terça-feira, 14 de janeiro de 2020

“Cofidis é naming sponsor da Volta ao Algarve e reforça aposta na mobilidade”

Por: Teresa Salgueiro

Assinatura do protocolo com a Federação Portuguesa de Ciclismo decorreu hoje ‘Volta ao Algarve Cofidis’ é agora o nome da 46.ª edição de uma das provas mais emblemáticas e mediáticas do calendário nacional da modalidade, que decorre entre 19 e 23 de fevereiro, e reúne algumas das melhores equipas e corredores do pelotão internacional de ciclismo da atualidade. Como prova da aposta da financeira na mobilidade, a Cofidis vai patrocinar também ‘O Ciclismo Vai à Escola’, projeto da Federação Portuguesa de Ciclismo que tem como objetivo ensinar a andar de bicicleta.

Segundo um estudo promovido pela Federação Portuguesa de Ciclismo na região de Lisboa e Vale do Tejo, 20% a 25% dos alunos do primeiro ciclo admitiu não saber pedalar. No entanto, mais de 50% dos alunos que participaram no rastreio prático para avaliar se sabiam pedalar, não tinham esta capacidade. Quando questionados sobre se gostariam de aprender, 86% dos alunos declararam que sim. Estes dados foram a base que levou ao nascimento do projeto que atua principalmente no contexto escolar, junto de crianças e jovens, mas também conta com iniciativas direcionadas para adultos.

“A nossa missão, enquanto empresa, é melhorar a qualidade de vida das pessoas, por isso, queremos ter um papel ativo e um impacto positivo na sociedade. Este compromisso entre a Cofidis e a Federação Portuguesa de Ciclismo surge, assim, neste contexto e vem reforçar a nossa aposta no ciclismo enquanto modalidade para a promoção da mobilidade. Vamos, por isso, desenvolver iniciativas que contribuam para a promoção de um estilo de vida mais ativo, saudável e sustentável,” refere Sébastien Haquette, Diretor Geral da Cofidis Portugal.

“O acordo que hoje assinámos materializa os princípios do ‘novo ciclismo’. Alia o espetáculo, emoção e o impacto nacional e internacional dos grandes eventos desportivos com a responsabilidade social. É dever de todos nós incrementar a atividade física e educar a mobilidade ativa sustentável e para os estilos de vida saudáveis”, acrescenta Delmino Pereira, Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo. 

O primeiro curso que pretende ensinar, não só, colaboradores e clientes da Cofidis, mas também o público em geral a andar de bicicleta, já tem data e local. Terá lugar no Complexo Desportivo do Jamor, no dia 25 de janeiro, e serão os técnicos especializados da Federação que ministrarão as aulas. A Cofidis disponibilizará mais informação sobre as inscrições no seu site em www.cofidis.pt .

Pela terceira vez, a Cofidis dá também nome ao Algarve Granfondo, prova dedicada a ciclistas amadores e que pretende promover a prática desportiva. Com partida e chegada a Lagoa acontece a 23 de fevereiro, dia da última etapa da corrida. Esta é uma prova que se divide em Mediofondo (78,7 quilómetros) e Granfondo (121 quilómetros) e que se destina aos participantes em melhor condição física, capazes de aceitar um desafio exigente de subir ao ponto mais alto da região, a Fóia, local emblemático da competição e do ciclismo português.

Durante a volta ao Algarve, ‘O Ciclismo Vai à Escola’ estará presente nas primeiras três etapas, em Portimão, Sagres e Faro, num convite para que as escolas daqueles municípios se associem à competição e levem os alunos a pedalar nas gincanas. 

No fim-de-semana, a 22 de fevereiro, em Albufeira, a Cofidis vai promover a ação ‘O Passeio da Família’, onde as famílias poderão participar num pequeno passeio, ter aulas de bicicleta e onde estará presente uma gincana da iniciativa.


Sobre a Cofidis Portugal 

A Cofidis é uma sociedade financeira que criou um conceito simples e inovador: o crédito ao consumo à distância. Em Portugal desde 1996, a Cofidis conta com uma equipa constituída por cerca de 800 colaboradores e acompanha os clientes e parceiros numa relação sustentável e personalizada, conquistando uma posição de referência na venda e na gestão do crédito a particulares.

Fonte: Cofidis

“INEOS confirmada na 46.ª Volta ao Algarve”

Prova decorre entre 19 e 23 de fevereiro

Por: LUsa

Geraint Thomas • Foto: EPA

A britânica INEOS vai juntar-se a outras 10 equipas do WorldTour na 46.ª Volta ao Algarve, que vai decorrer entre 19 e 23 de fevereiro, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

A formação de Egan Bernal, Geraint Thomas e Chris Froome, os últimos três vencedores da Volta a França, estará novamente na 'Algarvia', prova que venceu por três vezes nas últimas cinco edições, por Michal Kwiatkowski (2018) e Thomas (2015 e 2016).

O anúncio da presença da INEOS foi feito durante a cerimónia de assinatura dos contratos de patrocínio com a Cofidis, 'naming sponsor' da Volta ao Algarve, em Lisboa.

A corrida, em 2020 promovida à categoria UCI ProSeries, vai contar assim com a presença de 11 WorldTeams, entre as quais quatro das cinco melhores do 'ranking' mundial: a belga Deceuninck-QuickStep (1.ª), a alemã Bora-hansgrohe (2.ª), a UAE Emirates (4.ª) e a cazaque Astana (5.ª).

O lote de equipas do principal escalão do ciclismo mundial fica completo com a belga Lotto Soudal, a norte-americana Trek-Segafredo, a francesa Groupama-FDJ, a alemã Sunweb, a Israel Starp-Up Nation e a polaca CCC.

A 46.ª Volta ao Algarve, que vai ser disputada entre 19 e 23 de fevereiro, vai contar ainda com cinco ProTeams, o patamar imediatamente a seguir da hierarquia internacional: as espanholas Caja Rural e Fundación-Orbea, as belgas Alpecin-Fenix e Circus-Wanty Gobert e a Uno-X Norwegian Development.

Entre as 24 equipas participantes estarão também oito portuguesas, as continentais Aviludo-Louletano, Atum General-Tavira, Efapel, Kelly-InOutBuid, LA Alumínios, Miranda-Mortágua, Rádio Popular-Boavista e W52-FC Porto.

A próxima edição da 'Algarvia', que arranca em Portimão e termina com um contrarrelógio em Lagoa, vai ter cinco etapas e um total de 771,4 quilómetros.

Fonte: Record on-line