sábado, 10 de fevereiro de 2018

“LA-Alumínios na 44ª Volta ao Algarve.2018”

Por: José Morais

Cartaz: LA-Alumínios

A LA- Alumínios, Equipa Continental 100% Portuguesa, vai estar na 44ª edição da Volta ao Algarve, que se realiza de 14 a 18 de fevereiro.

A equipa vai ser composta por David Ribeiro, Fábio Mansilhas, Fábio Oliveira, Gonçalo Leaça, João Fernandes, Júlio Gonçalves, Nuno Almeida, Patrick Videira, Paulo Silva e Rafael Apolinário.

A AA- Alumínios arranca para a nova temporada bastante motivada, esperando assim poder conseguir bons resultados, por cá, nós vamos estar atentos ao desenrolar das provas.

 

“LIBERTY SEGUROS-CARGLASS QUER MANTER A FILOSOFIA”

Equipa vai para a quarta época

Por: Ana Paula Marques

A Liberty Seguros-Carglass, de Oliveira de Azeméis, vai para a 4ª época, mas este ano com ‘acesso’ às principais corridas, como a Volta ao Algarve e Volta a Portugal, por força de alterações nos regulamentos da Federação Portuguesa de Ciclismo. Mas há uma coisa que não muda. "O objetivo é manter a filosofia. Este projeto existe para formar ciclistas e lançar futuros campeões", disse-nos o diretor-desportivo da equipa, Manuel Correia.

Exemplo desta máxima são os gémeos Ivo e Rui Oliveira, agora na Axeon, sendo que no final de 2017 deixaram a equipa Luís Gomes para a RP-Boavista e Tiago Ferreira para a W52-FC Porto.

"Em provas como a Volta ao Algarve ou Volta a Portugal será difícil obter grandes resultados, mas é o que menos importa. Queremos aproveitar a oportunidade de correr estas provas, não só pelos ciclistas, como dar maior visibilidade aos patrocinadores e até angariar outros", frisou o antigo ciclista, que também já orientou Rui Costa.

Fonte: Record on-line

“ELIA VIVIANI VENCE VOLTA AO DUBAI”

Magnus Cort Nielsen e Sonny Colbrelli completam pódio final

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista italiano Elia Viviani (Quick-Step Floors) conquistou a Volta ao Dubai, depois de vencer ao sprint a quinta e última etapa, que terminou no City Walk da cidade dos Emirados Árabes Unidos.

No final dos 132 quilómetros da tirada, que se iniciou no Skydive Dubai, Viviani, que gastou 3:05.28 horas, impôs-se ao austríaco Marco Haller (Katusha-Alpecin) e ao britânico Adam Blythe (Aqua Blue).

Com este triunfo, Viviani confirmou a liderança alcançada após a vitória na segunda etapa e terminou a prova com 12 segundos de avanço sobre o dinamarquês Magnus Cort Nielsen e 14 sobre o italiano Sonny Colbrelli (Barhain Merida).

Fonte: Record on-line