segunda-feira, 29 de abril de 2019

“Jakob Fuglsang vence 105.ª edição da Liège-Bastogne-Liège”

Um ataque a 15 quilómetros da meta permitiu a Fuglsang conseguir a primeira vitória numa clássica na carreira

O ciclista dinamarquês Jakob Fuglsang (Astana) impôs-se em solitário na 105.ª edição da Liège-Bastogne-Liège, colocando o primeiro 'monumento' no seu palmarés.

Um ataque a 15 quilómetros da meta permitiu a Fuglsang conseguir a primeira vitória numa clássica na carreira e logo na 'decana' das provas de um dia, concluindo os 256 quilómetros em 6:37.37 horas.

"A corrida foi dura. A equipa fez um trabalho muito bom e colocou-me numa posição muito boa no momento-chave. Quando o [Michael] Woods atacou em Roche-aux-Faucons foi perfeito para mim, pois segui na roda dele. Depois fui obrigado a atacar. Não podia esperar pelo 'sprint'", disse.

Vice-campeão olímpico, Fuglsang concluiu o 'Tríptico das Ardenas' com três lugares no pódio, juntando a vitória ao segundo lugar na Flèche Wallone e ao terceiro na Amstel Gold Race, sendo que este ano também já tinha sido segundo na Strade Bianchi.

O italiano Davide Formolo (BORA-hansgrohe) ainda tentou responder ao ataque do dinamarquês, mas terminou apenas na segunda posição, a 27 segundos, menos 30 do que o alemão Maximilian Schachmann, seu companheiro de equipa, que fechou o pódio.

O espanhol Alejandro Valverde (Movistar) voltou a não conseguir igualar o recorde de vitórias na prova belga, mantendo-se com quatro, menos uma do que o lendário Eddy Merckx, depois de desistir quando faltavam 105 quilómetros para o final.

O campeão do mundo apresentava alguns problemas físicos nos últimos dias e acabou por ser forçado a abandonar.

O português José Gonçalves (Katusha-Alpecin) terminou na 73.ª posição, a 13.11 minutos de Fuglsang, enquanto Rui Costa (UAE-Emirates) não terminou a prova.

Fonte: Sapo on-line

“4º Grande prémio Peruf”

Por: Nuno Almeida

No passado dia 25 de Abril realizou-se o 4º Grande prémio Peruf, a contar para a 2ª Prova do Troféu BIKE CHALLENGE Terras de Santa Maria, onde os atletas Intercaimabike; Carlos Almeida/Laura Bastos e Alfredo Nogueira/Catarina Vieira, marcaram presença na categoria duplas MIX.

Prova realizada por caminhos e estradões na zona de Pigeiros, Santa Maria da Feira, sempre em condições extremas, pois choveu toda a semana, o que condicionou bastante os trilhos, e onde a lama esteve sempre presente, assim como a chuva, granizo e frio, a que todos os atletas se submeteram.

Traçado com 6kms e muito exigente a nível físico e técnico, onde os atletas atingiram os seus limites, durante as 3 horas de duração da prova.

 No final das 3 horas os bravos Intercaimabike, obtiveram os resultados;

- 2º Lugar de pódio da dupla, Carlos Almeida/Laura Bastos

- 3º lugar de pódio da dupla, Alfredo Nogueira/Joana Vieira

Próxima resistência será dia 26/05/2019 em Paços de Brandão, organização BTT Brandoense.

Agradecimento especial aos nossos patrocinadores

Fonte: Intercaimabike 










 

“TAÇA DA EUROPA EM QUARTEIRA”

RICARDO BATISTA DE PRATA NA QUARTEIRA

Por: Paulo Vieira

RICARDO BATISTA conquistou um brilhante 2ºlugar durante a manhã de domingo, dia 28 de abril, na TAÇA DA EUROPA DE TRIATLO que se realizou em Quarteira (Algarve), alcançando a MEDALHA DE PRATA. O Atleta do Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas, voltou brilhar e a alcançar um excelente resultado neste início de época a nível internacional no seu escalão de Juniores, ao serviço da Seleção Nacional de Triatlo.

