segunda-feira, 24 de setembro de 2018

“Mundiais: Mikkel Bjerg vence crono sub-23 e Ivo Oliveira foi 28.º”

Ciclista português terminou prova a 1.34 minutos do vencedor

Foto: EPA

O dinamarquês Mikkel Bjerg sagrou-se esta segunda-feira campeão mundial de contrarrelógio sub-23, ao vencer a prova nos Mundiais de ciclismo de estrada, na cidade austríaca de Innsbruck, em que Ivo Oliveira foi 28.º.

Bjerg, de 19 anos, revalidou o título que já tinha conquistado em 2017, cumprindo os 27,8 quilómetros entre Hall-Wattens e Innsbruck em 32.31 minutos, 33 segundos a menos que o segundo classificado, o belga Brent van Moer, e 38 em relação ao seu compatriota Mathias Norsgaard.

O melhor português em prova foi Ivo Oliveira, campeão português sub-23 na especialidade, terminando no 28.º posto, a 1.34 minutos do vencedor, e a 15 segundos do objetivo que tinha definido antes da prova, o top 20.

"Até me sentia bem, mas quebrei um pouco na fase intermédia da prova. Talvez não fosse o meu dia", afirmou o português, citado pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

Sem querer "encontrar desculpas", o corredor explicou que o "vento de costas em quase 90% do percurso acabou por favorecer os ciclistas mais pesados" e não roladores como o luso.

No 30.º lugar terminou João Almeida, a 1.40 de Bjerg, sendo que o ciclista de 20 anos ainda vai participar na prova de fundo da categoria em que se insere.

"Acho que fiz um bom resultado para as minhas características, até porque o meu objetivo principal é a prova de fundo [na sexta-feira]", disse, no final da prova.

Na terça-feira, os juniores Afonso Silva e Guilherme Mota entram em ação no contrarrelógio individual masculino da categoria, que atravessa o mesmo percurso dos sub-23, num traçado plano mas com algumas rampas a testarem as condições físicas dos participantes.

Guilherme Mota, campeão português de juniores na especialidade, pensa que a distância "não será um problema", porque tem corrido em 'cronos' longos, e entrará na prova "com pensamento positivo".

Recorde-se que o melhor resultado na prova de juniores para Portugal ocorreu em 1998, quando Sérgio Paulinho foi sexto classificado em Valkenburg.

Fonte: Record on-line 

Sem comentários:

Publicar um comentário