terça-feira, 13 de setembro de 2016

“Fernando Silva e Ana Leite venceram o 17º DHI ACRAP – Proselo”

Fernando Silva e Ana Leite, Campeões do Minho de Down Hill, foram os vencedores em elites do 17º DHI ACRAP - Proselo, quinta prova do Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION disputada em Proselo (Arcos de Valdevez).

Com créditos firmados no panorama do BTT Down Hill e depois de ter acolhido o Campeonato Nacional de 2016, a prova de Proselo, organizada em conjunto pela da ACRAP - Associação Cultural e Recreativa Amadora Proselense e pela Associação de Ciclismo do Minho, decorreu nas imediações do Campo de Futebol da Acrap.

Campeão do Minho de DHI em 2015, Fernando Silva (RG-Centro Óptico de Fafe) venceu em elites o 17º DHI ACRAP - Proselo, obtendo o melhor registo de tempo absoluto na manga de qualificação e na manga final. A equipa RG-Centro Óptico de Fafe dominou o pódio de elites com os pilotos Luís Costa e Rui Teixeira a ocuparam o segundo e terceiro lugares.

Ana Leite (Bicicleta Clube de Felgueiras) venceu o escalão de elites femininas.

Em juniores, o mais rápido na pista do 17º DHI ACRAP - Proselo foi Rui Ribeiro (Desportivo Jorge Antunes) com Guilherme Freitas (CMB/Doctor Bike) e André Silva (Desportivo Jorge Antunes) a obterem, respetivamente, o segundo e terceiro melhores registos de tempo.

Em cadetes, o Campeão do Minho João Teixeira (RG - Centro Óptico de Fafe) foi o mais veloz em Proselo alcançando o primeiro lugar, deixando nas restantes posições do José Silva (Desportivo Jorge Antunes) e Rafael Dorado (Club Ciclista O Rosal).

Rui Silva (RG/Centro Óptico de Fafe)venceu em master 30, completando o pódio Miguel Andrade (FAC-Famalicense Atlético Clube) e Manuel Bessa (Desportivo Jorge Antunes).

Maurício Conceição (RG/Centro Óptico de Fafe) venceu em master 40, tendo Antero Oliveira (Bicicleta Clube de Felgueiras) alcançado o segundo lugar e Nuno Almeida (Moto Galos DH Team / ACR Roriz) o terceiro.

Em master 50 venceu Augusto Pedrosa (Desportivo Jorge Antunes). Na promoção, o melhor a descer a pista de Proselo foi Ricardo Amorim.

Coletivamente a vencedora foi a equipa Campeã do Minho em 2015, a formação Restauradores da Granja - Centro Óptico de Fafe, seguindo-se o Desportivo Jorge Antunes e o FAC - Famalicense Atlético Clube.

O 17º DHI ACRAP teve o apoio da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Junta de Freguesia de Prozelo, IPDJ,Federação Portuguesa de Ciclismo, Cision, Arrecadações da Quintã, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe e Bike Magazine (revista oficial).

A última prova Campeonato do Minho de BTT DHI - Cision será o 4º BTT DHI de Sendim a disputar no dia 2 de outubro em Sendim (Felgueiras).

Fonte: ACM

“Movistar prolonga contrato com Nairo Quintana até 2019”

Entre os ciclistas Movistar Team está o português Nelson Oliveira, vencedor de uma etapa da ‘Vuelta’ de 2015.
Quintana é o novo camisola vermelha
O diretor desportivo da equipa de ciclismo Movistar, Eusebio Unzué, anunciou a renovação de contrato com o colombiano Nairo Quintana, vencedor da Volta a Espanha, até 2019.
"Queremos anunciar a extensão do contrato com Nairo até 2019", informou Unzué na sede da empresa de telecomunicações espanhola Telefónica, onde também foi celebrada a renovação de contrato de patrocínio entre as duas entidades também até 2019.
"É uma honra e uma grande alegria anunciar que Telefónica renova com a Abarca Spots até 2019", escreveu a Movistar na sua página oficial de Twitter.
O diretor desportivo da Movistar disse também que a prolongação de contrato com o ciclista espanhol Alejandro Valverde estaria "próxima".
Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Seleção Nacional/Liberty Seguros/ Campeonato da Europa de Estrada

Portugal inicia Europeu com contrarrelógios de sub-23 e juniores

A Seleção Nacional/Liberty Seguros inicia, nesta quarta-feira, a participação no Campeonato da Europa de Estrada, que decorre, até domingo, na Bretanha, França. As primeiras corridas com lusos em acção são os contrarrelógios de juniores e de sub-23.