Ao sair na frente no segmento de natação, RICARDO BATISTA destacou-se bem no segmento de ciclismo, só sendo alcançado pelo grupo perseguidor a escassos quilómetros da transição para o segmento de corrida.

E foi na corrida que RICARDO BATISTA teve de se aplicar sobre os seus mais diretos adversários, para alcançar esta Medalha de Prata, que foi disputada até fim com o inglês Matthew Willis, que venceu por apenas mais 1 segundo com o tempo de 57m51s.

Participou também nesta competição, o seu colega de equipa e de seleção, JOSÉ PEDRO VIEIRA, que também realizou um bom de segmento de natação, integrou o grupo perseguidor de ciclismo, e saiu para o segmento de corrida bem posicionado, concluindo a sua prova dentro do top10, alcançando o 10ºlugar entre 74 participantes europeus.

Mas no sábado, dia 27 de abril, disputou-se a competição desta Taça da Europa em Elites, e MADALENA ALMEIDA foi a melhor portuguesa, alcançando um excelente 5ºlugar. Efetuando uma prova em distância olímpica, MADALENA ALMEIDA, ainda atleta SUB23, não se deixou intimidar pelas suas adversárias, e depois de realizar um excelente segmento de ciclismo, partiu para a corrida à procura do melhor resultado possível, terminando com um tempo de 2h09m04s.

Ainda no domingo em Juniores, AFONSO DO CANTO também realizou uma boa prova, terminando na 41ªposição, enquanto no setor feminino, JOANA MIRANDA, alcançou o 29ºlugar numa prova que deu mais uma Medalha de Prata para Portugal, através da atleta do Alhandra, Gabriela Ribeiro.

Para o técnico torrejano PAULO ANTUNES, todos estes resultados alcançados são fruto do trabalho desenvolvido na Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas, desde 2009.

Taça de Portugal Triatlo (3ªetapa) – 28.04.19

No mesmo cenário e depois da Taça de Europa de Triatlo, realizou-se a 3ªetapa da Taça de Portugal de Triatlo, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Quarteira e da Federação de Triatlo de Portugal, que contou com a participação cerca de 400 atletas.

O Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas conquistou o 3ºlugar coletivamente, mas o destaque individual vai para GONÇALO BALBINO que alcançou o 6ºlugar absoluto e venceu o seu escalão de Cadetes, enquanto o seu colega de equipa, ABEL AFONSO terminou no 10ºlugar absoluto e foi o 3ºCadete. João Diogo Correia e Duarte Santos no 19º e 23ºlugares absoluto (6º e 8º nos Cadetes) fecharam a equipa torrejana, que contou ainda com a presença neste escalão jovem, de João Graça (17º) e Guilherme Marques (19º).

Marco Sousa no escalão de 40-44 anos e João Correia no escalão de 45-49 anos, subiram ao pódio no 2ºlugar. Pedro Serra (16º em 20-24 anos), André Sousa (25º em 40-44 anos), Paulo Leirião (26º em 45-49 anos) e Hugo Borges (38º em 40-44 anos) também concluíram esta prova, exceção para Gonçalo Neves que se viu envolvido numa queda no ciclismo que não o deixou prosseguir.

 

CIRCUITO BIATLE PORTUGAL TOUR (2ªetapa)

Realizou-se na quinta-feira, 25 de Abril, a 2ªetapa do Circuito de Biatle Portugal Tour 2019, na Amadora, e a Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas esteve presente com 34 atletas que alcançaram 12 pódios individuais nos vários escalões, numa competição disputada em formato de Biatle Outdoor, ou seja, com os atletas a realizarem dois segmentos de corrida, com distâncias entre os 200m e 1.600m, e pelo meio um segmento de natação, em distâncias que variaram entre os 50m e 200m.

Começando pelos mais novos, Francisca Leirião em 1ºlugar e Matilde Albuquerque em 2º subiram ao pódio feminino em SUB-11. Em SUB-13, Guilherme Neves foi 2ºclassificado, e Margarida Inácio foi 3ª em femininos.

