segunda-feira, 30 de abril de 2018

“Decorreu no último fim-de-semana, 28 e 29 de Abril, a lll Clássica do Baixo Mondego”

Prova aberta a todos os ciclistas, organizada na cidade da figueira da Foz, composta por um prólogo de 4km, e uma etapa em linha de 125 km.

 A equipa da ASFIC Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic participou nesta prova com 7 das suas 12 unidades, Rui Rodrigues, Humberto Careca, Luís Vicente, Edgard Oliveira, Aníbal Santo, Cláudio Paulinho e Carlos Ochoa.

O prólogo decorreu no sábado, na marginal da Figueira da Foz, tendo o Rui Rodrigues sido o segundo mais rápido e subido ao 2 lugar do pódio.

No domingo de manhã, alinharam a partida cerca de 300, para percorrerem 125km, num sobe e desce constante que se aliou a muita chuva e vento forte, que endureceu bastante a prova.

O pelotão rodou compacto até perto dos 18 km, onde apareceu a primeira grande subida, e que logo foi atacada pela cabeça do pelotão, o que viria a fazer estragos no pelotão e a formar uma seleção de atletas, onde os atletas da ASFIC tentavam controlar a corrida.

Aproximadamente ao km 35, nova subida e Humberto Careca consegue isolar-se e escapar do grupo da frente ganhando alguma vantagem, enquanto na retaguarda a ASFIC controlava os ataques dos adversários

Com cerca de 65 km percorridos, houve nova tentativa de fuga no pelotão, onde conseguem escapar 3 atletas, sendo um deles Edgard Oliveira da ASFIC.

Os três atletas conseguem ganhar vantagem sobre o pelotão, mas nunca conseguiram ganhar tempo de aproximação para o Humberto Careca, que se encontrava numa fuga a solo.

 Na última subida do dia que se situava na serra da boa viagem, o pelotão conseguiu alcançar um elemento do trio que seguia intermédio.

Humberto Careca venceu a prova Isolado, numa fuga a solo em cerca de 90 km, e com cerca de 5 minutos de vantagem para os dois atletas intermédios, um deles, o seu colega de equipa, Edgar Oliveira.

O pelotão chegou ao sprint, onde Rui Rodrigues foi o mais forte.

A ASFIC venceu assim, individualmente e coletivamente a III Clássica do Baixo Mondego.

Fonte: ASFIC

Sem comentários:

Enviar um comentário