sábado, 12 de março de 2016

A terceira foi de vez para Jensen August
O norueguês Jensen August (Team Coop-Oster Hus) é o primeiro camisola amarela do Grande Prémio Liberty Seguros, graças ao triiunfo, hoje, em Vila Nova de Cacela, na Clássica do Restaurante Alpendre, primeira etapa da competição, que teve o presidente da União Ciclista Internacional (UCI), Brian Cookson, como um dos espectadores.
Numa etapa que chegou a estar neutralizada, devido a uma queda grave, a velocidade elevada foi a nota dominante, acabando com um rápido sprint, no qual Jensen August triunfou com à vontade, batendo o francês Pierre Moncorgé (Bliz-Merida) e o espanhol Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), segundo e terceiro, respetivamente.
Jensen August provou que à terceira pode mesmo ser de vez para chegar ao topo do pódio, já que esta prova é a terceira que, na carreira, disputa em Portugal, e é a terceira do calendário pessoal de 2016.
“Estou muito feliz com esta vitória, conseguida numa etapa muito rápida e muito nervosa, devido à queda e às interrupções. A fase final foi muito boa e pude ganhar. Temos uma equipa de qualidade e tudo faremos para que esta camisola continue em nosso poder”, afirmou o dono da Camisola Amarela Liberty Seguros, momentos antes de subir ao pódio, onde recebeu o prémio de melhor da etapa das mãos de Brian Cookson.
Jensen August comanda com 4 segundos de vantagem sobre Pierre Moncorgé e sobre Rafael Silva (Efapel), segundo e terceiro.
Uma queda coletiva, com cerca de 50 quilómetros percorridos e envolvendo dezenas de corredores, marcou esta etapa, levando a que, por questões de segurança, a prova estivesse parada 38 minutos, enquanto os serviços clínicos assistiam os corredores acidentados e as ambulâncias transportavam os seis ciclistas com casos mais graves para o Hospital de Faro. Mais tarde, a ambulância que restou em prova também teve de seguir para o estabelecimento de saúde, fazendo com que o pelotão seguisse em ritmo neutralizado, durante dez quilómetros, até que nova viatura médica integrasse a caravana.
Desta forma, dos 152,4 quilómetros desenhados para esta clássica do Restaurante Alpendre, foram percorridos em competição 141,3 mil metros.
As vicissitudes da corrida não impediram uma jornada muito bem disputada, com velocidade de ponta e trabalho tático por parte de várias equipas. Neste aspeto destacaram-se o Sporting-Tavira, que levou David de la Fuente à liderança da classificação dos trepadores, a Efapel, que colocou Rafael Silva como melhor português na geral, no terceiro lugar, mercê das bonificações, e a Axeon-Hagens-Berman que, também através das bonificações, deixou Rúben Guerreiro na posição de melhor jovem.
A Team Coop-Oster Hus, além da liderança individual, comanda por equipas e tem Jensen August à frente na classificação por pontos.
As decisões estão guardadas para a segunda etapa, a Clássica Lagoa Cidade do Vinho, que vai disputar-se neste domingo, ao longo de 186,6 quilómetros, com partida e chegada em Lagoa. Apesar de contar só com duas subidas pontuáveis para a tabela dos trepadores, o traçado apresenta um sobe e desce, com incursão na serra de Monchique, que poderá ditar diferenças.
O Grande Prémio Liberty Seguros é uma competição que integra o programa Cyclin’Portugal, iniciativa da Federação Portuguesa de Ciclismo para divulgar o país como local privilegiado para a prática de ciclismo. Ainda no âmbito do Cyclin’Portugal, realiza-se em Loulé, neste fim de semana, o congresso anual da União Europeia de Ciclismo (UEC), que trouxe ao Algarve o presidente da UCI, Brian Cookson, o presidente da UEC, David Lappartient, assim como dirigentes de topo de ambas as estruturas e das cerca de 50 federações europeias de ciclismo.
Classificações
1.ª Etapa: Vila Nova de Cacela - Vila Nova de Cacela, 141,3 km
1.º Jensen August (Team Coop-Oster Hus), 3h00m33s (Média: 46,957 km/h)
2.º Pierre Moncorgé (Bliz-Merida),mt
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), mt
4.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), mt
5.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), mt
6.º Andreas Sandnes Olsen (Team Coop-Oster Hust), mt
7.º Rafael Silva (Efapel), mt
8.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt
9.º Luís Mendonça (Sicasal/Constantinos/UDO), mt
10.º Daniel Mestre (Efapel)
Geral Individual
1.º Jensen August (Team Coop-Oster Hus), 3h00m23s
2.º Pierre Moncorgé (Bliz-Merida), a 4s
3.º Rafael Silva (Efapel), mt
4.º Daniel Mestre (Efapel), a 5s
5.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), a 6s
6.º Rúben Guerreiro (Axeon-Hagens Berman), a 7s
7.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), a 8s
8.º Luís Mendonça (Sicasal/Constantinos/UDO), a 9s
9.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), a 10s
10.º Andreas Sandnes Olsen (Team Coop-Oster Hust), mt
Fonte: FPC

Sem comentários:

Publicar um comentário