quarta-feira, 28 de junho de 2017

“Volta a Portugal do Futuro comemora Bodas de Prata”

25 anos a revelar campeões

Começa esta quinta-feira, 29 de junho, em Oliveira de Azeméis, a principal competição nacional de ciclismo para corredores da categoria Sub 23, a 25ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros. O pelotão terá pela frente quase 600 quilómetros distribuídos por quatro etapas que terminam no domingo, 2 de julho, em Alcains (Castelo Branco). Participam na Volta das Bodas de Prata 86 corredores que representam 11 equipas de diversas proveniências.

Para Joaquim Gomes, diretor da prova, a quilometragem média diária anormalmente longa, cerca de 150 quilómetros por dia, marcará esta Volta a Portugal do Futuro que ainda terá, nas três primeiras etapas, uma forte componente montanhosa. “A passagem na Serra de São Macário, no segundo dia, vai relevar os homens mais bem preparados e entregar o título de etapa Rainha a esta tirada.” Vencedor da primeira edição da Volta a Portugal do Futuro, em 1993, Joaquim Gomes acredita que a classificação estará em aberto até ao último dia. “A participação exclusiva de equipas com corredores que aspiram chegar à Elite do ciclismo pode proporcionar autênticas reviravoltas classificativas até à meta em Alcains. Acredito que estejam garantidas as condições para um excelente espetáculo desportivo, assim o empenho e a irreverência do jovem pelotão o permita”, conclui o diretor de prova.

Com pouco mais de 146 quilómetros, a etapa inaugural da 25ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros vai sair da Rua Abílio Campos, em Oliveira de Azeméis às 11h40. Com um percurso sinuoso na primeira metade da etapa, a passagem na Serra do Caramulo, a aproximadamente 70 quilómetros do final, representa o último grande obstáculo orográfico. O traçado inicial da etapa deverá provocar danos ao pelotão que, muito certamente, se apresentará fracionado na meta instalada na Avenida Dr. Carlos Campos, em Oliveira do Hospital. Cerca das 16 horas será revelado o primeiro Camisola Amarela Liberty Seguros da Volta do Futuro 2017.

Bodas de Prata do Futuro

A Volta a Portugal do Futuro chega este ano à 25ª edição. Ao longo de mais de duas décadas tem vindo a revelar valores que se confirmam e destacam no pelotão dos consagrados. Até hoje a prova já conheceu vencedores como Joaquim Gomes, José Azevedo, João Cabreira, André Cardoso, Filipe Cardoso e José Mendes. Mais recentemente já triunfaram nomes que são hoje certezas do ciclismo nacional como Joni Brandão, Rafael Silva, António Carvalho e Ruben Guerreiro. Nos últimos dois anos dominaram as pedaladas latinas, o espanhol Julen Amezqueta, em 2015 e o colombiano Enrique Rodriguez no ano passado.

As Equipas que lutam pelas Camisolas

Cada formação Sub-23 pode participar na 25ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros com um número mínimo de cinco corredores e um máximo de oito, entre os 19 e os 23 anos (feitos até 1 de janeiro de 2017). Confirmaram a presença 11 formações. Além das equipas portuguesas Miranda-Mortágua, Liberty – Carglass, Moreira Congelados, Sicasal, Jorbi – Team José Maria Nicolau e Maia, chegam de Espanha quatro conjuntos: Lizart, Cafés Baque, Fundacion Euskadi e Aldro. De França chega a Delko Marselle.

A 25ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros tem o apoio de Oliveira de Azeméis, Oliveira do Hospital, Arganil, São Pedro do Sul (São Macário), Tondela, Sabugal e Alcains. São patrocinadores: Liberty Seguros, KIA, Delta Cafés, RTP, Fundação INATEL, KTM, Vitalis, Glassdrive, Shimano, 4XP by DietSport, Antena 1, Pacto, Infraestruturas de Portugal e Centro de Informação Geoespacial do Exército.

Fonte: Podium

Sem comentários:

Enviar um comentário