sexta-feira, 23 de junho de 2017

"Convocatória: Campeonato da Europa de Triatlo Youth"

A Comissão Técnica Nacional divulgou a convocatória para o Campeonato da Europa de Triatlo no escalão Youth que decorrerá entre os dias 13 e 16 de julho em Panevezys, Lituânia.

A competição receberá oito triatletas nacionais que integrarão o conjunto mais jovem a disputar um campeonato da Europa na nossa modalidade. Contamos com a presença de Gabriela Ribeiro, Inês Rico e Mariana Carvalho, assim como de Alexandre Ribeiro, Alexandre Paias da Silva, André Bôto, José Vieira e Ricardo Batista, acreditando que o esforço e dedicação na representação nacional será ao mais alto nível.

Fonte: FTP

“Esposende será palco de dois dias de competições”

Esposende receberá triatletas de todas as idades para a disputa de dois dias de competições que marcarão o primeiro fim-de-semana de Julho. A mancha de centenas triatletas competirá na cidade bracarense em provas pontuáveis para a Taça de Portugal de Triatlo, Campeonato Nacional Jovem, Campeonato Nacional de Cadetes e de Juniores e numa Prova Aberta destinada a todos os interessados em participar.

O primeiro dia de competições será reservado aos mais jovens. Depois de três etapas consecutivas disputadas em Aquatlo o Campeonato Nacional Jovem volta a desafiar os “pequenos” triatletas a competir em formato de triatlo. Em Esposende poderão usufruir de percursos planos num cenário ideal para a prática da modalidade que trará à região Norte do país toda a animação, aprendizagem e competitividade das nossas competições Jovem.

Domingo, dia 02 de Julho, a Taça de Portugal de Triatlo será igualmente ilustrada pela beleza natural da cidade e juntará atletas de todos os cantos do país para competirem pela disputa de importantes pontos. Aqueles que aceitarem o desafio em Esposende alinharão junto à foz do Cávado para a partida da competição. No final do percurso de natação de 850m em linha a favor da corrente, todos os triatletas iniciarão o ciclismo que atravessará a avenida marginal da cidade ao longo de 19,8km. Seguidamente será no passeio pedonal junto ao rio, com a foz como pano de fundo, que o segmento de 5km de corrida se fará cumprir e permitirá a todos os presentes a conclusão da prova.

Para os triatletas dos escalões Cadete e Júnior a presença em Esposende, na mesma prova da Taça de Portugal de Triatlo, permitirá a disputa do título Nacional do seu escalão. Fator que trará à competição a intensidade necessária para um entusiasmante decorrer de competição.

No mesmo dia haverá espaço para a realização de uma Prova Aberta. Com condições excelentes para a prática da modalidade, a prova apresenta-se como uma boa oportunidade para todos os que procuram uma primeira experiência no Triatlo e desafiará todos os atletas ao longo de 300m de natação, 8km de ciclismo e 2km de corrida.

Será através do lema “Esposende um privilégio da natureza” que o VI Triatlo de Esposende, organização da Câmara Municipal de Esposende, em parceria com a Federação de Triatlo de Portugal, apresentará a sua oferta competitiva aliada à beleza natural. Em Esposende esperamos encontrar um grande número de triatletas de todas as idades para dois dias preenchidos de competições.

Fonte: FTP

“André Cardoso estreia-se no Tour ao lado de Alberto Contador”

Português integra eleitos da equipa Trek-Segafredo para a prova francesa

Por: Lusa

O português André Cardoso vai fazer este ano a sua estreia na Volta a França, ao ser hoje confirmado na equipa Trek-Segafredo, que será liderada pelo espanhol Alberto Contador, vencedor em 2007 e 2009. "Um sonho tornado realidade fazer parte desta grande equipa Trek-Segafredo no meu primeiro Tour. Muito orgulhoso", escreveu o português na rede social Twitter.

Pela primeira vez no Tour, André Cardoso já esteve quatro vezes na Volta a Espanha e três na Volta a Itália, tendo como melhores resultados o 14.º posto no Giro de 2016 e o 16.º na Vuelta de 2012.

Montada para ajudar Contador a chegar ao terceiro título na 'Grand Boucle', a Trek-Segafredo terá ainda o alemão John Degenkolb, o italiano Fabio Feline, o polaco Michael Gogl, o espanhol Markel Irizar, os holandeses Koen de Kort e Bauke Mollena, sétimo no Giro'2017, e o colombiano Jarlinson Pantano.

A Volta a França de 2017 inicia-se em 1 de julho, na cidade alemã Dusseldorf, vai passar pela Bélgica e termina em Paris em 27 de julho.

