sexta-feira, 10 de março de 2017

“11º BTT Rota da Água de Ferreira do Alentejo”


Já estão abertas as inscrições para o 11º BTT Rota da Água de Ferreira do Alentejo a realizar em 11 de junho de 2017.
Esta prova irá contar, pelo 2º ano consecutivo, para a Taça de Maratonas CPC Beja ( Centro de Paralisia Cerebral de Beja).
Iremos ter troféus por escalões e geral.
inscrições em:
http://apedalar.pt/eventos/info/1303?_ga=1.162243836.1341403737.1489173947



Fonte: Veloclube

“Curso Inicial de Árbitros”

No próximo dia 18 de Março será realizado um Curso Inicial de Árbitros de Triatlo nas instalações do Complexo Desportivo de Lamego.

O Curso terá uma carga horária de 6h de formação e um custo de 20€ de taxa de inscrição.

Para se inscrever por favor preencha o seguinte formulário ( http://bit.ly/2nfexI1)

O pagamento da inscrição deverá ser feito por transferência bancária para o IBAN PT50 0035 0277 0001 0132 13060 e deverá ser enviado o comprovativo para tesouraria@federacao-triatlo.pt

Limite de 15 vagas e prazo de inscrição até dia 16 de Março.

Fonte: FTP

“Fim-de-semana preenchido em Altura”

A terceira edição do Triatlo de Altura marca o calendário competitivo nacional com a disputa da etapa inaugural da Taça de Portugal de Triatlo e do Campeonato Nacional de Clubes de Estafetas Mistas. No fim-de-semana de 18 e 19 de Março centenas de triatletas procurarão representar os seus clubes ao mais alto nível e conquistar o primeiro título coletivo de triatlo da época.

Sábado será dia de dar início à histórica competição da Taça de Portugal de Triatlo. Todos os participantes deverão alinhar na praia de Altura, preparados para percorrer 750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida. Com percursos planos de asfalto em excelentes condições e com apenas dois retornos por volta, a prova oferece condições para uma disputa intensa. Os clubes terão, em Altura, a oportunidade única de conseguir os primeiros pontos da época e de assumir a liderança na prova.

No mesmo dia será realizada uma prova aberta destinada a todos os interessados em participar. Composta por segmentos de 300m de natação, 8km de ciclismo e 2,5km de corrida, apresenta-se como uma excelente oportunidade para todos os interessados em dar os primeiros passos na modalidade.

O dia seguinte, domingo, será reservado à disputa do Campeonato Nacional de Clubes de Estafetas Mistas. Uma competição que será decidida numa única etapa e que apurará, em Altura, o clube Campeão Nacional. A prova será disputada por formações compostas por quatro elementos. Dois de cada género, alternando entre si e percorrendo, individualmente, 300m de natação, 20km de ciclismo e 2,5km de corrida. O vencedor será galardoado não só com título nacional de clubes, como também com a eventual representação de Portugal no Campeonato Europeu de Clubes. Condições que contribuirão para um grande espírito competitivo onde a emoção será, certamente, um elemento em jogo.

A prova de estafetas procura apresentar uma alternativa mais dinâmica às competições coletivas. Aproximando os atletas e clubes portugueses ao formato competitivo utilizado nas provas de nações da ITU e oferecendo um cenário onde o espírito de equipa possa ser estimulado.

O Triatlo de Altura é um evento organizado pela Camara Municipal de Castro Marim e pela Federação de Triatlo de Portugal onde aguardamos ter a nossa família do Triatlo reunida.

Fonte: FTP

“Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma”

Roberto Ferreira e Ana Rita Vale venceram a 4ª Maratona Limiana

Roberto Ferreira e Ana Rita Vale venceram em elites a 4ª Maratona Limiana, segunda etapa do Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma. A Limiana consagrou ainda os vencedores das seguintes categorias: Nélson Sousa (master 30), Pedro Dias (master 40), João Amaro (master 50), Raquel Marques (master femininas), Gil Pereira (paraciclismo) e o Batotas/Ponte de Lima (equipas). Daniel Silva foi o vencedor na maratona de lazer enquanto a meia-maratona viu Hélder Silva Castro ser o vencedor em Ponte de Lima.

Organizada pelo BaToTas, Clube de Desportos Radicais de Ponte de Lima, em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho, a Maratona foi disputada em trilhos da vila mais antiga de Portugal, começando e terminando junto ao Clube Náutico de Ponte de Lima.

Mais de três centenas betetistas de várias localidades do País participaram na iniciativa que terminou com um balanço muito positivo.

A 4ª Limiana foi bastante disputada na categoria de elites masculinos, com o vencedor a ser decidido já bem perto do final, uma vez que a dupla Roberto Ferreira (Quinta das Arcas / Jetclass / Xarão ) e Jacinto Fiúza (Batotas / Ponte de Lima), vencedor da edição anterior,  disputaram lado a lado até ao final a vitória, sendo a diferença de apenas um segundo entre primeiro e segundo classificado. A terceira posição foi alcançada pelo campeão do Minho de 2016, José Rodrigues (UCVNF – Soniturismo / Bike World).

