sexta-feira, 15 de junho de 2018

“Governo quer mil novos quilómetros de ciclovias em 10 anos, num investimento de 300ME”

Esta aposta, que pretende fomentar a utilização da bicicleta e a mobilidade suave, faz parte do plano nacional para ciclovias.

O ministro do Ambiente disse hoje que o Governo está a ultimar um plano nacional que envolve a construção de mil quilómetros de ciclovias em 10 anos, num investimento de 300 milhões de euros, com apoios comunitários.

“A nossa ambição é construir mil quilómetros de ciclovias” no país, “em 10 anos, investindo 300 milhões de euros financiados através de fundos comunitários”, assumiu o ministro João Pedro Matos Fernandes, em Évora.

Segundo o governante, esta aposta, que pretende fomentar a utilização da bicicleta e a mobilidade suave, faz parte do plano nacional para ciclovias, que o Governo pretende apresentar em julho e integrar no Plano Nacional de Investimentos.

“Estamos muito perto de concluir, queremos mesmo apresentá-lo ainda na 3.ª semana de julho”, este “plano nacional para bicicletas” ou “para ciclovias”, que pretende “colmatar as ligações por ciclovia à escala do país”, afirmou.

João Pedro Matos Fernandes falava aos jornalistas na Universidade de Évora, à margem do lançamento na academia alentejana do projeto nacional U-Bike Portugal, que disponibiliza, de forma gratuita, bicicletas, convencionais e elétricas, à comunidade académica.

O ministro disse ser “difícil de perceber”, num país como Portugal, que “até tem tradição de produção” e de “uso de bicicletas”, que “só 1% das deslocações” seja feito com recurso a este meio de transporte, quando “a média europeia está entre os 7 e os 10%”.

Com plano nacional para ciclovias que está em preparação, o Governo quer aumentar estas infraestruturas, que já existem em muitas cidades, e promover a sua interligação.

“É um plano dirigido a todo o país, mas não faz sentido a construção de uma ciclovia de Melgaço a Vila Real de Santo António. Não podemos olhar para ele como olhamos para uma estrada onde circulam automóveis”, frisou.

O que interessa, realçou, é, “em primeiro lugar, amarrar ciclovias urbanas entre si” e, “em segundo lugar, nos espaços de maior densidade, construir ciclovias como infraestruturas dedicadas, com critérios claros e rigorosos, para que possam existir redes alternativas de circulação”, neste caso “para bicicletas”.

Neste ponto, pensado para “territórios de difuso urbano”, onde se pode “puxar muito mais pelas deslocações de bicicleta”, de acordo com o governante, “o Norte do país tem uma vantagem grande”.

“Se pensarmos em territórios como o Vale do Ave, o Vale do Sousa, o Oeste, a Bairrada” ou em “algumas partes do Algarve, temos aqui espaços onde, com ligações de 10, 12, 15 quilómetros exclusivas para as bicicletas”, existe “um potencial muito grande para aumentar a circulação em segurança” neste meio de transporte sustentável, indicou.

Como terceiro critério, acrescentou o ministro, o plano está pensado ainda para “territórios como o Alentejo”, em que, a partir do centro das cidades, possam ser construídas infraestruturas cicláveis radiais, na envolvente desses centros urbanos, para servir “quem entra e sai da cidade”.

Fonte: Sapo on-line

“THIBAUT PINOT ANUNCIA AUSÊNCIA DO TOUR”

Vai apostar na Volta a Espanha e nos Mundiais de estrada

Por: Lusa

Foto: Getty Images

O francês Thibaut Pinot (Grupama-FDJ) anunciou esta sexta-feira a sua ausência da edição de 2018 da Volta a França, que vai ser disputada entre 7 e 29 de julho.

O terceiro classificado na Grande Boucle de 2014 abandonou o Giro, devido a um estado febril decorrente de um princípio de pneumonia, e decidiu abdicar do Tour para apostar na Volta a Espanha e nos Mundiais de estrada.

"Voltei à bicicleta ontem, apenas para voltar a pedalar e pensar noutra coisa, foi um passeio divertido, para limpar a cabeça. Mas o problema desta doença é que não sei quando vou regressar", afirmou o corredor, de 28 anos.

Vencedor de duas etapas no Tour, uma em 2012 e outra em 2015, no Alpe d'Huez, abandonou as duas últimas edições da corrida, em ambos os casos devido a doença.

Fonte: Record on-line

“NAIRO QUINTANA VENCE 7.ª ETAPA DA VOLTA À SUÍÇA”

Australiano Richie Porte continua na liderança

Por: Lusa

Foto: EPA

O colombiano Nairo Quintana (Movistar) venceu esta sexta-feira a sétima etapa da Volta à Suíça, entre Eschenbach a Arosa, e aproximou-se do líder da prova, o australiano Richie Porte (BMC).