João Nuno Batista venceu sem dificuldade o escalão de SUB-15, e Pedro Afonso Razões acompanhou-o no pódio subindo ao 2ºlugar, enquanto em femininos, Matilde Moita também subiu ao 2ºlugar do pódio.

Em SUB-19, Margarida Razões alcançou o 2ºlugar, e Mariana Correia foi 3ªclassificada no escalão de Juniores.

Nos menos jovens, também houve atletas no pódio, no escalão M40+, com o 1ºlugar em femininos para Catarina Neves e o 2º para Vânia Cambé, e em masculinos também o 2ºlugar para Marco Sousa.

Fonte: Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas

“Equipa Guerreira em Espanha”

Texto: AfterTwo //Works    

Foto: João Fonseca

A Sicasal Constantinos foi a 5ª melhor equipa na “Clásica de Pascua”, prova a contar para o ranking da Real Federação Espanhola de Ciclismo, que se disputou na tarde deste sábado em Padrón, município da província Galega da Corunha.

A competição é uma das mais antigas e prestigiadas do calendário espanhol, não surpreendendo por isso a competitividade apresentada pelos atletas que impuseram um ritmo elevadíssimo ao longo dos 125 quilómetros de corrida, com a média final a registar-se nos 46 kms por hora. 

Os ataques constantes dominaram a primeira parte da prova, mas a equipa de Torres Vedras esteve sempre bem representada, e quando ao quilómetro 50 se dá a primeira grande fuga do dia, Marcelo Salvador é um dos protagonistas na companhia de mais 13 atletas. A mesma durou cerca de 30 kms e chegou a ter mais de um minuto de diferença para o pelotão, mas com o aumento de ritmo da corrida, esta foi anulada e deu lugar a um novo ataque por parte de 4 atletas, 3 espanhóis e 1 britânico.

A equipa torriense não conseguiu integrar esta fuga e de imediato assumiu a liderança do pelotão na perseguição ao quarteto, na tentativa de colocar Francisco Guerreiro em boas condições para disputar o sprint final, mas os quatro atletas viriam mesmo a discutir a prova entre si, tendo a vitória sorrido a um espanhol, Martin Lestido da equipa Supermercados Froiz.

Francisco Guerreiro cruzou a meta na 14ª posição a 33 segundos do vencedor, sendo o segundo melhor sub-23 em prova. José Vieira (27º), Marcelo Salvador (28º) e Diogo Sardinha (38º) terminaram com os mesmos 33 segundos de diferença, enquanto Miguel Salgueiro e Francisco Morais chegaram cerca de 6 minutos mais tarde, na 56ª e 72ª posição respetivamente.

O diretor desportivo Hélder Miranda revelou-se feliz com o desempenho da equipa, afirmando que “saímos de Espanha satisfeitos com a prestação dos nossos jovens. Demonstraram garra e determinação durante toda a corrida, nunca virando a cara à luta."

 A equipa retoma a competição já na próxima quarta-feira dia 1 de maio para defender na Clássica das Aldeias do Xisto a liderança individual da taça de Portugal, prova na qual já garantiu o título coletivamente.

Fonte: Academia Joaquim Agostinho

“João Rocha e Daniela Pereira dominaram o XCO de Gondar”

Hélder Gonçalves sagrou-se Campeão Nacional Universitário

João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) e Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) foram os grandes vencedores, em elites, do 22º BTT XCO C.N.E. - Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar - Taça Manuel Abreu, terceira prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - SCORE. Hélder Gonçalves sagrou-se em Gondar Campeão Nacional Universitário de BTT Cross Country Olímpico.

Num magnífico dia para a prática do BTT, muito público esteve presente em Gondar em mais uma excelente jornada de promoção da modalidade que se revelou também um êxito organizativo. Na iniciativa marcaram presença, entre outras individualidades, Delmino Pereira (Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo), Ricardo Costa (Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Guimarães), João Luís Matos (Pároco de São João Baptista de Gondar), Agostinho Faria (Presidente da Freguesia de Gondar), José Luís Ribeiro (Presidente da Associação de Ciclismo do Minho), Ernesto Machado (Chefe de Núcleo dos Escuteiros de Guimarães), o Chefe de Agrupamento do CNE de Gondar e Jerónimo Sampaio (ex-ciclista e irmão de Manuel Abreu).