Os exercícios individuais vão disputar-se nesta quarta-feira, ao longo de 25 quilómetros, entre Jossin e Plumelec. As duas provas têm exactamente o mesmo percurso, com final na Côte do Cadoudal, que, nos contrarrelógios, não será subida em toda a sua extensão, embora ainda conte cerca de um quilómetro de ascensão.

Os primeiros a entrar em acção são os juniores Daniel Viegas e João Almeida. O representante nacional em sub~23 é Ivo Oliveira. Os horários de partida serão conhecidos ao final da tarde desta terça-feira.

“O percurso do contrarrelógio está bem desenhado e é equilibrado, conjugando alguns topos com as partes mais planas. O percurso é bom. Esperamos poder melhorar o que fizemos no ano passado, tanto em sub-23 como em juniores”, afirma o selecionador nacional, José Poeira.

Há um ano, o melhor resultado em juniores foi alcançado por João Almeida, que ficou na 38.ª posição. O melhor sub-23 foi Gaspar Gonçalves, no 18.º lugar. Ivo Oliveira vai estrear-se em Europeus de estrada enquanto sub-23 e está expectante quanto à prova desta quarta-feira.

“Não gosto muito de percursos totalmente planos e este tem várias subidas, vai ser preciso aplicar muita potência. Fiz hoje o reconhecimento do percurso e agradou-me o traçado. No entanto, como é o primeiro contrarrelógio que faço, a este nível, como sub-23 ainda não sei bem o que esperar em termos de resultado”, admite Ivo Oliveira.

“Só posso prometer dar o meu melhor. O percurso é duro, não tem grandes zonas de descanso. Gosto deste contrarrelógio. Acredito que posso fazer um bom resultado, até porque me sinto melhor do que no ano passado”, diz João Almeida.

Daniel Viegas admite que não conhece bem os adversários, mas garante que vai “dar o máximo para tentar um top 20. O percurso enquadra-se nas minhas caraterísticas, porque é plano com alguns topos. A maior dificuldade é a subida para a meta. Será preciso guardar alguma energia para o final”.

Nelson Oliveira, que hoje chegou ao quartel-general da Seleção Nacional/Liberty Seguros, instalado em Vannes, irá competir na quinta-feira, no contrarrelógio de elite, uma prova de 44 quilómetros.

Entre sexta-feira e domingo vão disputar-se as corridas de fundo. Para a prova de elite estão convocados André Cardoso (Cannondale-Drapac), José Gonçalves (Caja Rural-Seguros RGA), José Mendes (Bora-Argon18), Rui Costa (Lampre-Merida), Sérgio Paulinho (Tinkoff) e Tiago Machado (Katusha). A participação de José Mendes é uma incógnita. O departamento clínico da Seleção Nacional/Liberty Seguros está ainda a analisar o estado físico do corredor, ao qual o departamento médico da equipa Bora-Argon18 recomendou repouso, depois de o ciclista terminar a Vuelta com dores esquelético-musculares.

A Seleção Nacional/Liberty Seguros de sub-23 será formada por André Carvalho, Ivo Oliveira e Luís Gomes (Liberty Seguros/Carglass) e por Nuno Bico (Klein Constantia).

Portugal vai também ter em competição quatro juniores, João Almeida e Daniel Viegas (Bairrada), Pedro Lopes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) e por Pedro Teixeira (ACDC Trofa).

A representação feminina estará a cargo da elite Daniela Reis (DN17 Poitou Charentes) e da júnior Soraia Silva (Bairrada).

