terça-feira, 16 de outubro de 2018

“Volta a Guangxi: Groenewegen vence primeira etapa”

Ciclista português José Gonçalves chegou integrado no pelotão.

O holandês Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo) venceu hoje ao 'sprint' a primeira etapa da Volta a Guangxi, na China, que o português José Gonçalves (Katusha-Alpecin) terminou integrado no pelotão.

No final dos 107,4 quilómetros, com partida e chegada em Beihai, Groenewegen impôs-se em 2:21.45 horas, à frente do alemão Max Walscheid (Sunweb) e do holandês Fabio Jakobsen (QuickStep-Floors), enquanto Gonçalves concluiu no 56.º posto, com o mesmo tempo.

Na geral da última prova da temporada do WorldTour, o holandês tem dois segundos de avanço sobre o suíço Silvan Dillier (AG2R La Mondiale) e quatro sobre Walscheid, enquanto o único português em prova está a 10.

Na quinta-feira, corre-se a segunda etapa, uma ligação de 145,2 quilómetros, entre Beihai e Qinzhou.

Fonte: Sapo on-line

“Diretor da Trek encontrado inconsciente após algumas horas desaparecido”

«Respira e tem pulso», escreveu a mulher de Steven de Jongh no Twitter

Foto: Lusa

Steven de Jongh, antigo ciclista e atual diretor da Trek, foi encontrado inconsciente horas depois de ter saído de casa para treinar em Girona, Espanha. A mulher estranhou a demora no regresso e deu o alerta do desaparecimento no Twitter.

"Pessoas do Twitter ajudem-me por favor. O meu marido Steven de Jongh saiu de bicicleta e está desaparecido desde as 10h30 na zona de La Ganga. Se estão aí, ajudem-me a encontrá-lo. Foi com uma bicicleta e um fato da Trek. Partilhem por favor", escreveu Renee Meijer esta manhã.

Steven de Jongh foi encontrado com vida como relatou mais tarde a mulher também no Twitter: "Obrigado pessoas amáveis. O helicóptero encontrou o Steven de Jongh. Respira e tem pulso".

O antigo ciclista foi levado para o hospital desconhecendo-se, para já, se as causas do desaparecimento estão relacionadas com um acidente ou com uma possível queda.

Fonte: Record on-line

“Japonês acabou Ironman de Kona aos 86 anos”

Era a sétima participação de Hiromu Inada na prova

Por: Por Fábio Lima

Os japoneses têm... qualquer coisa. Para lá das máquinas que correm maratonas a um ritmo cada vez mais incrível e do citizen runner Yuki Kawauchi, é destaque vindo do Japão o nome de Hiromu Inada, um triatleta que este fim-de-semana completou o Iron Man de Kona, no Hawaii.

O feito não teria espaço a grande destaque, até por causa do tempo feito (16:53:50 horas, a cerca de seis minutos do corte), mas acabou por ser nota de realce em praticamente todos os portais especializados, já que Inada tem... 86 anos!

E mesmo com uma idade tão avançada, o nipónico fez algo provavelmente ao alcance de poucos jovens, ao conseguir completar com êxito os regulamentares 3,86 quilómetros de natação, 180,25 quilómetros de ciclismo e 42,195 quilómetros de corrida.


Tudo conseguido com os seguintes parciais:

Natação: 1:51:26

Ciclismo: 8:02:40

Corrida: 6:28:18

Fonte: Record on-line

“Ciclista morre baleado por caçador após ser confundido com javali”

Marc Sutton era praticante de downhill e tinha 34 anos

Foto: Facebook 1/2

O britânico Marc Sutton, praticante de downhill, morreu perto de uma estância de esqui nos Alpes franceses depois de ter sido confundido por um caçador com um javali. O ciclista, de 34 anos, foi baleado e os serviços de emergência pouco puderam fazer quando chegaram ao local.

Segundo avança a imprensa britânica, o atirador, um homem de 22 anos, pode vir a enfrentar acusações criminais, pois aparentemente estaria a caçar ilegalmente e teria ingerido bebidas alcoólicas.

Sutton estava perfeitamente identificável, pois tinha um capacete e uma bicicleta de montanha coloridos. O acidente aconteceu ao entardecer, por volta das 18 horas de sábado.

Fonte: Record on-line

“Equipa Portugal/Trio português compete pelos pontos na Taça do Mundo de Pista”

Por: José Carlos Gomes

A Equipa Portugal participa, no próximo fim-de-semana, na primeira prova da edição de 2018/2019 da Taça do Mundo de Pista, que irá realizar-se em Saint-Quentin-en-Yvelines, França.

O selecionador nacional, Gabriel Mendes, convocou Ivo Oliveira, João Matias e Miguel do Rego. Os dois primeiros têm a missão de competir nas provas olímpicas, principal objetivo desta participação, enquanto o sub-23 Miguel do Rego vai alinhar em scratch e corrida por pontos.

A Taça do Mundo é uma competição importante tendo em vista a qualificação para os Jogos Olímpicos, devido à grande quantidade de pontos atribuídos. Portugal chegará a França com a ambição de pontuar o mais possível em omnium, através de Ivo Oliveira, e em madison, por intermédio da dupla formada por João Matias e Ivo Oliveira.

A primeira prova com participação portuguesa é a corrida por pontos, na sexta-feira. A prova de qualificação está marcada para as 16h00, enquanto a final irá realizar-se às 20h00. Sábado é o dia marcado para o concurso de omnium, que começa às 11h40 e termina às 18h00. No mesmo dia, corre-se a disciplina de scratch, com apuramento às 13h30 e final às 16h45. No domingo, às 15h00, corre-se a final direta de Madison.

Fonte: FPC