terça-feira, 7 de janeiro de 2020

“Organização da Volta a França convida Akea-Samsic, de Quintana, e B&B Hotels”

Pelotão do Tour soma agora 22 equipas

Por: Lusa

As equipas gaulesas B&B Hotels e Akea-Samsic, na qual alinha o colombiano Nairo Quintana, vão participar por convite na 107.ª edição da Volta a França, anunciou esta terça-feira a organização da prova.

Com a inclusão destas duas formações, o pelotão da mais importante prova velocipédica do mundo, que este ano decorrerá entre 27 de junho e 19 de julho, contará com 22 equipas, seis das quais francesas, um número recorde na última década.

O ciclista colombiano Nairo Quintana, duas vezes segundo e uma terceiro na Volta a França, e vencedor da Vuelta em 2016, transferiu-se em setembro passado da Movistar para a Arkea-Samsic, na qual alinham, entre outros, Warren Barguil, campeão francês em título, Nacer Bouhanni e Diego Rosa.

A 107.ª edição da Volta a França contará, de acordo com o regulamento da União Ciclista Internacional (UCI), com as 19 formações do World Tour, a Total Direct Energie, líder do ranking continental profissional, e as duas formações hoje convidadas.

Fonte: Record on-line

“Chris Froome diz que recuperação «está a correr bem»”

Aos 34 anos ainda pretende voltar a competir

Por: Lusa

Foto: Reuters

O ciclista britânico Chris Froome (INEOS), a recuperar de várias lesões graves desde junho de 2019, disse esta segunda-feira que a recuperação "está a correr bem" e que voltará a treinar na quinta-feira.

"Espero esclarecer esta questão: estive pela última vez numa sessão de treinos no início de dezembro [do ano passado]. A minha recuperação está a correr bem e vou treinar de novo na quinta-feira. Em frente", escreveu o corredor, de 34 anos, na rede social Twitter.

Antes, o diretor da equipa, Dave Brailsford, já tinha demonstrado o seu apoio ao vencedor de quatro Voltas a França, após vários jornais desportivos apontarem problemas na recuperação.

"Está a colocar toda a coragem e determinação no treino, o que o levou a vencer sete 'grandes Voltas', para estar pronto a tempo do arranque do 'Tour' de 2020", explicou, em declarações ao jornal italiano 'Gazzetta dello Sport'.

Em junho, no Critério do Dauphiné, um acidente durante um treino causou-lhe fraturas na coxa, cotovelo, fémur, esterno e várias vértebras, obrigando a várias operações cirúrgicas, a última das quais em novembro do ano passado.

Fonte: Record on-line