sábado, 3 de junho de 2017

“Pódio é tónica dominante para a EFAPEL”

Mestre foi terceiro, Del Pino mantém posição na geral e Paulinho é o camisola verde

Segundo dia no Grande Prémio Internacional das Beiras e Serra da Estrela e a EFAPEL mantém a tónica dos resultados entre os três primeiros. Depois do segundo posto de Jesus del Pino, que lhe vale o último lugar do pódio na geral individual, hoje foi a vez de Daniel Mestre ser o terceiro na etapa. O ciclista da formação de Ovar foi o segundo melhor no sprint discutido 16 segundos depois de Omar Mendonza ter alcançado o triunfo em Trancoso.

Com 192 quilómetros a ligar Fornos de Algodres e Trancoso, o pelotão voltou a ter uma etapa bastante exigente, com as temperaturas altas a deixarem marca. Apesar da média ligeiramente mais baixa face à véspera, os ciclistas voltaram a pedalar muito depressa e cumpriram quase 200 quilómetros em pouco mais do que cinco horas.

Na equipa EFAPEL, a estratégia foi controlar. A formação de Américo Silva estava interessada numa chegada em grupo e trabalhou nesse sentido juntamente com outras formações. “Foi um dia intenso em que mantivemos o grupo coeso no pelotão a trabalhar em conjunto. Procurámos a discussão da etapa com o Daniel [Mestre] e agora vamos ver o que acontece na etapa de amanhã, em que a montanha vai ditar as regras”, afirmou o director desportivo da EFAPEL, Américo Silva.

Jesus del Pino é terceiro a apenas dez segundos de diferença do camisola amarela e a equipa não deixará passar a oportunidade de discutir o triunfo. A equipa também está na discussão pela vitória na classificação das metas volantes, com Sérgio Paulinho na frente e, por isso, amanhã vai envergar a camisola verde.

Pela frente, os ciclistas têm 163 quilómetros entre Belmonte e Manteigas com passagem pelo ponto mais alto de Portugal Continental, o Alto da Torre. Há apenas uma meta volante porque é a montanha a marcar este derradeiro dia de competição. São três contagens, uma de terceira, uma de segunda e, por fim, a de primeira, na Torre, a 25 quilómetros do final.

Classificação na segunda etapa

    Omar Mendonza            Equipo Bolivia            5h09m16s

    Vicente Mateos            Louletano/Hospital de Loulé    a 16s

    Daniel Mestre                EFAPEL            mt


21º    Henrique Casimiro            EFAPEL            mt

25º    Jesus del Pino            EFAPEL            mt

31º    Bruno Silva                EFAPEL             mt

36º    Sérgio Paulinho            EFAPEL            mt

66º    Rafael Silva                EFAPEL             a 3m06s

71º    Mateo Garcia                EFAPEL             a 5m54s

93º    António Pereira Barbio        EFAPEL            a 19m06s

Classificação geral individual

    Alexander Evtushenko        Lokosphinx            10h23m24s

    Ricardo Mestre            W52/FC Porto            a 8s

    Jesus del Pino            EFAPEL            a 10s


    Daniel Mestre                EFAPEL            a 3m45s

    Sérgio Paulinho            EFAPEL            a 3m45s

10º    Bruno Silva                EFAPEL             a 3m47s

21º    Henrique Casimiro            EFAPEL            a 3m49s

51º    Rafael Silva                EFAPEL             a 7m57s

58º    Mateo Garcia                EFAPEL             a 9m42s

84º    António Pereira Barbio        EFAPEL            a 39m56s

Fonte: Efapel

Sem comentários:

Enviar um comentário