Na prova organizada em conjunto pela Associação de Ciclismo do Minho, Agrupamento 409 - Gondar do Corpo Nacional de Escutas e Paróquia S. João Baptista de Gondar, João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) impôs-se com alguma facilidade na corrida de elites, deixando o segundo classificado, Fábio Ribeiro (ACDRR BTT / LR Opticas / RJ Group) a mais de um minuto de distância. Na terceira posição ficou Bruno Silva (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão).

Também Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) dominou a competição de Elites femininas e reforçou a liderança do Campeonato do Minho de BTT XCO - SCORE. A atleta do clube de Viana do Castelo gastou o tempo de 01:04:52 h para percorrer o percurso da prova e deixou a 04:50m a atleta do Batotas/Ponte Lima Leandra Gomes. Na terceira posição classificou-se Ana Ramalho (ACDRR BTT / LR Opticas / RJ Group).

Na prova dos sub-23, a vitória foi para Rui Ferreira (Pedalbike/Rolub/lusosofá), enquanto José Ribeiro (Joana BTT/Trilhos Bike) foi segundo e Tiago Alves (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) terminou em terceiro.

Duarte Monteiro (Joane BTT/Trilhos Bike) venceu e Masters 30, deixando nos lugares imediatos Cláudio Veloso (BTT Braguinhas/Padim da Graça) e Ricardo Cunha (BTT Matosinhos).

Em Masters 40 a vitória foi conquistada por António Viana (Bombos S. Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor), enquanto Mário Fernandes (Rodabike/ACRG/Gondomar) e António Rocha (Saertex Portugal/Edaetech) preencheram os restantes lugares do pódio.

António Sousa, individual, venceu em Masters 50, deixando nos lugares imediatos Rodolfo Lopes (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) e João Amaro (Batotas/Ponte Lima).


Lucas Braga (Seissa) venceu em juniores

Lucas Braga (Seissa/KTM -Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) triunfou na corrida de Juniores, com o tempo de 01:20:59. Na segunda posição ficou Rúben Queirós (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) enquanto César Rocha (Tomatubikers/Toyota- Macedo&Macedo) foi terceiro.

Em Juniores femininos, o pódio foi preenchido por atletas do Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo: Joana Santos venceu e Rute Silva foi segunda.

João Cruz (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) ganhou a prova de Cadetes, fazendo o tempo de 50:29 m. Na segunda posição ficou Vasco Cunha (BTT Matosinhos), enquanto Afonso Gonçalves (Bila Bikers/Martins Cunha-BigMat/Propamsa) foi terceiro.

Na prova feminina, Sara Ferreira (Maiatos) foi a melhor deixando a mais de 03:08s Catarina Lopes (Batotas /Ponte Lima).

Paulo Teixeira (RodaBike/ACRG/Gondomar) triunfou em Paraciclismo, tendo Bruno Loureiro sido o melhor na vertente “open” na qual Ricardo Silva foi segundo e João Fernandes o terceiro.

Por equipas triunfou a formação da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, ficando o Joane BTT/Trilhos Bike em segundo e o Batotas/Ponte Lima em terceiro


Hélder Gonçalves (IPVC) sagrou-se Campeão Nacional Universitário

A prova que também homenageia Manuel Abreu, ciclista vimaranense que se sagrou campeão nacional de ciclismo de estrada e de rampa e venceu o Grande Prémio do Minho de 1996, foi este ano animada pela competição extra do Campeonato Nacional Universitário de BTT Cross Country Olímpico.

Hélder Gonçalves, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, foi o grande vencedor dos CNU’S e sagrou-se Campeão Nacional Universitário. O atleta do IPVC percorreu as oito voltas do percurso em 01:21:59, deixando a 03:14m o segundo classificado António Azevedo (IP Leiria). Dinis Rodrigues (AEIS Técnico) fechou o pódio do Campeonato Nacional Universitário de BTT Cross Country Olímpico.


