quarta-feira, 3 de julho de 2019

“Campeonato Nacional Jovem no III Triatlo David Vaz 2019”

A 6 de julho é dia de prova jovem no Fundão, um evento que conta com mais de 300 triatletas.

No próximo sábado, dia 6 de julho, irá realizar-se na bela cidade do Fundão o III Triatlo David Vaz, evento que este ano recebe a 5º etapa do Campeonato Nacional Jovem, disputada em forma de duatlo.

O Duatlo Jovem do Fundão é a prova do Campeonato Nacional de Juvenis, sendo prova única do Campeonato Nacional de Duatlo que apura diretamente pela classificação.

Antes da competição haverá desfile de clubes, que conta com a presença de um elemento de cada clube para a realização da leitura de ‘Compromisso de Honra’ e uma foto em conjunto.

O percurso do Duatlo será realizado em asfalto, no centro do Fundão, com as distâncias adaptadas aos escalões dos atletas. Já o segmento do ciclismo, com o trajeto a passar pelo centro do Fundão, será feito em asfalto e contará com algum desnível e distâncias adaptadas aos escalões.

O III Triatlo David Vaz é uma organização da Câmara Municipal do Fundão, Associação David Vaz, Clube de Triatlo do Fundão e Grupo de Convívio e Amizade das Donas, com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal.

Muito boa prova a todos e divirtam-se a fazer triatlo!

Fonte: FTP

“Pedal no Intendente 2019”

A Edição do Pedal no Intendente 2019 chega novamente ao Bairro do Intendente, com um passeio suave à descoberta das margens do rio, e uma feira de bicicletas aberta a todos os que queiram vender ou comprar materiais ligados às duas rodas e onde poderá encontrar grandes oportunidades.

6 JULHO

10h00

PASSEIO DE BICICLETA – LISBOA VIRADA AO RIO

Percurso fácil com muitas paragens temáticas. Inscrição abaixo!

10h00-18h00

FEIRA DE BICICLETAS USADAS

Compra e venda de bicicletas e acessórios.

Se quiser comprar ou vender, é só chegar e negociar.

Mais informações e inscrições disponíveis aqui: http://bikepop.pt/2019/pedal-no-intendente-2019 

Oferta de um vale de 10,00€ em serviços bike.POP para todos os participantes! As inscrições são gratuitas (mas obrigatórias) para efeitos de seguro.

“Novas pistas olímpicas de BMX e de BTT-XCO”

Por: José Carlos Gomes

A Câmara Municipal de Anadia e a Federação Portuguesa de Ciclismo inauguram, amanhã, quinta-feira, 4 de julho, as novas pistas olímpicas de BMX e de BTT-XCO, que vêm complementar a oferta do Centro de Alto Rendimento de Anadia (CAR-Anadia). Além das pistas, será inaugurado o Centro de Avaliação e Controlo de Treino de ciclismo. Esta oferta vem reforçar a candidatura do CAR-Anadia a Centro Satélite do Centro Mundial de Ciclismo.

A cerimónia da próxima quinta-feira contará com a presença do Sr. Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, e do presidente da União Ciclista Internacional, David Lappartient.

- 10h00: Inauguração da Pista de Cross Country Olímpico (XCO), nas antigas instalações do Parque de Campismo da Curia (GPS: 45º25’17.0” N 8º28’24.2” W)

- 11h30: Inauguração da Pista de BMX Racing, junto ao Velódromo Nacional (GPS: 40º28’45.8” N 8º28’33.6” W

Fonte: FPC

“Equipa Portugal/Seleção de BTT compete na Noruega e em Andorra”

Por: José Carlos Gomes

A Equipa Portugal de BTT compete em duas frentes no próximo fim-de-semana, disputando o Campeonato da Europa de Maratona (XCM), no sábado, na Noruega, e a Taça do Mundo de XCO, no domingo, em Andorra.

Para o Campeonato da Europa de XCM, o selecionador nacional, Pedro Vigário chamou José Dias e Tiago Ferreira, dois corredores da DMT Racing Team. Depois de já ter sido campeão e vice-campeão mundial e europeu, Tiago Ferreira é sempre uma referência na luta pelas posições cimeiras. Na prova de Kvam – Lillehammer não será diferente.

Os candidatos ao título europeu vão encontrar um percurso de 90 quilómetros, com um desnível acumulado positivo de 3000 metros. A maior parte da corrida, 53 quilómetros, será disputada sobre terra, mas há ainda que contar com 25 mil metros de gravilha e 12 quilómetros asfaltados. A partida será dada às 11h00.