Provas com participação de portugueses

14 de setembro

11h00: Contrarrelógio de Juniores Masculinos – 25 km

13h30: Contrarrelógio de Sub-23 Masculinos – 25 km

15 de setembro

13h00: Contrarrelógio de Elite Masculinos – 44 km

16 de setembro

9h00: Prova de Fundo Juniores Femininas – 69,5 km

12h30: Prova de Fundo Juniores Masculinos – 125,1 km

17 de setembro

8h00: Prova de Fundo Sub-23 Masculinos – 152,9 km

13h00: Prova de Fundo de Elite e Sub-23 Femininas – 111,2 km

18 de setembro

9h30: Prova de Fundo de Elite Masculinos – 236,3 km

Horários apresentados de acordo com a hora portuguesa

Fonte: FPC

“9.ª Pedalada pelo Ambiente”

Inscrições gratuitas até 14 de setembro

Numa ação de sensibilização para o uso dos transportes alternativos como forma de proteção do meio ambiente e, em simultâneo, para o combate ao sedentarismo realiza-se no dia 18 de setembro um passeio de bicicleta, de 20 km, pelo Concelho (da Castanheira do Ribatejo à Póvoa de Santa Iria). Desprovida de competição, esta volta é preenchida de convívio salutar e de apelo à reflexão sobre a nossa própria pegada ecológica. Participe!

À semelhança das edições anteriores, a CP irá apoiar o Evento com uma tarifa especial (2,00€) para bilhetes ida e volta (mediante apresentação do comprovativo de inscrição no evento), no dia 18 de setembro, nas quatro Linhas da CP Lisboa (os clientes deverão possuir cartão "Viva Viagem"). Assim traga a sua bicicleta de comboio e venha participar!

Fonte: Câmara Municipal Vila Franca Xira

“No Centro Nacional de Exposições, em Santarém, de 14 a 16 de Outubro”

Festival Bike: Três dias dedicados ao Mundo da bicicleta

Por: Pedro Oliveira

As principais novidades do mercado do munda da bicicleta vão ser apresentadas durante a 13ª edição do Festival Bike Festival Bike Portugal – Festival Internacional da Bicicleta, Equipamentos e Acessórios e Salão de Ciclismo Profissional, que decorre de 14 a 16 de Outubro no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e que promete ser, uma vez mais, o centro das atenções do sector.

O evento é o espaço privilegiado para conhecer as novidades do mercado e um ponto de encontro para todos aqueles que de forma profissional, desportiva ou de lazer se encontram ligados a este ramo.

O certame é a referência do mercado nacional e tem como objectivo realçar as marcas e as empresas nacionais e internacionais que operam nesta área.  Importadores, lojistas, distribuidores, organizadores de eventos, comunicação social, atletas profissionais e amadores, e muito público interessado, transformam o Festival Bike num evento único e incontornável.

Por outro lado, a qualidade e a diversidade de produtos em exposição, a oportunidade de apresentação de novos modelos de bicicletas, equipamentos e acessórios, o envolvimento de empresas e entidades promotoras da Bicicleta enquanto meio saudável para a prática desportiva ou para momentos de lazer, têm contribuído para o crescimento sustentado do Festival Bike. 

 

Exposição de Equipamentos e Acessórios

O Festival Bike reúne durante três dias as principais empresas do sector e concentra num só local os principais importadores, distribuidores, retalhistas, técnicos, e profissionais que trabalham neste ramo tendo como objectivo a realização de contactos e negócios.

Com espaço para venda directa de bicicletas, equipamentos e acessórios, o certame coloca em evidência algumas das principais marcas existentes no mercado. Os sectores em exposição são muitos e variados como Associações, Centros de Estágio, Clubes, Comunicação Social, Federações e Outras Entidades Oficiais, Ginásios, Hotelaria e Ecoturismo, Importadores e Fabricantes, Lojas de Bicicletas e Equipamentos, Organizadores de Eventos Desportivos, Parques Desportivos e Centros de Férias, Suplementos Alimentares, Taças e Troféus ou Vestuário.