Fonte: Record on-line

“O elo de engate rápido da Shimano está disponível”

SM-CM900 - Novo elo de ligação rápida para correntes Shimano

Por: Nuno Candeias

A Shimano nunca coloca no mercado nenhum produto até se sentir completamente satisfeita com a performance desse produto, mesmo quando se trata de simples elos de ligação de corrente.

Chega agora ao mercado o SM-CM900-11A, este produto foi resenhado para montagem livre de ferramentas, e vai ser uma ajuda para aqueles ciclistas que necessitam de rapidamente fazer uma reparação.

Este elo de engate rápido  é compatível apenas com as correntes de 11velocidades , não sendo possível a sua reutilização. Uma embalagem traz 2 unidades.

Para uma montagem mais rápida e profissional vai estar disponível uma ferramenta especifica ( TL-CN10).

Fonte: Sociedade Comercial do Vouga

“ABIMOTA aposta na internacionalização do setor das duas rodas e recebe comitiva mundial para debater regras de normalização”

Por: Marta Varandas

A ABIMOTA – Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins, enquanto ONS (Organismo de Normalização Setorial) para o setor das duas rodas – delegação de competências do Instituto Português da Qualidade (IPQ) acolheu, entre 19 e 23 de Junho, a primeira reunião mundial do Comité Técnico ISO/TC 149 Cycles realizada em Portugal.

O evento decorreu em Aveiro, no Meliá Ria Hotel & Spa, estando representadas delegações de 11 países, incluindo Portugal e mais de 60 participantes. Alguns deles, presentes pela primeira vez no nosso país, partiram duplamente satisfeitos: com o acolhimento prestado pela ABIMOTA a todos quantos fizeram esta visita e com a excelência das condições meteorológicas e da gastronomia local.

Quando em Maio de 2016, em Shangai (China), a ABIMOTA, em representação de Portugal, se propôs acolher em 2017 a reunião seguinte deste Comité Técnico ISO/TC 149, onde marcam presença as maiores e mais influentes empresas mundiais no fabrico de componentes e montagem de bicicletas, o objetivo estratégico era o de contribuir para colocar Portugal ao mais alto nível na área da normalização. 

Durante a semana de trabalho que hoje termina ainda houve tempo e espaço para proporcionar aos membros do comité uma visita a empresas nacionais de referência no setor das duas rodas, como a Polisport, RTE e Triangle’s, mostrando o que de melhor se faz em Portugal. As instalações da ABIMOTA e do LEA – Laboratório de Ensaios da ABIMOTA também foram ponto de passagem obrigatório. 


De referir que a meio da semana a comitiva foi brindada com um jantar típico, onde presentes na mesa estiveram as iguarias tradicionais da região, mantendo todas as delegações animadas e com energia acumulada para o desenrolar e desfecho dos trabalhos.

O IPQ marcou presença hoje, sexta-feira, na sessão plenária, que juntou os vários grupos de trabalho que, ao longo da semana, debateram temáticas diversas relacionadas com o setor das duas rodas

Fonte. CREATIVE GRUPOMA/Abimota

“Nelson Oliveira justifica ausência no contrarrelógio com "falha de comunicação"”

Em causa a alteração do horário

Por: Lusa

Foto: Filipe Farinha

Nelson Oliveira, tricampeão nacional, justificou esta sexta-feira a sua ausência no contrarrelógio dos campeonatos nacionais de ciclismo com uma "falha de comunicação" com a organização.

"Ontem (quinta-feira) foi dada uma hora de partida e hoje alteraram uma hora e meia antes da partida. Como não tinha nenhum diretor aqui, a informação não me foi passada. Se calhar o erro é meu, porque devia ter ligado, mas também da organização, porque não contactaram o atleta. Quando comecei a aquecer já todos os ciclistas tinham partido, então decidi não me fazer à estrada", explicou aos jornalistas o ciclista de 28 anos, que já venceu a prova quatro vezes, as últimas três consecutivamente.

O corredor confessou ainda sentir-se um "bocadinho frustrado", mas ainda assim sublinhou que tanto a vida como o ciclismo "continuam" e que terá mais oportunidades.

Também o novo campeão, Domingos Gonçalves, e o segundo classificado, Rafael Reis, pronunciaram-se acerca da ausência de Nelson Oliveira.

"O Nelson é sempre uma referência. Mesmo ele não correndo sabia que também tinha outros ciclistas que são bons, mas o Nelson seria o maior rival. O meu irmão [José Gonçalves] também seria outro grande rival, eles, faltando, abriram-me um pouco o caminho. Mas também tinha Rafael Reis, Sérgio Paulinho, José Mendes e outros que também têm corrido bem", disse Domingos Gonçalves.

Por seu lado, Rafael Reis considerou que a ausência de Nelson Oliveira foi uma "oportunidade perdida" para os restantes se compararem com ele, classificando-o como "um dos melhores contrarrelogistas do mundo", que ainda está em ascensão.

