terça-feira, 12 de junho de 2018

“CHRISTOPHER JUUL-JENSEN VENCE ISOLADO QUARTA ETAPA DA VOLTA À SUÍÇA”

Português José Gonçalves (Katusha Alpecin) terminou no 10.º lugar, com o suíço Stefan Kung (BMC) a segurar a liderança da geral.

O ciclista dinamarquês Christopher Juul-Jensen (Mitchelton-Scott) venceu hoje isolado a quarta etapa da Volta à Suíça, com o português José Gonçalves (Katusha Alpecin) no 10.º lugar e o suíço Stefan Kung (BMC) a segurar a liderança da geral.

Juul-Jensen, de 28 anos, cumpriu os 189 quilómetros entre Gansingen e Gstaad em 4:35.56 horas, fazendo vingar a fuga e cortando a meta com oito segundos de vantagem para o segundo classificado, o australiano Michael Matthews (Sunweb), o mais rápido do pelotão, e o belga Yves Lampaert (Quick-Step Floors), terceiro.

Na classificação geral, os primeiros lugares não sofreram grandes alterações e Kung continua de camisola amarela vestida, com vantagem sobre os colegas de equipa, o belga Greg van Avermaet, segundo, e o australiano Richie Porte, terceiro, ambos a três segundos.

José Gonçalves esteve hoje de novo envolvido na discussão da etapa, conseguindo fechar o dia na 10.ª posição, valendo-lhe a subida de quatro postos para o 46.º lugar, a 2.22 minutos de Kung.

Por seu lado, Nelson Oliveira (Movistar) caiu para o 76.º lugar da geral ao ser 92.º na etapa, estando agora a 7.57 do camisola amarela.

Na quarta-feira, a quinta etapa parte de Gstaad para uma ligação de 155 quilómetros até Leukerbad, num dia duro que inclui duas contagens de montanha de primeira categoria, a última a coincidir com a meta, além de uma outra de categoria especial.

Fonte: Sapo on-line

Sem comentários:

Enviar um comentário