O Festival Bike também dedica um espaço aos criadores de bicicletas. Uma excelente oportunidade para criadores individuais de modelos exclusivos de bicicletas as possam expor e apresentar ao público.

 

Provas e demonstrações animam Festival Bike

O Festival Bike volta a contar com diversas atividades, proporcionando aos visitantes uma escolha ampla e variada de carácter lúdico e competitivo, tais como Maratona BTT, Cicloturismo, Granfondo, Duatlo, Passeio de Bicicletas Antigas, BMX, Dirt, entre outras.

 

Maratona BTT

Como habitualmente, o Festival Bike acolhe uma das maiores maratonas de BTT que se realiza em Portugal. A décima segunda edição desta conceituada prova será uma grande festa do BTT e os corredores poderão também disfrutar da maior exposição de Bicicletas e acessórios da Península Ibérica. No dia 15 de Outubro o ponto de encontro para todos os praticantes e adeptos do BTT será no CNEMA.

A 1º fase de inscrições da 12ª Maratona BTT Festival Bike já começou e decorre até ao dia 16 de Setembro. A 2ª fase realiza-se entre 17 de Setembro e 7 de Outubro. As inscrições podem ser efectuadas unicamente na plataforma on-line da Maratona em www.racetime.pt/maratonafestivalbike. Caso tenha dúvidas sobre as inscrições ou pretenda esclarecimentos adicionais deverá enviar um e-mail para suporte@fullsport.pt ou contactar o Gestor do Evento (Sr. Nuno Braz) através do telefone 256 305 309.

 

Tejo e Serras Granfondo Festival Bike

Certame vai acolher a 15 e 16 de Outubro o Tejo e Serras Granfondo Festival Bike, um evento de ciclismo de estrada, há muito desejado pelos inúmeros visitantes deste evento inteiramente dedicado ao mundo da bicicleta.

 

No sábado os ciclistas serão desafiados a transpor as Serras de Montejunto e Candeeiros por entre zonas de paisagem protegida. No segundo dia as áreas aplanadas que dominam o Sul do Tejo são propícias à formação de longos grupos em estradas com trânsito reduzido, podendo-se rolar a velocidade mais elevada, tão do agrado de todos os ciclistas.

Existirão em ambos os dias percursos de longa e média distância, por forma a proporcionar a todos os amantes deste desporto, independentemente do seu nível de preparação, as emoções sentidas numa verdadeira etapa de uma grande volta.  Os mais audazes e bem preparados podem participar em ambos os dias e integrar num troféu que vai premiar a capacidade de superação individual no Tejo e Serras Granfondo. Um evento que vai associar o ciclismo a natureza e a visita à exposição Festival Bike.

 

IX Duatlo Festival Bike

O último dia do Festival Bike 2016 será marcado pela realização da IX edição do Duatlo, competição que traz habitualmente ao CNEMA alguns dos melhores praticantes nacionais da modalidade e várias dezenas de atletas de pelotão, de um desporto com cada vez mais adeptos.

A prova, mais uma vez em circuito fechado, consta de uma corrida de 5 kms, seguindo-se 20 kms de BTT e termina com mais 2,5 km de corrida, com o enquadramento único e espectacular do CNEMA, que permite ao público assistir a grande parte do desenrolar da competição.

 

Passeio de Cicloturismo e Passeio de Bicicletas Antigas

No dia 16 também se realiza o Passeio de Cicloturismo Lisboa / Santarém iniciativa promovida pela  Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (FPCUB) e que contará com largas centenas de praticantes da modalidade.

No mesmo dia o Festival Bike vai contar com a  realização de um Passeio de Bicicletas Antigas, numa organização com o Núcleo Sportinguista da Golegã.

O centro histórico de Santarém vai ser o enquadramento ideal para uma manhã de Domingo em que poderá disfrutar das paisagens e monumentos mais emblemáticos da capital ribatejana.

O ponto de chegada será o Festival Bike, onde os participantes terão entrada gratuita. Para mais informações poderá recorrer aos e-mails nucleo.golega@gmail.pt ou comercial@cnema.pt.

