sexta-feira, 24 de março de 2017

“Taça de Portugal desloca-se a Quarteira”

Domingo, 2 de Abril, Quarteira receberá a segunda etapa da Taça de Portugal de Triatlo. A mítica competição portuguesa volta ao Algarve para a disputa de uma das mais adoradas provas do calendário competitivo nacional.

Integrada na 16ª edição do Triatlo Cidade de Quarteira Carlos Gravata, a prova espera receber uma das maiores multidões de clubes, atletas e espectadores de toda a temporada. Com excelentes percursos em todos os segmentos, no que toca a condições para o decorrer da prova e em termos de contributo para o “espetáculo” da competição, todos os participantes poderão esperar um dos melhores triatlos realizados em Portugal. Prova da qualidade e competitividade dos percursos será o facto de, no mesmo fim-de-semana, ser disputada uma etapa da Taça da Europa de Triatlo que se irá estender pelos mesmos palcos.

Todos os inscritos serão desafiados a percorrer 750m de natação, realizada em mar, com partida assinalada na praia de Quarteira. Seguidamente, 20km de ciclismo em asfalto em excelentes condições e com presença de público em grande parte do segmento. A prova culminará com o carismático percurso de corrida que se estenderá ao longo de 5km no paredão de Quarteira.

Em prova estará a disputa de importantes pontos para Taça de Portugal de Triatlo. Neste momento a liderança da competição é garantida por intermédio do Sport Lisboa e Benfica, em masculinos, e do Sporting Clube de Portugal, em femininos.

O XVI Triatlo Cidade de Quarteira é uma organização conjunta da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Quarteira e da Federação de Triatlo de Portugal, contando com a colaboração do CIMAV (Clube Internacional da Marina de Vilamoura), do Grupo Motard de Quarteira e da Academia de Judo. Em Quarteira esperamos encontrar toda a família do triatlo reunida para a disputa de mais um grande evento da nossa modalidade.

Fonte: FTP

“Volta à Catalunha: Valverde assume liderança”

Espanhol impõe-se na 5.ª etapa, superando Froome e Contador

Foto: EPA

O espanhol Alejandro Valverde é o novo líder da Volta à Catalunha, depois de vencer a 5.ª etapa, disputada entre Valls e Tortosa, na distância de 182 km. O ciclista da Movistar aproveitou o excelente trabalho do companheiro de equipa Marc Soler, batendo o britânico Chris Froome e o compatriota Alberto Contador, que ficaram a 13 segundos.
Na classificação geral, Valverde - que já vencera a 3.ª etapa - conta agora com uma vantagem de 21 segundos sobre Froome, enquanto Contador completa o pódio, já a 47 segundos do topo. O norte-americano Tejay van Garderen (BMC), anterior líder da prova, caiu para a 6.ª posição após perder muito tempo na tirada de hoje.

Classificação da 5.ª etapa
1. Alejandro Valverde (Espanha/Movistar), 4:14:52"
2. Chris Froome (Grã-Bretanha/Team Sky), +13"
3. Alberto Contador (Espanha/Trek), m.t.
4. Marc Soler (Espanha/Movistar), +25"
5. Adam Yates (Grã-Bretanha/Orica), +32"
6. Daniel Martin (Irlanda/Quick-Step), +46"
7. David Gaudu (França/FDJ), +58"
8. Hugh Carthy (Grã-Bretanha/Cannondale), +1:04"
9. Jakob Fuglsang (Dinamarca/Astana), +1:11"
10. Steven Kruijswijk (Holanda/LottoNL), m.t.
Classificação geral
1. Alejandro Valverde (Espanha/Movistar), 17:44:27"
2. Chris Froome (Grã-Bretanha/Team Sky), +21"
3. Alberto Contador (Espanha/Trek), +47"
4. Marc Soler (Espanha/Movistar), +1:00"
5. Adam Yates (Grã-Bretanha/Orica), +1:15"
6. Tejay van Garderen (Estados Unidos/BMC Racing), +1:18"
7. Geraint Thomas (Grã-Bretanha/Team Sky), +1:34"
8. Samuel Sanchez (Espanha/BMC Racing), +1:59"
9. Daniel Martin (Irlanda/Quick-Step), +2:13"
10. Steven Kruijswijk (Holanda/LottoNL), +2:40"

