sexta-feira, 20 de maio de 2016

“Taça de Portugal arranca em Albergaria”

Novo desafio após vitória na Serra da Estrela

Alcançada uma brilhante vitória no 1º GP das Beiras e Serra da Estrela com Jóni Brandão, a equipa profissional de ciclismo EFAPEL prepara-se para novo desafio na temporada. A 16ª Volta a Albergaria marca o início da Taça de Portugal de 2016, competição que a formação de Ovar venceu no ano passado. Nesta época, a estrutura liderada por Américo Silva alterou a estratégia e vai competir com o pensamento prova a prova.

“Esta é uma competição totalmente distinta daquelas que temos feito até ao momento. É constituído por várias provas até ao fim da temporada, todas elas disputadas num só dia. Faz com que sejam corridas mais abertas e nós queremos estar na discussão pelos melhores lugares. Isso obriga a ter estratégias diferentes, porque consoante o perfil de cada evento, pode ser um sprinter ou um trepador a vencer”, explicou o director desportivo, Américo Silva.

Para a Volta a Albergaria, a equipa assume o desejo e o objectivo de lutar pelas melhores posições. “A vitória na taça ainda não está no nosso pensamento. Vamos definir a estratégia em particular para cada corrida”, disse

A Volta a Albergaria começa e termina naquela localidade. A partida está marcada para as 11h45 e os corredores vão pedalar 155,7 quilómetros. A corrida tem cinco metas volantes, três prémios autarquia coincidentes com as passagens pela meta e quatro contagens de montanha de terceira categoria. O final está previsto para um intervalo entre as 15h38 e as 15h57.

Nome da prova

16ª Volta a Albergaria em Bicicleta

Data

22 de Maio de 2016

Director desportivo

Américo Silva

Ciclistas

António Barbio (Contra-relogista)

Filipe Cardoso (Sprinter/Equipier)

Jóni Brandão (Trepador)

Nuno Almeida (Trepador)

Rafael Silva (Sprinter)

Fonte: FPC

Sem comentários:

Enviar um comentário