segunda-feira, 11 de março de 2019

“Tricampeã do Mundo em ciclismo de pista encontrada morta”

Americana Kelly Catlin tinha 23 anos

Por: Francisco Laranjeira

Foto: DR

Kelly Catlin, que conquistou três títulos mundiais consecutivos na disciplina de perseguição em ciclismo de pista, foi encontrada morta na sexta-feira, conforme foi revelado este domingo pela USA Cycling.

A ciclista, que conquistou a medalha de prata coletiva pela seleção americana nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro e bronze no World Track Championships de 2017 e 2018, competia pela equipa Rally UHC Cycling e terá, segundo o pai da atleta, cometido suicídio.

"Estamos profundamente triste com o falecimento de Kelly", revelou em comunicado Rob DeMartini, presidente da USA Cycling. "Ela era mais do que uma atleta para nós e fará sempre parte da família da USA Cycling." 

Fonte: Record on-line

“WARREN BARGUIL SOFRE DUPLA FRATURA CERVICAL NO PARIS-NICE”

Vários ciclistas caíram ao quilómetro 59, entre eles o espanhol Gorka Izagirre (Astana), sendo que Barguil ficou mesmo inconsciente durante vários momentos.

O ciclista francês Warren Barguil (Arkea-Samsic) sofreu hoje uma dupla fratura cervical na sequência de uma queda na segunda etapa do Paris-Nice, marcada pelo vento e uma queda coletiva ao 59.º quilómetro.

Na tirada, vencida pelo holandês Dylan Groenewegen (Jumbo-Visma), vários ciclistas caíram ao quilómetro 59, entre eles o espanhol Gorka Izagirre (Astana), sendo que Barguil ficou mesmo inconsciente durante vários momentos.

O francês, vencedor da classificação de montanha da Volta a França em 2017, foi transportado para um hospital parisiense, depois de ter sido tratado primeiro em Dourdan, sendo que os médicos consideram não ser necessária uma intervenção cirúrgica.

Barguil, de 27 anos, desfalca a sua equipa durante cerca de oito semanas, confirmou fonte próxima da equipa, pelo que vai falhar as clássicas de primavera, o que afeta os planos da Arkea-Samsic de conseguir um dos dois convites para a Volta a França deste ano.

Fonte: Sapo on-line

“Groenewegen reforça liderança do Paris-Nice ao bisar na 2.ª etapa”

Ciclista holandês aumentou a vantagem para o segundo classificado de 4 para 12 segundos

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista holandês Dylan Groenewegen (Jumbo-Visma) venceu esta segunda-feira ao sprint a segunda etapa da 77.ª edição do Paris-Nice, liderando a prova com dois triunfos em outras tantas tiradas das oito que compõem a competição gaulesa.

Groenewegen cumpriu os 163,5 quilómetros entre Les Bréviaires e Bellegarde em 3:14.04 horas, antecipando-se, num grupo de sete, ao espanhol Iván García (Bahrain-Merida) e ao belga Philippe Gilbert (Deceuninck-QuickStep).

Groenewegen, que comandava por quatro segundos, aumentou a vantagem para o segundo classificado, agora o polaco Michal Kwiatkowski (Sky), que está a 12 segundos, enquanto o espanhol Luís León Sánchez (Astana) mantém o terceiro posto, agora a 13.

Este é o quarto êxito da temporada para o ciclista de 25 anos, depois de vencer domingo na estreia, bem como numa etapa da Volta à Comunidade Valenciana e outra na Volta ao Algarve, na chegada a Tavira.

O único ciclista luso em prova, Amaro Antunes (CCC), voltou a ter um desempenho modesto, chegando em 111.º a 8.27 minutos, nos 152 que concluíram a tirada, caindo assim 38 posições, para 110.º da geral, a 9.47 minutos.

A terceira etapa será disputada na terça-feira, na distância de 200 quilómetros entre Cepoy e Moulines, Yzeure, em novo percurso plano propício para os roladores.

Fonte: Record on-line