Fonte: Record on-line

“Rojas denúncia gesto ilegal de Van Garderen na Volta à Catalunha”

Ciclista norte-americano tirou o capacete durante a quarta etapa

Por: Lusa

Foto: EPA

José Joaquín Rojas (Movistar) denunciou esta quinta-feira, nas redes sociais, o norte-americano Tejay Van Garderen (BMC), líder da Volta à Catalunha, por ter tirado o capacete durante a quarta etapa, um gesto passível de ser punido.

Numa mensagem no Twitter, o ciclista espanhol identificou a União Ciclista Internacional (UCI) e o ciclista da BMC num vídeo da quarta etapa, onde se pode ver o norte-americano a segurar o capacete na mão para tirar o boné que tinha por baixo.

"Tirar o capacete durante uma corrida não é permitido. As regras são para todos", escreveu em inglês o ciclista da Movistar, que conclui a ideia noutra mensagem em que se dirige a Van Garderen dizendo "Caso não saibas as regras, aqui as tens", uma frase que está acompanhada por uma fotografia do regulamento da UCI, que prevê, inclusive, a desclassificação por esta ação.

A publicação de Rojas acontece na sequência da sanção imposta à Movistar no contrarrelógio por equipas.

Os juízes de União Ciclista Internacional (UCI) sancionaram esta quarta-feira com um minuto todos os ciclistas da equipa espanhola Movistar, depois de na terça-feira terem castigado apenas três, devido a alegados impulsos no contrarrelógio por equipas da Volta à Catalunha.

Na sequência de um protesto da BMC, a UCI mudou a sanção, o que implicou a vitória da equipa suíça no contrarrelógio e a queda da formação espanhola para o terceiro posto, assim como a retirada da camisola branca a Alejandro Valverde, que respondeu na estrada ganhando a terceira etapa.

A Movistar tinha conquistado o contrarrelógio por equipas, com o tempo de 48.55 minutos e colocado o espanhol José Joaquín Rojas na liderança da prova.

Depois da conclusão da etapa, a UCI analisou, porém, as imagens de vídeo da prova, concluindo que Rojas ajudou com impulsos os seus companheiros de equipa Andrey Amador, em duas ocasiões, e o português Nelson Oliveira, uma vez.

Assim, Rojas foi penalizado com três minutos, Amador com dois e Oliveira com um, o que colocou Valverde na liderança da prova.

Na noite de terça-feira, a BMC protestou da decisão e, esta quarta-feira, a UCI decidiu penalizar todos os elementos da equipa com um minuto.

Fonte: Record on-line

“II AUDACE SICÓPOMBAL 2017”

Dia 30 de Abril de 2017

Por: Armando Vieira

O Clube de Cicloturismo de Pombal leva para a estrada no próximo dia 30 de abril, a partir das 8 horas o seu 2º Audace SicóPombal. Desafio Audace FPCUB é um passeio de bicicleta em roda livre de média e longa distância. Representa um desafio e proporciona altos padrões de satisfação pessoal.

A distância é percorrida em orientação por placas indicadoras de direção, roadbook ou GPS. Os participantes terão de cumprir as regras do Código da Estrada, sem carros de apoio, cada um pedalando no seu próprio ritmo. O tempo para conclusão do percurso de cada participante determina o ritmo mínimo no evento.

O objetivo é terminar a distância dentro do tempo limite previsto pela organização, parando nos postos de controlo (PC) e obtendo o máximo de pontos possível do percurso para acumular no ranking nacional.

O percurso vai romper várias localidades e freguesias dos concelhos de Pombal, Ansião, Alvaiázere e Ourém.

As inscrições estão abertas a individuais e a equipas, filiados ou não na FPCUB desde que os atletas tenham seguro válido.

Informações e inscrições:

E-mail: cicloturismopombal@gmail.com ou desafio.audace.fpcub@gmail.com Telefones: 966 606 924 – 968 130 525

Fonte: Clube de Cicloturismo de Pombal