sexta-feira, 2 de setembro de 2016

“Portugal leva sete ciclistas de elite aos Europeus de estrada”

Nelson Oliveira só irá disputar o contrarrelógio, Rui Costa lidera representação portuguesa

Por: Lusa

Foto: Lusa

Portugal vai apresentar sete corredores de elite nos Europeus de estrada, em Plumelec, na França, seis para a corrida de fundo e Nelson Oliveira (Movistar) apenas para o contrarrelógio.
André Cardoso (Cannondale-Drapac), José Gonçalves (Caja Rural), José Mendes (Bora-Argon18), Rui Costa (Lampre-Merida), Sérgio Paulinho (Tinkoff) e Tiago Machado (Katusha) foram os seis eleitos pelo selecionador José Poeira para os 236,3 quilómetros da prova de fundo, a disputar em 18 de setembro.
Nelson Oliveira, sétimo no 'crono' do Rio'2016, entra em competição três dias antes, a 15, nos 44 quilómetros do exercício individual contra o relógio.
Contando com os elites, cuja categoria se estreia nos Europeus, a seleção portuguesa vai estar representada com um total de 17 corredores, disputando também as provas de sub-23 e juniores masculinos e elite e juniores femininas.
André Carvalho, Ivo Oliveira e Luís Gomes (Liberty Seguros-Carglass) e Nuno Bico (Klein Constantia) são os representantes na prova de fundo de sub-23, sendo que Oliveira vai também disputar o 'crono', enquanto os juniores João Almeida e Daniel Viegas (Bairrada) disputam o contrarrelógio e vão ser acompanhados por Pedro Lopes (Alcobaça CC-Crédito Agrícola) e por Pedro Teixeira (ACDC Trofa) na prova de fundo.
A elite Daniela Reis (DN17 Poitou Charentes) e a júnior Soraia Silva (Bairrada) foram as escolhas do selecionador feminino, Gabriel Mendes, para as provas de fundo.

Fonte: Record on-line

“Vuelta/Edição de 2017 vai partir de França”

É a terceira vez que a prova começa fora de Espanha

Por: Lusa

A edição 2017 da Volta a Espanha vai partir da cidade francesa de Nimes, anunciou esta sexta-feira o diretor da prova, Javier Guillén, antes do início da 13.ª etapa da competição que levará o pelotão até Urdax-Dantaxarinea.
Guillén, que estava acompanhado pelo diretor da Volta a França, Christian Prudhomme, e por um responsável da cidade de Nimes, explicou que a ideia surgiu numa corrida de toiros na cidade francesa à qual assistiu em 2012.
"Gostei da cidade e fiz contactos com várias autoridades. Trabalhámos o assunto e finalmente o projeto vai concretizar-se", disse.
Javier Guillén não revelou muitos pormenores, confirmando apenas que a prova vai começar a 19 de agosto, e terá duas etapas em território francês.
Em 71 edições, a Vuelta somou apenas duas partidas fora do país. Em 1997 a prova saiu de Lisboa e em 2009 a partida foi dada em Assen, na Holanda
Após 12 etapas, a edição 2016 da prova, que termina a 11 de setembro, é liderada pelo colombiano Nairo Quintana, da Movistar.

Fonte: Record on-line

“Vuelta/Valerio Conti vence a etapa mais longa”

Ciclista italiano triunfou isolado na 13.ª tirada

Por: Lusa

Foto: Epa

O italiano Valerio Conti, da Lampre, venceu esta sexta-feira, isolado, a 13.ª etapa da Volta a Espanha, disputada entre Bilbau e Urdax, na distância de 213,4 quilómetros.

Tudo sobre a Vuelta 2016

A mais longa das etapas da Vuelta, que Conti cumpriu em 5:29.04 horas, desenvolveu-se em ambiente calmo para o pelotão, com todos os favoritos, que estava a mais de 26 minutos quando o italiano terminou.
Conti esteve na fuga vitoriosa do dia e depois atacou sozinho, conseguindo distanciar-se quase um minuto de 10 companheiros de escapada, todos bastante atrasados na geral.

Fonte: Record on-line