A campeã do Minho de 2016 de XCM, Ana Rita Vale (Batotas/Ponte de Lima), em elites femininas, somou a segunda vitória no Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma, sendo secundada por Laura Bastos (Saertex Portugal / Edaetech).

Raquel Marques (ASC / Focus Team / Vila do Conde) foi a melhor veterana, concluindo a prova de Ponte de Lima à frente da campeã do Minho Liliana Lopes (Batotas / Ponte de Lima) e de Patrícia Almeida (EDV – Vianacycles/Portilame/Feelviana).

Nélson Sousa (Batotas / Ponte de Lima) foi o vencedor em master 30, relegando para o segundo posto José Lourenço (Spac BTT) e o campeão do Minho em título Carlos Rocha (Saertex Portugal | Edaetech), para a terceira posição.

Em master 40 Pedro Dias (EDV – Vianacycles/Portilame/Feelviana), vice campeão do Minho na época passada, não deu hipóteses para a concorrência, deixando os restantes lugar do pódio para a dupla de atletas da Saertex Portugal / Edaetech, Tierri Mendes, campeão minhoto em título, e Armando Taipa.

No escalão etário mais alto, master 50, a vitória sorriu a um corredor da equipa da casa, João Amaro (Batotas / Ponte de Lima), enquanto Manuel Pinto (Saertex Portugal / Edaetech), campeão minhoto, e José Oliveira (Individual) terminaram na segunda e terceiras posições.

Na categoria de paraciclismo, que percorreu o percurso da meia-maratona, o vencedor foi Gil Pereira (Batotas / Ponte de Lima), sendo Paulo Teixeira (Quinta das Arcas / Jetclass / Xarão) ocupou o segundo lugar, ficando António Costa (Indivdual) no terceiro lugar.

O BaToTas / Ponte de Lima foi a formação vencedora da 4ª edição da Maratona Limiana, segunda prova do Campeonato do Minho de BTT XCM – Raíz Carisma, com os restantes lugares a serem ocupados por equipa do Alto Minho, Saertex Portugal / Edaetech  e EDV – Vianacycles/Portilame/Feelviana.

Na vertente de lazer, o vencedor absoluto da 4ª Maratona Limiana foi Daniel Silva (Barcelos Portugal Team) e o da meia-maratona Hélder Silva Castro (Gnauk Kitchen Design / King Gates / Blisq Creative).

A 4ª Maratona Limiana teve o apoio do Município de Ponte de Lima, Federação Portuguesa de Ciclismo, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Cision, Salvaggio, Arrecadações da Quintã e Bike Magazine (revista oficial).

O Campeonato do Minho de BTT XCM - Raiz Carisma prosseguirá com a 2ª Maratona de BTT de Melgaço (19 de março, Melgaço), 3ª Maratona BTT de Paredes de Coura (4 de junho, Paredes de Coura) e a 4ª Maratona BTT - Berço do Alvarinho (8 de outubro, Monção).

Fonte: ACM

"Egor Sillin da Katusha para a RP-Boavista"

Já com a temporada em pleno andamento, é sempre tempo, para reforçar a equipa, principalmente quando se trata de ciclistas de gabarito internacional, como o caso de EGOR SILIN.

O russo de 28 anos, proveniente da equipa World Tour da Katusha, formação que representou em 2016, é o reforço de última hora da RP-BOAVISTA, fortalecendo o lote de trepadores da equipa axadrezada.

Com um excelente palmarés, Egor Silin foi 15º na Volta a Espanha no ano passado, tendo terminado uma das etapas mais duras da prova, que terminou no alto do Aubisque na terceira posição. Ainda em 2016,  Silin terminou a Volta a Itália na 38ª posição.

As conversações com Egor Silin remontam à Volta ao Algarve, mas só agora foi possível a sua contratação.

“As informações que tive foram muito positivas, pois quer o José Azevedo quer o Tiago Machado me aconselharam a assinar pela RP-BOAVISTA. Vou tentar dar o máximo, de forma a relançar a minha carreira a nível internacional. Estou com muita vontade de começar a correr, preparei-me bem na zona de Alicante, onde o clima é mais propício. Regressei agora da Rússia, onde estive cerca de 15 dias e espero já correr no próximo domingo [na prova internacional Clássica Aldeias do Xisto] “- afirmou o ciclista russo na sua chegada ao Estádio do Bessa.

José Santos, diretor desportivo da equipa, admitiu que a chegada do ciclista russo pode dar mais força à equipa:

“O Egor é um ciclista proveniente do World Tour, o que é sempre um bom cartão de apresentação. Tem boas referências na montanha e a sua contratação vem ao encontro do tipo de ciclista que nos faltava na equipa. Temos uma tradição de coletivo na alta montanha, que queremos manter, e a entrada do Egor pode preencher a lacuna que sentíamos. Com esta contratação a equipa fica mais forte.”