Com a meta a coincidir com uma contagem de montanha de categoria especial, Quintana gastou 4:01.39 horas para cumprir os 170 quilómetros, menos 22 segundos do que o dinamarquês Jakob Fulgsang (Astana) e do que Porte.

O colombiano subiu quatro posições e é agora segundo classificado, a 17 segundos de Porte, enquanto o holandês Wilco Kelderman (Sunweb) caiu para o terceiro posto, a 52.

José Gonçalves (Katusha-Alpecin) terminou a tirada na 30.ª posição, a 3.09 minutos de Quintana, e Nelson Oliveira cruzou a meta 19.50 depois do colombiano, no 67.º lugar.

Na geral, Gonçalves subiu ao 43.º posto, a 22.53 minutos de Porte, enquanto Oliveira ascendeu ao 65.º lugar, a 45.20.

No sábado, corre-se a oitava e penúltima etapa, com partida e chegada em Bellinzona, num percurso de 123 quilómetros praticamente planos.

Fonte: Record on-line

“Efapel/Sérgio Paulinho mostra a sua força em Belmonte”

          Ciclista da EFAPEL venceu isolado a terceira etapa do Grande Prémio Abimota

          Rafael Silva continua a ser o melhor da equipa na geral individual

A Equipa EFAPEL venceu a terceira etapa do Grande Prémio Abimota. A prova que começou em Lisboa e agora está a ser disputada na zona da Beira Baixa teve Sérgio Paulinho como grande protagonista do dia. O ciclista da formação liderada por Américo Silva foi o mais forte no dia em que o pelotão percorreu quase 80 quilómetros com partida e chegada em Belmonte.

No dia em que os ciclistas pedalaram no sopé da Serra da Estrela, e em que as temperaturas subiram para lá dos 30 graus centígrados, a Equipa EFAPEL esteve em destaque com Sérgio Paulinho a vencer a etapa. A jornada ficou marcada por uma fuga que teve dois elementos da Equipa EFAPEL. A Sérgio Paulinho juntou-se o seu irmão, Pedro. Os dois estiveram muito activos, em conjunto com os restantes elementos que correram na frente da tirada.

Já perto da meta, Sérgio Paulinho superiorizou-se aos restantes adversários e garantiu nova vitória em etapa para a Equipa EFAPEL. Na geral individual, a formação comandada pelo director desportivo, Américo Silva, continua com um elemento entre os primeiros. Rafael Silva ocupa o sétimo posto a pouco mais de meio minuto do camisola amarela, Raul Alarcon.

A nível colectivo, a terceira etapa do Grande Prémio Abimota também foi muito positivo para a Equipa EFAPEL pois venceu esta classificação em particular.

O Grande Prémio Abimota continua amanhã com a quarta etapa. Esta liga Almeida a Mortágua com 184,4 quilómetros para os ciclistas percorrerem. Pelo meio, há três metas volantes e outras tantas de montanha, todas de terceira categoria.

 

Classificação na terceira etapa

    Sérgio Paulinho        EFAPEL                1h42m43s

    Luís Mendonça        Aviludo-Louletano            a 3s

    Oscar Ferrandis        Rádio Popular-Boavista        a 5s


10º    Rafael Silva            EFAPEL                a 25s

14º    Bruno Silva            EFAPEL                a 32s

23º    Daniel Mestre        EFAPEL                a 37s

25º    David Arroyo        EFAPEL                a m.t.

29º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 42s

54º    Pedro Paulinho        EFAPEL                a 1m22s

62º    Marcos Jurado        EFAPEL                a 2m33s

Classificação geral individual

    Raul Alarcon            W52-FC Porto            5h39m18s

    Luís Mendonça        Aviludo-Louletano            a 13s

    Oscar Ferrandis        Rádio Popular-Boavista        a 16s


    Rafael Silva            EFAPEL                a 36s

33º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 3m30s

38º    Bruno Silva            EFAPEL                a 4m13s

40º    Daniel Mestre        EFAPEL                a 4m18s

41º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 4m23s

52º    David Arroyo        EFAPEL                a 7m49s

68º    Pedro Paulinho        EFAPEL                a 16m38s

78º    Marcos Jurado        EFAPEL                a 21m00s

Fonte: Efapel

“Atualização do Canal NP-TV com o “Vídeo Promocional do Passeio do CCL-Clube de Campismo Lisboa.2018”

A Revista Notícias do Pedal acaba de atualizar o seu canal de televisão “Notícias do Pedal-TV” no YouTube e no MEO/KANAL com o “Vídeo Promocional do Passeio do CCL-Clube de Campismo Lisboa.2018”


Para ver o vídeo no MEO/KANAL, quem possuir MEO, pode aceder carregando na tecla verde do comando, inserir o código 531450, e ver no MEO/KANAL este e outros filmes, podendo consultar toda a programação. Podem ver ainda através do seguinte link: https://kanal.pt/lista-canais/comunicao-social/lisboa/vila-franca-de-xira/?display=grid&order=updated 

Desejamos que passem e recordem bons momentos.