domingo, 3 de abril de 2016

12º Passeio de Cicloturismo do Penteado, um passeio cheio de emoção

Texto: José Morais

Fotos: José Morais e António Baganha   

O Penteado/Moita recebeu este domingo 3 de abril mais um passeio do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), com trajeto de 65 quilómetros aproximadamente, a organização esteve a cargo do Núcleo de Cicloturismo do Penteado, a concentração teve início pelas 8 horas, sendo a partida dada pouco passava das 9 horas, com passagem por; Moita, Lagoinha, Auto Europa, Bairro Alentejano, Barra Cheia, Moita, Carvalhinho, Chão Duro, Gaio, Rosário, Sarilhos Pequenos, Chão Duro, penteado, Pinhal Novo, Atalaia, Sarilhos Grandes e Penteado, onde cerca das 12.30 terminaram as pedaladas.

Na sua 12ª edição, o passeio do Penteado contou este ano com mais de duas centenas de participantes, oriundos na maioria da área da Grande Lisboa, e ainda algumas equipas que se deslocaram de maís longe caso da equipa de Vila Nova de Cernache Coimbra, Brogal Leiria, Alcanhões Santarém, e Marinhais, onde todos os cicloturistas puderam participar nestas bonitas pedaladas, junto com os seus acompanhantes, tendo ainda um paragem pelo meio no Penteado, onde junto á sede da coletividade, todos puderam saborear as diversas iguarias colocadas á disposição, muita água, fruta, sumos e bolos, estes confecionados por amigos, simpatizantes e elementos da coletividade, num evento este ano marcante, e carregado de emoção, já que se relembraram dois antigos dirigentes do Núcleo.

Com uma manhã de domingo a acordar coberta de nuvens, onde a chuva este ausente, apenas algum vento forte se fazia sentir, os participantes pedalaram a bom ritmo, numa velocidade de verdadeiro cicloturismo, com a organização e esmerar-se em dar o seu melhor, algo que já há vários anos o veem fazendo, e onde já lhes valeu dois reconhecimentos, em 2012 com o 1º lugar, considerado o melhor passeio do ano, e em 2014 um 2º lugar, um prémio atribuído pela Revista Notícias do Pedal.

Momentos sem dúvida de emoção estiveram presentes este ano quase ao longo de todo o passeio, porem três momentos se destacaram, o primeiro, na primeira paragem junto ao cemitério de Fornos, onde foi feito um minuto de silêncio a João Ginó, um dos fundadores do Núcleo. Depois retomadas as pedaladas, no cemitério da Moita, o segundo momento de emoção, aqui se recordou o José Manuel Fernandes, também ele fundador, fazendo também aqui novamente um minuto de silêncio. E o último ainda mais emocional e sentido, a homenagem a José Manuel Fernandes onde foi recordado, sendo oferecido á família, a filha Carla Fernandes, também ela uma cicloturista que pedalou sempre na cabeça do pelotão, recebeu assim em primeiro o diploma de Sócio de Mérito a Titulo Póstumo, atribuído pela FPCUB, pelo contributo que José Manuel Fernandes deu á modalidade, e ainda da parte da Revista Notícias do Pedal, uma miniatura de uma bicicleta em madeira, onde ao lado estavam duas fotos do Zé, na última entrevista que deu ao Notícias do Pedal, foram momentos sem dúvida de grande emoção, que marcaram este passeio, mas com a missão de se ter cumprido um dever, e reconhecer a pessoa que foi José Manuel Fernandes.

Para Carla Fernandes, agora responsável pelo Núcleo, seguindo assim as pisadas do Pai, e muito bem, falou ainda um pouco emocionada á nossa reportagem, ao referir que o passeio correu bem, este ano com alguma emoção, devido aos acontecimentos, estando ainda um pouco em ilusão, mas a vida tem de seguir em frente, e agradeceu o apoio a todos, o carinho, e sobre tudo a presença de muitos amigos que fizeram questão de marcar presença: Como mensagem, a que estejam presentes no próximo ano, e um obrigado especial a todos.

E foram assim alguns do momentos melhores do evento, pelo meio alguma consternação, algumas emoções, mas com satisfação no final de todos os participantes, os quais puderam no final confraternizar num grande almoço, a típica feijoada muito bem confecionada, com a entrega de lembranças alusivas a todos os participantes, num passeio que contou com um número imenso de voluntários do Núcleo do Penteado, tanto no abastecimento, na estrada apoiando a Brigada da GNR que fez um excelente trabalho, e também a todos que proporcionaram o magnifico almoço, na sua confeção, pouco mais para dizer, apenas deixar os parabéns por esta organização.

Sem comentários:

Enviar um comentário