segunda-feira, 20 de maio de 2019

“14º Passeio “Os Cansados de Marinhais”

Dia 2 de Junho de 2019

Texto: José Morais/pesquisa Wikipedia

 Cartaz: Notícias do Pedal/Cansados de Marinhais

É um dos atuais e divertido Grupo de Cicloturismo do pelotão nacional, estão presentes em quase todos os eventos, chegando a dividir o seu grupo para participar num passeio quando no mesmo surgem mais do que um, correm os diversos pontos do país, marcando sempre a sua presença, são conhecidos pelos “Cansados”, mas sempre muitos ativos.

Inovação é o que não falta a este grupo amantes da bicicleta e cicloturismo, o seu presidente, incansável para proporciona sempre os eventos que organizam, e apresentar novidades, em 2017 foi um helicóptero, em 2018 um balão, e este ano tudo preparado para serem os dois em conjunto, num passeio marcado sempre por muita adesão, com participantes oriundos de diversos locais do país.

A edição de 2019, a 14º vai para a estrada no próximo dia 2 de junho, a concentração será feita no recinto de festas de Marinhais a partir das 8 horas. Pelas 9 horas está marcada a partida do pelotão, que espera a organização juntar um número considerado de participantes.

Num passeio que muito promete, e onde haverá mais um ano fotos e imagens tiradas do ar, da longa caravana que este passeio costuma juntar, num trajeto excelente para rolar.

Para informações e inscrições as mesmas podem ser feitas para o mail: friotecnica.marinhais@gmail.com

Telefones: 914 272 399 - 917 190 229 - 963 490 506

Marque já na sua agenda e venha participar neste passeio que muito promete, faça como nós, vamos marcar presença para reportagem completa do evento, e ainda com diretos dos melhores momentos do evento.

Participe…

E para melhor conhecer o local aqui fica um pouco da história de Marinhais:

Marinhais é uma freguesia portuguesa do concelho de Salvaterra de Magos, com 38,74 km² de área e 6 336 habitantes (2011). Foi elevada ao estatuto de vila em 9 de Julho 1985. A densidade populacional da freguesia é 163,6 hab/km².

Casebres dispersos, terrenos incultos, estradas de areia, por aqui passava o Rei D. Miguel quando, de vilegiatura em Salvaterra de Magos, ia caçar veados na Tapada.

Esta localidade foi denominada durante séculos como "Foros de Muge", dado que todos os terrenos pertenciam à Freguesia de Muge, sob a forma de baldios.

Davam nas vistas as enormes extensões de terreno cobertas de camarinheiros (plantas empetráceas que produzem frutos pequenos e redondos chamados "camarinhas") em tal quantidade que a designação de Foros de Muge foi, a pouco e pouco, pelo Rei e sua comitiva, substituída pela de "Camarinhais".

É difícil traçar uma evolução histórica sobre Marinhais, pois os seus primeiros habitantes não eram das redondezas mas originários de norte do país, nomeadamente da zona de Pombal, Soure e Cantanhede.

Dos principais marcos históricos, destaca-se o ano de 1875, como a data provável de construção da Capela de S. Miguel Arcanjo. A inauguração da estação de caminho-de-ferro em 1902 foi outro notável acontecimento, estando o próprio Rei D. Carlos presente.

Não se sabe se por deturpação da designação de Camarinhais, se pelo propósito de a simplificar, foi dado definitivamente à aldeia o nome de "Marinhais".

De todos os acontecimentos aquele que mais marcou a ascensão de Marinhais foi a criação da freguesia em 1927.

“Circuito de Biatle Portugal Tour 2019”

CAMPEONATO NACIONAL DE BIATLE EM TORRES NOVAS

Por: Paulo Vieira

Numa organização da Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas, em parceria com a Federação Portuguesa de Pentatlo Moderno e o apoio do Município de Torres Novas, realizou-se no passado domingo, 12 de maio, nas Piscinas Municipais Fernando Cunha e no Jardim das Rosas em Torres Novas, a 3ªetapa do Circuito de Biatle Portugal Tour 2019, que foi simultaneamente a prova única do Campeonato Nacional de Biatle, com a presença de 220 atletas em representação de 15 clubes.

 A Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas esteve presente com 34 atletas que alcançaram 19 pódios individuais nos vários escalões, e 7 títulos de Campeões Nacionais, numa competição disputada em formato de Biatle Outdoor, ou seja, com os atletas a realizarem dois segmentos de corrida, com distâncias entre os 200m e 1.600m, e pelo meio um segmento de natação, em distâncias que variaram entre os 50m e 200m.