Troféu da Juventude

Ainda no dia 16 o Festival Bike Portugal recebe o 5º Troféu da Juventude, prova que se realiza em colaboração com a Federação Portuguesa de Ciclismo e com o Clube de Ciclismo José Maria Nicolau.

 

O circuito terá a extensão de 900 metros com maior segurança para a prática da modalidade. Os três primeiros de cada escalão, feminino e masculino, e as cinco primeiras equipas terão direito a troféus.

As inscrições devem ser efectuadas on-line, no site da Federação Portuguesa de Ciclismo em www.uvp-fpc.pt e aplica-se para esta prova o Regulamento Geral das Escolas, em vigor.

 

Apresentações, Sessões de Autógrafos e Clubes de Ciclismo

O evento será também palco de Sessões de Autógrafos com algumas das grandes figuras do desporto nacional. Pelo Centro Nacional de Exposições vão passar ciclistas de renome, assim como algumas equipas do ciclismo nacional que trarão as suas viaturas de apoio e que irão promover diversas iniciativas relacionadas com a sua actividade.

Paralelamente, o Festival Bike também pretende estimular a participação do público nos vários eventos que aqui decorrem como workshops, conferências ou sessões de esclarecimento, entre outros.

Com cerca de 15.000 m2 de área de exposição coberta, o Festival Bike é a referência do mercado nacional e uma das mais importantes da Europa. Contando com um vasto programa de actividades, o envolvimento de empresas de renome e com a presença de atletas prestigiados, o evento é incontornável.

Recorde-se que em 2015 o Festival Bike contou com 134 expositores, 26.300 visitantes e mais de 6.500 atletas inscritos nas várias competições.

 

Horário

Sexta-feira, 14/10: 10h00 às 17h (Profissionais)

Sexta-feira, 14/10: 17h às 20h (Público em Geral)

Sábado, 15/10: 10h00 às 20h (Público em Geral)

Domingo, 16/10: 10h às 20h (Público em Geral)

 

Entradas

1 Bilhete: 6,00 € (Válido para apenas 1 entrada) 

Bilhete Feira (3 dias) : 12,00 € (O Bilhete de 3 dias permite visitar a feira a qualquer hora e várias vezes por dia)

Entrada Gratuita para Crianças até aos 11 anos (inclusive)

Parque de Estacionamento: Gratuito

Fonte: CNEMA - Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, S.A.

“Celina Carpinteiro vence primeira etapa do Tour Timor”

Portuguesa vencedora em Manatuto

Por: Lusa

Foto: Facebook Celina Carpinteiro

A ciclista portuguesa Celina Carpinteiro venceu esta terça-feira a primeira etapa do Tour de Timor, disputada entre a capital Díli e a vila de Manatuto.
A etapa, de 82,5 quilómetros, foi cumprida pela portuguesa em cerca de quatro horas. Em segundo lugar ficou a também portuguesa Ilda Silva Pereira e, a fechar o pódio, a britânica Catherine Williamson. Nesta etapa também participou a primeira timorense a competir em bicicleta de montanha nos Jogos Olímpicos, Anche Cabral.
Na seção masculina, o vencedor foi Kirrill Kazantsev, do Cazaquistão, depois de cumprir a etapa em três horas e 16 minutos. O português David Vaz ficou em segundo lugar, seguido por Keerati Sukprasart, da Tailândia. O primeiro timorense a acabar a etapa foi Jacinto de Jesus da Costa.
A segunda etapa, na quarta-feira, liga Manatuto a Quelicai (Baucau) - numa distância de 92,5 quilómetros - e a terceira liga esta localidade e Iliomar (Lautem) a sudeste, com passagem por Uatulari e Uatucarbau (Viqueque) e uma distância total de 83,5 quilómetros. A quarta etapa é entre Iliomar e Com (104 quilómetros) e a quinta entre Lospalos e Baucau, numa distância total de 87 quilómetros.
A edição de 2016 do Tour de Timor é composta por cinco etapas em bicicleta de montanha, contando com 120 participantes de 19 nações, segundo dados oficiais, naquele que é o mais internacional evento a decorrer em Timor-Leste.

Fonte: Record on-line