sábado, 29 de junho de 2019

“Campeonato Nacional de Estrada”

João Almeida ataca para vitória após mais de 100 quilómetros em fuga

Por: José Carlos Gomes

João Almeida (Hagens Berman Axeon) ganhou hoje, em Melgaço, a prova de fundo para sub-23 dos Campeonatos Nacionais de Estrada. O caldense esteve em fuga mais de cem dos 143,2 quilómetros da corrida para conquistar o segundo título em dois dias, depois de ontem vencer a prova de contrarrelógio.

A prova começou a definir-se com menos de 20 quilómetros percorridos, quando sete corredores atacaram a passaram a rolar destacados. A ofensiva pertenceu a Gonçalo Leaça (LA Alumínios-LA Sport), Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua), Hélder Gonçalves e Fábio Costa (UD Oliveirense-InOutBuild), Francisco Guerreiro e Marcelo Salvador (Sicasal/Constantinos).

Os fugitivos rapidamente conquistaram mais de dois minutos de vantagem sobre o pelotão, onde soaram as campainhas de alarme. A mais cem quilómetros da chegada, na aproximação à segunda passagem pela meta, João Almeida movimentou-se e conseguiu fazer a “ponte” para a frente da corrida.

Num circuito muito exigente, com as inclinações a serem complementadas pelo calor, o grupo da frente desintegrou-se. A cerca de 30 quilómetros da meta, João Almeida e Fábio Costa ficaram sozinhos na dianteira, enquanto no pelotão se sucediam movimentações para tentar alcançar o duo.

Os perseguidores aproximaram-se perigosamente, mas João Almeida e Fábio Costa entenderam-se para discutirem o título a dois. Na dura subida do quilómetro final, João Almeida atacou para triunfar em solitário, ao cabo de 3h41m32s de corrida. Fábio Costa, único dos integrantes da primeira fuga que resistiu até final conseguiu o segundo lugar, a 11 segundos. O terceiro classificado, a 36 segundos, foi João Leite (Vito-Feirense-PNB).

“Senti-me muito bem desde o início. Não tenho medo de arriscar e arrisquei. Penso que fiz um bom trabalho. Nem sempre as coisas correm como queremos, mas hoje foi perfeito. Decidi arriscar naquela altura, porque sabia que os adversários não estavam a contar e que, chegando à frente, tinha margem para descansar um pouco”, explicou João Almeida.

O programa dos Campeonatos Nacionais de Estrada termina neste domingo, com a prova-rainha da competição, a corrida de fundo para elite. Será uma maratona de 197 quilómetros, com partida em Castro Laboreiro, às 11h00, e chegada prevista, ao centro de Melgaço, às 16h15, na oitava passagem pela meta.

Fonte: FPC

“Campeonato Nacional de Estrada”

Daniela Reis faz o pleno em Melgaço

Por: José Carlos Gomes

Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sport) juntou hoje o título nacional de fundo ao de contrarrelógio, que conquistara ontem, em Melgaço. A corredora da região Oeste repetiu a dobradinha, que já alcançara nos Nacionais do ano passado.

A prova de elite feminina foi marcada por um ataque logo na primeira das quatro voltas, que juntou Daniela Reis e Raquel Queirós (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) em cabeça de corrida. Com as duas ciclistas de elite esteve sempre a júnior Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ).

O momento decisivo acabaria por acontecer na subida de acesso à entrada para a última volta. Daniela Reis desferiu um poderoso ataque, que a deixou sozinha na frente da corrida. Terminaria os 88,6 quilómetros em 2h38m51s. Raquel Queirós, sub-23 de primeiro ano, foi a segunda classificada, a 2m10s. Sandra dos Santos (Eneicat) fechou o pódio de elite, a 6m19s.

“Cumpri o objetivo, mas não foi fácil. Hoje não estava num dia bom, a vitória foi sofrida. Tive de gerir para dar tudo na última volta. Já não corria em Portugal há um ano. Sabia que havia miúdas novas a andar muito bem. É excelente para o nosso ciclismo que haja jovens a quererem fazer o ciclismo evoluir”, afirmou Daniela Reis sobre a própria prova e sobre a oposição das rivais.

Daniela Campos mostrou classe, pedalando de igual para igual com as duas melhores de elite. Por isso concluiu os 66,1 quilómetros da prova júnior isolada, sagrando-se campeã nacional no primeiro ano nesta categoria. Rafaela Ramalho (Maiatos) foi a segunda classificada, a 10m00s, e Beatriz Martins (Bairrada), chegou na terceira posição, a 11m22s.

Os 43,6 quilómetros da prova de cadetes foram disputados até aos metros finais. Beatriz Roxo (Maiatos) venceu com2 segundos de vantagem sobre Beatriz Pereira (Bairrada). Sofia Gomes (Vilanovense/Coreva/Duorep) foi a terceira, a 8 segundos.

Nádia Mendes (CE Gonçalves/Azeitonense) superiorizou-se em masters 30, com 11 segundos à melhor sobre Raquel Santos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) e 21 segundos para Raquel Marques (AXPO/FirstBike Team), segunda e terceira, respetivamente.

Ana Neves (Bike & Nutrition Shop) arrebatou o título de masters 40. Ana Azevedo foi a segunda classificada, a 17 segundos, e Rita Reis (Maiatos) encerrou os lugares de honra, a 6m35s.

Maria Jesus (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ) dominou a competição de masters 50, deixando a segunda classificada, Cláudia Ribeiro (Maiatos), a 6m27s, e a terceira, Cristina Luís (Bike & Nutrition Shop), a 11m59s.

Fonte: FPC