Egor Silin: Palmarés completo

Principais resultados:

Vencedor de etapa no  Jayco Herald Sun Tour  (2011)

1º Coppa Della Pace - Trofeo F.lli Anelli  (2009)

15º GC Vuelta a España  (2016)

6º GC Int. Österreich-Rundfahrt-Tour of Austria  (2015)

10º GC Tour Down Under  (2014)

3º Etapa do Aubisque na Vuelta a España  (2016)

6º Tre Valli Varesine  (2011)

38º Giro de Itália (2016)

Fonte: RP/Boavista

“Tirreno-Adriático: Peter Sagan vence terceira etapa”

Australiano Rohan Dennis (BMC) subiu à liderança

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe) venceu esta sexta-feira ao sprint a terceira etapa da Tirreno-Adriático, na qual o australiano Rohan Dennis (BMC) subiu à liderança.
Os 204 quilómetros que o pelotão cumpriu entre Monterotondo Marittimo e Montalto di Castro foram concluídos por Sagan em 4:51.59 horas, à média de 41,9 quilómetros/hora, numa etapa em que Rohan Dennis destronou do comando o seu colega e campeão olímpico Greg Van Avermaet, embora ambos com as mesmas 11:07.13 horas.

Com esse tempo também está o italiano Damiano Caruso e o norte-americano Tejay van Garderen, também da BMC.
"Todos estávamos com medo do vento, principalmente nos últimos 50 quilómetros, mas nada aconteceu. Nos dois últimos quilómetros houve vento cruzado, que não foi bom, e alguns ciclistas ficaram para trás, tornando tudo mais fácil. Parabéns à minha equipa, que fez excelente trabalho", disse o duplo campeão do mundo no final.

O italiano Elia Viviani (Sky) lançou o 'sprint' a 500 metros da meta, mas o campeão do mundo teve mais pernas e ganhou sem problemas, num pódio que ficou completo pelo belga Jurgen Roelandts (Lotto).
A etapa teve um grupo de sete corredores em fuga até 24 quilómetros da meta e uma queda a dois quilómetros do fim reduziu o número de possíveis intervenientes no 'sprint' decisivo.
Rui Costa (UAE) foi 25.º e Nelson Oliveira (Movistar) 41.º, com o mesmo tempo do vencedor: o primeiro subiu um posto para 30.º, a 1.08 minutos, enquanto o segundo galgou três posições para 77.º, a 7.21.
No sábado, os ciclistas percorrem 187 quilómetros da etapa rainha entre Montalto di Castro e Terminillo, concluída com uma subida de 16 quilómetros, com desnível de 7,3 por cento.

Fonte: Record on-line

“Paris-Nice: Simon Yates vence sexta etapa”

Francês Julian Alaphilippe continua na liderança da prova

Por: Lusa

O ciclista britânico Simon Yates (Orica) venceu esta sexta feira isolado a sexta etapa da clássica Paris-Nice, enquanto o francês Julian Alaphilippe (Quick Step) manteve a amarela, embora com avanço reduzido.
Yates, que atacou a menos de 20 quilómetros da meta, antes da última subida da tirada, cumpriu os 193,5 quilómetros entre Aubagne e Fayence em 4:27.51 horas, sendo secundado pelo colombiano Sergio Henao (Sky), a 17 segundos, e o australiano Riche Porte (BMC), a 26.
Julian Alaphilippe, que foi quarto, a 29 segundos, continua líder, mas perdeu uma dúzia de segundos para Henao, outro pretendente ao triunfo final. Alaphilippe tem agora 36 segundos de avanço para o compatriota Tony Gallopin e 46 para Henao.
José Mendes (Bora), único português em competição, foi 139.º, a 23.38, e caiu dois lugares, para 149.º, a 1:03.33 horas do líder.
No sábado, a prova chega ao ponto mais alto da sua história, em 75 edições: a penúltima etapa termina em Nice, no Couillole, nos Alpes marítimos, a 1.679 metros de altitude, após uma ascensão de 15,7 quilómetros.

Fonte: Record on-line

“Paris-Nice: Alaphilippe bate Contador2"

Ciclista francês impôs-se no contrarrelógio individual

Foto: EPA

Alberto Contador estudou bem o percurso do contrarrelógio individual do Paris-Nice, cujo final coincidia com uma contagem de montanha. Só não contou com um surpreendente Julian Alaphilippe, que superou o tempo do espanhol em 19 segundos.
O francês da Quick Step é agora também o novo líder da Corrida do Sol, com 33 segundos a menos que o compatriota Tony Gallopin (Lotto Soudal), terceiro na etapa (a 20 segundos). O espanhol da Trek é 8.º da geral (era 21.º), com mais 1.31 minutos.

"A corrida pode ser um duelo entre o Alaphilippe e o Gallopin. Agora eles são os favoritos. Estarei em segundo plano", disse Alberto Contador.

José Mendes (Bora) foi 58º na etapa (a 1.57 m), estando em 151º da geral (a 40.34 m).

Fonte: Record on-line