terça-feira, 19 de junho de 2018

“19º Convívio de Cicloturismo A.R. Pescadores Musgueira Norte”

Texto: José Morais

Fotos: Bruno Pereira

Foi para a estrada do passado domingo 17 de junho, mais um passeio de cicloturismo, organizado pela Associação Recreativa Pescadores da Musgueira Norte, em Lisboa. O evento estava inserido nas Festas da Freguesia do Lumiar, o qual contou com o seu apoio, e fazia parte do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), já que fazia parte do seu calendário oficial.

A concentração ocorreu pelas 8 horas junto às instalações da Junta de Freguesia do Lumiar, sendo a partida dada pelas 9 horas para o 19º Convívio da ARPMN.

Com um trajeto de cerca de 50 quilómetros, os participantes passaram pelo Lumiar, Alameda

Das Linhas de Tores, Av. D. Amélia, Telheiras, Av. Padre Cruz, Campo Grande, Entre Campos, Campo Pequeno, Saldanha, Marquês de Pombal, Largo do Rato, Estrela, Av. Infante Santo, Av. Brasília, Torre de Belém e Algés, onde junto ao Rio Tejo foi tempo de fazer uma paragem para reabastecimento líquido e sólido.

Recomeçando as pedaladas, seguiu-se rumo a à Torre de Belém, Av., Brasília, Av. 24 de Julho, Cais do Sodré, Praças do Comercio, Av. Infante D. Henrique, Av. Marechal Gomes da Costa, Rotunda do Relógio, Av. Do Brasil, Campo Grande, Lumiar, passagem pela A.R. P.M.N., Parque Oeste, Alta de Lisboa, e Quinta das Conchas, onde o evento veio a terminar cerca das 13 horas.

Olhando o evento:

Este é um dos grandes eventos realizados na capital que consegue juntar sem dúvida uma grande moldura humana de amantes da bicicleta, apesar de muitos não gostarem de pedalar em Lisboa, a organização deste evento, tenta sempre proporcionar um excelente passeio a todos os que os visitam.

Num passeio sem dúvida muito bem organizado, tanto antes, como durante, ou mesmo após ter terminado, e isso prova a presença neste evento de 374 cicloturistas, divididos por 47 equipas e 38 individuais, e pode considerar-se um passeio para todos, sejam eles mais bem rodados, ou apenas participantes que esporadicamente andam de bicicleta, com muitos elementos femininos, e crianças a participarem.

E no final, a recompensa para a organização, com os participantes a deixarem um grande sinal de satisfação, deixando um grande obrigado à mesma, pelo convívio proporcionado numa bela manhã de domingo de fortes pedaladas.

Mas, para a organização, e na voz do presidente da A.R.P.M.N. Manuel Almeida, o seu rosto mostrava a expressão de alegria e muita satisfação, por tudo ter corrido bem, agradecendo assim a todos que puderam marcar presença neste 19º convívio de cicloturismo.

Manuel Almeida deixou um grande agradecimento ao cicloturistas, a todas a coletividades presentes, a todos os voluntários, como a todos os patrocinadores que participaram, e ajudaram na realização deste grande evento, e ainda em final de discurso, e com um ar de graça, dizia; “E como o tempo "voa", já estamos a planear o 20º Convívio de Cicloturismo a realizar em 2019, ficando aqui a todos para participar, e convidando outros a marcarem também presença, obrigado por tudo”

E no final deste evento, nada melhor do que um delicioso repasto, e à espera de todos estavam dois porcos no espeto para degustar tarde dentro, retemperando assim as forças despendidas, e conviver num dos mais belos espaço de Lisboa, a Quinta das Conchas, cheia de ar puro

Findo o almoço, e ainda em grande convívio, foi tempo da cerimónia da entrega das lembranças alusivas ao evento, antes disso, Manuel Almeida agraciou o Dr. Pedro Delgado Alves e o Prof. Paulo Mendes com uma singela placa, como reconhecimento pelo apoio que tem prestado à coletividade, como a todo o evento.

E para finalizar, dar os parabéns à organização por este excelente passeio e trabalho realizado, pela forma ordenada que o fizeram, e pelo grande número de amantes das duas rodas sem motor que tem juntado de ano, para, ano, e que no final saíram satisfeitos com a promessa de marcarem presença em 2019, com muitas referências positivas publicadas nas redes sociais, tudo isto só abona a seu favor.

Finalizando deixando uma referência ainda ao trabalho feito pelos bombeiros presentes, como a todos os Batedores da PSP-Trânsito de Lisboa, pelo excelente trabalho feito, na segurança do longo pelotão que percorreu a cidade em total velocidade do verdadeiro cicloturismo.

Em tempo de despedida, espero encontra-me em 2019 também neste grande evento, algo que este ano foi impossível, mas não quisemos deixar passar em branco, fazendo a divulgação do mesmo, agradecendo assim as notas que me fizeram chegar, para que este artigo pudesse ser elaborado, e divulgada mais esta atividade cicloturista.

Bons passeios, boas pedaladas.

Clique para aumentar as fotos
 

















 

Sem comentários:

Enviar um comentário