terça-feira, 12 de maio de 2020

“Coronavírus: Países Baixos abdicam de Nacionais de ciclismo de estrada”

Fabio Jakobsen (Deceuninck-QuickStep) vai manter a camisola de campeão holandês até 2021

Por: Lusa

Foto: EPA

Os Campeonatos Nacionais de ciclismo de estrada dos Países Baixos não vão realizar-se este ano, pelo que Fabio Jakobsen (Deceuninck-QuickStep) vai manter a camisola de campeão holandês até 2021, confirmou esta terça-feira a federação.

"Não há verdadeiramente lugar [para os Nacionais] num calendário velocipédico de três meses. É irresponsável acrescentar mais uma corrida. E com que objetivo? É realmente necessário organizar um campeonato nacional no nosso país?", questionou o diretor da Federação holandesa de ciclismo, Thorwald Veneberg, ao confirmar, ao diário Telegraaf, que a prova não irá realizar-se.

A renúncia da federação a organizar a competição acontece na sequência da proibição, por parte do governo dos Países Baixos, da realização de eventos desportivos naquele país até 01 de setembro, uma decisão que 'esbarra' na vontade da União Ciclista Internacional, que, no seu calendário reformulado, apontou o fim de semana de 22 e 23 de agosto para a disputa dos Campeonatos Nacionais de estrada.

Assim, Fabio Jakobsen, que este ano venceu a primeira etapa da Volta ao Algarve e classificação dos pontos, vai envergar até 2021 a camisola de campeão conquistada no ano passado.

Os Países Baixos são o primeiro país a abdicar dos Campeonatos Nacionais de estrada. O ciclismo está suspenso, devido à pandemia da covid-19, em todas as suas vertentes até 01 de julho e no escalão WorldTour, o principal da modalidade, até 01 de agosto.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 286 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados

Fonte: Record on-line

 

“Entrevistas Associação de Ciclismo do Minho/A opinião do médico Vasco Miguel Maia”

O médico Vasco Miguel Maia será o entrevistado desta terça-feira (21h15) da ACM – Associação de Ciclismo do Minho no âmbito das iniciativas que a associação tem promovido a propósito da situação que se vive com o Covid-19

Vasco Miguel Maia vai explicar algumas situações relacionadas com a pandemia do Covid-19 e deixar recomendações aos atletas.

Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Vasco Miguel Maia foi o médico das provas de ciclismo, assim como desempenhou idênticas funções em várias edições da Volta a Portugal e nos Campeonatos Nacionais de Ciclismo de 2019, realizados em Melgaço.

A entrevista está agendada para as 21h15 e poderá ser acedida através do Facebook https://www.facebook.com/CiclismoMinho ou do canal do Youtube da Associação de Ciclismo do Minho https://www.youtube.com/ciclismominho .

Será agora a vez de conhecer a opinião do médico Vasco Miguel Maia, depois de Carla Noémia já ter entrevistado Marco Chagas, José Azevedo, Cândido Barbosa, José Mendes, Tiago Machado, João Matias, David Vaz, João Cruz, Paulo Abreu, José Santos, Artur Lopes, Jorge Pina (Dirigente da FPC), Diogo Leite Ribeiro (Presidente da Assembleia-Geral da ACM), Mário Fortes e Nuno Silva Leal (um minhoto a residir em Macau).

Fonte: ACM