Ricardo Costa (Vereador da CM Guimarães): “Autarquias locais devem valorizar todos os desportos”

Ricardo Costa, Vereador do Desporto, Finanças e Economia da Câmara Municipal de Guimarães, mostrou-se bastante agradado pelo ambiente que se viveu em torno do 22º XCO C.N.E. - Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar - Taça Manuel Abreu que, este ano, contou ainda com o Campeonato Nacional Universitário de Cross Country Olímpico.

“Guimarães recebe este ano os Nacionais Universitários nas várias vertentes desportivas. E esta é uma das formas que temos de demonstrar o apoio que damos ao desporto e não só ao futebol. As autarquias locais devem valorizar cada vez mais o que se faz e dar apoio às várias modalidades”, disse Ricardo Costa.

O vereador recordou ainda que a autarquia vimaranense tem apoiado ao longo dos anos a Associação de Ciclismo do Minho na realização dos seus eventos. “Orgulhamo-nos de fazer parte também desta prova que já vai na sua 22ª edição e que como se vê movimenta muita gente. Este ano ganhou o alento de receber o Nacional Universitário e nós estamos cá para apoiar até porque Guimarães sai a ganhar pois recebe não só os atletas mas também os familiares, amigos e adeptos”.


Delmino Pereira (Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo) lembrou Manuel Abreu

Delmino Pereira, Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, salientou a importância do XCO de Gondar e lembrou o ciclista vimaranense Manuel Abreu: “Esta corrida é um marco histórico e importante no calendário da Associação de Ciclismo do Minho. Uma prova que homenageia um ciclista do meu tempo, o Manuel Abreu. Como se pode ver, as pessoas gostam desta corrida, Gondar é uma freguesia tranquila e as pessoas vêm cá para disputar a prova e divertir-se”. Ao salientar o “impulso conferido pelo Nacional Universitário” ao XCO de Gondar, Delmino Pereira congratulou-se por “haver cada vez mais um certo cuidado e empenho das entidades para que seja possível conciliar os estudos e o desporto. Hoje em dia já há uma certa preocupação para que os jovens possam ter a sua vida académica e praticar desporto, sem prejudicar as suas vidas”.
 

AXPO/Firstbike Team/Vila do Conde venceu por equipas

Mário Costa, diretor desportivo da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, mostrou-se satisfeito pela vitória conquistada em Gondar, que dá à equipa a liderança no Campeonato do Minho de BTT XCO - SCORE Tech.

“O nosso objetivo é vencer o Campeonato do Minho. Somos os campeões em título, aliás vencemos os últimos seis anos, os últimos dois só com vitórias. Hoje estivemos aqui apenas com seis atletas porque dois estão na Noruega. De resto a AXPO tem 80 atletas federados desde Escolas, mas participa em várias provas. Temos obtido bons resultados, mas trabalhamos muito”, disse Mário Costa.


Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira evidenciou-se em Escolas

O Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira foi o grande vencedor coletivo nos escalões de escolas do 22º BTT XCO C.N.E. - Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar - Taça Manuel Abreu, classificando-se em segundo a Seissa/KTM -Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact e em terceiro o Domarsa/CODE/Santa Cruz/Bicicastro.

Em termos individuais, Carlos Moreira (Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira) e Matilde Fernandes (Seissa/KTM -Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) venceram a prova de Pupilos-Benjamins e Pedro Martins (Bila Bikers/Carnes Silva Cycles Oliveira) e Rita Fontinhas (Maiatos) a de iniciados.

Em Infantis destacaram-se Hugo Ramalho (Maiatos) e Margarida Vasconcelos (Maiatos)  em juvenis Lucas Ferreira (Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira) e Beatriz Silva (BCM/Póvoa de Varzim/CDC Navais).


Filipe Silva (Bila Bikers): “O importante é que os jovens aprendam e se divirtam"

Filipe Silva, diretor desportivo da Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira, estava satisfeito com o primeiro lugar obtido pela equipa, mas sobretudo porque “foi mais um dia de convívio e de aprendizagem para estes jovens e ninguém se magoou”.

