sábado, 2 de março de 2019

“Primoz Roglic vence Volta aos Emirados Árabes Unidos com Rui Costa em 17.º”

Nelson Oliveira (Movistar Team) foi 96.º

Por: Lusa

Foto: EPA

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) venceu este sábado a Volta aos Emirados Árabes Unidos, numa competição em que o português Rui Costa (UAE-Emirates) foi 17.º da classificação geral.

Roglic, de 29 anos, liderou a prova desde o contrarrelógio por equipas no primeiro dia e hoje foi 26.º na sétima e última etapa, com o mesmo tempo do vencedor, o irlandês Sam Bennett (Bora-hansgrohe).

O pelotão, que também integrou Rui Costa, concluiu os 145 quilómetros desta última etapa, entre o parque de 'safari' no Dubai e o centro comercial na mesma cidade, em 3:17.51 horas.

Na geral, Roglic garantiu a vitória com 26:27.29 horas, menos 31 segundos do que o espanhol Alejandro Valverde (Movistar), na primeira prova da época do campeão do mundo no 'Wold Tour', e 44 do que francês David Gaudu (Groupama--FDJ), terceiro classificado.

Nelson Oliveira (Movistar Team) foi 96.º na tirada, a 22 segundos da frente, e terminou a corrida na 66.ª posição, a 28 minutos do vencedor.

Fonte: Record on-line

“Daniela Reis foi 47.ª em clássica velocipédica na Bélgica”

Cliclista portuguesa terminou a 5.32 minutos da vencedora Chantal Blaak

Por: Lusa

A ciclista portuguesa Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sport) terminou este sábado em 47.º o circuito Het Nieuwsblad, na Bélgica, a 5.32 minutos da vencedora, a holandesa Chantal Blaak (Boels-Dolmans).

Blaak impôs-se nos 122,9 quilómetros da corrida, entre Gent e Nivone, em 3:20.58 horas, gastando menos 1.09 minutos do que o primeiro grupo, comandado pela italiana Marta Bastianelli (Virtu) e do que a compatriota Jip van Den Bos (Boels-Dolmans), segunda e terceira classificadas, respetivamente.

A campeã nacional de fundo e de contrarrelógio vai voltar a competir no domingo, novamente numa corrida de um dia, na Dwars door Vlaanderen, também na Bélgica.

Fonte: Record on-line

“Equipa Portugal/João Matias 17.º no concurso de omnium"

Por: José Carlos Gomes

O português João Matias foi hoje o 17.º classificado no concurso olímpico de omnium do Campeonato do Mundo de Pista, que decorre, até amanhã, em Pruszków, Polónia.

O corredor minhoto começou mal a participação, sendo 18.º em scratch e vigésimo na corrida tempo. João Marias recompôs-se na segunda metade do omnium, arrancando o 13.º posto em eliminação. Desse modo, foi para a corrida por pontos no 18.º lugar da geral. Na prova decisiva ganhou uma volta ao pelotão e pontuou num sprint, conseguindo subir uma posição, terminando o omnium no 17.º posto, com 45 pontos.

A luta pelas medalhas foi ganha pelo neozelandês Campbell Stewart, que finalizou a competição com 137 pontos. Seguiram-se o francês Benjamin Thomas, com 119, e o britânico Ethan Hayter, com 118.

A qualificação para os Jogos Olímpicos não foi prejudicada pelo 17.º lugar de João Matias, uma vez que traduzindo os resultados de hoje para pontuação no ranking de apuramento, Portugal mantém a mesma posição, não tendo sido ultrapassado por qualquer uma das nações que concorrem com os lusos pelo apuramento direto. As contas estão, todavia, muito equilibradas, nada podendo ser dado como certo ou provável a um ano do fecho da qualificação.

A participação portuguesa neste Campeonato do Mundo termina neste domingo, através da dupla Ivo e Rui Oliveira. Os gémeos correm na prova mais importante do programa do Mundial para as cores nacionais, o madison. Está em causa a conquista de pontos para o ranking de apuramento para os Jogos Olímpicos em madison, mas também a possibilidade de garantir a presença no concurso de omnium em Tóquio, uma vez que as oito seleções mais bem colocadas no ranking de madison asseguram a entrada em omnium.

A corrida de Madison deste domingo terá 50 quilómetros – 200 voltas ao velódromo de Pruszków – e inicia-se às 14h00.

Fonte: FPC

“Maria Martins foi 14.ª no omnium dos Mundiais de ciclismo”

Ciclista lusa foi segunda no sexto de seis sprints e totalizou 49 pontos

Por: Lusa

Foto: Federação Portuguesa de Ciclismo

Maria Martins encerrou a participação de Portugal nos Mundiais de ciclismo de pista de Pruszków, Polónia, classificando-se em 14.ª no omniun.

A ciclista lusa abriu as quatro provas do omnium com o 10.º lugar no scratch, descendo depois para 17.ª na corrida por tempo, em que não pontuou em qualquer sprint. Na corrida por eliminação, foi 13.ª.

Finalmente, na corrida por pontos, acabou por assegurar o 14.º lugar, após ser segunda no sexto de seis sprints e totalizar 49 pontos.

Fonte: Record on-line