sexta-feira, 5 de maio de 2017

“Trio luso compete na Taça do Mundo de Triatlo”

“Trio luso compete na Taça do Mundo de Triatlo”

Foto: ITU/Delly Carr

João Silva, Miguel Arraiolos e David Luis serão os representantes portugueses na etapa chinesa da Taça do Mundo de Triatlo. Chengdu será a cidade que irá receber o evento onde a elite do triatlo mundial será desafiada a competir num formato diferente do habitual.

A par com triatletas de todo o mundo o trio luso marcará presença numa das três semifinais que serão disputadas sábado, dia 6 de Maio, e que apurarão para a final do dia seguinte. Após 750m de natação, 20km de ciclismo tecnicamente exigentes e 5km de corrida, apenas os melhores triatletas de cada série serão convocados para a fase final da competição. A derradeira prova que apurará os vencedores da etapa será percorrida ao longo de 400m de natação, 11km de ciclismo e 2,5km de corrida e promete oferecer momentos de grande intensidade e espetáculo competitivo.

O triatlo português será fortemente representado por intermédio de dois dos nossos atletas olímpicos e por um dos jovens que tem apresentado melhores indicadores a nível competitivo. João Silva, Miguel Arraiolos e David Luis procuram, em Chengdu, não só a presença na fase final da competição como a conquista de preciosos pontos para o ranking mundial de triatlo.

 Fonte: FTP

“Prozis Triatlo Mar de Desporto leva Taça de Portugal a Matosinhos”

Durante os próximos dias 13 e 14 de Maio o Prozis Triatlo Mar de Desporto receberá centenas de atletas para a disputa de provas para todas as idades. A quarta etapa da Taça de Portugal será parte integrante deste evento que ficará marcado pela bela paisagem marítima presente ao longo de todo o percurso e que terá a praia de Matosinhos como principal palco.

A prova da Taça de Portugal de Triatlo será disputada domingo, dia 14, onde todos os participantes serão desafiados a percorrer 750m de natação em mar, seguidos de uma volta de ciclismo que totalizará 20km ao longo da marginal e 5km de corrida final. Com percursos planos e de pouca exigência técnica, a prova assume características que permitem antecipar uma competição rápida, intensa e repleta de emoções para todos. Matosinhos apresenta-se como um dos melhores locais do país para prática modalidade e oferece excelentes condições para o desenrolar da mítica competição portuguesa.

No mesmo evento existirá lugar para competir numa prova na distância Standard, aberta a todos os interessados em participar, e numa competição de aquatlo, reservada às camadas jovem. A prova Olímpica será disputada ao longo de 1,5km de natação, percorridos em linha com partida no porto de Leixões e chegada na praia de Matosinhos, seguidos de 40km de ciclismo e 10km de corrida. Distâncias que prometem apresentar-se como um verdadeiro teste à capacidades de todos os inscritos e que oferecem a possibilidade de desfrutar da beleza dos percursos em pleno. As provas de aquatlo terão lugar sábado, dia 13, e serão repartidas por várias partidas alinhadas com os vários escalões jovem.

A região Norte do país recebe, desta forma, um evento que marcará o calendário competitivo nacional e que será, certamente, uma das melhores oportunidades da época para desfrutar da modalidade. O Prozis Triatlo Mar de Desporto será uma organização da Câmara Municipal de Matosinhos, Associação Académica de São Mamede e da Federação de Triatlo de Portugal.

Fonte: FTP

“Volta Comunidade de Madrid: 'Portista' Raúl Alarcón é o primeiro camisola amarela”

Ciclista espanhol da W52-FC Porto terminou os 145,1 quilómetros da tirada em 3:32.33 horas

Por: Lusa

Foto: João Fonseca

O ciclista espanhol Raúl Alarcón, da W52-FC Porto, venceu esta sexta-feira a 1.ª etapa da 30.ª Volta Ciclista Comunidade de Madrid, tornando-se no líder da geral individual, depois de integrar uma fuga com nove elementos.

O espanhol, que na segunda-feira terminou a Volta às Astúrias no 1.º lugar da geral, deu o melhor seguimento ao resultado com nova vitória, terminando a tirada de 145,1 quilómetros em 3:32.33 horas, à frente do russo Dmitry Strakhov (Lokosphinx) e do equatoriano Richard Carapaz (Movistar).

Alarcón deu a vitória em Las Rozas à equipa portuguesa ao superar oito companheiros da fuga que atravessava um perfil montanhoso, na qual o melhor ciclista luso foi o colega de equipa do vencedor Daniel Freitas, em 13.º lugar a 2.33 minutos.

O espanhol Xuban Errazkin (Rádio Popular Boavista) terminou a tirada em 25.º lugar, com o colega de equipa Domingos Gonçalves no 35.º posto, imediatamente à frente do também 'axadrezado' espanhol Daniel Sánchez, e imediatamente atrás de Ricardo Vilela (Manzana Postobon), todos a 2.33 minutos de Alarcón.

Rafael Reis (Caja Rural) terminou em 38.º lugar, com Amaro Antunes (W52-FC Porto) em 41.º e David Rodrigues (Rádio Popular Boavista) em 45.º, com o mesmo tempo dos colegas espanhóis da equipa portuguesa, Víctor Etxeberría e Pablo Guerrero, e do russo Egor Silin.

Mais longe do vencedor da etapa inaugural e atrasados em relação ao pelotão ficaram Samuel Caldeira (64.º) e o vencedor da Volta a Portugal em 2016, Rui Vinhas (67.º), ambos da W52-FC Porto, bem como Nuno Bico (Movistar), todos a 9.39 minutos do primeiro a cortar a meta.

Nuno Meireles (Equipo Bolivia) e Tiago Ferreira (W52-FC Porto) terminaram com mais de 12 minutos de atraso, registando-se ainda o abandono de Rui Sousa (Rádio Popular Boavista), bem como Ángel Rebollido, ciclista dos 'dragões'.

A segunda etapa, em que Alarcón partirá de 'amarelo', realiza-se no sábado apresenta um perfil mais plano, com apenas duas contagens de terceira categoria, e um total de 148 quilómetros em circuito urbano.

Fonte: Record on-line

“Giro de Itália: Lukas Pöstlberger surpreende os 'sprinters' na primeira etapa”

Ciclista austríaco é o primeiro camisola rosa da 100.ª edição da Volta a Itália

Por: Lusa

Foto: EPA

O austríaco Lukas Pöstlberger, da Bora-Hansgrohe, surpreendeu esta sexta-feira os principais 'sprinters', ao vencer a primeira etapa da 100.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, em Olbia, conquistando, dessa forma, a camisola rosa.
Pöstlberger atacou no final dos 206 quilómetros da tirada com início Alghero, concluindo a etapa 05:13.35 horas e deixando os velocistas a lutar pelo segundo posto, que viria a ser conquistado pelo australiano Caleb Ewan, da Orica-Scott, à frente do alemão André Greipel, da Lotto-Soudal, o terceiro classificado.
O austríaco, que, aos 25 anos, cumpre a estreia em grandes voltas, vai partir no sábado com a camisola rosa, símbolo da liderança, para os 221 quilómetros da etapa entre Olbia e Tortoli.

Fonte: Record on-line