Domingos Gonçalves terminou os 33,9 quilómetros do percurso em 42.19 minutos, batendo Rafael Reis por cinco segundos e Sérgio Paulinho por 20, nos campeonatos nacionais de ciclismo de estrada, em Santa Maria da Feira.

Os campeonatos nacionais de ciclismo de estrada prosseguem no sábado e no domingo, em Gondomar, com a realização das provas em linha de sub-23 e elite.

Fonte: Record on-line

“Ciclismo em Santa Maria da Feira”

Estreia de Campeão em luta contra o relógio

Domingos Gonçalves é o novo Campeão Nacional de Estrada na vertente de Contrarrelógio. No Nacional da especialidade que decorreu esta sexta-feira, em Santa Maria da Feira, o corredor de Barcelos fez a melhor marca no circuito de 33,9 quilómetros (3 voltas no Europarque) com o tempo de 42 minutos e 19 segundos.

Gonçalves (RP-Boavista) foi mais rápido cinco segundos que Rafael Reis (Caja Rural-Seguros RGA) enquanto Sérgio Paulinho (Efapel) foi terceiro classificado a 20 segundos do registo vencedor.

“Consegui enganá-los”, disse com sorriso matreiro o novo Campeão Nacional apontando para Rafael Reis e Sérgio Paulinho ao abandonar o pódio. Logo de seguida mostrou a satisfação pelo triunfo. “Depois de muito esforço esta é uma compensação pelo trabalho que tenho vindo a desenvolver. É a primeira vez que sou Campeão Nacional e estou muito satisfeito. Muitas vezes sou impulsivo mas vou tentar acalmar-me para concretizar melhor os meus objetivos.”

O tricampeão nacional e grande favorito para o contrarrelógio Elite, Nelson Oliveira, estava pronto para defender o título mas acabou por não alinhar devido a uma confusão com o horário de partida alterado durante a reunião de diretores desportivos.


Campeão Sub-23 repetiu vitória de 2015

Entre os corredores mais novos, o título de Campeão Nacional de Contrarrelógio Sub-23 foi atribuído a José Fernandes. Com uma volta a menos no circuito do Europarque, o jovem alentejano terminou os 22,6 quilómetros do percurso com o tempo de 28 minutos e 01 segundo, o que deu uma média horária superior a 48 Km/hora que ultrapassou a média do vencedor Elite.

Fernandes (Liberty Seguros-Carglass) deixou o segundo classificado, o companheiro de equipa Gaspar Gonçalves, a 15 segundos de diferença. João Almeida (Unieuro Trevigiani-Hemus 1896) foi terceiro classificado a 59 segundos.

“Fico contente e muito motivado para continuar a apostar na minha carreira. Tenho pena que não possa usar a camisola de Campeão tanto tempo quanto gostaria, uma vez que em Portugal não existem muitas provas de contrarrelógio e na próxima época já serei Elite”, disse feliz o corredor natural de Évora que já experimentara o sabor do ouro em 2015.

A realização dos Campeonatos Nacionais de Contrarrelógio tem o patrocínio da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e o apoio Europarque, Liberty Seguros, KIA, RTP, Delta Cafés, KTM, Vitalis, Shimano, 4XP byDiesport e Antena1.

Fonte: Podium

“GP Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho”

Um pelotão de 132 corredores, de nove nacionalidades provenientes de três continentes, irá disputar entre 5 e 9 de julho a 40.ª edição do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras - Troféu Joaquim Agostinho.

A corrida portuguesa que integra há mais tempo ininterruptamente o calendário internacional regressou este ano aos cinco dias de prova, tendo assim quatro etapas em linha e um prólogo, totalizando 654 quilómetros.

Além de mais um dia de competição, esta 40.ª edição do Troféu Joaquim Agostinho apresenta outras novidades, entre elas alguns dos locais de partida e chegada, e a divisão da 3.ª etapa em dois sectores.

Começamos então pelo prólogo, que tem lugar no Turcifal, no dia 5 de julho. Em sistema de contrarrelógio, esta prova tem início às 17H00 e a extensão de 8 quilómetros.

No dia seguinte, é altura da primeira etapa em linha, com partida na Adega Cooperativa da Ventosa. A tirada tem 140 quilómetros e termina na localidade de Arruda dos Vinhos.

Quanto ao terceiro dia de prova, fica marcado pela subida ao Alto de Montejunto onde a meta final irá coincidir com uma Meta de Montanha de 1.ª categoria. A partida para esta etapa de 155 quilómetros tem lugar no Sobral de Monte Agraço.