“O primeiro lugar que obtivemos nesta segunda prova em que participamos do Campeonato do Minho é fruto de muito trabalho. Na primeira prova ficamos em segundo e aqui conseguimos chegar ao lugar mais alto do pódio. Mas nós trabalhamos muito e com empenho. Treinamos três vezes por semana todos juntos, assim como viajamos todos juntos, sempre de autocarro, como uma autêntica família”, disse Filipe Silva ao realçar o ambiente que se vive no seio do clube.

O diretor do Bila Bikers explicou que a equipa de Vila Real participa no Campeonato do Minho porque “a Associação de Ciclismo do Minho faz uma aposta forte nas provas de Escolas, tem uma boa organização, muito profissional e é uma mais valia para estes escalões de formação. A ACM faz uma aposta importante nestes campeonatos e, por isso, fazemos muitas provas do calendário do Minho”.

Filipe Silva salientou ainda que no Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira o objetivo é formar e levar os jovens a divertirem-se: “eles estão aqui para se divertirem e aprenderem, têm muito tempo para obter resultados. Não pressionamos os atletas, nós queremos que eles se divirtam, que aprendam e que gostem da modalidade”.

O 22º BTT XCO C.N.E. - Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar - Taça Manuel Abreu contou com o apoio da Junta de Freguesia de Gondar, Paróquia de São João Baptista de Gondar, Município de Guimarães, Federação Portuguesa de Ciclismo, FADU - Federação Académica do Desporto Universitário, Score Tech, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Cision, Arrecadações da Quintã, POPP Design e AFAcycles.


Manuel Abreu

Manuel Abreu nasceu em Gondar (Guimarães) a 5 de janeiro de 1963 e faleceu a 25 de fevereiro de 1997, tendo sido distinguido pela Câmara Municipal de Guimarães com a medalha de mérito desportivo e pela Associação de Ciclismo do Minho e Federação Portuguesa de Ciclismo.

Enquanto jovem, Manuel Luís Campos de Abreu acompanhou de perto a carreira de ciclista dos seus irmãos João e Jerónimo, quando estes representavam a equipa da Coelima. Com 20 anos de idade, em 1983, deixou a fiação onde trabalhava para se dedicar em exclusivo ao ciclismo. Representou a equipa da Coelima, de 1983 a 1985, tornou-se profissional nesse ano pelo Vitória Sport Clube e representou a seguir a equipa Garcia Joalheiro.

Manuel Abreu alinhou ainda nas formações Tensai / Mundial Confiança / Santa Marta, Sicasal /Acral e Maia / Jumbo, nesta última ao lado do seu irmão mais novo Joaquim Sampaio.

Sagrou-se Campeão Nacional de ciclismo de estrada, Campeão Nacional de Rampa por duas vezes e venceu várias provas, entre as quais o Grande Prémio do Minho de 1996.

Na Volta a Portugal em bicicleta ganhou o prémio do combinado em 1992, ano em que terminou a prova rainha do ciclismo português em segundo lugar.

Representou Portugal em diversos Campeonatos do Mundo e marcou presença em várias Voltas a Espanha e no Giro de Itália.

Fonte: ACM

“Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal (Guimarães, 24 de junho)"

Realiza-se no dia 24 de junho, em Guimarães, o Passeio de Bicicleta “Dia 1 de Portugal” promovido pela Associação de Ciclismo do Minho. A iniciativa é de participação gratuita (oferta de t-shirt oficial e do seguro), havendo a possibilidade de inscrição no Passeio, Mini Passeio e Trilho de BTT. A concentração está marcada para as 9 horas, junto ao Estádio D. Afonso Henriques.

As inscrições (gratuitas) podem ser efetuadas online (www.acm.pt) A 11ª edição do Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal terá dois percursos de dificuldade baixa (passeio e mini passeio) e um trilho de BTT (promovido em parceria com a Erdal), procurando-se assim incentivar a participação de todos os interessados, independentemente da idade e da condição física.

O Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal pretende incentivar a prática desportiva e a utilização da bicicleta como opção de mobilidade, para além de assinalar uma importante data histórica, a Batalha de São Mamede (24 de Junho de 1128) que viria a ser designada como "a primeira tarde portuguesa". A iniciativa integra este ano o programa oficial das comemorações dos 120 anos da União Velocipédica Portuguesa / Federação Portuguesa de Ciclismo.

A inscrição é gratuita e os participantes no Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal terão direito a uma t-shirt oficial, habilitam-se ao sorteio de prémios oferecidos pelos diversos parceiros da iniciativa e estarão cobertos pelo seguro desportivo.

A participação de figuras públicas e de referências do desporto tem sido uma das características do Passeio Dia 1 de Portugal, proporcionando-se assim momentos de interação e de convivência no contexto de uma autêntica "festa do ciclismo de lazer" em que pode participar toda a família.

Com partida e chegada junto ao Estádio D. Afonso Henriques (início às 10 horas), a iniciativa terá três percursos (Passeio, Mini Passeio e Trilho de BTT), sendo o trajeto inicial (no Centro Histórico de Guimarães) efetuado em conjunto por todos os grupos de participantes. À passagem pelo local da partida, depois do trajeto inicial no Centro Histórico, termina o Mini Passeio.

O Trilho de BTT, uma das três opções de participação, é promovido em parceria com a ERDAL - Escolas de Referência de Desportos de Ar Livre. O percurso do Trilho de BTT terá uma extensão de cerca de 20 kms com o passeio inicial pelo Centro Histórico de Guimarães e com o acesso final ao local de partida/chegada. Na preparação do percurso do trilho houve uma particular atenção em proporcionar aos participantes paisagens únicas e deslumbrantes, muitas delas até agora inacessíveis em percursos de BTT.

O Passeio de Bicicleta Dia 1 de Portugal conta, entre outros, com os seguintes apoios: Câmara Municipal de Guimarães, Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, POPP Design, Score Tech, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, , Tempo Livre / Centro de Medicina Desportiva de Guimarães, Vitrus Ambiente, AFAcycles,  Enfcare - Serviços de Enfermagem, Lda., Associação Vimaranense de Hotelaria, Guimarpeixe, Junta de Freguesia da Costa, Remax GO (Azurém - Quintã / Guimarães), Finiconde, Interfios, Pevigel e Programa Nacional "Ciclismo para Todos".

Nas edições anteriores a iniciativa integrou a programação de Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura, de Guimarães 2013 - Cidade Europeia do Desporto, foi o evento escolhido pelo Comité Olímpico de Portugal para assinalar o Dia Olímpico (2013), integrou o programa oficial das Comemorações dos 8 Séculos da Língua Portuguesa (2014), fez parte do programa do Centenário do Centro Juvenil de São José (2015) e do projeto de inclusão social desenvolvido em parceria pela CERCIGUI e o CNE - Corpo Nacional de Escutas (2015).

Fonte: ACM

“Esclarecimentos 32º Triatlo de Oeiras”

Campeonato Nacional Individual elites e Campeonato Nacional Individual de Cadetes
É já no próximo dia 5 de maio que Oeiras recebe a trigésima segunda edição do Triatlo de Oeiras, uma prova constituída pelo Campeonato Nacional Individual de Triatlo na distância Sprint para Atletas Elite, Grupos de Idade e Paratriatlo.


No Campeonato Nacional Individual de elites o percurso de ciclismo incluirá quatro voltas – todas as outras competições terão apenas uma volta, – de modo a proporcionar ao público maior espetacularidade no apoio aos atletas de elite.

Conforme consta no regulamento no CN Elites é aplicado o overlap. Todos os atletas que estejam em situação de ser dobrados pela frente da prova receberão indicação do árbitro para abandonar a prova

Os atletas cadetes poderão participar em qualquer prova, mas aquela que irá contar para o Campeonato Nacional de Cadetes é a da distância super sprint, uma competição também de qualificação para o Campeonato Europa de Youth, que será disputado em Kitzbühel, na Áustria, nos dias 20 a 23 de junho.

Mais informações ou esclarecimentos por favor consulte o regulamento, contacte e federação para secretaria@federacao-triatlo.pt  ou +351 214 464 820

Fonte: FTP