que bateu ao ‘sprint’ a compatriota Mariana Vos e a bielorrussa Tatsiana Sharakova.

Daniela Reis, ciclista portuguesa

Daniela Reis foi hoje 28.ª classificada na prova de ciclismo de estrada dos II Jogos Europeus, enquanto Maria Martins desistiu, em Minsk, na Bielorússia.

“Começámos a prova com os dorsais e chips trocados. A Maria esteve doente e não conseguiu terminar”, esclareceu Daniela Reis.

A ciclista lusa chegou a 11 segundos do ouro da holandesa Lorena Wiebes, que bateu ao ‘sprint’ a compatriota Mariana Vos e a bielorrussa Tatsiana Sharakova.

Maria Martins ainda vai competir em ciclismo de pista, na corrida por pontos, na quinta-feira, em scratch, na sexta-feira, e em omnium, no sábado.

Bárbara Sequeira, Francisca Maia e Francisca Sampaio Maia conquistaram hoje para Portugal as primeiras medalhas nos II Jogos Europeus, uma de prata e outra de bronze em ginástica acrobática.

Em Baku2015, na estreia dos Jogos Europeus, Portugal amealhou três medalhas de ouro, quatro de prata e três de bronze, pecúlio que lhe valeu o 18.º lugar entre 50 países.

Nestes II Jogos Europeus, que reúnem 4.000 atletas de 50 países em 15 desportos, Portugal compete com 98 elementos em atletismo, badminton, futebol de praia, canoagem, ciclismo (estrada, contrarrelógio e pista), ginástica (artística, trampolins, aeróbica e acrobática), judo, karaté, lutas amadoras, tiro, tiro com arco, tiro com armas de caça e ténis de mesa

Fonte: Sapo on-line

“GP Abimota: Antonio Angulo vence terceira etapa e reforça liderança”

Angulo cumpriu os 185,3 quilómetros entre Almeida e Vouzela, em Viseu, em 4:40.34 horas

 Por: Lusa

Foto: João Fonseca

 O espanhol Antonio Angulo (Efapel) venceu este sábado ao sprint a terceira de quatro etapas do 40.º Grande Prémio Abimota em bicicleta, reforçando a liderança da classificação geral à entrada para o último dia da prova.

Angulo cumpriu os 185,3 quilómetros entre Almeida e Vouzela, em Viseu, em 4:40.34 horas, batendo sobre a meta Francisco Campos (W52-FC Porto), segundo, e o também 'dragão' César Fonte, que ficou no último lugar do pódio.

Ao cortar a meta, Angulo ergueu os braços e soltou uma gargalhada, explicando, depois, que o fez por esta ser "a primeira amarela" do ano, tendo um sabor especial vencer com ela vestida, depois de ter triunfado, em maio, na 11.ª edição do Memorial Bruno Neves.

O espanhol, que também lidera a classificação por pontos, tinha sido segundo na segunda etapa, atrás do vencedor de 2018, o compatriota Óscar Pelegrí (Vito-Feirense), o que lhe valeu a subida à liderança da classificação geral, conseguindo hoje um triunfo que também reforça o estatuto de líder.

Já Francisco Campos, voltou a não subir ao lugar mais alto do pódio, terminando em segundo, depois do terceiro lugar de sexta-feira, com César Fonte a destacar-se no segundo lugar da geral, a 10 segundos de Angulo.

Um trio de membros da W52-FC Porto) segue a 14 segundos, António Carvalho, terceiro, o líder da juventude Jorge Magalhães, quarto, e o espanhol Angel Sánchez Rebollido, quinto, com Pelegrí a 15.

A 16 segundos, segue um quarteto de ciclistas, dois da Euskadi, os espanhóis Mikel Alonso (sétimo) e Ibai Azurmendi (10.º), e dois da Efapel, Bruno Silva (oitavo) e o espanhol Marcos Jurado (nono).

Efapel e W52-FC Porto dominam a geral, com quatro 'dragões' no top 10 e três da Efapel, que chegou ao Abimota com apenas cinco ciclistas.

Numa tirada com duas contagens de montanha de terceira categoria, a contar para uma classificação agora liderada pelo espanhol Steven Calderon (Kuota - Construcciones Paulino), várias fugas animaram o dia.

Tiago Machado (Sporting-Tavira) ou Ángel Sánchez Rebollido integraram uma primeira tentativa, enquanto o próprio camisola amarela e Gonçalo Leaça (LA Alumínios) tentaram a menos de 40 quilómetros do fim, sem sucesso.

O sprint acabou por ser decidido pela colocação dos candidatos à entrada para a reta final, numa curva à esquerda em que Angulo 'ganhou' a meta, enquanto o vencedor da Volta a Portugal de 2017 e 2018, o espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto), atrasou-se e saiu do top 10 da geral.

No domingo, a quarta e última tirada liga Anadia a Águeda, em Aveiro, ao longo de 174,3 quilómetros, com duas contagens de montanha, uma de terceira e outra de segunda categoria, com a meta instalada na Avenida 25 de Abril.

Fonte: Record on-line

“Carnide Clube distingue Joaquim Gomes com prémio "Hall of Fame"”

Homenagem decorreu no auditório do Fórum Tecnológico da Lispólis

Por: Lusa

Foto: Paulo Calado

O diretor da Volta a Portugal, Joaquim Gomes, foi homenageado na sexta-feira com o prémio "Hall of Fame" pelo Carnide Clube, onde fez a sua formação enquanto ciclista e participou pela primeira vez na Volta a Portugal.

"Fico muito feliz por receber este prémio, no clube onde fiz a minha formação, e ainda mais por ver este auditório cheio, o que demonstra que o futuro do Carnide Clube está assegurado", afirmou o antigo ciclista, que venceu duas edições da Volta a Portugal das 18 em que participou.

Joaquim Gomes iniciou o seu percurso enquanto ciclista no clube de Carnide, em Lisboa, tendo representado a instituição entre 1981 e 1985, antes de se tornar profissional ao serviço do Sporting.

Esta distinção decorreu na sexta-feira, no auditório do Fórum Tecnológico da Lispólis, perante cerca de 500 pessoas, no âmbito da Gala Anual do Carnide Clube, apresentada pela jornalista Cecília Carmo.

Fonte: Record on-line