O quarto dia apresenta assim a grande novidade desta 40.ª edição, uma etapa dividida em dois sectores. O primeiro sector tem 78 quilómetros, partida em Atouguia da Baleia e a chegada a coincidir com mais uma Meta de Montanha, desta feita de 3.ª categoria, na localidade de Vimeiro. O segundo sector é finalizado no já conhecido circuito de Torres Vedras, que se apresenta com 111 quilómetros exigentes, visto que é marcado por subidas e descidas constantes com elevado grau de dificuldade. O segundo setor ficará ainda marcado pela inauguração da Rotunda Pelotão, homenagem da edilidade torriense aos ciclistas.

No último dia, mais uma passagem pelo Alto de Montejunto, desta vez numa tirada que vai ligar São Martinho do Porto ao Parque Eólico de Carvoeira passando por um elevado número de municípios do Oeste. Esta etapa é a mais longa desta edição, com 162 quilómetros, e conta com contagens de montanha, entre elas o Alto de Montejunto, de 1.ª categoria, e o Parque Eólico de Carvoeira (meta final), de 3.ª categoria.

Equipas presentes: Sporting/ Tavira; RP – Boavista; Louletano - Hospital de Loulé;   W 52 / FC Porto; Miranda – Mortágua; Efapel; LA Aluminios / Metalusa Blackjack; Jorbi - Team José Maria Nicolau; SICASAL/ Constantinos / UDO; Liberty Seguros / Carglass; Burgos BH (ESP); Armeé de Terre(FRAN); Caja Rural (ESP); Lokosphinx(RUS); Team Sparebanken sor (NOR); Euskadi Basque Coutry – Murias (ESP); Moreira Congelados.


Etapas

05 – Prólogo Turcifal – Turcifal, 8 km. Partida 1.º corredor: 17h00

06 – 1.ª etapa: 12h30, Ventosa (Adega Cooperativa) – Arruda dos Vinhos, 15h55| 140kms

07 – 2.ª etapa: 11h30, Sobral M. Agraço – Alto de Montejunto, 15h14 |155kms

08 - 3.ª etapa / 1.º sector : 10h00, Atougia da Baleia – Vimeiro, 11h51| 78kms

08 - 3.ª etapa / 2.º sector : 16h00, Torres Vedras (circuito),18h45| 111Kms

09 – 4.ª etapa: 12h10, S. Martinho do Porto – Carvoeira (parque eólico), 16h16 | 162kms

Camisolas

Amarela         | Oeste Portugal-Comunidade Intermunicipal do Oeste         - Class. Geral Individual Tempos

Cinza             |ModeCort                                                                            - Class. Geral por Pontos

Azul               |CUF                                                                         - Class. Geral da Montanha

Roxa              |Adega Ventosa – Alma Vitis                                           - Class. Geral do Combinado

Branca           |Pretrab                                                                                - Class. Geral Metas Volantes

Laranja           | IPDJ                                                                                  - Class. Geral da Juventude


Faixa  vencedor da Etapa |Ô Hotel Golf Mar / Águas do Vimeiro    

Prémio vencedor da Etapa | Colchões Bom Repouso   

Alterações ao Trânsito

05 julho, quarta-feira| Prólogo » Turcifal – Turcifal, 8 Kms

No dia 05 de julho, haverá o PRÓLOGO do TURCIFAL que origina trânsito cortado, das 16h30 às 19h30, nas ruas do itinerário e entre Mugideira - Cadriceira.

08 julho, sábado|3.ª Etapa

No dia 09 de julho, a chegada da 3.ª etapa- 2.º Sector será antecedida do Circuito (antigo) de Torres Vedras com 5 passagens pela linha de Chegada (av. António Leal Ascenção) o que implicará alterações ao trânsito / estacionamento no itinerário e zonas envolventes, entre as 16h00-19h00:  TORRES VEDRAS - VARATOJO – FIGUEIRAS – S. MAMEDE – SERRA VILA – T. VEDRAS

Autarquias envolvidas no Troféu Joaquim Agostinho

Municípios: Torres Vedras, Alenquer, Alcobaça, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral Monte Agraço

Freguesias: UF de A dos Cunhados e Maceira, UF Carvoeira e Carmões, UF de Carregado e Cadafais, UF Campelos e Outeiro da Cabeça, JF Atouguia da Baleia, UF Dois Portos e Runa, JF Freiria, UF Lourinhã e Atalaia, UF Maxial e Monte Redondo, JF Ponte do Rol, JF Ramalhal, JF São Pedro Cadeira, JF Silveira, JF Sobral Monte Agraço, JF Turcifal, JF São Mamede da Ventosa, JF São Quintino, JF  Santa Maria, São Pedro e Matacães, JF S. Martinho do Porto, JF Ota, JF Vimeiro, JF Vilar

A organização é da União Desportiva do Oeste, em parceria com a Câmara Municipal de Torres Vedras.

Fonte: FPC