Começando pelos mais novos, Santiago Magalhães subiu ao pódio em 2º lugar em SUB-9, Francisca Leirião alcançou o 1ºlugar e Maria Sousa o 2º em SUB-11. Em SUB-13, Mateus Nascimento venceu a sua prova e Guilherme Neves foi 3ºclassificado.

João Nuno Batista venceu sem dificuldade o escalão de SUB-15, Pedro Afonso Razões acompanhou-o no pódio subindo ao 2ºlugar, e Martim Salvador foi 3ºclassificado.

Duarte Santos e Gustavo do Canto subiram ao pódio na 2ª e 3ªposições no escalão de SUB-17.

Em SUB-19, mais um pódio totalmente torrejano com Gonçalo Balbino no 1ºlugar, João Correia no 2º e Abel Afonso no 3º, enquanto em femininos, Margarida Razões alcançou o 2ºlugar.

No escalão de Juniores, Joana Miranda venceu a sua prova.

Catarina Neves no 1º lugar e Vânia Cambé no 2º subiram ao pódio no escalão de M40+, e em masculinos também o 1ºlugar foi para Marco Sousa e o 2º para Gonçalo Neves.

Fonte: Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas



 

“Taça de Portugal de Cadetes/António Morgado festeja Taça com novo triunfo em Anadia”

Depois de ter vencido a prova de contrarrelógio integrada no programa da Fase Final da Taça de Portugal de Cadetes, assumindo a liderança do troféu, António Morgado repetiu-se na vitória, desta feita na prova em linha disputada em Anadia.

A competir com as cores da Escola de Ciclismo de Alexandre Ruas, Morgado bateu sobre o risco o rival João Leite (União Ciclista da Trofa) que terminou com o mesmo tempo do vencedor, 2h08m08s.

A prova de fundo da Fase Final da Taça de Portugal de Cadetes, com 80 quilómetros de extensão, ligou a localidade de Fogueira ao Monte Castro, numa chegada em subida cuja seletividade premiou o mais forte corredor cadete do troféu. João Gomes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) no alto do Monte Castro foi terceiro classificado, a cinco segundos do vencedor.

A ordem de chegada da prova de fundo não promoveu alterações determinantes na classificação final e selou o alinhamento do ranking final da Taça de Portugal de Cadetes. Na conquista do troféu, António Morgado somou 185 pontos, contra os 156 pontos obtidos por João Gomes, segundo classificado. O fecho do pódio foi obra de Rodrigo Paiva (Grupo Desportivo de Lousa), com 138 pontos. Na tabela do ranking da Taça de Portugal de Cadetes pontuaram 104 corredores.

Na classificação final por equipas, o Grupo Desportivo de Lousa levou a melhor diante do conjunto da Anipura-GDM-Escola Alexandre Ruas e da União Ciclismo da Trofa.

Fonte: FPC

“Taça de Portugal XCM/Ana Antunes e Roberto Ferreira vencem em Estremoz”

Depois dos triunfos de David Vaz e Andrew Henriques nas etapas anteriores da Taça de Portugal de Maratona, o triunfo na categoria de Elite Masculinos sorriu em Estremoz a Roberto Ferreira (BTT Seia).

Na terceira prova pontuável do troféu, a corrida alentejana de 95 quilómetros, com mais de 2400 metros de acumulado positivo, terminou com a vitória isolada do corredor beirão, avantajado em 55 segundos ao colega de equipa, Rodrigo Gomes. Renato Ferreira (Vasconha BTT Vouzela) foi terceiro classificado, a 7m46s.

Na corrida feminina, Ana Antunes (BTTGardunha/Fundão/Create) revelou-se a mais forte e também se estreou a vencer na Taça de Portugal de Maratona. A corredora Elite superiorizou-se a Celina Carpinteiro (BTT Loulé/Elevis) e a Flávia Lopes (Vasconha BTT Vouzela).

Nas restantes categorias foram consagrados os seguintes vencedores: Michel Machado (Vasconha BTT Vouzela) em Master 30; Carlos Rocha (Saertex Portugal/Edaetech) em Master 35; Ana Gonzalez (Mitto X) em Master Femininas 40; Nuno Inácio (Trilho Perdido) em Master 40; João Gomes (BTTGardunha/Fundão/Create) em Master 45; Carlos Soares (Saertex Portugal/Edaetech) em Master 50; Fernando Gonçalves (CTM-Vila Pouca/ CEPSA ) em Master 55; Benjamim Silva (Master 60); Gil Pereira (Batotas/Ponte de Lima) venceu na Classe C Paraciclismo e Tiago Craveiro competiu na Classe D de Paraciclismo.

Fonte: FPC