sexta-feira, 3 de agosto de 2018

“Volta a Portugal/Jóni Brandão caiu perto da meta, mas evitou perdas de tempo”

Jóni Brandão (Sporting-Tavira) caiu hoje nos quilómetros finais da primeira etapa da Volta a Portugal em bicicleta.

O português Jóni Brandão (Sporting-Tavira) caiu hoje nos quilómetros finais da primeira etapa da Volta a Portugal em bicicleta, mas conseguiu recolar ao pelotão e evitar perdas de tempo.

“Um ciclista caiu à minha frente na rotunda e eu não consegui evitar a queda, bati na bicicleta dele e caí. Ainda estive algum tempo no chão, porque a bicicleta não estava em condições. Acabo por não perder tempo, era esse o objetivo”, disse.

O ciclista dos ‘leões’, um dos favoritos à conquista da Volta a Portugal, caiu já dentro dos cinco quilómetros finais da ligação de Alcácer do Sal a Albufeira (191,8), mas conseguiu recuperar e ainda subiu ao 14.º lugar da geral, a sete segundos do líder, Rafael Reis (Caja Rural).

“Agora estou a quente. Dói-me o braço. Foi uma coisa muito rápida, só tive a preocupação de pegar na bicicleta e arrancar, porque se perdesse tempo a Volta a Portugal para mim estava arrumada e não queria que isso acontecesse hoje. Graças a Deus estou bem e estou aqui”, afirmou.

Considerando que hoje foi uma etapa com “muito calor”, Jóni Brandão disse não saber ainda como vai estar na sexta-feira, na segunda etapa, a mais longa da Volta, que vai ligar Beja a Portalegre, na extensão de 203,6 quilómetros.

“Tive agora uma queda, não sei como vou passar a noite, espero passar bem. Amanhã [sexta-feira] acho que ainda vai estar mais calor do que hoje e acho que vão ser dois dias que vão ‘matar’ muito e vão deixar mazelas para o resto da Volta. Vão ser dias longos em que vamos de ter muito cuidado com a hidratação”, referiu.

Fonte: Sapo on-line

Sem comentários:

Enviar um comentário