“O percurso é exigente e está muito frio. Vamos fazer tudo para estar na luta pelas medalhas”, resume Pedro Vigário.

No dia seguinte, em Vallnord, Andorra, corre-se mais uma etapa da disciplina olímpica de BTT. A Equipa Portugal estará presente na prova feminina de sub-23, alinhando com Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) e com Marta Branco (Maiatos).

O objetivo para as duas corredoras passa por melhorar prestações anteriores “e dar continuidade ao trabalho de aprendizagem e de desenvolvimento. Neste caso, a aprendizagem passa por correr em condições diferentes das provas anteriores, porque será uma prova em altitude”, explica o selecionar nacional.

Além das duas representantes da Equipa Portugal, a proximidade com Portugal permite que a delegação portuguesa tenha um total de 13 corredores, a maioria em representação das respetivas equipas.

Fonte: FPC

“João Andrade 5º no campeonato de masters”

O 5º lugar foi a posição alcançada por João Andrade, atleta master, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola que no passado fim-de-semana se deslocou ao Alandroal para disputar as duas provas do Campeonato Nacional de Masters.

No sábado, o corredor da formação alcobacense disputou a prova de contra-relógio individual com um percurso de 16,7 kms, feitos de baixo de um sol escaldante. Pouco depois da partida, e quando tinha percorrido cerca de 3 quilómetros o bidon saltou na bicicleta e acabou por cair o que deixou o atleta sem água, num percurso muito duro, com um constante sobe e desce, a isso se somando o muito calor que se fez sentir pelo que o resultado foi o 8º lugar no escalão de masters 50.

O desgaste contra-relógio deixou mazelas para a prova em linha disputada no domingo, com um percurso de 73 quilómetros em constante sobe e desce, feitos novamente debaixo de forte calor. O atleta da formação alcobacense levou 1h:55m:37s:000 para efectuar a prova, ficando no 5º lugar deste Campeonato Nacional de Masters.

Fonte: Alcobaça Clube de Ciclismo

“Alcobaça com quatro pódios em Mato Cheirinhos"

Quatro presenças no pódio foram conquistadas pelo Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola na prova de Mato Cheirinhos, que teve lugar naquele lugar do concelho de Cascais, no passado domingo.

Ana Fernandes levou a melhor no escalão de juvenis femininos ao percorrer a prova de contra-relógio com o melhor tempo levando 03m:24s:19 para fazer os 2 kms do percurso e na prova em linha de 20 kms voltou a ser a melhor ao efectuar a prova em 36m:53s:00, alcançando o 1º lugar no seu escalão. Ao pódio subiram ainda Tiago Santos que ficou em 2º lugar em juvenis masculinos, enquanto Madalena Santos foi também a 2ª classificada em iniciados femininos e Miguel Madeira foi o 3º classificado no escalão de juvenis.

Jorge Rosa que ficou em 8º lugar no escalão de juvenis masculinos foi contemplado com uma medalha, enquanto os seus colegas de escalão ficaram em 13º lugar Amílcar Madeira e Tomás Henriques que devido a avaria mecânica ficou em 27º lugar. Tiago Santos que venceu a prova em linha percorrendo os 20 quilómetros do percurso em 36m:19s:00 acabou relegado para o 2º lugar ao ser batido na prova de contra-relógio que perdeu para um adversário por uma curta margem de quatro segundos e alguns centésimos.

Estreou-se nesta prova o atleta Henrique Pereira de 12 anos, a correr como infantil, e que nesta sua primeira prova ficou em 17º lugar ao efectuar a prova de gincana em 59s:13 com uma penalização, e levou 23m:07s para percorrer os dez quilómetros da prova em linha vencendo com êxito o nervosismo de quem se estreia na modalidade desportiva que escolheu.

Na classificação por equipas a formação alcobacense ficou em 7º lugar.

No escalão de cadetes os atletas tiveram que efectuar um percurso de oito voltas, e um total de 50,4 kms onde o forte vento que se fez sentir foi o principal adversário. Tiago Belchior, do Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola foi o 14º classificado, Ricardo Santos foi o 17º, Rafael Soares o 21º e Tomás Torres ficou na 23ª posição, dando à equipa o 5º lugar na classificação colectiva.

Por seu lado os atletas do escalão de juniores deram 12 voltas ao percurso, totalizando 75,6 kms, com Carlos Fernandes a ficar no 18º lugar, Miguel Correia foi o 23º, e Rafael Mateus 36º. Na classificação por equipas o Alcobaça Clube de Ciclismo/Crédito Agrícola ficou em 6º lugar.

Fonte: Alcobaça Clube de Ciclismo